1. Spirit Fanfics >
  2. The Beta's Wedding - ABO JIKOOK >
  3. Parceria e fusão

História The Beta's Wedding - ABO JIKOOK - Capítulo 11


Escrita por: MyOppasFics

Notas do Autor


Anyyeeoong! Boa leitura ^^

Capítulo 11 - Parceria e fusão


Capítulo onze - Parceria e fusão



Após a conversa no mínimo esquisita (o contexto como um todo, na verdade), Jungkook abriu a porta, retornando ao salão principal na companhia do agora noivo, Park Jimin.


O retorno dos dois foi recebido com cautela pelas famílias e também foi alvo dos olhares da maioria das pessoas presentes no evento, eles se sentaram em lados opostos da mesa, um de frente para o outro, suas ommas sentaram à sua esquerda e os appas à direita, sem mais demora, Jimin logo colocou o assunto em pauta novamente, tentou conter sua ira, havia muitas pessoas olhando para a mesa das famílias, agora parceiras.


- Gente, em primeiro lugar, eu deveria ter sido avisado disso antes. - Olhou decepcionado para seus progenitores. - Segundamente, o que vocês estão pensando? Nós dois somos betas! Eu tenho o direito de escolher se quero um alfa ou um ômega! Não é o ideal dois betas ficarem juntos e vocês sabem muito bem disso. Isso pode até causar problemas congênitos nos filhotes dessa relação, os senhores sabem disso, não sabem?


- Vamos cuidar da saúde dos dois, ambos sempre farão acompanhamento médico regular, não se preocupe com isso, cuidaremos para que nossos netinhos nasçam cheios de saúde. - Sehun sorriu. - Essa união vai ser boa para você dois, meu filho, acredite em mim.


Jungkook ouvia em silêncio, com a cabeça fixa em seu prato, mexia a comida de um lado para o outro, descontando sua ansiedade no alimento.


- Jimin, querido, acredito que Jung tenha te contado direitinho sobre os detalhes desse matrimônio - SeokJin fitou o filho, que permaneceu de cabeça baixa. - Acredito que ambos estejam entendidos e de acordo, não? - Fez uma pergunta retórica, nem dando tempo para o loiro lhe responder. - Estamos planejando o casamento de vocês naquela floresta em frente à sua casa, Park. É um lugar lindo, será um casamento lupino tradicional, ao ar livre.


- Será lindo! - IU comentou, fazendo carinho no ombro do filho.


- A cerimônia será no dia dez de outubro. - Namjoon inferiu, calmo.


- Mas já? - Jung e Jimin disseram ao mesmo tempo.


- Não queremos nos demorar nesse assunto, vocês ainda terão um mês para sair e se conhecer mais. - Sehun falou.


- Sugiro que comecem a sair amanhã mesmo. - IU soltou uma risadinha e fitou Jungkook com os olhos, sendo retribuída por um olhar um tanto pragmático.


- Concordo com você, senhora Park. - SeokJin sorriu.


- Depois do casamento, obviamente, vocês terão sua própria casa, temos uma casa de veraneio na ilha Jeju, para morarem lá acho um pouco complicado, porque é relativamente longe, tanto da academia de dança para o Park, quanto da Jeon's e do estúdio para o Jung. - Namjoon começou.


- Então vamos deixar aquela casa para a lua de mel de vocês, se quiserem ir para lá e descansarem nos fins de semana, fiquem à vontade, ela é toda de vocês. - Jimin corou.


- Não precisa, senhor Jin, de verdade, não há necessidade.


- Claro que precisa, esse é o nosso presente de casamento para vocês dois. - Sorriu fofo.


- Já da nossa parte, virá a casa em que vocês irão morar definitivamente, em Jeonju, cerca de uns vinte minutos da casa de ambos os sogros de vocês. - Riu contente.


- Sobre as empresas. - Namjoon se desencostou da cadeira, demonstrando grande interesse no assunto. - Assim que houver o casamento civil, metade da herança da Jeon's irá para você, JungKook. - Taemin fingiu nem ouvir. - E o patrimônio da Park's irá ser transferido diretamente para o seu nome, Jimin.


- Isso mesmo, estamos querendo mais do que o casamento de vocês, mas também a fusão de nossas empresas, mesmo que permaneçam os nomes das famílias em cada empreendimento, na prática, será uma família só no comando das duas, no caso, a família de vocês dois. - Sehun acrescentou.


