História The Candy Little Boy: Saga - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Comedia, Demonios, Doces, Horror, Original, Parque De Diversões, Sadomasoquismo, Sangue, Suspense, Terror, Tortura, Violencia
Visualizações 15
Palavras 3.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Qual a diferença?

Capítulo 23 - Benção ou maldição?


Fanfic / Fanfiction The Candy Little Boy: Saga - Capítulo 23 - Benção ou maldição?

*Em uma casa velha, Emilly, Candy Little Boy e Girl estão conversando.

 

Emilly: ...

 

Candy Little Boy: Entendeu?

 

Emilly: Então vocês são bonecos feitos de doces?

 

Candy Little Girl: Ela entendeu!

 

Candy Little Boy: Exatamente.

 

Emilly: E o que era aquela coisa me perseguindo?

 

Candy Little Boy: 1 boneco! Também feito de doces.... Provavelmente.

 

Emilly: Hm?... Um boneco?... Melhor pararmos esse assunto por aqui, acho que estou ficando louca.

 

Candy Little Girl: Louca?

 

Emilly: Vocês estão a quanto tempo aqui?

 

Candy Little Boy: 30 anos!

 

Emilly: O que?

 

Candy Little Girl: É que nós tivemos alguns problemas no passado e tivemos que nos esconder por um tempo sabe... Era muito tedioso, não tinha ninguém para brincar com a gente.

 

Emilly: ...

 

Candy Little Boy: E você.... Como chegou aqui?

 

Emilly: Estava voltando da escola, até que aquela coisa apareceu, e no desespero vim para cá!

 

Candy Little Boy: Isso faz sentido!

 

Emilly: Tenho que ir para casa...

 

Candy Little Boy e Girl: Hm?

 

Emilly: Não posso ficar aqui, muito obrigada por salvar a minha vida, mas agora tenho que voltar!

 

Candy Little Girl: Mas.... Você acabou de chegar!

 

Emilly: É que realmente não dá!

 

Candy Little Boy: Podemos ir com você?

 

Emilly: Como assim?

 

Candy Little Boy: Ir para casa com você!

 

Emilly: De onde você tirou essa ideia?

 

Candy Little Boy e Girl: Por favor!!!

 

Emilly: ...

 

Candy Little Boy e Girl: Prometemos não fazer bagunça!

 

Emilly: Eu ainda vou me arrepender disso.... Podem vir.

 

Candy Little Boy e Girl: Oba!

 

*Um tempo depois, em uma casa com paredes azuis, piso de madeira e telhado vermelho.

 

*Emilly abre a porta, em seguida Candy Little Boy e Girl entram na casa, que já dá direto a cozinha.

 

Emilly: ...

 

Candy Little Girl: Uau! Aqui é muito lindo.

 

Candy Little Boy: Tenho que admitir, é melhor que o lugar que estávamos.

 

*Emilly fecha a porta e a tranca, logo em seguida caminha em direção a Candy Little Boy e Girl.

 

Emilly: Obrigada, bem não é grande coisa, mas.... Está até que limpinha, meus pais saem muito então, eu cuido da casa.

 

Candy Little Girl: Seus pais saem muito?

 

Emilly: Trabalho...  Vocês que são sei lá o que, não tem que se preocupar com isso.

 

Candy Little Boy: Eu já falei o que somos...

 

Emilly: É... Estão com fome? (Por que fiz essa pergunta? Eles são bonecos!)

 

Candy Little Boy e Girl: Sim! Bem.... Mais ou menos.

 

Emilly: O que vocês gostam de comer?

 

Candy Little Boy e Girl: Doce!

 

Emilly: Doce?

 

Candy Little Boy: Sim.

 

Candy Little Girl: Doce é vida!

 

Emilly: Mas isso para vocês não seria tipo, canibalismo, já que são doces... A deixa quieto.

 

*Emilly caminha em direção a geladeira e pega um pote de doces em cima dela, em seguida, retira a tampa do pote e dá uma bala para Candy Little Boy e Girl.

 

Emilly: Isso está bom?

 

Candy Little Boy: Sim!!!

 

Candy Little Girl: A muito tempo que eu não como uma bala.

 

Emilly: Bem, eu estou super cansada.... Deixa eu mostrar aonde vocês vão dormir.

 

Candy Little Boy e Girl: .... Está bem!

 

*Emilly, Candy Little Boy e Girl caminham em direção a sala da casa.

