História The Bet - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Aposta, Bangtan Boys, Bts, Ji-hope, Jikook, Jimin Centric, Jinmin, Kookmin, Minjoon, The Bet, Vmin, Yoomin
Visualizações 134
Palavras 1.152
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, FemmeSlash, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


voltei caralho
eu disse que não ia demorar
mas ainda assim demorei
é a vida
nem tenho desculpa dessa vez, foi pura preguiça
fiquei procrastinando pra fazer esse cap
mas finalmente terminei
espero que gostem ;3

Capítulo 19 - Eighteen


Fanfic / Fanfiction The Bet - Capítulo 19 - Eighteen

Jimin estava exausto. Tinha feito tanta coisa, passou horas seguidas na editora resolvendo tudo o que faltava sobre seu livro. Mas de qualquer forma estava feliz, até ligar a televisão.

"Park Chul, dono de grande empresa assassina ex-esposa após tentativa de negociação. O crime foi cometido na sede da empresa, a mulher pedia a ele o dinheiro não pago e devido após o divórcio. Tudo foi gravado pelas câmeras de segurança no escritório de Chul. Ele foi preso nessa tarde e está sendo levado de volta para a Coréia."

Jimin estava estático. Chocado. Completamente espantado. Nunca havia desenvolvido grande simpatia por sua mãe, muito menos por seu pai, mas aquilo lhe atingiu de uma forma absurda. Pensou em LuHan, deveria estar arrasado depois da notícia. Respirou fundo, reuniu suas forças e tentou não chorar, mas foi inútil. Nas suas memórias, a imagem de sua mãe rondava, não se lembrava tanto dela, mas recordava dos detalhes principais. Em geral era bem parecida consigo.

Além de tudo, com quem ficaria LuHan, e a herança de sua mãe, e a empresa de seu pai. Por algum motivo ele sentia que teria de resolver tudo- não podia estar mais certo. Naquele momento queria apenas que alguém chegasse e o abraçasse. Seu telefone tocou.

-Alô?- Disse com a voz fraca

-Você é Park Jimin, correto?- Disse o homem do outro lado da linha

-Sim.- Fungou

-Desculpa não o contatarmos mais cedo, acho que você já ficou sabendo pelos jornais sobre a morte da sua mãe.- Falou

-Sim. Acabei de ver.- O baixinho não queria se estressar sobre isso, mas não seria possível

-Temos que resolver sobre a guarda de seu irmão. Sabemos que vocês têm três tios que moram na Coréia e que são capazes de cuidar do LuHan, ele disse que queria ficar contigo, mas você precisaria contatar os parentes e contratar um advogado. Seu irmão vai ficar contigo enquanto isso, em dois dias eles chega.- Jimin suspirou, seria uma longa semana.

xxx

-Ei Minnie.- Ouviu uma voz lhe chamando

-O que foi?- Resmungou

-Você deixou sua porta aberta.- Era Hoseok

-Não me importo.- Fechou os olhos.- Eu não aguento mais. Passei a caralha do dia todo tentando ligar ‘pra os meus tios, mas ninguém me responde. LuHan está atrasado, nem tive tempo para ficar triste.

-Quer um abraço?- Ele perguntou

-Por favor.- Disse choroso

Os abraços do moreno eram os melhores.

-Quer desabafar?

-Não, você tem problemas maiores, eu resolvo.- Suspirou

-Tem certeza?

-Sim.

xxx

O garoto de madeixas coloridas se aproximava com um sorriso triste, carregando uma mala escura e uma mochila.

-Oi Hannie.- Disse para seu irmão

O mais novo apenas acenou em resposta, forçando um sorriso.

-Ei, não sei se vai te animar, mas tem sorvete lá em casa, e eu te deixo conhecer os meninos.- Falou

-Agora ficou interessante.- Riu

Os dois andaram em direção ao carro, que esperava os dois. Durante todo o caminho, LuHan ficou escutando música enquanto olhava a paisagem da Coréia, era bem diferente do Japão mas ele achava que podia se acostumar.

“As investigações prosseguem e parece que havia mais alguém envolvido no assassinato de Choi Eun-mi. Há suspeitas do envolvimento de Dong-sun, um afiliado da empresa e sócio de Chul.”