- Espera, vocês querem que administremos tudo sozinhos? - Jimin entrou na conversa.


- Taemin cuidará de metade da Jeon's, você e JungKook cuidarão do resto, mas podem ter ajuda de outros profissionais, não se preocupem com isso, temos pessoal de confiança que trabalham em ambas as empresas há anos, eles os auxiliarão nessa nova etapa. - Namjoon respondeu.


- Deixem os detalhes da parceria conosco, vocês serão os titulares das ações e também seria bom se aprendessem mais sobre o gerenciamento e administração das empresas, mas de qualquer forma, teremos gente para "pôr a mão na massa" no lugar de vocês, enquanto isso, aproveitem para se aproximar e apenas aproveitem a lua de mel, o resto os papais de vocês aqui vão cuidar. - Sehun sorriu fofo, sem ter a menor noção do que disse.

 

- Então é assim? - A feição do loiro transparecia indignação e cólera. - Vocês articulam tudo sozinhos e a gente que se foda no final. - Todos na mesa arregalaram os olhos com o vocabulário baixo que Jimin havia usado no meio da convesa. - Ninguém perguntou nada para nós dois, apena se importam com o dinheiro, não estão nem aí para os "seus filhos amados"! Que seja, façam como quiserem. - Levantou-se indignado e saiu da mesa, sentou-se na entrada do evento, na parte de fora, chorou um pouco, pegou um táxi e voltou para casa.


O climão que ficou na mesa das famílias era absurdo, Jungkook segurava uma risada, gostou da forma de como o loiro havia agido, ele era pequeno e fofo, mas não deixava passar uma, disso ele gostou no outro.


Enquanto as famílias tentavam contornar aquela situação desagradável, Yoongi e Chanyeol saíram de cena, o assunto não lhes era pertinente, pediram licença e se retiraram do local, afastaram-se do centro do salão e conversaram um com o outro sobre o furo da noite, enfim as marias fifi, enquanto se perdiam nas fofocas e no sentimento de pena que desenvolveram pelo loiro que havia saído do lugar anteriormente, encontraram Jay Park sozinho num outro canto do evento, ele estava super estiloso, usava um terno branco, com um tênis esportivo, camisa social preta com dois botões abertos e uma corrente super estilosa que o deixou ainda mais sexy, já que chamava atenção para seu pescoço tatuado.


Min e Chanyeol seguiram em direção ao rapaz para conversar com ele sobre a parceria dos três. Enquanto eles conversavam, Sunmi e Taemin também saíram da mesa, deixando lá, somente seus pais e o irmão mais novo.


Os gêmeos foram ao bar e beberam duas doses juntos.


- Eu sabia que não ia ser agradável, mas que puta climão foi esse? - Sunmi começou.


- Pois é ksks, parece que o Park é meio esquentadinho.


- Quer saber, isso pode até ser bom, ele vai tirar toda a marra do Jungkook. - Riram juntos.


Taemin desviou o olhar da mesa e perdeu seus olhos no outro lado do salão, ele já havia percebido um cheiro doce gostoso no ar, mas ainda não tinha percebido de quem vinha, talvez o álcool tenha despertado seu lado lupino com maior intensidade.


- O que você tanto olha pra lá? - A irmã perguntou, procurando o que tanto o mais velho olhava.


- Quem é ele?


- Estava junto dos Park's, humm... e aquele tatuado ali?


- Huum, entendi. Ah, eu já estava querendo falar com ele há um tempo ksks, o nome dele é Jay Park.


- Jay Park?


- Sim, eu curto muito as músicas dele, queria ir tirar uma foto, ele é uma celebridade.


- Ah, ele é cantor, é?


- Cantor, compositor, dançarino, empresário... Pensa num cara foda!


- Humm, vamos lá falar com ele, então. - Sorriu de canto.


- Por mim tudo bem,


Foram juntos até o outro canto do salão.


- Olá, boa noite, sou Lee Sunmi, filha dos Jeon. - Curvou-se comprimindo os seios no vestido, de propósito.


- Sou Jay Park, muito prazer. - Estendeu a mão para a outra. - Mas que curioso, se você é uma Jeon, porque seu sobrenome é Lee?


- É uma longa história dos meus pais ksks.


- Ah, entendi. - Riu.


- E você é?


- Sou Lee Taemin, irmão mais velho dela rs.


- Depois vou querer ouvir essa história do sobrenome de vocês ksks. - Todos os cinco sorriram.


- E vocês dois? São irmãos do Park Jimin?