 

Emilly: Vocês vão dormir aqui.

 

Candy Little Boy: ...

 

Candy Little Girl: ...

 

Emilly: O que foi? Não gostaram?

 

Candy Little Girl: Eu adorei!

 

*Candy Little Boy fica olhando para a televisão da sala.

 

Candy Little Boy: Ei, eu já vi uma dessas!

 

Candy Little Girl: Hm?

 

*Candy Little Boy e Girl correm em direção a televisão.

 

Candy Little Boy: Isso aqui parece ser muito legal.

 

Candy Little Girl: É enorme! Muito maior do que a nossa!

 

Emilly: ...

 

*Emilly observa com muito sono Candy Little Boy e Girl esfregando a mão e idolatrando a televisão.

 

Emilly: Tentem dormir por favor.... Vou para meu quarto.

 

Candy Little Boy e Girl: Está bem!

 

*Emilly sai da sala e caminha para seu quarto...

 

*Ao chegar no quarto Emilly se joga na cama, pensativa e cansada.

 

Emilly: Isso é um pesadelo?

 

*Os olhos de Emilly começam a se fechar lentamente.

 

Emilly: Que sonho.... Esquisito...

 

*Emilly dorme.

 

*Em um outro dia, no quarto de Emilly.

 

*Emilly: Hm...

 

*Emilly lentamente levanta de sua cama, são 7:00 da manhã.

 

Emilly: Será que foi...

 

*Emilly caminha para a sala.

 

Emilly: ...

 

*Emilly ao chegar na porta da sala se depara com Candy Little Boy e Girl, deitados juntinhos e cobertos de uma maneira bem fofa.

 

Emilly: Droga...

 

*Emilly vai para o banheiro, começa a escovar os dentes, logo em seguida vai para a cozinha pegar sua bolsa.

 

Emilly: Espero que hoje o dia seja diferente de uma maneira que não tente me matar.

 

*Emilly sai de casa.

 

*As 11:00 em uma escola.

 

*Emilly está em uma mesa, com 2 pessoas, Débora e um outro garoto aparentando ter a mesma idade que as duas.

 

???: O que foi Emilly? Parece meio preocupada.

 

Emilly: Hm?

 

Debora: Deve ser problemas familiares Jonathan, é melhor não citar esses assuntos.

 

Jonathan: A desculpe...

 

Emilly: Não.... Está tudo bem, eu estava no mundo da lua, de novo...

 

Jonathan: Hahaha, sei como é...

 

Debora: Por que você não dorme na minha casa hoje para tirar esse estresse?

 

Emilly: Hm?

 

Debora: Tipo, você anda muito pensativa, então talvez ter uma noite de garotas.... Mataria seu estresse!

 

Emilly: Pode ser que dê certo...

 

Jonathan: Noite de garotas.... É então serei excluído.

 

Debora: Você pode ir também!

 

Jonathan: Sério?

 

Debora: Claro, afinal somos todos amigos, não faria sentido eu deixar você de fora, sei que é a noite das garotas, mas... 1 menino não vai mudar nada, eu acho.

 

Jonathan: É...

 

Emilly: Tudo bem.... Eu vou!

 

Debora: Está combinado então! Na minha casa as 18:00

 

Emilly e Jonathan: Ok.

 

Debora: Não tragam ninguém!

 

Emilly e Jonathan: Hm.…?

 

Debora: É uma noite só nossa, não vou gostar de alguém se intrometendo!

 

Emilly: ...

 

Jonathan: Nós sabemos disso Debora.... Por que traríamos alguém para nossa festa?

 

Debora: .... Então está bem, estou confiando em vocês!

 

*Debora se levanta da cadeira, e vai embora.

 

Emilly: ...

 

Jonathan: Que estranho.

 

Emilly: Hm?

 

Jonathan: A atitude da Debora, tipo.... Foi muito estranha, ela parecia nervosa, entusiasmada e desconfiada ao mesmo tempo, eu nunca vi ela assim! Você já?

 

Emilly: Não.

 

Jonathan: Bem isso foi estranho... Más, só foi uma ação estranha dela...

 

Emilly: (Debora...)

 

*As 12:00 horas, na calçada de uma rua próxima a casa de Emilly.

 

*Emilly está caminhando pela calçada, pensativa.

 

Emilly: Sinto que deveria estar preocupada..., mas.... Com o que?

 

*Emilly se aproxima da porta de sua casa.

