1. Spirit Fanfics >
  2. The Avengers: Out For a While >
  3. Como Foi Sua Noite? (pt. 2)

História The Avengers: Out For a While - Capítulo 8



Notas do Autor


Oiê, bora pra mais um capítulo??? Antes de tudo, queria dizer que qm shippa muito Brutasha (que nem o povo aqui em casa kk) pode dar uma olhada na outra fic q eu escrevo junto com a mana, Brutasha: A Love Story (tá bom, o título não é lá essas coisas mas não me ocorreu mais nada em mente).
Era só isso mesmo, bjs.

Capítulo 8 - Como Foi Sua Noite? (pt. 2)


-Como assim ele ficou jogando com aquele maluco até uma da manhã?! -Tony pergunta irritado.

-Tony, deixa o garoto em paz, ele tem quase 18 anos. -falou Steve.

-Disse bem, "quase 18 anos"! -enfatizou a palavra "quase". -Ele ainda não tem!

-Tony, odeio discordar de você, mas o Steve tem razão. -falou Bruce. E é obvio que ele adora discordar do Tony. -Deixa ele viver a vida dele!

-Até você, Brucinho? -reclama.

-Acredite, tem muita coisa acontecendo por aí mais polêmica do que o Peter. -falou Wanda, após parar de ler a mente dos outros, que nem perceberam o que ela estava fazendo. Claro que tem muita coisa que ela sentiu que muitos pagariam pra ver. 

-Oi gente! -Peter estava parado no meio da escada. Percebeu que o assunto que fluía ali havia parado no instante em que ele apareceu. -Que silêncio! Isso é mais estranho que o próprio Doutor Estranho! -desceu e sentou num banquinho de madeira de frente para um balcão, onde pegou uma maçã de cima de um prato que estava lá.

-Bom dia. -Tony falou seco.

-Como foi a noite de vocês? -perguntou após morder a fruta.

-Um pé no saco. -respondeu no mesmo tom seco de antes.

Wanda encarou cada um que estava presente na sala. Olhou para o chão, contendo uma risada abafada.

POV Steve Rogers

(Flashback on)

Quando percebi, sobramos apenas eu e Stark na sala de estar. Não sei nem o que falar! 

(Se fosse outra pessoa agora falaria um palavrão...)

-Sobramos nós dois... -falei, mas não consegui olhar pra cara dele.

-Pois é... -respondeu repetindo minha ação anterior.

Eu já estava subindo as escadas quando ouço o mascarado esquisito gritar:

-É GUERRA CIVIL 2.0, P****! -aquele cara não me inspira confiança, e nem educação. Deus me ajude nesses dias!

(Meses, meu amor, meses...)

Abro a porta e encontro um quarto completamente empoeirado, com uma cômoda de madeira, um pequeno sofá, uma televisão, uma outra porta que provavelmente dava pro banheiro e uma cama, que era de casal. Ok, isso vai ser mais difícil do que eu pensei.

(Muito, baby, mas muito mis difícil...)

Mal termino de analisar o local, Tony já pulava em cima da cama, sem perceber toda a poeira que havia nela.

-Coff, Coff. -comecei a tossir.

-Ah é, esqueci que os velhos tem problema respiratório. -ele sabe ser debochado... -Desculpa aí!

-Muito engraçado. -mantenho um tom sério.

-Mas você não ri nunca, hein! -passou por mim me olhando feio.

Não iria me atrever a responder aquilo, já estava perdendo a paciência. 

Passei reto por ele e troquei os lençóis da cama. Estavam tão empoeirados que não dava pra respirar, enquanto Stark não fazia nada, só ficava lá sentado, observando alguma coisa. Quando parei pra seguir seu olhar, percebi que ele olhava pra minha bunda. Meu Deus, isso é sério?

-Tá olhando o que? -perguntei.

-Nada, só vendo a "cara da américa". -debochou. -Aliás, Sr. Rogers, esqueci de mencionar, aquele seu uniforme não valorizava nem um pouco seu traseiro... -ele não tá me falando isso, está?

-Ninguém mandou você olhar, Tony. -respondi instintivamente.

-Feri seus sentimentos, Capitão? Ou melhor, "Capintão"? -uma hora dessas eu ainda perco o controle e soco a cara dele.

-Quer parar de gracinha e vir ajudar aqui? -meu tom ficou mais sério.

-Tá legal... -pôs as mãos pro alto em rendição. 

Passou-se um tempo, eu estava em um lado da cama, e ele estava de cabeça pra baixo, do outro lado, tagarelando sobre como poderíamos ter aproveitado aquele tempo lá em baixo, ver filmes e diversas coisas de que agora não me recordo.

Aquilo estava me deixando maluco. Tudo está me deixando maluco ultimamente, não sei por que. Talvez seja o Stark. As provocações, seu ego... Tudo isso me afeta de um jeito muito estranho, e eu odeio ter que dizer isso, mas será que eu... Não! Não pode ser!

Com tantos pensamentos atormentando minha cabeça, o sono me alcançou, mas não pude deixar de pensar se eu realmente estou...

Continua...

 

 


Notas Finais


É isso gente, até amanhã, prometo atualizar minha outra fic logo. Bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...