1. Spirit Fanfics >
  2. The Camp // Uniter >
  3. “Sina? è você?”

História The Camp // Uniter - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - “Sina? è você?”


P.O.V Heyoon


- Então é isso pessoal, agora vamos jantar que ninguém é de ferro.- Ella diz.


- Ainda bem que acabou gente, tô com muita fome.-falo segurando a minha barriga.


- Eu também, pensava que não iria terminar mais- Shivani fala.


- Ei, cadê a Sina?


-Boa pergunta Sabina, ela saiu no meio da "palestra" e não a vi- digo dando um breve procurada olhando de um lado para o outro.


-Gente não sei vocês, mas eu estou a ponto de desmaiar aqui de fome. Vou indo.- Sabina diz e sai junto com a Shivani.


-Vou com você- Joalin fala e a segue junto com Diarra.


-Ela devia está cansada e foi para a cabana, vamos lá comer- Hina diz puxando eu e Any.


P.O.V  Sofya 


Vou atrás das meninas tentando correr com minhas pequenas pernas.


-Sofa - Conheço essa voz, é o Bailey.- espera.


Eu paro e viro para ele, ele está próximo de mim.


-Oi May- digo dando um sorrisinho.


-Vem jantar na mesa comigo?- ele fala sem jeito.


-Eu acho melhor não, as meninas estão me esperando. Pode ficar para próxima?


-Ok, sem problemas.- ele diz e sai.


Acho que nossa relação não está tão firme. Demos um tempo e agora estamos tentando voltar, não acho que vamos voltar. O nosso amor foi bom o quanto durou, enquanto ele me ajudou a seguir em frente fazendo eu sair da depressão. Vou ser eternamente grata, mas não acho justo prende-lo a mim e deixando de viver a vida dele.


P.O.V  Sina


Estou esperando a resposta do menino enquanto admiro o belo horizonte.


-Eu vi você saindo de fininho da roda da fogueira acompanhada de mais três pessoas, achei que aquilo não cheirava bem, achava que precisaria de ajuda- ele diz tentando se defender.


- Eu não preciso da ajuda de ninguém- falo finalmente olhando fixamente para seus olhos verdes.


-Me desculpe, agora deixa eu ajudar você. Já estamos aqui mesmo.


-Se quiser me ajudar e se ajudar, acho melhor não se intrometer.


-Ok, não quero me intrometer. Mas deixa eu pelo menos fazer um curativo em você.


Deixo ele fazer. Quando chega na parte da minha mão ele para e olha fixamente para ela.


-Oq foi - pergunto puxando minha mão para ver oq tem de errado.


-Sina?- ele fala com uma cara desentendido e um leve sorriso.


-Sim - digo curiosa.


-Essa cicatriz na sua mão, você a fez quando apanhou lá no orfanato por ter dito que fez uma coisa que eu fiz.


Agora lembrei de quem ele se tratava, Noah. Quem diria que se tornaria um garoto desse.


-Quanto tempo- digo dando um sorriso.


-Bota tempo nisso. 11 anos atrás? 


-Simm.- confirmo- Meu Deus, inacreditável te encontrar.


- Eu era seu amigo lá, lembra? 


- Só tinha você em que eu gostasse de ser amigo. Lembro de quando a Sra.Drust disse que você comeu o doce escondido e eu disse que foi eu para salvar sua pele.


-Sim, nunca fui tão grato. Eu tinha acabado de sair da palmatória.


- Me diz como foi sua vida depois que saiu de lá.- pergunto a ele.


-Fui adotado pelos melhores pais possível que uma criança órfã possa querer ter. Fui morar em LA e estou até hoje lá. Depois eu ganhei uma irmã Não tinha destino melhor do que ter sido adotado por Wandy.- ele para e sorri consigo mesmo- e você?


-O meu rumo foi totalmente diferente.


Eu o contei tudo a ele, aliás, ele já tinha visto oque aconteceu. Disse de tudo e mais um pouco, era bom ter reencontrado meu velho amigo.


-Poxa sininho- ele diz quando termino de falar a história toda.


-Você ainda lembra desse apelido?- dou uma risada.


-Com certeza- ele olha a hora- Nossa, já é meia noite. Vamos voltar.


Quando chegamos na frente da minha cabana falei:


- Obrigada Noah, valeu mesmo. E veja como o Lamar está, por favor. Agradeça por mim. Tchau.- digo entrando na cabana onde todas estavam dormindo, tirando a Hayoon.


-Finalmente você chegou- ela diz.- já estava ficando preocupada com voc....- ela percebe que estou com um curativo na bochecha.- Oq aconteceu?


-Nada não, estava trelando por aí. Achei meio entediante a fogueira de boas vindas e acabei saindo e perdi a hora.- desculpa mais esfarrapada não tem melhor agora para inventar.


-Bem que as meninas falaram. Agora vai descansar, vamos acordar cedo amanhã.


Vou no banheiro, faço tudo que tenho que fazer e desabo na cama fazendo eu dormi imediatamente.


P.O.V  Noah


Fiquei feliz por ter reencontrado minha velha amiga, que por sinal está maravilhosa.


Abro a porta da cabana vejo todos os meninos dormindo, até o Lamar. Acho melhor falar com ele amanhã, não quero incomoda-lo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...