1. Spirit Fanfics >
  2. The Beta's Wedding - ABO JIKOOK - namjin >
  3. Encontros

História The Beta's Wedding - ABO JIKOOK - namjin - Capítulo 16


Escrita por: MyOppasFics

Notas do Autor


Boa leitura, chinguss ^^

Capítulo 16 - Encontros


Fanfic / Fanfiction The Beta's Wedding - ABO JIKOOK - namjin - Capítulo 16 - Encontros

Capítulo dezesseis - Encontros


Quinta feira, um dia de verão em pleno outono, vinte e seis graus, céu aberto e azul como o mar, não havia sequer uma nuvem no céu, um dia que tinha tudo para ser perfeito, e pode ter sido mesmo, para algumas pessoas, hoje seria o dia do encontro de Yoongi com Rowoon, o primeiro nem dormiu direito de ansiedade, enquanto a preocupação dos dois era unicamente seus encontros, Chanyeol estava ocupado a trabalho, passou cedo na casa do primo para conversar sobre a parceria com Jay Park, eles iriam se encontrar mais tarde para confirmar os pormenores da colaboração.


- Então é isso, ele quer começar de vez o projeto já na semana que vem, não se atrase e cumpra os prazos. - Desviou sua atenção para uma cartela de comprimidos sobre a mesa do Min.


- Está bem, tem mais alguma coisa a dizer? Preciso me arrumar, vou sair daqui a pouco.


- Hum, sobre trabalho não, mas o que é aquele remédio? Está doente?


- Ah, são supressores de cio...


- Espera aí, para ficar no cio precisa estar desejando alguém. - Olhou maldoso. - Quem é o sortudo?


- Aish, por que você e o Jimin ficam me perturbando com isso?


- Porque nós dois sabemos que você nunca ficou com ninguém. - Riu.


- Vai embora , eu preciso me arrumar. - Empurrou-o para fora do quarto.


- Posso te dar umas dicas, se quiser. - Sorriu de canto.


- Eu vou descobrir sozinho, passar bem. - Bateu a porta do quarto, trancando-a logo em seguida.


- Nenhum desses dois presta, pelos deuses...


Chanyeol riu e desceu as escadas sendo barrado por IU.


- Não vai nem me cumprimentar, sobrinho? - Abraçou-o forte, comprimindo seus seios contra o peitoral do rapaz.


- Oi tia. - Afastou-se. - Sabia que o Yoongi está vendo alguém?


- Sério? Finalmente! Estava achando que ele era assexuado... quem é?


- Não sei, mas ele está tomando até supressores de cio.


- Hum, isso é em parte positivo, porque significa que ele quer alguém, mas se ele quer, por que passar o cio dopado?


- A senhora sabe que ele é virgem, acho que ele vai esperar mais um pouco.


- Não entendo esse garoto, quase trinta anos e nunca transou, eu com um pouco mais da metade da idade dele já dava minhas escapadinhas por aí.


- Eu acredito. - Riu. - Bom, eu tenho que ir, tenho uns negócios a resolver hoje, tenha um bom dia, IU.


- Vá com cuidado. - Sorriu com os olhos. - É uma pena que queira ser apenas o meu sobrinho... - Fez bico. - Você está fazendo academia agora, não é? - Secou o rapaz.


- Aigoo, tira o olho, IU! - Ela riu.


Ele saiu da residência dos Park's e seguiu ao endereço que Jay havia lhe passado, adentrou na sala a prova de som e encontrou Park sentado conversando com outro homem, que estava sentado de costas para si.


- Enfim você chegou. - O tatuado se levantou indo cumprimentá-lo.


- Desculpe o atraso.


- Tranquilo, estava conversando com um fã. - Riu. - Acho que vocês se conheceram no evento dos Jeon's, não é? - Taemin se levantou, virando-se para Chanyeol.


- Ah, Taemin! Você é fã dele?


- Culpado... - Riram.


O lee acompanhou a conversa dos dois, observou os dois em silêncio, ficaram lá por pouco mais de duas horas, logo Chanyeol saiu para outro compromisso, em pouco tempo estaria se mudando e tinha os detalhes para resolver.


- Você gostou dele. - Sorriu malicioso.


- Está tão na cara assim?