 

Emilly: (Eu devo é evitar de pensar em me preocupar.... Falando em preocupar, o que será que aqueles dois bonecos estão fazendo?)

 

*Emilly abre a porta de sua casa e se depara com Candy Little Girl a derrubando assustada.

 

Candy Little Girl: Emilly, socorro!

 

Emilly: O que foi?

 

Candy Little Girl: O Candy Little Boy!

 

Emilly: Hm?

 

*Emilly olha pela porta aberta e observa Candy Little Boy com um gatinho na cabeça, correndo em direção a Candy Little Girl.

 

Candy Little Boy: Vou te pegar!

 

Candy Little Girl: Nãooooooooooooo!!!

 

Emilly: Parem os dois, agora!

 

Candy Little Boy e Girl: Hm?

 

Emilly: Vocês não podem sair e me derrubar assim, os vizinhos vão achar que tem algo muito sério acontecendo na casa e vão ligar para meus pais...

 

Candy Little Boy e Girl: Desculpe...

 

Emilly: .... Tudo bem, vamos entrar logo.

 

*Emilly, Candy Little Boy e Girl entram na casa de Emilly, em seguida Emilly fecha e tranca a porta.

 

Candy Little Boy: Emilly, que bicho é esse?

 

Emilly: Hm?

 

*Emilly olha para um gato branco e peludinho que Candy Little Boy está segurando.

 

Emilly: Esse é o senhor gato... Ou Mr. Gato se preferir.

 

Candy Little Girl: Isso é um gato?

 

Candy Little Boy: Viu! Eu falei que era um gato peludinho!

 

Candy Little Girl: Eu achei que era algum tipo de animal perigoso...

 

Emilly: Ele é perigoso.... Se mexer com a comida dele!

 

Candy Little Boy: Hm.…?

 

Senhor Gato: Miau...

 

*Candy Little Boy no mesmo instante solta o Senhor Gato e o coloca no chão.

 

*Emilly caminha para a sala.

 

Emilly: Que dia... Cansativo.

 

*Emilly senta no sofá.

 

Emilly: ...

 

Candy Little Girl: Está cansada Emilly?

 

Emilly: ...?!?

 

*Emilly leva um susto ao se deparar com Candy Little Girl ao lado dela no sofá.

 

Candy Little Girl: Que foi?

 

Emilly: Não faça isso! Eu quase tive um infarto!

 

Candy Little Girl: A desculpe.

 

Emilly: Está tudo bem...

 

Candy Little Boy: Está preocupada com alguma coisa?

 

Emilly: Hm?

 

*Emilly olha para Candy Little Boy sentado em cima do sofá.

 

Emilly: Como vocês conseguem ser tão rápidos?

 

Candy Little Boy: Depende.... Nós que somos rápidos de mais ou você que é lerda de mais?

 

Emilly: É... Faz sentido...

 

Candy Little Girl: Está triste com alguma coisa Emilly?

 

Emilly: Não... Só pensativa.

 

Candy Little Boy: Sobre o que?

 

Emilly: Já sentiram que alguém próximo de vocês.... Está mentindo ou esconde algo de vocês?

 

Candy Little Boy e Girl: Sim!

 

Emilly: Sério?

 

Candy Little Boy: Claro, mas as pessoas as vezes... Dependendo da mentira, escondem isso para proteger, mas sinceridade é sinal de confiança.... Não acha?

 

Emilly: É...

 

Candy Little Girl: Problemas com amigos Emilly?

 

Emilly: Não.... Nada que vocês precisem se preocupar.

 

Candy Little Boy e Girl: ...

 

Emilly: Querem assistir desenho?

 

Candy Little Boy e Girl: Sim!

 

*Emilly pega o controle que está jogado pelo sofá, em seguida aperta um botão que liga a televisão.

 

Emilly: Que canal vocês querem assistir?

 

Candy Little Girl: Canal?

 

Emilly: Entendi...

 

*Emilly coloca em um canal de desenho qualquer, passando um desenho de personagens coloridos.

 

Candy Little Boy: Que desenho é esse?

 

Candy Little Girl: Eles são coloridos!

 

Emilly: Esse desenho é baseado em um livro de uma pessoa que eu não me lembro o nome... Mas era conhecida como godmed.

 

Candy Little Boy: Ele parece ser bem criativo!

 

Emilly: É...

 

*As 17:30 na casa de Emilly.

