História The Bet - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Barbara Palvin, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack & Jack, Jacob Whitesides, Magcon, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sam "Wilk" Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Barbara Palvin, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Aaron Carpenter, Barbara Palvin, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinski, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany Lox, Matt Espinosa, Nash Grier, Old Magcon, Sammy Wilk, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 229
Palavras 1.365
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Koleeeee galeraaaaa! Cá estou eu com mais um capítulo para vocês, meus leitores lindos (falando assim até parece que eu sou fofa).
Antes de começar, quero avisar que já iniciei as postagens da outra fanfic, então se você tem interesse em ler ela é só clicar no link que estará nas notas finais.
*Essa fanfic não é movida a comentários, mas eu amo quando vocês deixam suas opiniões!
*Não seja um leitor fantasma, comente e se quiser conversar comigo é só falar (juro que sou legal)
*Se você é um leitor (a) novo (a), seja muito bem vindo (a)! Espero que a fanfic esteja boa.
*Se você já é um leitor antigo e que me acompanha em todos os capítulos só tenho uma coisa a falar: obrigada
*Desculpem qualquer erro ortográfico
Agora chega de enrolação, vou deixar vocês lerem! Até lá embaixo...

Capítulo 28 - Benjamin


- Shippa quem desgrama? - Uma terceira voz falou.

Bianca ficou paralisada e eu logo me virei, para ver quem era a tal pessoa. Não acredito...

Bianca's POV:

- Benjamin Franklin! - Apontei para o nosso querido melhor amigo gay, que estava parado na batente da porta. Corri para ele e entrelacei minhas pernas na cintura dele.

- Que saudades vadia! - Falou me dando um tapa na bunda.

- Saudades é pouco! - Isadora exclamou e se juntou ao abraço.

Desci do colo de Ben e deixei Isa abraça-lo direito.

- Que saudades seu gostoso... - Isa falou rindo e deu um tapa no peitoral dele.

- Também! Mas pelo visto vocês tem muito o que me contar... - Nos lançou um olhar meio maligno e fechou a porta.

 Quebra de Tempo 

Depois de explicar tudo que aconteceu para Ben, ele nos olhou pasmo.

- Você esta ficando com o fofo do Shawn Mendes? - Apontou para a minha melhor amiga. - Você com o gostoso do Cameron Dallas? Vocês são amigas do povo da Magcon? O Josh voltou? - Ele parecia estar tendo um colapso mental. - BICHA MORTA! CHAMA O SHAMU! - Começou a gritar.

- Ben! Aquieta! - Isa exclamou rindo.

- Não! É muita informação para a minha mente!

- Depois de um tempo você acostuma... - Falei e peguei a mão dele. 

- Mas então gostosas, o que nós vamos fazer hoje de noite?

- O mesmo que você falou! Ir na balada e beber muito. - Minha melhor amiga falou.

- E no meu caso, pegar muitos boys... - Nos lançou um olhar malicioso.

- Em qual balada vamos? - Perguntei.

- Na melhor de Los Angeles obviamente... - Isa afirmou.

- Black Out nos aguarde! - Ben exclamou.

Cam's POV:

Depois que eu saí da casa da Bi, fui para a do Nash.

- Kole bro! - Afirmei quando o vi sentado no sofá da sala.

- Fala! - Se levantou e nós fizemos o nosso toque. - Onde você estava? Te liguei, nada. Fui até sua casa, sua mãe disse que você não estava. Pensei que tinha morrido. - Ri com o desespero dele.

- Calma aí! - Me sentei no sofá e peguei o controle da TV, vendo o que passava. - Eu só passei a noite na casa da Bianca... - Afirmei com indiferença.

- Ata... O QUE?! COMO ASSIM?! - Gritou.

- Eu. Dormi. Na. Casa. Da. Bianca... Entendeu agora? - Silabei.

- Entendi plenamente! O lance entre vocês está sério mesmo? - Se sentou ao meu lado.

- Acredito que sim... Eu gosto mesmo dela. Nunca me senti assim com ninguém... - Olhei para ele e sorri.

- Cara, você ta apaixonado...

- Ah não! De novo isso?! Você e o Taylor estão viajando...

- Se você diz... - Colocou as mãos para cima, em sinal de rendição.

- Mas e o seus pais? Vocês são irmãos agora?

- É...- Deu de ombros. - Parece que é isso... É legal ver a Bianca como parte da minha família...

- Então você não sente nada por ela?

- Não bro! O que quer dizer com isso?

- Sei lá! Vocês quase transaram e são tão amigos...

- Ciúmes? - Perguntou divertido e eu lhe lancei um olhar maligno. - Não cara! Me escuta! Aquele lance da festa, foi só uma atração momentânea. Eu vejo a Bi como um irmã, literalmente falando... Não precisa ter ciúmes...

- Valeu bro! E não é ciúmes! - Exclamei e logo notei a ausência de dois seres humanos que moravam naquele local. - Onde estão o Hayes e a Sky?

- Hayes levou ela para andar no parque...

- Falando assim até parece que ele é bom moço... - Zoei e nós começamos a rir.

