1. Spirit Fanfics >
  2. The Camp // Uniter >
  3. Cap10

História The Camp // Uniter - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Cap10



P.O.V   JOSH


- Quer ajuda aí?- Pergunto a Any que está separando lenhas.


-Acho que não.-Ela diz e continua oque estava fazendo. -aí.- ela diz ao se furar com uma farpa.


-Acho que precisa sim.-Digo- Por que botaram logo uma dama dessas para pegar lenha? 


- Se não for eu, nós vamos morrer de frio na hora do jantar.


Tento ajuda-la


-Josh, não precisa- ela diz puxando um pedaço de madeira da minha mão.


-Qual é Any, eu já pedi desculpas. Se preciso eu peço novamente, só não quero que você fique com raiva.


-E quem disse que eu estava com raiva de você?- ela diz rindo.


- Ninguém, mas pelo jeito que você me trata...


-E como eu te trato?- ela diz dando um sorriso sarcástico, tá dando uma de lerda, blz Any.


-Como se eu fosse um vagabundo machista.


-Mas você não é, né?- ela fala.


-Não, não sou mais, e posso te provar.


Ela me encara um pouco e diz:


-Ok, me mostre e talvez eu te dê uma chance.-Ela diz isso é sai andando com uma grande cesta cheia de madeira. 


P.O.V  SINA


- Eles combinam.- digo para o Noah que está sentado ao meu lado observando o Josh e a Any conversando.


-Tem razão. O Josh quer a Any, mas acho que ela não quer ele.- Noah fala.


-Que? Ela quer sim, só não quer dizer.


- Ele queria que eu arranjasse ela para ele, mas tenho medo da Any se machucar. Josh sempre foi pegador.- Noah diz enquanto observamos a Any sair deixando o Josh só.


-Acho que a Any, não liga. Estávamos conversando sobre isso e ela disse que se eles se pegassem não seria nada a mais.


-Que tal juntarmos ele?-Noah dá a idéia-  tipo, eles só vivem discutindo quando se encontram e nunca tem a chance de se pegar.


-Sim, podemos trancar eles numa cabana e só soltar quando se acertarem. De todas as formas se você me entendeu- falo dando uma pescadinha para ele fazendo ele sorrir.


Que sorriso maravilhoso meu pai.


-Então combinado?- ele entende a mão.


-Combinado.- Aperto - Os cupidos em ação.


P.O.V   LAMAR


Vi a Sina e Noah de longe e decidi ir até eles com o Norman e Jack.


-Eai, como nós vamos fazer?- Digo me sentando na mesa de madeira.


-Ainda não sei, alguma pista?- Sina pergunta.


-Nenhuma, além do mais o corpo já se foi né. Não deu tempo nem de dar uma olhada.- Jack diz.


-Temos que pensar, gente. Quero achar logo o culpado por isso, e se alguém me viu discutindo e ameaçando o Nathan?- Norman diz preocupado.


-Você ameaçou o Nathan?- Noah pergunta surpreso.


-Sim, justamente ontem.- Sina fala.


-Precisamos pensar. Alguém mais sabe do que aconteceu ontem?- pergunto.


-Sim, a Heyoon. Ela viu eles brigando e quer se juntar a nós.- Sina fala.


-Merda.- Norman dá um tapa na mesa.


-Calma, ela prometeu que não iria falar para ninguém.- Sina diz.


-Calma uma merda- Norman fala se alterando.- Quanto mais gente souber tem mais perigo. Não sabemos em quem podemos confiar, vai que essa tal de Heyoon dá com a língua nos dentes.


-Norman, não se altera. Quer mesmo chamar atenção?-Sina diz - E outra, de qualquer maneira é melhor ela se envolver com nós, assim podemos ter o controle do que ela pode fazer.


-A Sina tem razão. É melhor assim.- Jack fala.


-E oque esse menino tá fazendo aqui?- Norman aponta para o Noah- Para mim isso aqui tá virando mais para um casa tesouro do que uma investigação.


-Eu só quero ajudar, não se preocupe comigo.- Noah se defende.


- Sina, você pode chamar a Heyoon dá próxima vez que nos encontramos?- Falo.


-umhum- ela afirma.


-Ok, então é isso por hoje. Não podemos se encontrar muito a luz do dia para não dar muito na cara que estamos fazendo algo. E prestem atenção em todos do acampamento, qualquer suspeita avisem imediatamente.- falo e logo em seguida saio da mesa.


P.O.V  ANY


Acabei de separar as lenhas, mano, pq não botou um menino para pegar? Mas fazer oque né.


Não paro de pensar naqueles olhos azul, Gente mais q homem.... Pera, não Any Gabrielly, você não tá tendo uma quedinha por ele, você não pode.


Boto as lenhas em um canto da salinha e do outro lado me deparei com uma mala preta, chama minha atenção e vou até ela. Quando me preparo para me abaixar me assusto quando eu escuto uma voz atrás de mim.


-Any, por que está aqui?- É a Ella.


-Vim deixar as lenhas que me pediu para botar na lareira do refeitório.- digo me virando rapidamente.


-Ok, já pode ir. Avise as meninas que estão na sua cabana que hoje haverá uma despedida em homenagem a o Nathan.


-Ok.- confirmo e saio rápido da salinha.


Chego na cabana e aviso as meninas.


-Meninas, vamos ter meio que uma despedida. Se arrumem para hoje à noite.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...