História The Boys Of My Life - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Armin Arlert, Eren Jaeger, Erwin Smith, Grisha Yeager, Hange Zoë, Jean Kirschtein, Kenny Ackerman, Kuchel Ackerman, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Personagens Originais, Zeke Yeager
Visualizações 23
Palavras 1.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, LGBT, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oioi olha eu aqui dnv, como vão vocês? Espero que estejam bem❤ bom ou deixar vcs lerem essa bostinha💩❤❤

Capítulo 5 - Se Conhecendo


Fanfic / Fanfiction The Boys Of My Life - Capítulo 5 - Se Conhecendo

Eren encarou ansioso o celular antes de coloca-lo no criado mudo. Anoiteceu a algumas horas e Levi ainda não o havia respondido ou ele apenas decidiu ignorar, Eren preferia a primeira opção.

Mas ele não precisou se preocupar tanto pois assim que o sonho veio o celular vibrou.

"Eu não sei..."

Eren não gostou nem um pouco daquela resposta, não havia concordado com a ideia de sua mãe mas havia mandado a mensagem, já não tinha volta.

"Não foi idéia minha, minha mãe quer muito conhecer vocês."

"Ethan ainda está muito pequeno e ficar andando de um lado para o outro pode fazer mal a ele, e talvez eu não devo ir."

"E porque não?"

Eren observou os três pontinhos sumirem e aparecerem, talvez o Ackerman estivesse procurando alguma desculpa para não vim.

"Porque eu não sou da família."

"Mas é o pai do meu filho..."

"Pode parecer bobagem para você Eren, mas eu não me encaixo em grupos familiares."

"Você não gosta é isso?"

"Eu não consigo, eu mal tenho uma família."

"E o Ethan é o que para você?"

Eren o havia pego desprevenido, Levi já havia pensado em forma uma família mas seus sonhos foram por água abaixo e em meio a sua crise de solidão surgiu Ethan.

Sua luz, sua metade, sua vida.

"Ele é minha família."

"Então você pode nos considerar como sua também, afinal você precisou de uma ajudinha minha."

"Vem nos buscar quando?"

Eren dormiu sorrindo naquela noite.


↤є🌸ℓ↦


Levi se sentia nervoso ao olhar seu reflexo no espelho, não havia nada muito diferente em seu visual mas achava que não estava bom o suficiente, não para um jantar com sua nova família.

Ele observou Ethan na cama envolto por uma torre de travesseiro, a parte mais difícil havia acabado que era dar um banho no bebê, já que ele  não era familiarizado com ele, arruma uma choradeira que fazia Levi se pergunta como não estava surdo. Felizmente já estava se acostumando com isso de ser pai, talvez devesse ter lido as letrinhas no contrato antes de sonhar em ter algum filho. Principalmente por ter um pai extra, sabia que havia o conhecido a pouco tempo mas Eren não parecia ser de tão mal, e possivelmente sua família também não seria.

Mas isso não servia para acalmar seu nervosismo. Era a primeira vez que jantava em uma casa de família, e não sabia como faze-lo agir ou falar. Decidirá ir com aquela roupa mesmo, e agradeceu por Ethan fazer voto de silêncio naquela hora, pois como o bom menino que era estava quietinho na cama.

Não deu muito tempo para que Levi fizesse mais alguma coisa, pois a campainha denunciou que Eren havia chegado então apenas enro louvor o bebê em uma manta e caminhou para a porta, assim que ela abriu a porta deu de cara com Eren.

Ele também o encarava.

- Achei que desistiria... - Ele se aproximou dos dois, o sorriso brincando no canto dos lábios, e as mãos acariciando os cabelos do filho. - Você esta lindo.

Levi se olhou, estava vestido tão simplesmente para receber um elogio daquele. Eren quem estava realmente lindo ali, aquela camisa laranja havia realçado seus olhos.

- E você está, apresentável...

- Apresentável, nada mal... - Eren segurou Ethan enquanto Levi voltava para dentro da casa afim de pegar a bolsa da criança. - E você garota, tem dado muito trabalho para o papai? Você não tem feito ele acorda de madrugada para amamenta-lo, tem?

- Achei a bolsa, vamos?

- Pode deixar que eu carrego. - Disse tirando a bolsa do ombro do homem. - Depois vamos treinar seus elogios. 

- Para que? Você já está carregando ele... - Se referiu ao bebê. 

- Tudo bem... - Seguiu atrás de Levi para fora da varanda. - Minha casa não é muito longe daqui, então eu espero que não se sinta ofendido por eu estar a pé. 

- Imagina, vai ser bom andar um pouco, eu ainda não me recuperei totalmente da gravidez.

- Para mim você está perfeito...

- Fala isso pois não foi você a inchar como um balão. - Resmungou encarando o maior.

- Bom, pelo menos terei a chance de conhecê-lo melhor.

- E o que você quer saber?

- Diga um pouco de sua vida. - Pediu.

- Como você sabe, meu nome é Levi Ackerman tenho trinta e cinco anos e sou filho único de uma mãe solteira, fui criado por ela até meus doze anos e logo depois fui mandado para morar com meu tio, então não a vejo a vinte e três anos. - Respondeu enquanto era guiado por Eren. - Kenny diz que ela morreu, só que não acredito porque ele não pode está enviando dinheiro para uma morta.

- Como você sabe?

- Ele havia esquecido a carta na mesa, eu peguei e li o remetente, quanto completei meus dezoito anos fugi  e vim morar em Rose. - Respondeu acariciando a bochecha fofa do filho que babava no ombro do Jaëger. - Mas eu perdi seu rastro, soube que ela estava trabalhando para uma família aqui.

- E você simplesmente desistiu?

- E o que queria que eu fizesse? Existem milhares de kora por aqui...

Eu acho que é a minha vez, vamos ver... - Levi observou o cenho de Eren se franzir. - Meu nome é Eren Jaëger, sou o mais velho de três irmãos, tenho vinte e oito anos e meus pais se separaram quando eu tinha dezesseis, Grisha voltou para Sina com sua família e minha mãe se tornou socia de uma empresa de musica, e até quatro anos atrás eu estava noivo.

- Noivo? - Perguntou surpreso. 

- Sim, nosso relacionamento estava se desmoronando... - Respondeu. - E você, já teve alguém?

- E-eu... Prefiro não falar sobre isso. - Sussurrou para ele.

- Tudo bem...

Eles acabaram por embarcar em um silêncio pesado, encomodo. Mas não durou muito, pois apenas Ethan foi capaz de tirá-lo com seu choramingo, Levi teve de pegá-lo pois o bebê ameaçava abrir um berreiro das pessoas que passavam por ali. 

- Então, chegamos. - Eren apontou para a casa a alguns passos deles. - Olha... A minha família pode ser meia estranha.

- Ok.

- Vão se intrometer em sua vida, fazer perguntas e se por acaso tem oferecerem o álbum de fotos, por favor não vejas as fotos. - Pediu antes de tocar a campainha. 

Uma mulher um pouco menor que Eren a atendeu, ela vestia um vestido vermelho com um avental azul por cima e seus cabelos estavam amarrados em um rabo de cavalo. Ela seus lábios se abriram para recebê-los, mas ao fitar Levi as palavras fugiram de sua boca, sua pressão caiu e sua visão nublou e ela soube que seu esforço fora em vão. 


Notas Finais


Obrigada por tirarem um tiquinho do seu tempo para lerem❤ até os próximos. 


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...