1. Spirit Fanfics >
  2. The beginning of the end >
  3. Uma desgraça atrás da outra

História The beginning of the end - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Bom, primeiramente desculpa pela enoooooooooooooooooooooo.....oooooooooorme demora kkkkk

Teve gente enchendo o saco pra fazer att pq eu realmente to demorando mt, mas né, infelizmente eu tenho uma vida pra zelar :/

Bom, era só isso, tá aí o cap :)

Capítulo 15 - Uma desgraça atrás da outra


Fanfic / Fanfiction The beginning of the end - Capítulo 15 - Uma desgraça atrás da outra

POV MINA (finalmente pq eu quase nunca faço pov Mina)

Então, primeiramente queria agradecer a autora por me tirar do porão pois nunca faço nada significante nessa merda e também que sou quase uma muda. Espero que esse cap tenha pelo menos 3000 palavras pra compensar meu sumiço e o sumiço da autora :)...Enfim, vamo narrar

Enquanto isso na Twiceland ou popularmente conhecido apocalipse zumbi, temos a cena digamos.."emocionante" do encontro entre o pai babaca e sua filhinha zero neurônios

- Olha, vamos tentar assimilar o que está acontecendo aqui, todo mundo abaixa a arma e respira fundo

- Aaaaah por favor! Com todo "respeito", mas acho que não tem moral alguma pra exigir calma de nós depois de ouvirmos Nayeon

- Senhor Kim, é só mandar que a gente mata.

- A ÚNICA PESSOA QUE VAI MORRER HOJE É ELE

- PARA DE GRITAR NAYEON

- Meninas, abaixem as armas agora, é uma ordem. - Nanjoom disse calmo enquanto encarava Nayeon apontando uma arma para ele. Se eu fosse ele n ficaria tão tranquilo

- Não posso, Ela vai atirar em você

- Não vai, está tudo sob controle, abaixem as armas - mesmo não estando confortáveis com a situação, abaixaram em respeito as ordens

- Muito bem, sua vez senhorita - olhamos todos para Nayeon que mantinha o olhar fixo em Namjoom e parecia determinada em apertar o gatilho. Estou surpresa, achei que ele já estaria morto uns 5 minutos atrás

- Okay.. Nay, larga isso por favor, ele não está fazendo nada

- Não está fazendo nada agora né, durante esses anos já fez demais

- Vamos lá, ouça o que ele tem a dizer - Jeongyeon estava se aproximando de nayeon devagar tentando não fazer movimentos que porvocassem a garota

- O que ele pode dizer e eu vá acreditar?? Obviamente não é confiável

- Se não confia nele, confie em mim ok? Anda, dá isso pra mim - Nayeon finalmente tirou os olhos do mais velho e olhou para amiga. Por mais que discordasse com a ideia, entregou. Não achei sensato, ela poderia ter ficado com a arma

- Bom, agora que estamos todos calmos, vamos conversar - convidou as 4 meninas paradas na porta da igreja para se aproximarem

- Essas são Yongsun, Moonbyul, Hyejin e Wheein

- Beleza, então elas tiveram o azar de trombar com você por aí?

- Eu não diria azar, estaríamos mortas se não fosse por ele

- Tanto faz.

- Já odiei ela. Deveria deixar a gente matar pelo menos essa - Vocês escolhem a presa mais difícil das 8 kkkkkk

- Ta mas então o que você estava fazendo durante esse tempo todo sumido

- Bom, fiz muitas coisas de que não me orgulho..você está certa, eu ERA assim, um homem horrível, sinto nojo quando lembro do mal que fiz a tantas pessoas, inclusive você e sua mãe. Mas hoje eu mudei, sou totalmente diferente, encontrei rumo para minha vida quando comecei a frequentar a igreja, muitas coisas mudaram, acredito agora que sou uma pessoa muito melhor e que Deus perdoou meus pecados - ... você só pode tá de brincadeira

- Então quer dizer que agora você é religioso, é isso?

- Sim! Encontrei-

- Tá bom, já deu dessa enrolação. Meninas vamos embora - Nayeon pegou Dahyun pelo braço e foi em direção a porta rapidamente

- Não. - Olha, dessa vez eu vou aplaudir, Dahyun tendo atitude é o auge

- ..o que?

