História The Black Reaper... - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 916
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey
Volteeeeei
Tava sem net!

Capítulo 18 - Desconfiança...


Fanfic / Fanfiction The Black Reaper... - Capítulo 18 - Desconfiança...

Continuando...

Observei aquele dia ser uma  fucking confusão. Rachel contou que as garotas estavam la, aquelas " amigas" que mais parecem cachorrinhos. Elas estavam dizendo algo sobre mim. Mas quem se importa? 

"Por que nao deixou eu terminar o que comecei?"

- Não seja tão apressada. Vamos brincar primeiro... 

- Brincar?- Bin ja se interessou.

- Por onde voce vai ficar?- perguntei.

- Aqui perto. Eu até me matriculei na mesma escola que voce...

- Não brinca! Rach... Quero que faça uma coisa. Segue ela. Vamos saber para qual hospital ela vai... - comentei e ela fez logo isso.

- Hey! Rachel!- demorei pra perceber que era eu. Entao virei e sorrir.

- Por que ainda está aqui?

- Estou tentando falar com um dos meus pais.- mostrei o telefone. Ele sorriu.

- Se voce quiser...posso te levar de volta.

- Perfeito. 

Isabella, voce fez o que fez com a sua amiga... E eu vou fazer o mesmo com você..coitadinha...demorou tanto para consegui o que quer e da pior forma. 

(...)

Ele me levou e deixou a Bin na avenida. Ela disse que iria me falar o endereço depois. 

- Sua nova amiga?- ele disse olhando ela sumir aos poucos.

- É sim. Ela é bem legal...

- Onde a conheceu?- ele ousou perguntar.

Entao tive que falar uma certa historia que, nem contei tanta mentira assim. No caminho ate em casa descobrir bastante coisas... Parece que a Isabella é bem ciumenta e insegura e isso deu pra perceber. E eu acho que ja sei o que fazer... 

Chegamos em frente a casa e ela apareceu coincidentemente na porta da sua casa.

- Jace???- ela o reconheceu

- É... Oi, Isa!

- O que faz aqui?

- Ele veio me trazer. 

- Ah...Rachel.- ela me olhou com desprezo.

- Ah...Jace... Será que voce poderia entrar e falar com os meus pais? Eles devem estar super preocupados... 

- Claro!

(...)

 Ele foi na frente entao tive tempo de brincar um pouco.

- Oh meu Deus! O que foi esse corte?- perguntei a sua mao direita. De fato eu n enfiei o garfo certeiro porque não quis... Mas no susto acabou atingindo de raspão

- Voce nao lembra?

- Não?

- Mesmo que nao seja de proposito... Foi você

- nao...nao... Eu nao machucaria ninguém!- comecei a fingir nervosismo e ai fui de encontro ao Alex que ficou ali espantado.

(...)

- O que houve?- ele perguntou assim que entramos

- a isa... Ela...

- fica calma, ok? Me conta.

- Ela disse que eu machuquei ela... Que eu fiz de propósito... 

- Ela falou isso?! Nao acredito... Eu vou la...- eu o impedi.

- Nao, por favor... Fica aqui comigo.

- Filha!Graças!

- OLÁ, Jace. Voce que trouxe a nossa filha em segurança? Obrigado.

- É...sim. 

- Ele nao é um máximo?!

- Com certeza.

- ah... Que isso...

(...)

A noite veio e com ele as incertezas. Foi o momento perfeito para chamar ele para o quarto e nos pegar ali com a janela totalmente aberta. Claro que sabia que a Isa iria aparecer... E ver tudo de camarote.

 Confesso que ele nao é de se jogar fora! Então aproveitei por mim e pela Rachel que ja deve voltar. Alec.teve que ir embora e nem sequer passou na Isabella para se despedi. 

" O que rolou?"

- Parece que alguem está bem bravinha comigo.-olhei para a janela e vi ela saindo de la.

" Voce fez o que? Nunca a vi assim" 

- Simplesmente.... rach, estou pegando o que é seu por direito.- dei risada assim que ela me olhou de forma sujestiva.

"Voces se beijaram?"

-  Sim. Nos pegamos muito aqui e o show foi exclusivo para a sua amiga Isabella.

"Hahahaahah voce nao presta:" 

- E entao? Sabe onde ela está? A nojentinha?

" Sei sim." 

- É a vez da Bin. Mandar o endereço e ela vai la. 

(...) 

Fiz exatamente isso e nem foi dificil Bin se infiltrar no hospital e passar pela segurança. Ela foi ate o quarto.

- Quem...está...ai...?- Heather disse.

Claro que a Rach tambem estava fazendo companhia a mesma. Entao tudo ficou mais divertido. Uma das enfermeiras estava pra aparecer.

- Ola docinho- Bin disse a enfermeira que logo a viu

- Quem é voce? E o que....AHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!- o corpo da enfermeira caiu sobre a Heather que estava na maca descansando. 

- Enfermeira? Enfermeira!!!!- ela gritava desesperada

-Eu...- e foi a ultima vez que ela disse algo. O quarto estava repleto de sangue. 

- AHHHHHHHH SOCORRO SOCORROOO!!!!!!!!!!!!!- ela ficou ainda mais desesperada quando via os fios sair da mesma. Ela estava com dificuldade para respirar. A luz foi ligada e ela apenas sentia sendo apertada pelo lençol que a enrolava e mais ainda pelos fios. Ate que tudo parou.... 

(....)

- E entao? Como foi?- perguntei pelo telefone.

-Divertido...mas a maldita enfermeira atrapalhou...entao eu matei ela.

- Certo... Isso nao me importa. Eu quero apenas que a Heather surta!

" Voce é tao má." 

- Nós nao vamos nem sujar as nossas maos... Quando vai ser a próxima visita?- perguntei curiosa

" A cachorrinha preferida dela"

- Quero saber quem ela é. Quero ser proxima dela... Ela vai fazer exatamente tudo.- comecei a sorrir. Ouvia a risada divertida da Rachel e Bin tambem.

- Querida? Nao está com fome?- desliguei o celular assim que ouvi alguem bater na porta e saber que era a a Elena. 

- Sim!

Desci correndo animada.

Amanhã... Mal posso esperar.


Notas Finais


Hihihihih
Voltei :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...