História The Brazilian Singer - Baekhyun ( Hiatus ) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Personagens Originais
Tags Baekhyun, Chanyeol, Exo, Girl Power, Lírica, Morena, Musica, Romance
Visualizações 63
Palavras 3.637
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lírica, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi oi meus amores, tudo bem com vocês? Espero que sim! 😉

🔥ME MATEI PRA ESCREVER ESSE CAPÍTULO SUPER GOSTOSO COMO O BAEKHYUN É, ENTÃO PELO AMOR DE DEUS, COMENTEM ESSA BAGAÇA!! 🔥

⚠️ Aproveitando para divulgar o álbum do Baekhyun, City Lights. Tá mais que maravilhoso e super indico vocês ouvirem Ice Queen ao ler esse capítulo! ⚠️


Espero que vocês gostem do capítulo ❤️


Boa leitura!

Capítulo 4 - Fantasy Realized.


Fanfic / Fanfiction The Brazilian Singer - Baekhyun ( Hiatus ) - Capítulo 4 - Fantasy Realized.



FLORA



Olhei para Baekhyun, ele estava até com a boca aberta quando seu olhar encontrou com o meu e foi impossível não soltar um risinho. Ele ficava ainda mais bonito a cada vez que eu o encontrava novamente, esse homem é único, disso eu tenho certeza! Os cabelos vermelhos estavam bem alinhados e sua calça preta e camisa social azul escuro contrastavam muito bem os seus acessórios, ele ficava muito bem quando usava colares, anéis e brincos. A perfeição em prova viva, digo com absoluta certeza! Caminhei até ele a passos lentos, reparei que o seu olhar percorria todo o meu corpo e eu estava da mesma maneira, o encarando sem cessar.


– Boa noite senhor Byun, espero não ter me atrasado. – Disse assim que me aproximei, então ele se levantou e foi puxar a cadeira para que eu me sentasse.

– Sem formalidades, por favor. – Ele sorriu, reparou que era uma brincadeira da minha parte.

– Está certo, e então, como você está? – Indaguei assim que me sentei de frente para ele.

– Melhor impossível. – Me encarou com intensidade. – E você? – Perguntou logo após sorver um gole de vinho.

– Igualmente! – Ele estava flertando comigo, Baekhyun não precisaria nem se esforçar para isso, certeza que as mulheres se jogavam ao seus pés. Ele é bonito, inteligente, tem bom papo, é bem sucedido. Tem todos os requisitos que as mulheres daqui querem.

– Aceita vinho? – Assenti e ele me serviu, levei a taça aos meus lábios e tudo isso sobre o olhar dele. Baekhyun sempre parecia me analisar minuciosamente.

– Uma delícia este vinho! – Exclamei ao terminar de tomar.

– Sim, muito delicioso. – Sabia que ele não estava falando do vinho, ele vez ou outra me olhava de uma maneira que era impossível não reparar. Um olhar que se alternava entre o casto e o provocativo, aquilo estava me deixando louca.

– E então, já quer fazer o seu pedido? – Ele perguntou ao olhar para o cardápio.

– Claro! – Peguei o cardápio e vi que tinha várias opções de comidas estrangeiras, achei bem legal. Baekhyun chamou por um garçom e então fizemos os nossos pedidos, levaria pouco tempo até que nosso jantar ficasse pronto, então usaria esse tempo para conhecer melhor o homem com quem estava saindo.

– Então Baekhyun, me fale sobre você. No que trabalha, seus gostos, manias, qualidades, defeitos e etc. – Ele sorriu de maneira maliciosa.

– Está avaliando se eu serei um bom esposo? – Nesta hora eu quase engasguei, ele tinha que perguntar logo na hora que eu estava tomando vinho?

– N-não, não é isso! Só quero o conhecer melhor. – Ele soltou uma risada bem gostosa de se ouvir.

– Me desculpa se te assustei, eu só estava brincando. Bom, por onde eu começo? – Fez um biquinho que era bem fofo e sexy.