 

Emilly: Bem, está quase na hora de eu ir!

 

Candy Little Boy: Ir?

 

Candy Little Girl: Mas sua escola não é só de manhã? E por que você vai agora? Está quase na parte que vão vencer a cor cinza!

 

Emilly: Foi mal pequenos..., mas, eu tenho uma festa de uma amiga para ir hoje.

 

Candy Little Girl: Festa?!?

 

Candy Little Boy: Podemos ir?

 

Emilly: O que? Ir?

 

Candy Little Girl: Sim!

 

Candy Little Boy: Adoramos festas!

 

Emilly: É foi mal galera.... Mas acho que vocês não entenderam! É uma festa entre amigos e minha amiga não conhece vocês!

 

Candy Little Girl: Mas, não podemos ir lá nem para ela nos conhecer?

 

Candy Little Boy: A gente promete não fazer bagunça!

 

Emilly: Foi mal, mas não.... Vocês fiquem aqui! E quando eu voltar a gente assiste mais desenhos.

 

Candy Little Boy e Girl: ...

 

Emilly: Não se preocupem, eu não vou demorar!

 

*Emilly se levanta do sofá e caminha para a cozinha.

 

Emilly: Se sentirem fome.... Tem comida na geladeira!

 

*Emilly abre a porta e sai da casa.

 

Candy Little Girl: É acho que somos só eu, você e o Senhor Gato!

 

Senhor Gato: Miau!

 

Candy Little Girl: Candy Little Boy?

 

*Candy Little Girl repara que Candy Little Boy está olhando desconfiado para a porta que Emilly saiu.

 

Candy Little Boy: ...

 

Candy Little Girl: O que foi?

 

Candy Little Boy: Sinto algo.... Amargo... Candy Little Girl! Vem comigo!

 

Candy Little Girl: Está bem...

 

*Em uma rua, Emilly está caminhando normalmente.

 

Emilly: ...

 

*Emilly levanta o braço e olha as horas de um relógio de pulso que está em seu braço, e vê que são 17:50.

 

Emilly: Acho que chegar 10 minutos adiantada não faz nenhum mal!

 

*Emilly pega seu celular que está em sua bolsa e entra em um aplicativo de chamadas e conversas.

 

Emilly: Pelo menos a internet aparenta estar boa!

 

*Emilly clica em uma foto de Debora e começa a digitar uma mensagem.

 

Emilly: Bem.... Avisar que estou chegando mais cedo, talvez ajude ela a se apressar em alguma coisa.... Não.... É melhor deixar quieto.

 

*Emilly para de digitar, em seguida desliga o celular e guarda o celular em sua bolsa.

 

*Após 2 minutos de caminhada, Emilly chega em uma casa aparentando ser um pouco velha.

 

Emilly: Hm... Debora mora aqui?

 

*Emilly observa o número da casa, que está em uma placa pendurada em cima da porta, a placa diz (999)

 

Emilly: Número 999... Como a Debora disse, bem eu acho.... Faz tempo deis do dia que ela disse onde morava... Droga eu devia ter perguntado, espero que seja esse!

 

*Emilly caminha para a porta da casa, ao chegar perto, dá 3 batidas leves na porta.

 

Emilly: Debora, cheguei!

 

*Um silencio toma conta do local.

 

Emilly: ...

 

*Emilly bate uma quarta vez na porta e acaba abrindo a porta com essa batida.

 

Emilly: Está aberta?

 

*A porta vai se abrindo aos poucos.

 

Debora: ...

 

Emilly: Desculpe Debora.... É que eu bati na porta e...

 

*Emilly se depara com Debora de costas e sentada devorando o corpo de Jonathan com a cabeça decapitada.

 

Emilly: ... O que?

 

Debora: ...?

 

*Após ver Debora mastigando Jonathan, Emilly repara em vários cadáveres mutilados, esquartejados e decapitados pela sala, além das paredes e do chão estarem todas cobertas de sangue.

 

*Debora vira sua cabeça lentamente em direção a Emilly.

 

Emilly: Jonathan...!

 

*Emilly cai no chão.

 

Debora: Emilly?

 

Emilly: ...!

 

*Emilly fica assustada e tremendo ao encarar o rosto de Debora com a boca derramando sangue.

 

Debora: Hahahaha...

 

Emilly: Quem são essas pessoas? Por que você está fazendo isso? (Tremendo)

 

Debora: São meus convidados Emilly! E devo admitir... O gosto é delicioso! De cada um deles, a explosão de sabores em minha boca é magnifica!

