1. Spirit Fanfics >
  2. The Bachelor Party >
  3. 001

História The Bachelor Party - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura.
Esse capítulo se passa na minha visão.
Aproveitem!

Capítulo 2 - 001


Fanfic / Fanfiction The Bachelor Party - Capítulo 2 - 001

Era perceptível a preocupação nos olhos de Taehyung, assim como sua noiva, Aisha, desejava o momento de seu casamento a cada segundo que se passava, tal vontade era tanta, que deu-lhe a ideia de apenas fazer uma "despedida de solteiro", onde deixaria seu noivo se divertir por dois dias, sendo eles um fim de semana. Naquele momento, Aisha não via malícia em nada, apenas pensava no bem do seu futuro marido, que estava prestes a surtar, já que perderia seus amigos festeiros e por mais que tentasse ter liberdade, já havia tomado uma decisão. Seus lábios foram dominados pelo silêncio, enquanto Aisha encarava seus detalhes, esperando alguma resposta válida, para poder dar continuidade aos seus afazeres.


   — Você não disse isso, tem certeza que quer uma despedida de solteiro? — Engoliu em seco, ainda não acreditando em tal situação. — No caso apenas "eu" iria participar? — Aisha concordou com sua cabeça, fazendo Taehyung fechar seus punhos com certa brutalidade.


Por mais que o garoto quisesse isso, não queria ser o único a se divertir, sua noiva não gostava de festas e nem de bagunça, por mais que tenha uma personalidade forte, onde entra os conflitos de ambas as partes, isso nunca foi um problema para Taehyung. 


   — Sim, é isso que você entendeu…Como seus amigos dizem, sou uma filha de papai mimada, não irei participar dessa baixaria. — Aisha se pronunciou novamente, tirando Taehyung de seu transe. O garoto apenas concordou, encarando seus pés que estavam cobertos pelo sapato de couro. Odiava ter que ficar trancado em uma mansão com a mulher que dizia amar, uma grande dúvida que surgiu nos primeiros dias de noivado.

Talvez ele pensasse que estava louco no dia que fez o pedido, até mesmo tivesse bebido algumas doses antes de visitá-la e fazer tal burrada. Por mais que essa pergunta ecoasse por sua mente todos os dias, nunca se achava uma resposta.


Taehyung seguiu até seu quarto, puxando seu celular, que estava perto de seu travesseiro. Estava ansioso para rever seus amigos de anos, porém, não sabia que iria se envolver tanto com os mesmos. Havia enviado uma mensagem com o convite para seis garotos, que provavelmente não iriam recusar, já que amavam uma festa desorganizada. 


Fechou calmamente seus olhos, enquanto depositava o celular em seu peitoral, aguardando a respostas dos rapazes, que em questão de minutos foi respondido. Hoseok, um dos mais animados para sair, havia respondido, dizendo que seria uma boa ideia, foi onde resolveram conversar pelo grupo de mensagens, criado por Jin, que quase era inativo, já que os garotos evitavam de mandar mensagens pelo grupo, já que Taehyung estava comprometido.


Havia rolado uma pequena discussão em meio aos rapazes, já que não sabiam para onde ir, Taehyung queria viajar para algum lugar calmo, já os garotos queriam conhecer a nova boate estrangeira que recentemente havia sido inaugurada, onde várias garotas americanas trabalhavam de forma vulgar, algumas optaram por mostrar seu corpo, já outras eram mais discretas.


Taehyung estava com um pé atrás, mas já havia aceitado a proposta tão tentadora, enquanto iria se divertir longe de sua noiva, a mesma ficaria em casa cuidando dos preparativos, era a última chance para seus amigos o salvar desta triste vida, sentia seu coração pesar, assim como sua consciência estava sendo puxada por dois navios. 


Sua mala já estava pronta, estava prestes a ser colocada em seu carro, uma de suas empregadas, o aguardava gentilmente na porta de seu quarto, era possível se ouvir cada batimento cardíaco de Taehyung, ele estava pronto para cometer um ato de traição, quase estava criando raízes em sua casa, justamente com a intuição de não sair de casa.


    — Espero que esteja conscientizado do que você vai fazer, Taehyung. Não quero te impedir de nada, mas não se esqueça que você está noivo. — Após as palavras secas de Aisha, Taehyung apenas paralisou, enquanto segurava a maçaneta da porta que fazia ligação do corredor para a garagem. O garoto apenas concordou com sua cabeça, soltando um breve suspiro.