– Me fale sobre o seu trabalho,sei que é chato tratar de assuntos assim logo no primeiro encontro, mas quero muito o conhecer melhor. – Tomei um gole do vinho novamente e o encarei.

– Eu trabalho para os amigos do meu pai, sou formado em Gestão empresarial e eles me deram a preciosa oportunidade de trabalhar para eles, aprendi muito onde trabalho atualmente e eles  também pagam muito bem. – Inteligência era algo que se notava nele e de longe.

– Isso é bem interessante, acho que hoje iremos nos conhecer bem melhor, senhor Byun. – Falei, e ele engoliu em seco. Devo ter sugerido que iremos ter algo a mais e quem garante que não teremos, certo?


Nosso jantar ía correndo super bem, Baekhyun além de bonito e inteligente era muito engraçado, ainda não tinha reparado esse aspecto nele, já que ele sempre se mantia impassível quando ia me ver no clube e quando o conheci ele não era muito de brincar ou comunicativo. Ele me fazia rir de coisas tão banais, me perguntava a quanto tempo eu não me sentia assim, ele fez com que eu me sentisse única. Depois de conhecer melhor Baekhyun, foi a vez deve vir com uma chuva de perguntas e eu fiz questão de responder todas. Falei onde nasci, o que estudei, de minha família e de minhas amizades.


– Você é bem mais interessante do que pensei que fosse. – O olhei intrigada.

– Como assim? – Indaguei curiosa.

– Das vezes que te observei naquele pub, não imaginei que pudesse ser tão divertida, engraçada. A imagem da Flora que eu tinha, era de uma mulher bem graciosa e incrivelmente atraente, mas hoje vejo que é bem mais que isso. Não é a toa que fiquei tão atraído por você. – Sorri largo com as palavras dele, qualquer mulher se sentiria feliz ao ouvir tais palavras de quem gosta ou ama.

– Você é muito gentil, Baekhyun. Muito obrigada por todas as belas palavras. – Acariciei os dedos dele, sua mão estava sobre a mesa, ele retribuiu o ato de carinho.




(...) 




– Chegamos! – Ele falou, fomos embora de carro, já que ambos havíamos bebido bastante vinho.

– Sim, foi uma noite incrível. – Reparei que ele não parava de olhar para os meus lábios.

– Uma pena que acabou, se pudesse, eu prolongaria esta noite, sério! – Disse sorrindo fraco, eu faria o mesmo se pudesse. Me aproximei do ouvido dele.

– Não quer subir? – Ao me afastar, vi ele sorrir de maneira levada. O motorista do táxi nos olhava com repreensão, mas quem disse que eu liguei? Paguei ao taxista, Baekhyun quis me impedir, mas não deixei. Até porque, eu que o convidei para ficar, impedindo assim dele ir embora, então eu pagaria pela corrida.

– Vamos bonitão! – Saí do carro primeiro, Baekhyun veio logo atrás de mim, seguimos para o elevador que estava vazio naquele horário da noite. Adentramos, apertei o botão que levava até o meu andar, durante esse breve tempo de espera, Baekhyun não parava de me analisar. Onde ele estava escondendo todo esse homem provocativo e sensual?

– O que está esperando para me beijar? – Ele falou de repente e me tirando do transe. Sorri de lado, caminhei até ele e o beijei, não era de ficar esperando o cara agir, mas pelo visto Baekhyun estava mais apressado do que eu. As mãos dele foram de encontro a minha cintura e me puxaram para mais perto, o nosso beijo teve direito a quase tudo. Baekhyun não poupou esforços para me deixar sedenta por mais, mas para nossa sorte ou não, havíamos chegado ao meu andar.

– Vamos? – Ele me abraçou por trás e foi seguindo comigo até meu apartamento, Baekhyun não deixou de beijar meu pescoço e nuca e de acariciar o meu corpo.

– Só um segundo. – Falei rindo, os beijos em minha nuca me causavam cócegas além do prazer. Abri a porta e entramos, em seguida a tranquei, me virei para Baekhyun, sua expressão era de puro desejo e eu estava da mesma forma. O guiei até o sofá de minha sala e o empurrei sobre o mesmo, sentei sobre o colo dele e ali constatei que ele já estava bem duro.