-Senhor, você poderia mudar a estação de rádio por favor?

xxx

-Ei Minnie, eu e os outros vamos passar a noite de Halloween jogando e fazendo maratona de filmes de terror, quer ficar com a gente?- Hoseok perguntou, apoiado na porta.

-Não sei.- Suspirou.- Tenho que cuidar do LuHan.

-Ele vai sim.- LuHan apareceu do além.- Você passa o dia inteiro usando a televisão da sala e nunca me deixa jogar. Finalmente eu vou poder jogar minhas partidas competitivas. Além do mais, eu tenho 15 anos Jimin, e você vai estar no apartamento ao lado, consigo ficar sozinho algumas horas.

-Você ouviu ele. Vai ser legal.- Deu uma piscadinha

-Certo. Eu vou.

xxx

-Hyung, eu ‘tô entediado.- Jungkook entrou no quarto e se jogou na cama

-Sai daqui inferno, eu preciso dormir.- Yoongi murmurou

-Você dorme o dia inteiro hyung, conversa comigo.- O moreno fez um biquinho. Ele estava estranhamente mais carente ultimamente.

-Conversar sobre o que? Sobre o meu sono?- O olhar mortal de Yoongi parecia destruir a alma do Jeon

-Dá atenção para o menino, Yoongi.- Hoseok apareceu do além e se apoiou na porta

-Fala com ele você então. Eu ‘tô com sono.

-Como a gente aguenta ele?- Hoseok disse se dirigindo a Jungkook

-Eu ouvi!- Disse o branquelo com a face pressionada contra o travesseiro

-Era ‘pra ouvir mesmo. Você nunca dá atenção ‘pra gente.

-Se eu te disser que eu maliciei isso você vai ficar puto?- Yoongi falou dando um risinho

Hoseok corou intensamente. Jungkook ficou por alguns segundos processando, até que ele entendeu, e assim como Hoseok, seu rosto se enrubesceu.

-Yoongi hyung! Seu pervertido.

O branquelo só conseguia rir.

-Eu vim aqui para chamar vocês dois.- O moreno falou enfim.- Seokjin precisa de ajuda lá na cozinha e mandou eu chamar vocês.

-Mas eu não sei cozinhar.

-Eu sei, mas era vocês ou o Namjoon, e o Jin não quer deixar a coleção nova de panelas dele nas mãos de uma pessoa com o apelido de Deus da Destruição.

Os três presentes no quarto riram.

xxx

-Algumas horas antes-

Tempo ‘sozinho’ em casa; coisa que era difícil de ser ter quando você divide apartamento com cinco pessoas. Nenhum dos dois estava sozinho neste caso, tinham a companhia um do outro. Aproveitariam todo o tempo que tivessem enquanto estavam sozinhos. Apesar da sensação de ter os lábios de Taehyung contra os seus fosse uma das melhores sensações que Seokjin já havia sentido na vida, ele sabia que o moreno não mantinha relacionamentos sérios com ninguém. Tudo o que podia fazer era curtir o tempo que tinha. Não podia pedir por algo sério, ao menos não agora. As línguas se entrelaçaram em uma dança lenta e sincronizada. Os corpos agora mais juntos, mesmo depois de terem separado o ósculo. Juntaram as testas, as respirações se mesclaram e os rostos esquentaram. Reconfortantemente calmo.

xxx

Jimin tinha acabado de sair do apartamento. LuHan tinha tudo pronto para a melhor noite de sua vida. Não, ele não ia transar com ninguém; afinal de contas ele era mais solitário que seu irmão há alguns meses atrás. A noite perfeita para o jovem era passar todo o tempo que tinha jogando Overwatch, Layers of Fear e Life is Strange, além de ler Killing Stalking escondido de Jimin. Provavelmente ia se fundir com o sofá se passasse tanto tempo sentado ali. Antes que pudesse começar sua maratona, ouviu o celular tocar em cima da mesinha de centro.

-Alô?

-Você é Xiao LuHan?

-Sim.- Ele respondeu levemente acanhado

-Estamos felizes em informar que você foi aprovado no melhor colégio interno de toda a Coréia do Sul, o IPS.

Agora LuHan definitivamente necessitava de conversar com seu irmão.


Notas Finais


nem vou prometer que vou atualizar cedo
mas juro que eu tento
postei uma pwp de Yoonmin mais cedo, dêem uma olhada lá
https://spiritfanfics.com/historia/birthday-10926905

~Tia Sude


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...