- Estampado na sua cara. - Taemin corou. - Que eu saiba, ele está solteiro, por que não tenta a sorte? Eu te passo o número dele.


- Na verdade eu já tenho o número do Chanyeol...


- Então está esperando o quê?


- Ah, acho que vejo ele mais do que como um caso, tudo o que eu tive até hoje foram diversões de uma noite só... Vai que ele me deixa depois da nossa primeira vez?


- Antes de pensar em namoro, tem que saber se o sentimento é recíproco, o sexo vai se ajustar naturalmente com o tempo, se quer focar num relacionamento sério, chama ele para sair, para vocês se conhecerem mais, transa depois, assim você se magoa menos se der errado.


- Você está certo... Nossa, parando para pensar, que conselho bom, e você? Tem alguém?


- Treinador não entra em campo. - Sorriu cafajeste.


- Ksksks, mas eu vi que pintou um clima entre você e a minha irmã. - Olhou maldoso.


- Bom, trocamos números de telefone, estamos querendo ajustar nossas agendas para um possível encontro, eu senti uma química com ela, mas tem outra garota na minha cabeça também...


- Hum, eu não vou dizer para você não magoar ela, porque duvido muito que consiga rsrs, então boa sorte com as duas.


A essa altura, Yoongi saía do banho, seu lindo cabelo platinado caindo nos olhos era uma visão divina, devido ao calor, colocou uma bermuda preta e uma camisa larga branca, um tênis preto, ajeitou o cabelo minimamente, gostava dele o mais natural possível, passou perfume e logo pôde ouvir seu celular tocando.


- Está pronto?


- Estou. - Sorriu se olhando no espelho ao ouvir a voz do médico.


- Estou na frente da sua casa.


- Já estou descendo.


- Te espero. - Sorriu também.


Desceu as escadas rapidamente.


- Vai sair? - Sua omma o olhou de cima a baixo.


- Vou.


- Não esqueça de usar camisinha, mamãe te ama. - Beijou a testa do filho.


- Caramba, por que todos vocês resumem tudo num relacionamento a sexo?!


- É a melhor parte, querido. - Ela riu e Yoon ficou vermelho.


- Aish, eomeoni! Estou indo, tchau. - Deu as costas, deixando a matriarca rindo sozinha.


Desceu as escadas tentando não pensar nenhuma besteira e logo avistou Rowoon sorrindo para ele, debruçado sobre o carro, à sua espera.


- Você está lindo! - Sorriu amigável.


- Obrigado. - Passou o cabelo para trás, corando. - Você está muito bonito também, eu fico até sem graça... estou mais despojado... - Rowoon vestia uma camisa social branca e uma bermuda de mesma cor, assim como o tênis, um look total white que lhe serviu muito bem.


- Que isso, em parte estamos combinando, os dois de camisa branca. - Sorriu tentando confortar o menor, deixando-o mais à vontade. - Entre. - Abriu a porta do carro para o outro.


- Obrigado. - Sorriu com os olhos ficando apenas dois tracinhos fofos em seu rosto.


Rowoon deu a volta no carro e adentrou no veículo, pôs seu cinto e logo deu partida no carro.


- Aonde vamos?


- O que acha de vermos um filme? No fim do dia já tenho um lugar em mente para te levar. - Sorriu tranquilo, mas Min corou nervoso, que lugar ele o levaria à noite?


- F-filme me parece uma boa ideia...


- Você está hesitando, tem outra ideia em mente?


- É que você disse que quer me levar num lugar no fim do dia. - Engoliu seco, mas o maior logo caiu na gargalhada.


- Aigoo, desculpe o duplo sentido, nem tinha percebido. - Riu. - Eu só queria te levar num lugar legal para ver o pôr do Sol, por isso falei do fim do dia.


- A-ah, era isso. - Respirou aliviado, rindo de nervoso.


- Pensou no quê? Seu bobo. - Fez carinho na coxa do menor, sem maldade. - Vamos com calma em tudo, um passo de cada vez, não se preocupe comigo, não vou fazer nada que você não queira. - Fez carinho no rosto do platinado.


- Obrigado. - Fez carinho na mão do outro, enquanto este mexia na marcha do carro.