- Nayeon você pode ter guardado ódio dele, mas eu não. Por mais que ele tenha sido má pessoa, agora ele mudou! Você não vê? Apesar das circunstâncias atuais serem péssimas pra isso, quero conhecer meu pai. Por favor Nayeon, não tira essa chance de mim - Não sei se é boa ideia.. /autora: claro que não é/ ah e depois você xinga a gente por spoiler -_- /autora: o que?? Isso já era óbvio, mas eu não disse o motivo de ser um problema, certo?/ Garota esperta

- Nayeon, ela está certa. Essa é uma escolha dela, não pode tirar esse direito. Não sei você, mas onde ela for, eu estarei junto - Jihyo é uma ótima amiga, amo essa proteção que ela tem com a gente

- Tudo bem..Dahyun, a decisão é sua. Diga o que vamos fazer - acho isso uma péssima ideia, mas enfim, eu sou muda nessa história, nada do que eu falo e faço faz diferença a :)

- ...agora já não tenho mais tanta certeza - amas- /autora: vishkk/ ela acabou de dizer o que queria e agora não sabe ;-; /autora: crianças, sabe como é né/

- Se sente mais confortável se te deixarmos sozinha?

- Não, prefiro que fiquem, não gosto de ficar sozinha

- ...

- ...

- ...

- Bora minha filha

- ....acho que não temos muita escolha né. Se sairmos daqui não temos pra onde ir, é a melhor opção que temos, um lugar seguro desses é uma oportunidade que não aparece todo dia o apocalipse..e quero dar uma chance ao meu pai

- Amas na verdade tem-

- Sana, agora não, espera sua vez - vishkk /autora: se eu fosse vocês, daria mais atenção ao que Sana tem a dizer/ ué como assim?

- Enfim, acho que ela ta certa, por mais que isso signifique aturar..ele - ta bom, vou parar de ser pessimista, vamos tentar positividade..ah não deve ser tão ruim né..? /autora: e vamos de flashback :)/

FLASHBACK ON

UM INFELIZ, CRETINO, LADRÃO, ALCOÓLATRA E ESTUPRADOR 
FLASHBACK OFF

/autora: eu acho que infeliz, cretino, ladrão, alcoólatra e estuprador é específico suficiente pra ter medo/ amas ele mudou né, agora é um homem novo/autora: ..é, pode até ser/

- Bom, então decidido, nós ficamos - nossa que legal -_- /autora: ué cadê a positividade?/ foi pra ************/ olha a boca suja

- Vou poder passar o tempo que perdi com minha filha, obrigado meu Deus

- Mas é que eu-

- Sana, shiu - KKK tadinha

- Então estamos resolvidos, que ótimo! - sabe eu só queria expressar minha opinião,mas não posso /autora: ué,qual o problema?/ VOCÊ NUNCA ME DÁ UMA FALA SE QUER NESSE ROTEIRO AAAAAAAAAAAAAAAA /autora: ENTÃO FALA PO EU NÃO TO TAMPANDO SUA BOCA/

- VAI SIFUDER ISABELE - /autora: também não te deixo falar mais/ 
- ...

- ...

- ...

- Gente a Mina não era muda? - ;-;

- Quem é isabele? - /autora: boa pergunta/

- Ta me traindo Myoui? - quem falou isso fica a critério da imaginação de vocês

- Enfim, esquece isso, vamos comer, devem estar com fome - kkkkk que transição de assunto foi essa? /autora: Sla, a momo ta falando tanto no meu ouvido de comida que to pensando em comer também/ Ela sabe que ta morta né, mortos não sentem fome /autora: é Hirai Momo, você acha que a morte impede ela de comer?/

- Sendo assim estou indo chamar os meninos - ah pronto, macho /autora: tudo de bom :)/ eca

- Venham comigo, vou mostrar onde eles estão - Namjooom nos chamou até a porta dos fundos da igreja. Com certeza Sana já conhecia tudo ali, o pai dela é o Dono disso tudo

- Como podem ver, nós protegemos muito bem todas as áreas. Deu bastante trabalho, mas agora estamos seguros

- Nossa..onde conseguiram essas coisas?

- Estamos em um apocalipse zumbi, ficou mais fácil conseguir qualquer coisa. Não há ninguém nos comércios, muito menos nas ruas, então apenas..pegamos o que queremos

- A única parte boa desse apocalipse

- temos que concordar, qualquer coisa que quisermos nós podemos ter - não diria que "tudo" /autora: exemplo?/ Gay moments :)

- Bom, parece que não teremos mais preocupações com os zumbis, é ótimo aqui! - Dahyun parecia bem entusiasmada enquanto olhada para todos os lados. Como se madeiras em janelas bloqueando completamente a visão do céu agora fosse uma nova definição de bonito. Que deprimente não?

- E aqui são os fundos. Decidimos guardar as armas aqui onde tem uma porta que dá acesso ao lado de fora. É no caso de precisarmos evacuar o local, seria mais prático.

- Então daqui vocês devem sair na floresta, certo? - essa é uma pergunta relevante por acaso?

- Sim minha jovem. Aqui já é quase fora da cidade, então atrás da igreja, é apenas floresta. Mas não se enganem, isso é vantagem, eles não costumam entrar lá pelo que observamos, é um bom plano de escape - olha, essa sim é uma informação útil

- Mas você disse que tem vindo muitos da mata, como assim não entram lá?