– Ohh… – Baekhyun gemeu rouco quando acabei por friccionar minha intimidade coberta pela calcinha de renda que eu usava, sobre o membro dele.

– É gostoso, Baekhyun? – Me inclinei e beijei o pescoço dele, dei uma leve mordida no queixo de Baekhyun e recebi um tapa na bunda em resposta.  

– Você vai me enlouquecer, Flora. – Falou sôfrego quando me sentiu rebolar sobre seu colo.  

– Pensei que já estivesse louco por mim. – Falei manhosa e fingindo decepção, Baekhyun sorriu malicioso e olhou para o decote do meu vestido.

– Você não sabe o que causa em mim, eu fico louco quando a vejo, quando canta então… não sabe quantas vezes já imaginei o que essa boca linda sua poderia fazer. – Não consegui evitar de sorrir e de me sentir bem, eu o queria muito e ver o que causava em Baekhyun me deixou muito animada para prosseguir com aquela noite.

– Vai descobrir hoje, senhor Byun. Garanto que será bem prazeroso. – Comecei a desabotoar a camisa dele e sem cortar contato visual, ele estava adorando me ver tomar as rédeas naquele momento. Baekhyun me ajudou a tirar-lhe a camiseta, joguei ela no outro sofá.

– Sugiro que tire seus acessórios. – Ele prontamente me obedeceu e eu os joguei no outro sofá junto da camisa dele. Ele se desfez dos sapatos também.

– Você tem um corpo tão lindo, Baekhyun. Ficava me questionando o que haveria debaixo de suas belas roupas, vejo agora que é um pedaço de minha perdição. – Ele umedeceu os lábios e me puxou para um beijo bem gostoso e intenso. Tateei o tronco alvo dele, que corpo perfeito ele tinha, uma pele tão macia e quente!

– Não acho justo que só eu fique seminu. – Falou manhoso e fazendo biquinho. Abaixei as alças do meu vestido, expondo os meus seios túrgidos para Baekhyun.

– São mais bonitos do que imaginei, tão quentes, firmes e com um cheiro incrível. – Inalou o perfume entre o vale dos meus seios. Meu corpo todo se arrepiou ali.

– Ah… – Ele pincelou a língua entre os meus seios.

– Sua pele é tão bonita, seus traços, seu sorriso então… aah Flora, eu a quero tanto! – Começou a massagear os meus seios, enquanto eu me esfregava no membro dele. Me ergui um pouco e com a ajuda de Baekhyun, me livrei de meu vestido. Ele me abraçou forte e me beijou novamente, desta vez mordendo o meu lábio inferior, fazendo com que eu gemesse baixo.


Os beijos de Baekhyun foram descendo para o meu pescoço e ombros, ele dava selares, mordidas e beijos castos, todos eles me deixavam ainda mais acessa para o que viria a seguir. Meus dedos estavam entre os fios de cabelo dele, os puxando quando ele passava dos limites nas mordidas. Ele parou em meus seios e pareceu salivar ao os encarar fixamente, então senti a primeira sucção no meu seio direito, gemi alto, o filho da mãe raspou os dentes ali. Enquanto Baekhyun investia em um com a boca, no outro ele dava a total atenção o apertando, ele ficou alternando entre os dois e eu só sabia gemer baixo o nome dele em seu ouvido.


– Ah Baekhyun! – Meus seios terminaram com bicos bem durinhos, Baekhyun havia feito um ótimo trabalho.

– Preciso me livrar dessa calça o quanto antes. – Me levantei do colo dele, Baekhyun ficou de pé a minha frente, então tratei de me ajoelhar e não cortar contato visual. Desafivelei o cinto dele e abri o botão de sua calça. Fazia isso com os olhos dele fixos a mim. Desci o zíper e abaixei a calça dele, o pênis de Baekhyun já estava bem ereto e sua cueca estava com a marca de seu pré gozo. Pelo visto eu estava fazendo meu trabalho da maneira certa.