Adentrou em sua Lamborghini com o ego extremamente alto, por mais que estivesse preocupado, amava os olhares das mulheres ao vê-lo em seu carro. Havia uma vasta coleção em sua garagem, variando de tons únicos e marcas. Já havia solicitado um carro exclusivo para ele, mas isso demoraria anos até ser desenvolvido.


Acelerou de forma provocativa, fazendo as pessoas que estavam presentes na rua, focaram sua atenção em seu carro e no belo rapaz que o dirigia. Taehyung era exibido, ao ponto de piscar para uma das garotas que estavam tirando algumas fotos do mesmo.


Ao chegar no hotel indicado por NamJoon, Taehyung deixou suas coisas com um dos funcionários, logo tirou seu óculos escuro, sentindo o calor dominar seu corpo, aquele horário era bastante quente naquele hotel, por mais que fosse bem ventilado, a quantidade de pessoas saindo e entrando era absurda. Lhe faltava paciência para esperar seis patetas na recepção, ficava encarando o chão ou prestando atenção na conversa dos outros. 


Após vinte minutos esperando, Jungkook e Yoongi haviam chegado, estavam animados, já que fazia tempo que não saíam juntos daquela maneira, sempre era para rodízios ou cinema, mas nunca esqueceram de suas origens. Levantou-se ajeitando seu cabelo, enquanto caminhava até os dois rapazes que estavam parados, aguardando Taehyung.


  — Espero que esqueça dela um pouco, Taehyung, queremos diversão… E se você ficar focado nela, vai acabar com nossa diversão. — Jungkook depositou dois tapas em seu ombro, tentando ser gentil. Taehyung entendeu aquilo como se fosse um pedido para trair sua noiva. — Jimin e Hoseok vão chegar daqui a pouco, já o NamJoon e Jin já estão lá em cima, provavelmente arrumando os quartos. Eles fizeram questão de pegar um corredor para cada um ter seu próprio quarto, caso algum de nós queira trazer alguma garota pra cá. 


Taehyung não estava acreditando em suas palavras, por mais que aquilo seja verdade, não estava de maneira alguma em sua mente, o deixando mais confuso. Havia gostado da ideia do quarto separado, assim, poderiam ter privacidade.


Os olhos de Taehyung percorreram por todo o quarto, seria ali que trairia sua mulher? Duas batidas foram deixadas em sua porta, fazendo o garoto levar seu olhar até a mesma, Jimin reclamava como um senhor de idade com dores nas costas, o mesmo, queria trocar de quarto, o que era impossível, já que os quartos eram praticamente iguais. Apenas o ignorou e se levantou calmamente, separando sua vestimenta para mais tarde, não queria nada vulgar, mas ao mesmo tempo queria chamar um pouco de atenção, não queria deixar de ser homem, muito menos trair sua mulher, então estava dividido.


Após se banhar durante meia hora, sentiu seu corpo relaxar, assim pode ter uma iniciativa para enfrentar tal lugar, onde teria mulheres provocativas, ao ponto de fazê-lo salivar, seus desejos eram extremamente carnais, se acabasse se envolvendo com alguém, ninguém iria saber de tal atrocidade, morreria ali, naquele lugar. Aisha, não gostava de tais carícias, já que se considerava uma garota pura ou até mesmo tinha nojo pelos vídeos que assistiu, isso fazia Taehyung se sentir extremamente sujo com suas palavras e atitudes.


Pegou uma jaqueta holográfica, onde era acompanhada de uma camiseta branca, juntamente com uma calça jeans clara, aquilo era uma verdadeira tentação para algumas mulheres, principalmente as que desejam uma noite em sua cama. Seus cabelos estavam perfeitamente alinhados, seus lábios estavam rosados e sua pele como sempre perfeita, ajeitou o relógio de ouro em seu pulso, logo dando os últimos retoques em sua vestimenta. Quando se sentiu pronto para sair do quarto, deu de cara com os seis rapazes lhe esperando na porta de seu quarto.


 — Antes que você pergunte, estamos aqui faz exatamente… — Jimin encarou seu relógio, contando cada minuto que perderam ali. — Acho que… Quarenta minutos, você ficou o dia todo nesse quarto, estava batendo uma? Ou sei lá, vendo um pornô.


