História The Brothers - Capítulo 18


Escrita por:

Visualizações 40
Palavras 1.654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - SIXTEEN


Jungkook ficou a noite inteira acordado chorando por causa do seu irmão. Sempre tentava fazer o mínimo de barulho para não acordar os irmãos Kim.

Seus olhos estavam inchados de tanto chorar na noite passada. E hoje ele voltaria a ir para o colégio. Precisava se formar afinal.

Os irmão Kim andavam, acompanhando o Jeon que se manteve quieto a viagem inteira.

O silêncio estava incomodando os Kim, mas tinham medo de falar e deixar o Jungkook irritado ou mais triste. Decidiram manter o silêncio.

Quando Mingyu se separou dos garotos foi quando piorou. O silêncio ficou muito mais desconfortável para Taehyung. Queria ajudar Jungkook, mas tinha medo do que faria, diria ou pensaria. Tinha medo de perder Jungkook, afinal já tinha se apaixonado pelo garoto.

Taehyung já se via trouxa pelo de cabelos escuros. Adorava seus sorrisos e seu modo de agir, mas agora seus olhos não brilhavam mais.

O Kim mais velho só ficava com mais vontade de ajudar seu amigo, mas não tinha como tirar o Wonwoo do reformatório.

- Você sabe que ele vai sair de la, né? - Taehyung perguntou

- Do que você está falando? - Jungkook perguntou

- A gente vai conseguir tirar ele dessa - Taehyung falou sorrindo

Jungkook não conseguiu segurar um sorriso ao olhar para o rosto do garoto sorridente.

- Só você consegue me fazer sorrir em um momento desse - Jeon falou puxando o kim para um abraço - Obrigado, Taehyung

- Tudo bem, Jungkook - Falou fazendo um carinho nos seus cabelos

*

*

- Você está bem? - Jin perguntou preocupado com Jungkook

- Tudo bem - Falou dando um pequeno sorriso - Podemos não falar sobre isso no momento?

- Eu soube que você fez dezoito anos - Namjoon falou mexendo na sua mochila - Aqui meu presente e do Jin para você - Falou entregando uma pacote em suas mãos

- Obrigado - Abriu o pacote e continha uma blusa dentro que o Jungkook nem olhou direito

*

*

O resto do ano foi se passando como uma eternidade para Jungkook. Taehyung e Jungkook quase não ficavam juntos, já que o Jeon nunca queria sair de casa.

Os únicos momentos que o mesmo saía era para ir à escola ou visitar seu irmão no reformatório. Além de que, ele tem percebido que o Jeon mais novo estava mudando. Ele tem ficado mais quieto, menos expressivo e tem falado pouco. Jungkook queria tirar seu irmão de lá rápido.

Mas agora ele precisava se preocupar com outra coisa. Jungkook e Taehyung estariam se formando. O Jeon até pensava em faltar, mas o Kim não deixou.

Na hora que chamaram Jungkook, o mesmo pegou seu certificado e voltou para seu lugar. Nem esperou para tirarem fotos ou algo do tipo. Diferente de Taehyung que não conseguiu tirar o sorriso do rosto.

- Finalmente estamos livres da escola - Jimin falou feliz

O grupo de amigos estava em uma lanchonete perto da escola. Foram para lá logo depois da formatura acabar.

- Agora temos que entrar para faculdade. Temos que estudar para entrar para uma das SKY - Jin falou fazendo todo mundo olhar como uma cara de tédio - Que?

- Falando nisso, o que vocês vão fazer de faculdade? - Taehyung perguntou

- Eu tava pensando em medicina ou dança - Jimin respondeu

- Eu queria fazer medicina veterinária - Jin respondeu

- Vou fazer direito - Namjoon falou prestando atenção na comida

- Eu queria fazer direito ou música - Yoongi falou enquanto comia

- Eu vou fazer artes em geral - Taehyung respondeu já sonhando com a faculdade - E você, Kookie?

- E-Eu não sei - Respondeu pensando - Eu não tive oportunidade para pensar sobre isso durante o ano

*

*

Quando Taehyung e Jungkook estavam em casa. O telefone do Jeon tocou e era um número desconhecido.

- Alô? - Jungkook atendeu

- Alô, Jeon Jungkook? - O homem do outro lado perguntou

- Sim. Quem está falando? - Perguntou ao responder

- Aqui é do cartório. Eu queria que você viesse até aqui amanhã de manhã e que traga duas pessoas de confiança com você - O homem falou

- Por que? - Perguntou confuso

- Faremos a leitura do testamento da sua mãe já que você é o Jeon mais velho - O homem respondeu calmamente - Aguardo você amanhã

- Ok. Estarei aí amanhã - Falou desligando o telefone

- Era do reformatório? - Taehyung perguntou

- Não. Era do cartório. Vão fazer a leitura do testamento da minha mãe amanhã - Falou olhando oara o chão - Não sei se eu vou consegui

- Quer que vá com você? - Perguntou segurando o rosto do Jeon fazendo-o olhar em seus olhos

- Na verdade, sim. Preciso levar duas pessoas de confiança - Falou acentindo com a cabeça

- Você confia em mim? - Perguntou mesmo sabendo a resposta

- Você sabe que sim - Falou se desvencilhando das mãos do mais velho

Jungkook puxou o Kim mais perto para um selar. Mais um selar que foi se aprofundando. Jeon pediu passagem com a língua e o Taehyung cedeu. O Jeon forçou o corpo do Tae para deitar na cama que estavam.

