1. Spirit Fanfics >
  2. The best Bith >
  3. Eu gostava da sua amizade - HyunMin

História The best Bith - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Casal: HyunMin
( Kim Seungmin + Hwang Hyunjin)
Atenção: Violência, Sexo.

Capítulo 4 - Eu gostava da sua amizade - HyunMin


Hyunjin estava de saída do banheiro, quando se deparou com Felix, que estava de saída do quarto de Changbin.

O Hwang engoliu seco, Felix estava muito pálido e parecia um palito. As olheiras... ele não dorme a quantos dias?

Hyunjin se perguntou enquanto caminhava pesaroso para o quarto de Seungmin, que já o aguardava ansioso.

Seungmin era o segundo menino mais "puro" do grupo, já que nunca tocou em outro corpo se não o seu próprio.

Ao menos, era isso o que Hyunjin achava.

O outro em breve saberão quem é, mas creio que já advinhem.

Hyunjin abriu a porta com receio, sabia que apartir deste momento, voltaria o seu sofrimento cotidiano.


Seungmin estava sentado na poltrona de seu quarto, virado na direção de Hyunjin, que fechou a porta do quarto e a trancou, para em seguida tirar sua roupa, de forma rápida e fria.

Seu olhar era vazio, aqueles antigos olhos profundos que estavam presentes todo momento, sumiu a meses.

Os lábios carnudos estavam raxados e maltratados pelos dentes do Hwang.

Hyunjin estava cheio de marcas pelo corpo, o mais alto estava deplorável aos olhos de Seungmin, que se deitou por cima do seu Hyung, para tocar sua pele com pesar.


- O que lhe fizeram, Hyung? - Sungmin perguntou, acariciando a bochecha do outro.


- O mesmo... qur você vai fazer... - Hyunjin respondeu retirando a mão do Kim de seu rosto, abrindo suas pernas e virando o rosto para a direção da parede. - Faça logo o que quer, perde essa merda de virgendade que não serve para nada agora e me deixa ir embora.


Foi quando Seungmin se irritou com o mais alto, abrindo mais as pernas do garoto, ao ponto de fazê-lo choramingar e em seguida se enfiar ali, naquela abertura inchada de tão maltratada.

Hyunjin engoliu o grito, porém conforme Seungmin estocava em sí, uma série de gemidos doloridos altos foram escapando da garganta de Hyunjin.


- Aí é que está, Hyung- Seungmin sorriu sacana. - Já faz dias que não sou mais virgem.


- GR... DESGRAÇADO! ARHG... - Hyunjin mordeu a própria língua, apenas para não permitir o órgão húmido do Kim adentrar sua boca. Nunca iria beija-lo.


- Por que não me beija, Hyung? O que eu fiz para você?


- Você... Parou para pensar que isso... pode ser chamado de estupro? - Seungmin riu, aproximando os lábios humidos na orelha de Hyunjin. - N-NÃO ME TOQUE AÍ!


- Calma Hyung... sabe... seu Felix está ouvindo tudinho... Por quê não geme para ele, hun? Fale para ele... O que tanto quer falar... O que é? Quer que ele te chupe? Quer ser comido por ele? O que quer falar para ele? 


Hyunjin, com os olhos brilhosos pela lágrima, gemeu em seu ápice, o que tanto queria dizer ao seu Felix, desde que isso tudo começou. 


- LIX... M-ME DESCULPA... LIX... EU SINTO MUITO... FELIX... eu... eu te amo... Felix... - Seungmin travou os movimentos, fitando o rosto destruído do Hwang, ficou bons minutos o encarando enquanto o mais velho chorava.


- O que eu estou fazendo com vocês? O que me tornei? - Seungmin murmurou ao se retirar de Hyunjin, se ajoelhando ao lado do mesmo e tocando seus ombros, atraindo o olhar do que tanto queria- M-Me perdoe... Jinnie... 


- Eu queria... conseguir fazer isso... - Hyunjin se levantou, as gotas de sangue escorriam pelas pernas magras por culpa da desnutrição e pingavam no chão de madeira. - Se realmente está arrependido... Nunca volte a tocar no Felix... Em mim... ou no Jisung... Ou em qualquer outra pessoa... Sem a permissão dela....




Seungmin afirmou com a cabeça, abrindo a porta para Hyunjin, que cruzou o corredor -agora cheio-  até seu quarto.

Chan, Woojin e Jeongin presenciaram a cena do integrante mais belo do Stray Kids, ultrapassando eles pelado, magro demais, fraco demais, machucado demais e doente demais.


- O que vocês fizeram com o Hyunjin-Hyung?    - Jeongin perguntou, encarando Seungmin, que fitava pela porta aberta, sentado na poltrona de mais cedo, em zeguida fitando Woojin e Chan- Vocês não têm sentimentos? Eles estão sofrendo!


- Não é como se eles se importassem... Yang. -   A voz veio da sala, Jisung estava sentado no sofá com o rosto mais abatido que o próprio Hwang. O mesmo estava com roxos e verdes por todo o corpo quase pelado. Ele estava sendo agredido por alguém?-  Eles não se importam... Basta olhar para mim...


Jeongin se aproximou lento, vendo o corpo frágil do Han, tocando o rosto do mesmo, que era a única parte sem feridas.


- O que... aconteceu? 


- MinHo... Ele me queria só para ele... e ficou irritado quando... Chan-Hyung me pediu um boquete... Desde então ele têm me batido quando transamos... - Jisung respondeu com sarcasmo, enquanto esfoleava um livro qualquer.


- Mas isso faz quase 3 meses, Jisung! - Chan exclamou do corredor, de longe via o estrago na pele do menino de cabelos laranjas- Isso é um absurdo!


- Vocês não podem reclamar... Estupro também é um absurdo... - Hyunjin falou do seu próprio quarto, Escorado no batente da porta já de roupão-pós-banho, estava com os cabelos húmidos e cheirosos. - MinHo apenas piorou o grau dele.





Notas Finais


Por favor, não briguem comigo no privado, eu avisei que não é uma fic romântica desde o início!

Próximo casal: Misung.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...