Eles seguiram em silêncio, os dois sorrindo com os lábios, a energia entre os dois era algo muito bom, estacionaram no shopping, caminharam um pouco lado a lado, foram numa loja de departamentos onde Rowoon fez questão de comprar uma linda calça jeans preta e rasgada para o Min.


- Experimenta, tenho certeza que vai ficar ótimo em você.


- Não sei não. - Riu nervoso. - Ela parece ser muito justa.


- Vai ficar boa, vai lá, eu te espero. - Quase empurrou o menor para o provador.


- E você, não vai experimentar nada? Humm, que tal combinarmos? Pega uma do seu tamanho também.


- Quer combinar nossas roupas? - Sorriu contente e Min sorriu de canto. - Por mim tudo bem. - Pegou rapidamente o seu número, pegou a mão de Yoongi e seguiram juntos para o provador.


? - Uma peça cada um né? Eu estou sem plaquinhas de uma, levem uma placa de duas e depois devolvam na saída. - Eles concordaram.


- Eu vou ficar nesse aqui, do seu lado, assim que experimentar, saia para eu ver como ficou.


- Okay. - Sorriu fofo.


Min saiu primeiro, foi até o final do corredor para olhar no espelho, novamente, havia achado muito justa, marcava toda a sua bunda, além de marcar um pouco seu membro, apesar disso, havia ficado muito estiloso, voltou ao provador para se autoavaliar mais de perto e logo ouviu Rowoon do lado de fora.


- Já vestiu?


- Uhum. - Abriu a cortina do provador e quase salivou ao ver o alfa naquela roupa, ele havia colocado sua camisa social para dentro da calça justíssima, dava para ver o formato completo do seu membro por dentro da calça.


- Acho que a minha ficou um pouco justa demais. - Riu. - Mas a sua parece que ficou ótima. - Desviou o olhar da parte da frente do ômega e se inclinou para ver como estava a parte posterior do corpo do menor no espelho. - Está perfeita em você. - Sorriu. - Vou levar para você. - Yoongi ainda estava um pouco em choque com a visão. - Por que está tão quieto? - Riu. 


- N-nada não, vou trocar a roupa e pegar um tamanho maior para você. - Riu nervoso.


- Não troque não, vamos sair os dois combinando hoje. - Fez carinho no cabelo do outro. - Vou tirar isso aqui, está me apertando. - Falou rindo enquanto se dirigia ao seu provador.


O platinado sentou-se num banquinho que havia dentro do provador e tentou controlar sua respiração, assim como os rubores em seu rosto, "Se controla, Yoongi!" dizia para si mesmo.


- Yoongi, já tirei a calça, pode levar lá para mim, por favor? - O menor foi até o provador do outro, ele nem sequer havia vestido sua calça de antes, estava apenas de cueca esperando o outro.


- Ommo! Virou-se para o outro lado imediatamente.


- Aigoo, desculpe. - RIu. - Aqui está. - Entregou a roupa que Yoon pegou sem sequer se virar.


"Ele parece ser bem tímido", ria consigo, "Um fofo", Rowoon achava o menor uma pecinha rara.


- Toma, é um número maior. - Olhava para o lado.


- Obrigado. - Segurou a mão do menor, dando um beijinho, foi impossível evitar, Yoongi teve que fitá-lo com os olhos, foi um contato visual de pouco mais de cinco segundos, mas que fez o corpo do menor tremer de excitação, isso porque ele não havia abaixado os olhos para o íntimo do maior.


- T-termine de se vestir. - Olhou para baixo por instinto, mas logo desviou o olhar. - O filme começa logo logo.


- Pode deixar. - soltou a mão do outro, vestindo-se rapidamente, saiu do provador para que o outro visse-o.


- Está bom agora? - Yoongi olhou calmo, pediu para o maior dar uma voltinha e analisou seu íntimo por três longos segundos.


- De forma geral está bom, acho que atrás está marcando tanto como a minha, e na frente... - RIu nervoso. - Só não marcaria se não tivesse nada aí. - Suspirou e o outro riu. - Podemos ir?


- Vamos. - Pegou na mão do outro e deu um beijinho em sua testa.


? - Vocês são um casal muito fofo, queria que o meu namorado saísse comigo para comprar roupas combinando. - A moça que trabalhava na loja comentou.


- Obrigado. - Rowoon sorriu.


