1. Spirit Fanfics >
  2. The Best Game - Park Chanyeol >
  3. Feminist

História The Best Game - Park Chanyeol - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Hi my roses 🌹
Quarentena, olha que maravilha....eu tô odiando.
Depois pra repor o conteúdo vai ser ó 👌🏻
Vamos lá.
Desculpe os erros.
Ps: Park Chanyeol = Man of my life ❤️

Capítulo 7 - Feminist


Fanfic / Fanfiction The Best Game - Park Chanyeol - Capítulo 7 - Feminist

Não preciso nem dizer que se o reitor Onew inventar de acordar enquanto tentamos entrar....

Vai gelar o cu de todo mundo.

Eu estava levemente sendo consumida pelo álcool, tipo.... levemente, e estava carregando uma garrafa de vodka na mão, um povo na minha frente, conhecidos como meus amigos, rindo feito uns idiotas.

- em ____! Sua gostosa! – Jack grita e logo recebe tapas de algumas pessoas pelo volume ter sido muito alto – vão cagar!

Ele vem e me puxa pro meio da rodinha, e o loiro me abraçava forte.

Mae do nada, do nada mesmo, Jackson inventou de cantar Kim Wilde.

- The young ones are going

- não estraga a musica seu chinês maldito – da um tapa na orelha do loiro

- cala boca Débora! DOWNTOWN! – ele gritou no ouvido da morena, e os outros só sabiam rir, e eu nervosa querendo colocar uma rolha na garganta do escandaloso – The young ones are growing......We're the kids in America! WHOA!

- estamos na Coreia seu besta – diz Lucas trancando seu tênis na cabeça de Jack, mas não deu um minuto pros dois chineses correrem um atrás do outro

E quando Lucas conseguiu derrubar o mais velho, estava tentando o empurrar no lago que havia ali, era um laguinho limpo, mas mesmo assim a noite não estava a mais quente de todas.

Eu só observava tudo no meu cantinho, de baixo na árvore, dando goles no bico da garrafa.

- AHHHHH VIADO! 

Foi impossível não rir do grito fino do BamBam.

- vou comer teu cu com calda seu idiota! – gritava puxando a perna de Yugyeom que só sabia rir da raiva do amigo por estar encharcado.

- seu amigos são estranho

Dei um pulo ao ouvir a voz grave perto do meu ouvido, viro de costa e vejo a imagem de um saco de tripas, magrelo de 1,86 de altura.

- não faz isso o mongol, por um momento achei que fosse o reitor...

- por que o Onew iria vir perto do seu ouvido falar isso? – ele me olhava com um sorriso idiota, revirei os olhos

- deixa de ser tongo Park, e falando em amigos, você não deveria estar com os seus não?

Ele ri anasalado.

- eles já estão no campus, eu estava indo também se não tivesse ouvido duas hienas gritarem que nem loucos por ai, e quando olhei vi uma ser de baixo da árvore, aliás, estou conversando com ela....

- olha, foi mal, só que não – dou a pausa da verdade e ele revira os olhos – mas não quero sua companhia nã....

- shiu – ele falou me cortando

- o que? 

- fica quieta....

Abusado.

- não me manda ficar...

Quando dou por mim o orelhudo havia tampado minha boca e me agarrado, e ficamos colados na árvore, e eu lógico, de olhos arregalados e não acreditando na ousadia desse panaca.

- fudeu!

- corre porra!

Vejo todos correm desesperados enquanto uma luz de lanterna se aproximava dali, e vejo os cabelos castanhos e silhueta de um e setenta e sete, de Lee Jinki, conhecido como reitor Onew.

Senti o gelo passar pela minha coluna inteirinha e o suor escorrer levemente pela minha têmpora, e isso que eu também estava sentindo a respiração quente de Park no meu cangote.

Logo quando Lee passa e já estava longe o suficiente, dou uma cotovelada no meio da barriga seca do ser atrás de mim, que não tardou em se afasta e gemer.

- olha....- ele me olha – eu não vou falar nada....

- e nem deve – diz já ajeitando a postura 

- há, como? – certo meus olhos

- te safei de ser pega otária, me deve uma....

Mas....ah...

- teu rabo de grilo que eu te devo alguma coisa o tripa seca – digo já começando a andar na direção de onde o reitor havia vindo.

- deveria ser mais grata a quem salvou o seu botão moça – ele diz me seguindo

- eu não pedi para que fizesse

- mas mesmo assim, agradecer nunca é demais, é educação que se chama

- pedir um obrigado é comum, mas você já veio com um papo de dever uma, teu olho que vou ficar devendo algo que nem pedi

- então queria ser pega pelo Onew?