- Eu sou irmão, ele é primo. - Yoongi falou apontando para si mesmo e para o primo.


- Ah, certo rsrs, e seus nomes?


- Sou Min Yoongi. 


- Eu sou Park Chanyeol. - Sorriu para o alfa.


- Muito prazer. - Sorriu gostoso, havia descoberto de quem vinha aquele cheiro.


- Meu irmão disse que você é cantor, o que acha de animar um pouco a noite? 


- O que está sugerindo? - Sorriu de canto.


- Por que não canta para animar a noite? Vou pegar um microfone para você. - Jay ficou surpreso, não esperava se apresentar naquele dia.


- Ela é assim mesmo, pensa numa lobinha impulsiva. - Riu falando da irmã.


- Eu gostei dela. - Riu também - Desculpa se eu for muito direto, mas ela está solteira?


Yoongi e Chanyeol arregalaram os olhos, se entreolharam fazendo uma careta do tipo: "Eita poxa, assim do nada?".


- Ela sempre está solteira. - Taemin pôs as mãos na cintura, rindo da pergunta.


- Bom saber. - Jay pôs a mão no pescoço, olhou para baixo rapidamente e logo teve sua atenção novamente roubada pela jovem.


- Boa noite, pessoal, fiquei sabendo que temos um artista entre nós nesta noite, o que vocês acham de uma música para animar a noite? - A plateia sorriu e concordou. - Já que todos concordam, por favor, recebam: Jay Park. - Gesticulou com os braços para o alfa subir ao palco e ele veio prontamente.


- Eu não estava esperando por essa. - Sorriu. - Vou cantar um novo single, espero que gostem.


Jay Park cantou "GANADARA" e a mãe de Jimin ficou super animada, havia gostado muito da música, Jungkook apenas a observava em silêncio, a mãe de seu noivo era muito bonita e cheia de vida.


Enquanto isso Yoongi se afastou para conversar com Solar, deixando Chanyeol e Taemin sozinhos.


- Então, você faz o que da vida, Chanyeol?


- Eu sou compositor. - Sorriu com os olhos.


- Ommo, sério? - Seus olhos brilharam.


- Seríssimo ksks.


- Caramba, que top! Eu adoro música!


- Eu também rsrs, dá um trabalho, viu? Não vou negar, porque eu componho muito para outras pessoas, aí para se adaptar ao estilo de outra pessoa é um pouco estranho ksks.


- Imagino... Desculpa perguntar, mas quantos anos você tem?


- Trinta e dois... - Levou as mãos ao pescoço sem graça.


- É, eu sou um pouco mais novo ksks. - Corou.


- Quantos anos você tem?


- Adivinhe. 


- Humm... trinta? - Taemin riu. - Menos? - Ele acenou com a cabeça. - Ahn... vinte e oito?


- Bingo!


- É ksks, quatro anos de diferença, você tem a idade do Yoongi. - Riu.


Enquanto isso, Jay Park conversava com outros empresário, muita gente naquela noite havia gostado da apresentação dele, após cerca de trinta minutos de ser literalmente barrado a todo instante e parabenizado, seguiu em direção à jovem que era responsável por tudo aquilo, ela bebia um líquido azul, combinando com seu vestido, estava escorada no balcão do bar, numa posição um tanto sugestiva.


- Enfim achei a moça que me conseguiu parcerias para metade de um ano inteiro! - Ela o olhou por cima dos ombros e se virou lentamente em sua direção.


- Posso conseguir muitas coisas quando eu quero. - Sorriu maliciosa.


Notas Finais


Espero que estejam gostando, depois me contem nos comentários o que estão achando, gosto de saber a opinião de vocês, lembrando que críticas construtivas são sempre bem vindas! 😚

Estou com um rascunho de uma fic nova, ela é literalmente a junção da minha vida amorosa com um toque de drama, será Jikook também, e por se tratar de algo baseado em fatos reais, terá muitos gatilhos, tanto emocionais como sexuais, já de cara, não estou querendo incentivar NENHUM comportamento na fic, ela é fruto de um relacionamento tóxico que eu tive por anos, mas diferentemente do que aconteceu comigo, terá um final feliz, e também uma lição de moral, vou escrever lembrando de coisas ruins, mas espero que no último capítulo, vocês leiam e digam: "Caralho, preciso tomar cuidado para não me envolver com pessoas assim", isso já vai valer e muito pra mim.

Obrigada por acompanharem e até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...