1. Spirit Fanfics >
  2. The Best Song >
  3. Congratulations, alone again

História The Best Song - Capítulo 94


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leitura.. 🌹

Capítulo 94 - Congratulations, alone again


Fanfic / Fanfiction The Best Song - Capítulo 94 - Congratulations, alone again

              Alice Paker

— Obviamente não seria uma boa mamãe.. não é Dragon? – perguntei para o cachorro que abanava o rabo olhando para mim. Ri um pouco e me levantei com preguiça respirando fundo. – Castiel não te deu comida não é?

{ Ele se levantou e eu revirei os olhos }

— não acredito que ele não te deu comida.. que desnaturado – reclamei indo até a cozinha – Vamos de que? Frango com arroz ou carne com arroz? – ele foi até mim e eu bufei – não posso te dar Pizza Drag's.. você está de dieta, não lembra, mocinho? – o encarei por um tempo e ri – Eu sei, seu dono não está aqui.. mais não posso desobedecer as regras, corro risco de perder a cabeça – ele latiu – está bem, Carne, então.. – Abri o armário e peguei seu saco de comida que mais parecia de cereal. Logo despejo um pouco em seu pote que estava no chão e ele corre para comer – Acho que não poderei lhe fazer companhia.. preciso encontrar meus amigos para estudar.. – um silêncio incômodo percorreu minha espinha e eu fechei a cara – merda! Estou tão sozinha que estou tendo conversas longas com um cachorro.. – ele latiu – Que é bem inteligente – ri baixo e logo sai do local indo até a sala novamente e pegando minha mochila que havia deixado por lá – tenho que ir Drag's.. Até um dia, desses..

{O cachorro latiu de novo e eu sai sorridente}

                        [.......]

Cheguei no lugar que Rosalya havia combinado e revirei os olhos pela grande mentira da mesma ter nos chamado ao Shopping com a Desculpa que iríamos estudar. Não que eu não gostasse de visitar o local, o problema é que realmente precisava estudar e não podia ficar de enrolação fazendo compras enquanto o dia para as provas chega.

Caminhei até a praça de Alimentação enquanto passeava o olhar pelas pessoas apressadas, calmas, felizes e tristes que andavam pelo shopping. Logo subi a escada rolante que estava lotada então decidi pegar meu celular para esperar o caminho subir. Logo percebo que minha tia estava totalmente maluca para me chamar. Havia me ligado três vezes e mandado dezenas de mensagens. Apenas ignoro algumas mensagens e leio as últimas que continham

"Me Ligue quando puder.."

"Estou desesperada, pãozinho"

Suspiro vendo o desespero da mesma. O que será que aconteceu? Será que não poderei ir para a França? O que houve de tão grave para toda essa emergência? Será que.. 

Sou tirada de meus pensamentos quando vejo que a escada já havia subido por completo e logo eu adentrei o andar de cima. Enquanto passava por livrarias e algumas lojas de roupas esportivas. Logo chego até a praça de alimentação e caminho até o McDonald's. Que de longe era o meu "restaurante/fast Food favorito. E logo entro na fila sabendo que estava adiantada e que Rosalya agora estaria em alguma loja de roupas ou de cosméticos. Espero um pouco e quando chega minha vez peço um Milkshake de Ovomaltine e outro de Morango para a mulher de cabelos Ruivos e presos em coque.

— Ok, Alice? – perguntam meu nome e eu logo pego os Milkshakes da mão da moça e saio do local pois já havia pagado pelos mesmos. Me sento em uma cadeira e começo a tomar o primeiro de Ovomaltine

— Alice? – ouvi uma voz masculina e logo levanto o olhar percebendo um Isaac sorridente

— Você no shopping? Pensei que só gostasse de ler e praticar Francês.. – sorri ladeado e ele riu e se sentou ao meu lado 

 — o que faz aqui? E ainda por cima sozinha com dois Milkshakes? Está na sofrência?

— Não.. estou esperando alguns amigos para estudar.. e você?

— Passeando com meus irmãos..

— Ata..

— Ali.. Por que está aqui? E com o Isaac? – Ouvi uma voz e suspirei levantando novamente meu olhar para a voz e percebendo Rosalya com um semblante bravo 

— Eu.. ia te mandar mensagem.. não sabia onde você estava.. Te procurei por aqui e não te vi, então decidi esperar um pouco e pegar dois Milkshakes enquanto você não vinha, achei que estava atrasada, iria te mandar mensagem mais encontrei Isaac e paramos para conversar – ela revirou os olhos e saiu batendo o pé. A olhei confusa e logo terminei meu Milkshake – Eu vou atrás dela, pode ficar com o Milkshake de morango, vou pegar um café, obrigada pela conversa, tenho que ir.. – falei apressadamente me levantando e indo em direção a garota que ia em direção ao Banheiro. Logo ela entrou no mesmo e eu fui atrás – Rosalya..

         {Ela não disse Nada}

— Por que isso? O que houve com você? Por que está brava? – perguntei e ela suspirou

— Eu não.. você não entende..

— Quem disse? Eu preciso saber dos motivos, você não os conta, então não, não entendo.. 

— Alice eu não.. irei te contar.. Agora não, vamos logo para algum lugar melhor que o shopping.. Priya está nos esperando em sua Casa 

— está bem.. – falei e fomos juntas para fora do banheiro caladas

                     [.....]

— E você já veio na casa dela? – perguntou e eu assenti com a cabeça

— sua casa estava vazia, ela mora com as irmãs – comentei e Rosa tocou a campainha

— Cadê o Castiel?