- Ah sim, claro, o detalhe é que eles não entram lá durante o dia, apenas a noite, pois sempre há menos deles sob a luz do sol - facinante, então eles são sensíveis a luz e nunca reparamos?

- Nunca notamos as fraquezas deles, apenas notamos que não gostam de chuva

- Interessante, não havia notado isso, é um informação útil

- O que perdemos? - 5 garotos entraram afobados assustando as meninas

- Que agitação toda é essa? Algum problema lá fora?

- Não senhor, apenas alguns contratempos, mas foi resolvido

- Se vocês dizem...enfim! Quero apresentar a vocês as novas integrantes da equipe, serão de grande ajuda não acham?

- Hm..discordo - mas que

- Perdoem ele, está de mal humor. Prazer, sou YuGyeom - iti que fofinho ele

- O prazer é meu, quem são seus amigos - olhei para trás vendo outros 4 meninos meio sem jeito e visivelmente precisando de um banho

- Mark, Youngjae, Jinyoung e Kunpimook - Como pronúncia esse nome meu pai

- Meninos, vão se trocar, estaremos lá em cima esperando vocês para o almoço - se curvaram e saíram se atropelando para chegar primeiro como se fossem crianças

- Meninas, antes de nos juntarmos ao resto, tem algo importantíssimo que quero mostrar - Abriu a porta dos fundos nos levando para a parte de trás da igreja. Realmente daqui pra frente só tem a floresta

- Uol eu nunca tinha visto um desses pessoalmente, só nos filmes - era uma espécie de porta no chão, dava no subsolo abaixo do porão. Pra que 2 porões??

- Curioso, não me lembro de ter isso aqui quando era criança, eu saberia se tivesse

- Hmmm, interessante, tem certeza disso jovem?

- Claro! Me lembraria se houvesse uma coisa dessas por aqui

- Bom..eu descobri uma informação muito valiosa aqui

- Mas então vai nos confiar essa informação mesmo não nos conhecendo?

- Sinto que em vocês posso confiar, são claramente fiéis umas as outras...e também preciso que sana responda uma coisa pra mim

- Enfim..apenas vejam isso, o que acham? - Ascendeu uma luz fraca revelando um ambiente empoeirado Sobre o resto, sem comentários.

- É..impressionante - um quarto minúsculo, mal podíamos nos mover. Não conseguiamos ver as paredes pois estavam cobertas de anotações, uma prateleira que ia até o teto, mas só tinham 3 cadernos e uma pequena mesa de no centro o que ele quer mostrar?

- Pois é, mas impressionante é o que está escrito nesses papéis, vejam, eu li tudo fala sobre o estudo da possível salvação da humanidade

-Como assim salvação?

- A provável cura de diversas doenças até agora incuráveis

- Está tudo em Japonês, o senhor é fluente?

- Sim, aprendi alguns anos atrás

- Mas isso deveria ser posto num lugar seguro e difícil acesso, quem botou isso tudo debaixo de uma igreja?

- Não sei, mas essa pessoa sabia de tudo, vejam as datas - fui até a prateleira e verifiquei os diários..mas como é possível?

- Alguém lembra o dia em que ocorreu o ataque na escola?

- 17 de Julho

- Esses diários foram datados cerca de 5 meses antes, o mais antigo tem 1 ano

- Ainda não entendi pra que no subsolo de uma igreja coisas tão importantes

- Bom, por isso está aqui sana. Me diga, essa letra é de alguém que você conheça..talvez seus pais?

- Não senhor, não é a letra dos meus pais e não conheço alguém com essa escrita - espera

- Meninas, as anotações tem caligrafia diferente, vejam

- ..realmente, alguns papéis são diferentes de outros

- Então foi feito por mais de uma pessoa, que ótimo, só dificulta

- Senhor Kim, como soube desde lugar?

- Explorando, quando ainda não tinhamos os meninos para ajudar eu patrilhava sozinho, e encontrei esse lugar. Então eu sempre deixo ele coberto para que não entrem - não há nome algum nessas páginas, como vamos saber?

- Depois de ver tudo aqui, não tenho dúvidas de que há ligação com esse caos - sempre soube que a ganância e arrogância do ser humano daria nisso

- Por mais que Sana não reconheça a caligrafia nesses papéis, não descarta a possibilidade do envolvimento dos minatozaki nisso, e o fato de que está escrito em japonês já é um motivo de suspeita

- Mas então o que fazemos com tudo isso?

- Não sei, mas em toda essa pilha de informação, só achei um nome

- Qual?

- Hirai Akira


Notas Finais


Vocês que lutem, o cap acaba aqui :)

Cara por mais que eu já tivesse planejado a fic toda, eu n estava conseguindo escrever nada, me desculpem por isso :/

Obrigada por quem leu e não desistiu de mim mesmo depois de tanto tempo

Boa noite guys e durmam bem ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...