História The brightness of the star - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias The Thundermans
Personagens Max Thunderman, Phoebe Thunderman
Tags Phoebe And Max
Visualizações 10
Palavras 380
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demoraaaa!
Mas esse capítulo é bom,juro,sorriu mesmo.
Beijinhos,Boa leitura.

Capítulo 9 - Lovely


"Não é adorável ficar sozinho?Olá,bem-vindo ao lar"

-Lovely-Billie Eilish

Minha voz estava falha,maldita sede.Minhas pernas doíam,eu estava realmente precisando descansar,mas não até achar Phoebe,não até tudo estar bem.

Eu odeio sentir essa merda.

Minha visão estava ficando turva,eu me senti tão fraco.

Senti pisar em alguma coisa úmida,era uma gosma coberta de sangue:

- Que nojo...

Comecei a seguir os rastros meio receoso,eu mal sabia onde estava com a cabeça,mas eu precisava sair daqui.

Caminhei lentamente pela rua escura com destroços e o céu avermelhado,quando senti um impacto em minhas costas me jogando no chão.

-O que...?-tentei sair,mas o que caiu em cima de mim me prendeu ao chão com sua força sobrenatural.

-Me solta!-digo ofegante,minha respiração não circulava direito com aquilo em cima de mim.

Não era humano,tentei usar meus poderes,mas aquilo prendeu meus pulsos com uma força incrível.

A coisa consegui penetrar algo em minhas costas,eu acabei gritando muito com a dor presente em meu corpo,eu realmente achei que iria morrer,aquilo doía demais.E estava sugando todo meu sangue,até que:

-Vai pro inferno!

Uma voz familiar exclamou,enquanto empurrava aquela coisa bem longe de mim:

-Phoebe...-disse antes de desmaiar ali mesmo.

~<*>~

Acordei em um lugar peculiar,eu estava em cima de uma cama dura e minhas costas doíam mais do que tudo,havia um pano úmido em minha cabeça e alguma coisa no meu pulso.

-Phoebe?-chamei olhando incrédulo para uma silhueta feminina.

-Você acordou...

-Come me encontrou?-indago exaltado.

-Se acalma,você perdeu muito sangue,não pode se estressar.

- Que lugar é esse?

Ela suspirou e se sentou ao chão,ao meu lado:

- Eu sei o que nos separava Max,eram duas realidades diferentes no mesmo mundo,eu descobri isso pesquisando no diário do Elijah.

-O que?O Elijah tem um diário?

-É sério Max?

-Desculpa,eu só queria humor.

Ela rolou os olhos:

-O que eu tô querendo dizer é,fomos separados por uma barreira ao qual andávamos em realidades diferentes,esse é o nosso mundo,só que em baixo de uma linha onde tudo é invertido.

-Mundo invertido?

-É,chame como quiser.

-E...e o que era aquilo em minhas costas?

-Uma espécie brutal,mas ainda desconhecida.

-O que ela fez comigo?

-Tirou boa parte do seu sangue,mas você vai ficar bem.

-E esse lugar?

-Tive que construir para sobreviver.

Fico em silêncio por um tempo:

-Obrigada Phoebe.

Ela dá um sorriso e se levanta:

- Agora Max,vamos sair daqui.

-Como?

- Com nossos pais.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...