— com Debrah – revirei os olhos

— O que? – arregalou os olhos e logo suspirou – ah.. o negócio do bebê e tals.. Castiel é Pai, então? – perguntou em entonação de nojo 

— Não sabemos.. ele levou Debrah para um "exame importante" e vai marcar o DNA 

— Nossa, como você suporta isso? Você é linda, carismática e pode encontrar qualquer pessoa.. 

— está sugerindo que eu fique com qualquer um?.. – a porta foi aberta quebrando o papo tosco de Rosalya 

— Meninas, finalmente – Falou Priya e eu sorri – Entrem.. estamos em uma péssima época em Miami.. essa frente fria é completamente louca, deveria estar um clima agradável e só ficar frio em Novembro – reclamou enquanto entravamos 

— Sim, enfim, logo melhora.. – Falei

— precisamos estudar logo.. – reclamou Rosa e Priya riu 

— por que o mau humor? – cochichou em meu ouvido

— não quer me explicar

                     [.....]

— petiscos – falou Priya servindo alguns salgadinhos de queijo e bolinhos de morango. Do nada senti um enjôo ao ver os bolinhos e coloquei a mão na boca – o que foi, Ali? Está tudo bem? – perguntou e eu engoli o que não havia terminado de subir 

— Si-sim.. – falei baixo

— O que te enjoou? Os bolinhos ou os salgadinhos? – perguntou Rosa e eu pensei

— acho que os bolinhos.. meu estômago deve estar cansado do café e do Milkshake..

— Ou está grávida.. – murmurou Rosalya

— Grávida – Falei enquanto ria alto

— é uma hipótese, oras..

— Eu me protejo..

— realmente.. se protege, mais acidentes acontecem – revirei os olhos

— Esse papo está chato para caralho, já estudei o suficiente, vou para casa – me levantei apressadamente pegando minhas coisas e saindo batendo a porta.

                       [...]

Me sentei em um banco aleatório e peguei meu celular angustiada. Logo entro no contato da minha Tia Ágatha e apertou na opção de ligação. Preciso esclarecer a angústia da minha tia. Logo chama por alguns momentos e logo ela atende.

Ligação on:

Agatha/GG:

- Alô? – ouvi sua respiração abafada – o que houve? Fale logo..

- E-eu.. Merda, sinto muito Alice.. 

- o que? Por que?

- Nosso dinheiro.. eu.. estou com pouco dinheiro..os negócios de James estão indo mal, e agora estou em uma pequena crise financeira..já que aínda estou procurando emprego..

- e o que isso quer dizer?

- não posso continuar a te ajudar com as contas.. oh meu deus.. mil desculpas, pãozinho.. eu não..

- tu-tudo bem.. eu... Arranjo um emprego.. posso pagar minhas contas sozinha, não vou pedir mais dinheiro para Cristina..

- Você.. tem certeza?

- Eu tenho, faço dezoito á uma semana, vai dar tudo certo, tia.. é só isso?

- Na verdade..

- O que?

- eu e James.. estamos em uma discussão.. estamos pensando em divórcio..

- E o que Jane pensa disso?

- não estou mais falando com ela também..

- Ótimo – sorri torto e encerrei a ligação suspirando

                        [....]

        {Uma Semana Depois}

        09/06/20XX - 05:20 A.m - cinco e vinte da manhã

Senti um peso pressionar meu corpo. Logo lábios foram pressionados em minha bochecha e eu abri lentamente meus olhos vendo um ruivo sorridente em cima de mim.

— Bom dia – sorriu 

— Bom dia.. – falei sonolenta e ele saiu de cima de mim – então.. aonde vamos?

— Oi?

— aonde vamos? Hoje..

— Hoje.. hoje eu terei que levar Debrah a uma consulta – me levantei e comecei a me vestir – você vai para escola?

—... não, vou procurar emprego.. – ele arqueou uma sombrancelha

— Emprego? Por que?

— Problemas familiares, eu te contei você não lembra? Estou procurando a semana toda..

— ah.. desculpa me esqueci – revirei os olhos – se vai procurar emprego por que me convidou para sair? Algum motivo especial hoje? – bufei 

— Não, sem motivos nenhum.. vá para sua consulta.. aproveite seu dia, eu com certeza vou aproveitar o meu..

                      [....]

                 09:33 a.m

— Então.. você já trabalhou antes?

— só quando fui escrava.. – ele me olhou envergonhado

— bom, sabe o que fazer né? Pegar o donuts ou o Cup Cake, colocar a cobertura escolhida pelo cliente e entregar sorrindo.. está bem?

— ótimo.. estou contratada?

— está.. no dia do aniversário o aniversariante ganha um Cup cake grátis da cobertura que quiser.. quando é o seu? 

— hoje – sorri amarelo e ele riu

— Parabéns aniversariante.. Aqui.. – ele me deu um que estava parado no canto

— Obrigada – peguei – quando eu começo?

— Hoje mesmo.. 

— perfeito.. – peguei o uniforme amarelo com outra mão

                      [....]

— Alice.. fim do seu espediente – eu suspirei

— estou indo para casa.. amanhã a noite eu volto – peguei meu celular e vi que eram Oito da noite. Me sentei em uma cadeira para respirar e peguei uma Velinha que havia comprado para colocar no meu bolo planejava fazer uma simples festa com Castiel e meus amigos.. minha festa é simples, sem muitos gastos, com um só convidado.. eu mesma. Acendi a velinha com um esqueiro e coloquei no Cup Cake. Apaguei a mesma e suspirei – Congratulations alone again



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...