Taehyung não queria admitir que passou o dia todo pensando nessa noite e apenas concordou sem hesitar, rendendo algumas risadas forçadas, Yoongi disse para Taehyung que ele iria se satisfazer essa noite, por mais que seja noivo, era melhor morrer arrependido de ter feito do que não ter feito. E como sempre aquilo martelava em seu peito, seus músculos se relaxam a cada passo que o mesmo dava até seu carro.


Cada um estava optando por ir em seu próprio carro, já que queriam trazer uma garota com eles, nem que seja apenas para passear em seus carros absurdamente caros. Assim, pegando a estrada, como se fosse uma verdadeira fila, seguiam calmamente até a boate recém aberta. Taehyung recebeu uma mensagem onde recebia mais uma "ameaça" de sua noiva, então, teve sua decisão, desligou seu celular e o jogou no banco de trás.


Aquilo foi como um alívio, um peso saiu de suas costas, a pressão que Aisha fazia em sua vida, era extremamente desagradável. Seus lábios doíam de tanto apertá-los por conta do nervosismo, sem ao menos perceber, ouvir duas buzinas a sua frente, indicando que haviam chegado no local desejado.


Desceu sem hesitar de sua Lamborghini, sentindo a gelada brisa bater em seu rosto. Havia três seguranças na porta, onde impedia o uso de celulares dentro do local, para garantir a "diversão" de todos. Taehyung se pronunciou, dizendo que deixou seu celular em seu carro, onde resultou em algumas risadas dos seguranças, o chamando de safado. 


Ao adentrar na boate, a cara de espanto dos garotos eram visíveis, esperavam que fosse apenas uma boate comum, mas seus olhos foram maravilhados com a visão de belas mulheres e uma bela decoração, que era extremamente moderna e luxuosa, assim como a taxa para entrar era bem salgada.


Hoseok foi hipnotizado por uma coreana que trabalhava ali, uma das únicas no caso, por mais que houvesse várias americanas trabalhando ali e fossem a atração principal, algumas coreanas eram realmente chamativas e vulgares. Seus olhares eram provocantes, Hoseok foi o primeiro a ser pescado.


Taehyung se sentou em uma mesa afastada, enquanto continuava apaixonado pela decoração do local, até avistar uma americana perfeitamente desenhada, não era vulgar e parecia tímida, seus cabelos castanhos caídos pelos seus ombros, faziam os olhos de Taehyung brilharem de longe. Sua visão da mulher foi interrompida ao ver uma coreana entrar a sua frente, perguntando se queria uma bebida, Taehyung apenas recusou e a garota começou a dançar em sua frente, fazendo o garoto sorrir.


  — Você não sabe dançar, saía da minha frente. — A garota saiu envergonhada de sua frente e rapidamente Taehyung procurou a garota dos fios castanhos que falhou miseravelmente. — Merda.


Resmungou enquanto sentia seu coração se apertar, sentia que havia perdido o amor de sua vida ou amor de uma noite apenas. Yoongi estava recebendo a dança de duas garotas ao mesmo tempo, Jin estava contando quantas azeitonas havia no pote de vidro que estavam no balcão, NamJoon e Jimin estava se embebedando com várias bebidas diferentes que haviam ali. A festa havia sido marcada para onze e meia, onde a boate ficaria cheia com os convidados e mais mulheres iriam vir, para fazer um verdadeiro espetáculo para os homens. 


   — Oi, poderia me dar uma dose? — Taehyung se aproximou do balcão, ainda procurando pela garota que havia sumido de sua visão, já estava desistindo daquilo, já que seu desejo carnal só aumentava.


Era exatamente onze e meia, a boate foi esvaziada, retirando todos os clientes para poder receber os convidados, que no caso era apenas homens. Todas as dançarinas e garçonetes foram para o vestuário, para colocar roupas mais vulgares e começar o show. Taehyung foi guiado até o centro do palco, onde foi colocado sentado em uma cadeira, provavelmente receberia uma dança na frente de todos, isso seria vergonhoso.


  — Eu não quero isso,eu sou noivo, por favor.

.— Ao se pronunciar, estava morrendo de medo do que poderia acontecer. Logo sentiu leves mãos em seu ombro, podendo sentir os toques da garota que aguardou durante toda a noite.


Notas Finais


Espero que gostem! Boa leitura.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...