O mais velho sentiu as mãos do de cabelos escuro subirem sob sua camisa e descendo arranhando de leve a pele do Kim.

Jungkook começou a dar atenção ao pescoço do Taehyung mordendo de leve, até deixar um chupão que deixaria marca.

Enquanto isso, o mais velho apenas arfava e gemia baixo.

- É sério! - Mingyu apareceu no quarto e os dois garotos se separaram rapidamente - E na minha cama ainda - Falou descrente

- Desculpa, Gyu - Taehyung falou rindo e ficando vermelho

Mingyu olhou no pescoço do irmão e viu uma marca que começava a ficar roxa. Depois mirou um olhar de reprovação para o Jeon e o mesmo conseguia ver um pouco de raiva nos seus olhos.

- Dá próxima vez fechem a porta. E saiam da minha cama - Falou sério e logo saindo do quarto

- Só eu que percebi? - Jungkook falou finalmente

- O que? - Taehyung perguntou

- Ele está com raiva de mim - Falou se levantando da cama

- Não está não - Falou indo atrás do mesmo - Por que ele estaria?

- Porque eu deixei o Wonwoo ser preso - Falou passando a mão nos seus cabelos - É tudo culpa minha

- Não é. Foi ele que se entregou para proteger você - Falou colocando as mãos nos ombros do outro

- Eu... eu vou dormir - Falou indo até a cama improvisada no chão onde dormiu durante o dia inteiro

*

*

Naquela hora, Taehyung estava dormindo e Jungkook estava pensando na cama. Logo Mingyu entrou no quarto e foi direto para sua cama.

- Desculpa - Jungkook sussurrou assustando Mingyu

- Pelo que? - Perguntou frio

- Por causa do Wonwoo. Eu não queria... - Começou mas foi interrompido

- N-Não é culpa sua - Falou sem olhar nos olhos do mais velho

- Eu sei que você está com com raiva de mim, mas... - Foi interrompido de novo

- Eu não estou com raiva - Encarou Jubgkook pela primeira vez naquela noite - Só estou chateado. Você prometeu que protegeria ele e agora vai saber o que ele está passando dentro daquela prisão - Mingyu falou sentindo seus olhos se encherem de água

- Eu sei que fui um péssimo irmão mais velho ai deixar o Wonwoo ser preso, mas isso foi o melhor. Mesmo que eu não concorde. Ele queria isso. - Falou se aproximando do mais novo - Tenho certeza que ele está pensando em você todos os dias - Falou tentando animar o Kim

Mingyu sorriu com o pensamento do mais velho estar pensando em si e de ter sorte de ter um irmão mais velho como o Jungkook.

- Mingyu, eu quero que você vá comigo no cartório amanhã - Falou acordando o mais novo do seu devaneio

- Por que? - Perguntou confuso

- Wonwoo gostaria que você fosse. Então... você vai? - Perguntou

- Claro - Falou sorrindo

*

*

- Bem vindos - O homem do cartório cumprimentou os garotos - Quem é Jeon Jungkook

- Sou eu - Falou depois de ser citado

- Ok. Sentem-se e vamos começar a leitura do testamento

O homem foi para trás da mesa. Jungkook sentou na cadeira na frente, Taehyung e Mingyu sentavam nas cadeiras da parede do lado da porta.

- De acordo com a lei, o testamento deve ser lido em voz alta para o testador e duas testemunhas da escolha do testador. Entendido? - Perguntou e os três meninos acentiram - Então vamos começar a leitura do testamento da Jeon Yangmin

Jungkook se sentiu inquieto ao ouvir o nome da sua mãe.

"Eu, Jeon Yangmin, fiz esse testamento logo quando percebi a mudança da personalidade do meu marido que prefiro não ser citado. Escrevi pelo medo de acontecer algo comigo e ter de deixar meus filhos sozinhos, Jeon Jungkook e Jeon Wonwoo. Caso tenha acontecido algo e esse testamento esteja sendo lido para os dois eu quero dizer uma coisa. Sejam forte, não se importem com que os outros vão dizer de vocês e vivam suas vidas felizes com pessoas que você ama de verdade. Wonwoo seja forte, eu sempre vi você como um garoto forte e inteligente. Eu sei que você não precisa desses remédios de verdade. E Jungkook, proteja seu irmão de tudo. Ele confia em você e precisa de você ao lado dele. Mas não esqueça de viver sua vida, eu espero que você encontre alguém que você ama de verdade, se já não encontrou, e tenho certeza que vocês dois vão ser felizes. Não é só porque eu não estou aqui na terra com vocês que eu não estou com vocês. Agora chegou o momento de vocês e eu sei que vou me orgulhar todas as vezes que olhar para você. E agora o objetivo desse testamento. Eu, Jeon Yangmin, deixou todos os meus bens, riquezas e imóveis no nome do meu filho mais velho, Jeon Jungkook e agora ele será o novo dono da JJ Entertainment."

- Assinado, Jeon Yangmin - Terminou de ler - Eu gostaria que você e as duas testemunhas assinassem para comprovar que o testamento foi lido em voz alta oara os três

[...]


Notas Finais


Desculpa a demora para postar esse capítulo. Eu estava com uns problemas pessoais, mas agora estou melhor. Não prometo postar todo dia, mas vou me esforçar.

Espero que tenham gostado e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...