1. Spirit Fanfics >
  2. The Boss's Son - Jung Hoseok >
  3. 004 - The interview

História The Boss's Son - Jung Hoseok - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - 004 - The interview


Fanfic / Fanfiction The Boss's Son - Jung Hoseok - Capítulo 4 - 004 - The interview

~Dias depois

Acordo com uma ligação, procuro meu celular e atendo sem ver quem era.

Ligação On:

-Alô? -Falo com sono

-Ola, é a senhorita S/n, que está falando?

-Sim, ela mesma, o que você gostaria?

-Estou ligando para avisar que vai ter uma entrevista de emprego hoje a tarde, e como você deixou seu currículo aqui, o chefe avaliou e pediu para você vim aqui de tarde

-Ah sim, obrigada por avisar, mas vai ser que horas?

-Vai ser 14:00

-Okay, obrigada

-De nada, até logo

-Até

Ligação Off

Desligo o telefone animada e começo a pular na cama pensando na possibilidade de ficar com o emprego.
Paro de pular na cama, porque vai que ela quebra né? Vou pra cozinha, chegando na mesma vou até a geladeira, abro a mesma, pego um Danone e começo a comer enquanto penso ansiosamente na entrevista.

Termino de comer o danone, jogo o pote no lixo, lavo minha mão e saio da cozinha indo em direção ao quarto, chegando no mesmo tiro minha roupa e vou pro banheiro. Já no banheiro entro no box, ligo o registro do chuveiro e me enfio de baixo do mesmo pegando o sabão e começo a passar pelo meu corpo, depôs de passar o sabão me enxáguo, desligo o registro saindo do box, pego uma toalha me enrolo na mesma e saio do banheiro, vou pro quarto, pego uma roupa decente, deixo a mesma encima da cama, me seco e coloco a roupa.

Depois de me vestir, deixo meu cabelo solto, faço uma maquiagem simples sem ser chamativa, passo um perfume. Depois de eu me arrumar completamente pego meu celular e vejo que já era 13:30, pego minha bolsa, saio do quarto indo pra sala chegando na mesma pego a chave de casa, saio de casa trancando a porta.

Mark On:

Tava saindo de casa e vejo a S/n saindo de casa feito uma louca, parecia estar atrasada pra ir a algum lugar

- Ei S/n -A chamo

Mark Off

S/n On:

Depois de trancar a porta saio correndo igual uma louca com medo de chegar atrasada na entrevista até que, eu escuto alguém me chamar olho pro lado era o Mark.

- Oiê Mark

- Pra onde a senhorita vai toda apressada? -Ele fala se aproximando

- Tenho entrevista de trabalho, é um pouquinho longe daqui e eu não posso me atrasar!!

- Eita se acalma, quer que eu te leve? Eu já ia saindo também

- Agradeço

- Vem

Ele fala indo em direção ao seu carro, sigo o mesmo, chegando em seu carro entro no mesmo, logo em seguida o Mark entra também dando partida

- Onde que é S/n?

- É na rua xxxxxxxxx

- Ok -Ele fala acelerando o carro

- Pai, perdoe meus pecados, é muito cedo pra eu morrer

- Se acalma menina, desse jeito você vai acabar morrendo mesmo -Ele ri

Depois de um tempinho, o Mark chega no local, me despeço dele e saio do carro, entro na empresa falo com a recepcionista, ela pede pra eu sentar e esperar eu ser chamada, pego meu celular e vejo que já era 14:00, respiro aliviada por ter chegado a tempo.

Após alguns minutos, eu sou chamada, levanto, ajeito minha roupa e meu cabelo, e vou em direção ao elevador, aperto o botão, espero um pouco, o mesmo chegar entro nele, aperto o botão pro último andar, assim que o mesmo chega no tal andar, saio e vou até a sala do dono da empresa, chegando na mesma, leio a placa que tinha na porta

"Jung K."

Era a única coisa que estava escrito.

Bato na porta, pedindo licença, entro, me curvo brevemente em sinal de respeito e me sento na cadeira e observo rapidamente as coisas que tinham naquela sala grande e espaçosa.

- Boa tarde! -Fala o moço com a voz séria mas, com um sorriso simpático em seus lábios

- Boa tarde -Sorrio

-O que te trás aqui? Qual é o tipo de experiência quer ter? E essa experiência seria útil para a senhorita? -Ele pergunta com a voz firme e calma

- Bom, o que me trás aqui é para arrumar um emprego. Faz um pouco de tempo que eu vim morar aqui... É uma experiência nova pra mim, então, gostaria de ter uma vaga como secretária, claro se o senhor permitir isso, -Sorrio simpática - E sim! Seria muito útil pra mim, prometo dar o meu melhor e eu venho apenas atrás de trabalho, eu gosto de ficar no meu canto fazendo o meu serviço -Falo calmamente enquanto o mesmo pega meu currículo, o lendo

-Bom, senhorita (S/n), irei analisar tudo direitinho, amanhã ligamos dando a resposta certo? Foi um prazer em conhecê-la! -Diz, com um pequeno sorriso em seus lábios

-Que isso, o prazer foi meu! -Sorrio, me curvo novamente e saio da sala.

Caminhava distraída enquanto seguia rumo a saída, trombo em alguém, acabo caindo no chão por não ter conseguido me equilibrar, olho pra cima vendo um ser alto e fodidamente bonito, lábios um pouquinho grossos, nariz empinado, maxilar totalmente marcado e olhos puxados e castanhos, cabelo dividido no meio, dando pra ver uma parte de sua testa e usava as típicas roupas sociais.

-Olha por onde anda, garota! -Ele disse com a voz um pouco rouca e me olhando com total indiferença.

-Eu estava distraída, desculpa -Respondi um pouquinho nervosa, por ele estar me olhando como se eu fosse um nada

-Sua desculpa não vai mudar o que aconteceu -Assim que terminou de falar, empinou mais o nariz e saio andando indo pra uma sala qualquer, me deixando ali no chão, confusa e indignada.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...