– Está bem acordado, senhor Byun. – Brinquei.

– Não me provoque, Flora! – Ele se desfez de sua calça, então pus as mãos na barra da roupa íntima dele e a desci por entre as pernas de Baekhyun. O membro teso e rijo dele saltou para fora, e como era delicioso. Grande, grosso, com veias saltadas e glande avermelhada. Umedeci os lábios ao ver aquele homem totalmente entregue, excitado e sedento por mim.

– Você quer? – Coloquei a mão sobre o membro dele e o masturbei devagar, depois passei rente aos meus lábios, Baekhyun suspirou alto.

– Faça logo, por favor! – Ditou autoritário. Ri baixo dele, então ele pegou em meus cabelos com força e se abaixou, me dando um beijo feroz e molhado. Então ele introduziu o membro dele em minha boca, fiquei feliz por ver essa iniciativa dele, não queria fazer sexo com um cara que mal sabia o que queria na cama e com certeza, Baekhyun não era esse cara.


Ele ditou os movimentos, fazia com que quase tudo entrasse em minha boca. Sugava com força o membro dele, sentindo o sabor, a textura e o tesão dele em meus lábios, como aquilo era bom! Olhei para Baekhyun e vi seu olhar arder em desejo e luxúria. Coloquei a mão na parte do pênis dele que não cabia em minha boca e o masturbei, Baekhyun não parava de gemer e aquilo era como um troféu para mim, ver que eu era a causadora de tamanho prazer me deixava muito feliz. Tirei o pênis dele de minha boca para que eu respirasse melhor, vi ele sorrir satisfeito. O masturbei com vontade, sentindo o membro dele latejar muito em minha mão.


– Que gostoso Flora, é melhor do que imaginei! – Falou ofegante, voltei a introduzir o pênis dele em minha boca, fiz um vai e vem bem intenso e masturbando o que não cabia em minha boca. Baekhyun segurou forte em meus cabelos e começou a foder minha boca com força e vontade, era um sinal de que ele estava perto de gozar. Então decidi investir mais, não tardou para que Baekhyun gozasse em minha boca, recebi seu líquido de muito bom grado. Engoli tudo e em seguida o olhei intenso, estava cheia de desejo e louca para cavalgar naquele membro dele.

– Puta merda, que gostoso! – Exclamou ofegante e sorridente, fiquei de pé e Baekhyun me beijou intensamente.

– Que bom que gostou! – Sorri para ele.

– Agora é a minha vez! – Ele pegou nas alças da minha calcinha de renda e a rasgou em pedaços. Confesso que achei bem excitante.

– Quero que fique bem relaxada, Flora. Quero que goze bem gostoso. – Baekhyun me guiou até o sofá, ele me deitou e se colocou entre minhas pernas.

– Você já está bem necessitada por mim, isso é ótimo. – Reparei que ele estava se masturbando, seu pênis estava ficando duro novamente. Baekhyun levou suas mãos aos meus pés, ele os alisou e depois tirou os meus saltos, ele fez isso sem deixar de me olhar. Ele deu um beijo na minha canela, me fazendo rir, sentia cócegas ali.


Baekhyun abriu bem as minhas pernas e foi distribuindo beijos molhados e intercalava com leves mordidas - nada de usar roupa curta amanhã! Em nenhum momento eu tive vergonha, eu queria aquilo desde o dia em que o vi numa apresentação minha e confesso que não imaginava que ele também iria querer. A boca dele foi se aproximando de meu íntimo, estava louca para que ele me chupasse logo. Não conseguia conter meus gemidos, o oral na hora do sexo era o que mais me deixava sensível em vários sentidos. Baekhyun deu um beijo na virilha e depois passou a língua em meu clitóris, minhas costas arquearam do sofá.


– Você é uma delícia, sabia?! – Massageou devagar meu clitóris e ficou olhando as minhas expressões de prazer.