- melhor do que ter que aguentar um saco de osso ambulante me enchendo a paciência

Ele ri.

- como se aguentar vice fosse a coisa mais maravilhosa do mundo né o emocionada

Travei.

Literalmente, eu travei e virei pro poste.

- me aguentar não chega aos pés do sacrifício que é ficar um segundo do seu lado ouvindo a merda que sai da sua boca

- pra começo de conversa meu cu não é na boca pra sair merda, e outra, você também não é um anjo lindinha, você e implicante com muita gente, além de sempre querer dar uma de sabichona não?

- olha Park, você.... é – me aproximo, deixando meu rosto perto do dele – um tremendo, pé no saco, vai se foder, cresce panaca 

Me viro e começo a andar rapidamente.

- vá se foder você! – ele grita, já que eu estava me afastando

- talvez eu vá! – digo andando de costas para o olhar – o Jongin parecia bem interessado em fazer isso por mim!

Ele não falou mais nada e eu apenas sorri vitoriosa, e volto a andar, nem sei onde larguei a merda da garrafa, só sei que já me estressei o suficiente por uma madrugada.

 

[ . . . ]

 

- mas que merda

O som do metal ecoa no vestiário, Sara estava com raiva por ter levado advertência do reitor, assim como boa parte da galera que foi pega enquanto tentavam fugir.

- onde se tava sua vaca? – July me pergunta

- eu me escondi na árvore que estava lá

- e ele não te viu? – pergunta Carla que estava ali, mesmo sendo do clube de handebol

- não, eu não estava no frevo de querer jogar o Jackson no lago, ninguém man....

Nessa hora uma ser magrela, branca feito um fantasma e com tanto pó na cara que traficante fica até com inveja, invade do vestiário e para diante de mim.

- você é a _____ ______, não?

- ela mesma, por?

Ela sorri, mas um sorriso falso, tão falso e nojento que dá nojo.

- assim, lindinha – a voz dela era enjoativa – eu sei que o Park é um gostoso, sei melhor do que ninguém – reviro os olhos, Sook é uma das varas secas que acha que o quarterback e delas só pelo fato dele comer elas – mas assim, você – me olha de cima a baixo – não é muita coisa amore, lutar comigo só te faria passar vergonha

Fico a olhando, sabe quando você vê um ser humano tão burro, mas tão burro que você fica inacreditada por ele ainda estar na raça de animais “racionais”? Era assim que eu estava.

Mas....entrei no jogo.

Forçando muito a voz, eu disse.

- ah, é mesmo hehe, por que eu iria competir com uma garota tão, tão – ela estava com um sorriso no rosto – vulgar, que não sabe que já estamos no século XXI e que graças a certas mulheres que lutaram por seus direitos e hoje são a imagem do feminismo, fizeram algumas mulheres evoluírem e não ficarem competindo por macho idiota, pena que ainda existem algumas seres desprovidas de conhecimento que acham que eu iria receber um insulto desses, que além de ser tosco e fraco, é algo que eu realmente estou, como diz....cagando e andando? 

Ela estava séria, e eu, brilhante como o sol.

- querida, já que você quer ser tanto desenvolvida e se submeter a ser submissa a opressão de achar que o homem é seu só porque o pau dele entra na sua vagina, então aprende a viver como as mulheres da época, larga a faculdade, aprende a lavar e cozinhar, deixa a casa bem limpa, as roupas cheirosas, a trocar fralda, pois como diziam.....esse é o trabalho de uma mulher, ah e outra, não pode usar camisinha e nem desodorante, isso foi conquistado pelas mulheres que levantaram os pulsos junto de suas iguais para conseguir esse “privilegio”, já que você ignora tudo que elas fizeram 

As meninas só sabiam rir.

Já Sook estava quieta e séria.

- que foi lindinha? Perdeu os dentes para parar de sorrir?

As garotas riram mais.

- assassinada por palavras – disse Ale

A coreana apenas joga o cabelo preto levemente para trás e sai do vestiário, e eu rio.

- ótimo discurso Wikipédia – disse My

- que nada gata, falei a verdade

- alguém gravou isso?

- não precisa Carla, só o fato de ela inventar algo depois já vai deixar claro que ela é ainda mais fraca que imaginamos, e quando ela olhar, basta dizer “lindinha

- mas isso não é brigar com uma igual?

- não Alice, isso é só terminar o que ela começou...


Notas Finais


Gente meu lado feminista soltou a franga esses dias kkkk
Sei o porquê kkk
Espero que tenham gostado, kissus ❤️🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...