Yoon ficou em silêncio dali para frente, o filme todo, quase não piscava, e quando acabou o filme, assistiram todos os créditos até a sala ficar vazia.


- Yoongi, está tudo bem? Fiz alguma coisa errada?


- N-não... mas... eu quero fazer. - Disse com a voz trêmula. - Posso te beijar? - Rowoon sorriu obviamente com aquele pedido, ele queria tanto quanto o platinado.


Os dois colaram suavemente seus lábios, estava sendo o começo da entrega do Min. Após o breve contato, foram interrompidos com um pedido de que deixassem a sala, para que a equipe de limpeza pudesse fazer o seu trabalho, eles saíram de mãos dadas e seguiram em silêncio até o lugar em que Rowoon queria levar o menor.


- Era aqui que queria me trazer? - Sorriu.


- Gostou?


- É lindo!


Eles estavam no que mais se aproxima de um monte, sentaram-se na grama e puderam apreciar o melhor pôr-do-sol de suas vidas, Yoongi sentou-se na ponta da encosta e Rowoon por trás dele, envolvendo-o com seus braços e pernas, estava frio lá em cima, mas o calor dos braços do alfa aqueciam tão bem o corpo como o coração do ômega.


- Obrigado por hoje, alfa. - Virou-se aproximando seu rosto do outro, sorrindo amoroso.


- Eu que agradeço. - Apertou-o mais forte contra si e beijou sua testa.


A essa hora do dia, umas seis e pouca da noite, Sunmi saía para encontrar Hwasa, a princípio, para tratar de negócios, in(felizmente), Hye Jin estava no cio e ela nesta condição, não conseguiria deixar ninguém em paz sem antes estar satisfeita.


[ Ding dong ]


- Ah, oi, hum... - Hwasa abriu a porta apenas com um roupão de banho vermelho, seu cabelo ainda estava um pouco molhado. - você está tão cheirosa... - Os olhos de ambas se tornaram vermelhos.


Não deu outra, a dona da casa puxou Sunmi para dentro e as duas se beijaram intensamente, logo a irmã de Jungkook estava despindo a outra e sem demora caíram uma por cima da outra no sofá.


- Cio, estou certa? - Interrompeu o beijo brevemente.


- Será capaz de me satisfazer? - Provocou.


- Sou muito habilidosa... - Lambeu os lábios e logo desceu pelo pescoço da outra, percorrendo-a com sua língua astuta.


Foi uma noite e tanto, as duas eram muito boas no que faziam, alternavam dedo, língua, posições, as duas gozaram várias vezes, após as duas chegarem à exaustão, conversaram um pouco, Hwasa desabafou um pouco, tanto sobre a rotina puxada na administração da empresa, quanto até mesmo sobre sua vida emocional, sentiu uma forte conexão com a outra, como se pudesse confiar plenamente nela, e lhe contar todos os seus segredos.


- Entendo que tenha tido os seus traumas, mas mesmo depois dessa noite, ainda acho que você pode amar de novo, não eu, já aviso ksks.


- Não se preocupe, às vezes eu acho que a pessoa certa virá de uma forma diferente, acho que a última coisa que vou fazer com ela é sexo, parece que tenho dificuldade de criar laços fortes após transar com as pessoas, parece que mantenho uma distância segura para não me machucar...


- Se precisar de uma amiga, pode falar comigo, minha língua e dedos são habilidosos, mas sou uma boa ouvinte também. - Hwasa riu pequeno.


- Sobre isso, acho relevante falar sobre o seu irmão mais novo.


- Jungkook? 


- Ele mesmo, o meu melhor amigo e ele saem há anos, mas agora seu irmão está noivo, para o bem dos dois, acho que seria mais sensato que eles parassem de se ver.


- Você gosta do seu melhor amigo, é isso?


- Longe de mim, nossa época já passou, mas é que isso está atrapalhando ele, até a concentração dele no trabalho está mais reduzida.


- Putz, depois que atinge o rendimento no trabalho é foda, odeio que meus funcionários tragam problemas pessoais para a empresa.


- Exatamente!


- Vou falar com o Kookie, realmente não é muito legal sair com outras pessoas depois de um compromisso desse porte...











Notas Finais


Eu só queria um romance que nem o do Yoongi 🥹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...