– Aah Baekhyun… por favor, faça logo! – Tudo que eu mais queria naquele momento era gozar na boca dele e quem sabe ver estrelas? Ri com meu próprio pensamento bobo.

– Seu pedido é uma ordem! – Senti ele dar um beijo em meu íntimo, então ele passou a língua e depois sugou.

– Aah! Meu Deus! – Fechei os olhos na hora e fiquei curtindo o que recebia dele. Baekhyun explorava cada centímetro da minha boceta e de vez em quando introduzia sua língua em minha fenda encharcada. Suas fortes mãos tateavam as minhas coxas grossas e minha cintura, ele me apertava com tanto desejo e eu estava adorando aquilo.

– Aah Baekhyun… isso, não pare… – Levei a mão aos fios vermelhos do cabelo dele e os puxei devagar e contra a minha intimidade. Baekhyun deu um tapa na lateral de minha coxa esquerda e a apertou com ganância, mordi o lábio inferior totalmente entregue e feliz.

– Oh, você é muito bom nisso! – Comecei a massagear os meus seios, mas Baekhyun me impediu, o olhei confusa. Então ele parou o oral e começou a massagear os meus seios.

– Deixe com que eu faça tudo, quero apenas que sinta prazer e goze gostoso em minha boca. – Me beijou com vontade, raspando os dentes em meu lábio, gemi baixo de dor e tesão. Aquiesci e ele piscou de maneira sexy para mim.


Baekhyun voltou a passar sua língua em meu íntimo, brincando de uma maneira incrivelmente excitante no meu clitóris. Eu já não sabia mais se iria conseguir resistir ao orgasmo que se aproximava, constatei que não assim que ele introduziu dois dedos em minha boceta. Eu já não aguentava mais, os sons estalados que a boca dele fazia em minha intimidade estavam me levando a loucura. Por fim eu não aguentei por muito tempo, acabei gozando e de maneira intensa na boca dele, eu fui do céu ao inferno com o prazer que ele estava me proporcionando. Terminei deitada naquele sofá, toda ofegante e muito satisfeita, meu peito subia e descia de modo irregular e o causador disso estava rindo e passando a língua pelos lábios e com uma expressão de grande satisfação.


– Seu sabor é uma delícia, Flora. – Baekhyun veio sobre mim e me beijou com avidez, sentir meu gosto em sua boca me deixou ainda mais excitada, é, eu queria mais daquele homem e iria ter.

– Segunda rodada? – Ele riu anasalado e concordou. O empurrei com o pé e ele caiu sentado na outra parte do sofá. Subi no colo dele e introduzi o membro rijo dele na entrada da minha boceta.

– Espera, o preservativ… oh porra! – Sentei no membro dele e abafei o gritinho que quase soltei, fazia um bom tempo desde a minha última transa e digamos que ele não era tão bem dotado quanto o Baekhyun.

– Fique tranquilo, Baekhyun. Relaxe, não está gostando? – Comecei a me movimentar, a subir e descer bem devagar. Baekhyun pendeu a cabeça para trás e começou a gemer baixo.

– Você é tão quente! – Apertou minha cintura e fez com que seu pênis entrasse mais fundo, nessa hora eu cravei as unhas nos ombros dele e gemi baixo. Doeu um pouco, mas foi muito gostoso.

– Aah Baekhyun! Isso é tão bom! – Ele ondulava o quadril e se chocava contra a minha boceta. Nunca em minha vida senti isso, esse desejo louco por um homem, só de olhar para ele eu já quero um sexo bem selvagem.

– S-seu quarto… onde fica? – Perguntou ofegante e rouco, apontei para a direção e ele de levantou comigo em seu colo e saiu caminhando para lá. Abrimos a porta com certa dificuldade, nós entramos e ele foi em direção a minha cama. Baekhyun se sentou comigo ainda em seu colo, ele deitou e eu permanecia sentada no membro dele.

– Pronto, pode cavalgar o quanto quiser. – Falou provocativo e assim fiz. Apoiei minhas mãos nos ombros dele e comecei a me movimentar. De início fui devagar, queria o provocar, via o quanto ele estava louco para que eu fosse mais rápido e forte.