- Na moral! - Falou, parando de rir. - Agora cala a boca, esse filme é bom...

- Eu hein! Bipolaridade da porra! - Voltei minha atenção para o filme.

Bianca's POV:

Eu estava acabando de me arrumar para sair. Usava uma bota over the knee preta de salto alto; um short jeans cós-alto; uma regata de alcinha preta, que estava com a parte da frente para dentro do short.

Passei uma maquiagem que não era muito leve, mas também não muito pesada. A sombra era composta por uma sombra preta, com degradê cinza; um delineado de gatinho; batom vermelho. Além do básico para esconder as imperfeições.

Fiz chapinha no meu cabelo e o dividi no meio.

- ANDA RÁPIDO BIANCA! - Isadora gritou.

- NÃO TEMOS A NOITE TODA SUA VADIA! - Foi a vez de Ben gritar.

- CALMA SEUS IMPACIENTES! TO INDO PORRA! - Gritei de volta.

Peguei minha bolsa pequena, coloquei meu celular, a carteira de indentidade falsa e a chave dentro dela. Corri para o closet e escolhi um jaqueta de couro preta.

Saí do quarto e segui para a sala. Onde os dois jumentos estavam jogados no sofá.

- A diva chegou... - Falei rindo.

Meus dois amigos pousaram os olhos em mim e a boca deles abriu-se em um "o" perfeito.

- Você está maravilhosa... - Isa falou.

- Você que tá migs... - Dei um tapa no ombro dela.

- Eu já sabia que ia ficar gata! É você vadia! - Ben deu um tapa na minha bunda e eu ri.

- Vamos? - Perguntei e eles assentiram.

Entramos na BMW branca de Ben e seguimos para a balada. Em pouco mais de vinte minutos chegamos ao local e ele tinha uma fila enorme.

- Que droga! Olha o tamanho dessa fila! - Isadora reclamou.

- Parece até que nunca saiu comigo e com o Ben amor... - Afirmei e já segui para a entrada. Sendo seguida pelos meus dois amigos. O segurança me olhou e eu dei um sorriso simpático. - Bianca González e acompanhantes... - Falei e o segurança o pareceu acordar.

- Claro senhorita Gonzáles! Pode entrar! - Deu espaço e nós três entramos no local.

- Bicha! Você é foda! - Ben me abraçou de lado.

- Vamos para o bar! - Isadora gritou no meu ouvido.

- Beleza!

Fomos até o bar com certa dificuldade e pedimos várias bebidas.

As doses de tequila que eu pedi logo chegaram. Sendo acompanhadas pelo sal e pelo limão.

Olhei maliciosa para o Ben, que logo entendeu.

- Vá em frente... - Ele estava no modo "hétero".

Coloquei o limão entre os dentes dele. Lambi o seu pescoço, joguei o sal e peguei meu copo de tequila.

Lambi o sal do pescoço dele, virei o copo e mordi o limão que estava entre seus dentes. O líquido azedo da fruta saiu, e aquela sensação era ótima.

Isadora não gostava disso, por isso apenas observava rindo de nós e do pessoal, que pensava que Ben fosse hétero.

Fiz o mesmo com o resto dos copos de tequila e Ben me acompanhou.

- Vamos dançar? - Perguntei, um pouco alterada. Mas não muito.

- Vão vocês, já os acompanho... - Isa falou.

- O que aconteceu miga? Você tá estranha...

- Nada... Vão dançar...

- Se você diz... - Ben falou e me puxou para a pista de dança.

Bem na hora que chegamos, começou a tocar Or Nah - Ty Dolla Sign (Feat. The Weeknd, Wiz Kalifa and DJ Mustard).

- Adoro essa música... - Afirmei.

- També, mas agora foco! Tem um cara te encarando faz um tempo... - Falou e eu tentei olhar para trás, mas ele me puxou pelo queixo, me fazendo olha-lo novamente. Sorri e revirei os olhos.

Ben me puxou pela cintura e colou nossos corpos. Coloquei meu braço nos dois ombros dele e comecei a mexer meu quadril.

- Esse trouxas acham mesmo que eu sou hétero, é hilário. O mais engraçado, é a cara de tacho deles ao ver você comigo... - Sussurrou no meu ouvido e mordeu o lóbulo da minha orelha. Ri e voltei a dançar.

Era sempre assim. Eu e Ben adoravamos esse joguinho. Senti falta disso. Continuamos dançando bem colados, e Ben apertava mais minha cintura. De repente, uma pessoa puxou o ombro dele e o derrubou no chão, após dar um soco nele.


Notas Finais


Então galera, sei que o cap ficou meio bosta, mas ele é só um ponte para o próximo.
O que acharam? Gostaram? Espero que sim!

LINK DA FANFIC NOVA (Friends With Benefits - Chris Schistad & Cara Delevingne):
https://spiritfanfics.com/historia/friends-with-benefits-10967021

TRAILER - THE BET:
https://youtu.be/XP2djWzr8WA

TRAILER - FRIENDS WITH BENEFITS:
https://youtu.be/aaxm3MVQxrE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...