– Para de me torturar! – Pediu sôfrego, soltei uma risada gostosa e ele semicerrou o olhar. Comecei a rebolar no pau dele, Baekhyun sorriu safado ao me ver gemer feito uma cadela no cio e morder o lábio para conter os gemidos que estavam se tornando altos.

– Oh, você é tão grosso! Puta merda! – Eu subia e descia num ritmo frenético e agora Baekhyun me ajudava com as estocadas. Nossos sexos se conectavam e estavam numa sintonia sem igual. O cheiro de nosso desejo já exalava por todo o cômodo.

– Isso, senta mais forte! – Baekhyun enrolou as mechas do meu cabelo em seus dedos e os puxou com força, fazendo com que gritasse de dor e tesão. Obedeci a ordem dele e assim fiz, então do nada ele nos virou sobre o colchão e ficou sobre mim. Ele começou a estocar com força, meus seios balançavam com a força que ele me penetrava. Meu orgasmo estava próximo e pelo visto o dele também, a maneira que ele se encontrava agora, era totalmente erótica. Os cabelos grudados na testa que estava molhada com seu suor, os lábios levemente vermelhos e meio inchados das mordidas que eu dei durante os beijos, o tronco arranhando e com marcas de chupões, como aquilo tudo me deixava excitada.

– Isso, vai mais fundo, Baekhyun!! Oh… não pare!! – Senti o pau dele inchar dentro de minha boceta e meu orgasmo veio como uma torrente, tive a sensação de ficar inerte por alguns instantes. Quando olhei para Baekhyun, ele estava bem ofegante e sorrindo para mim de modo satisfeito.

– Nossa! O que foi isso? Não me diga que eu… – Ele concordou.

– É a primeira vez que vejo uma mulher esguichar de tanto prazer, foi incrível! – Meu Deus, olha o que esse homem fez comigo.

– É a primeira vez que isso me acontece, minha mente ficou em branco na hora. – Ele tirou o pau dele de dentro de mim.

– Foi muito gostoso, nossa! – Me beijou rápido e se deitou a meu lado, então Baekhyun me puxou para que eu deitasse em seu peito.

– Que bom que gostou, Senhor Byun. – Brinquei e ele gargalhou.

– Eu gozei dentro de você, quer que eu a leve até uma farmácia? – Me pareceu meio preocupado.

– Não, não tem que se preocupar. Eu uso diu, então não posso engravidar. – Ele suspirou aliviado, acabei rindo.

– Não me leve a mal, é que eu não posso ser…

– Shiii… calado, não precisa se explicar, eu entendo. – Ele me abraçou forte. Ficamos fazendo carinho um no outro, até que eu peguei no sono.




(...) 



Acordei tarde na manhã seguinte e com uma dor no corpo e lá também horríveis, aquele homem me fodeu mesmo e completamente! Constatei que ele já não estava em meu apartamentos, fiquei triste, queria passar mais tempo com Baekhyun. Tomei um banho rápido, lavei os cabelos, acabei vestindo uma camisa grande e larga que mais parecia um vestido e fui para a cozinha. Me surpreendi com o que vi quando cheguei lá, uma mesa repleta de comida gostosas e um arranjo de flores muito lindas por sinal.


– Ah Baekhyun! – Sorri largo e fui até lá, ele havia deixado um bilhete.


 " Tive que ir trabalhar, mas em compensação pela minha ausência, eu quis deixar este café da manhã e essas flores para você. Espero que goste, Flora. Estou ansioso para nós vermos novamente!

                          Beijos, Baekhyun!"


– Esse homem! – Me sentei e fui saborear do que ele havia comprado para mim.








Notas Finais


Aí gente hehehe queria tanto ser fodida pelo Baekhyun e ainda ganhar flores e comida no fim, sonho de princesa 🔥❤️

Não esqueçam de favoritar, comentar e indicar para os amigos!


Corrijo assim que possível!


Até o próximo capítulo e beijos da Escorpion 💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...