 

Emilly: ... (Tremendo)

 

Debora: Por que fiz isso? Porque eu gosto! Mas vou ter que acabar com você!

 

*Debora se levanta e fica de frente a Emilly.

 

Emilly: Hm?

 

Debora: Não é nada pessoal.... Se você não tivesse aparecido nessa hora do meu lanchinho eu garanto para você que eu não iria matar você, mas.... Você apareceu.

 

Emilly: Pare...

 

Debora: Diferente da morte dessas pessoas, a sua será rápida, eu prometo, eu comecei esfaqueando as gargantas deles, foi difícil no início por causa que eles não paravam de se contorcer no chão, espalhando e jorrando sangue para todo o lugar, eu acho que eu ia demorar a noite toda para limpar esse doce liquido...

 

Emilly: Por favor.... Pare.

 

Debora: Que pena.... Hoje vou perder uma grande amiga, mas não tem problema, eu aprendi que se você gosta realmente de alguém, deve-se devora-lo e senti-lo na pele! Como se fosse 1 só! Está preparada para ser devorada?

 

Emilly: Não!

 

*Emilly sai correndo pela rua.

 

Debora: Você só está adiando o inevitável...

 

*Na rua, onde Emilly está correndo desesperada.

 

Emilly: De novo não.... Por favor... De novo não!

 

*Emilly é atingida nas costas por uma faca arremessada por Debora.

 

Emilly: Hm.…?

 

*Emilly cai no chão, gemendo de dor.

 

Debora: eu não gostei de sua atitude!

 

*Debora caminhando em direção a Emilly.

 

Emilly: Não.... Eu não quero.... Morrer...

 

*Emilly começa a se rastejar pelo asfalto da rua, deixando um rastro de sangue.

 

Debora: Sério? Você ainda acha que vai escapar?

 

*Debora joga outra faca em Emilly, atingindo novamente suas costas.

 

Emilly: ...!

 

*Emilly solta um grito de dor.

 

Debora: Gritar não vai te salvar, você sabe disso né?

 

*Emilly para de rastejar e continua gemendo de dor.

 

*Debora passa a mão no rastro de sangue deixado por Emilly, e em seguida coloca o dedo com sangue de Emilly na boca.

 

Debora: Seu sabor é interessante.... Vou adorar te mastigar!

 

Emilly: NÃO!

 

*Um som de buzina de caminhão é escutado.

 

Debora: Hm.…?

 

*Debora olha para o lado e observa um caminhão vindo rapidamente em sua direção.

 

Debora: O que?

 

*Debora é atropelada pelo caminhão, que nem si quer para ao bater em Debora.

 

*Debora tem a maior parte de seu corpo esmagada com o atropelamento, e com a batida ela fica no chão, com o corpo imóvel, apenas a cabeça se movendo um pouco.

 

Debora: .... Como...

 

Emilly: ...

 

Debora: ...

 

*Debora para de mover a cabeça, aparentando ter morrido.

 

Emilly: ...

 

*Emilly observa o corpo esmagado de Debora no chão, enquanto um liquido roxo misturado com um vermelho começa a sair do corpo de Debora.

 

Emilly: ... (Então.... É assim que acaba tudo? Eu vou morrer aqui?)

 

*Emilly começa a chorar com muita dificuldade e dor.

 

Emilly: ... (Eu.... Não quero morrer.... Por favor não...)

 

Candy Little Boy: Oi Emilly!

 

Emilly: ...!

 

*Emilly olha com muito esforço para sua frente, se deparando com Candy Little Boy e Girl de pé a observando.

 

Candy Little Girl: Finalmente te achamos, estava difícil encontrar seu cheiro.

 

Emilly: ...

 

Candy Little Boy: Está com dificuldade de falar?

 

Emilly: ...

 

Candy Little Boy: Entendi.... Bem já vi que você está com sorte hoje!

 

*Candy Little Boy e Girl olham para o cadáver esmagado de Debora.

 

Candy Little Girl: Era uma boneca.... Quem diria!

 

Candy Little Boy: Devo ter esquecido de citar.... Foi mal, mas então vou explicar agora, não existem só pessoas entre você.... Existem bonecos que comem pessoas, e para saber...

 

Emilly: ... (Começa a fechar os olhos lentamente)

 

Candy Little Girl: Acho que ela está perdendo muito sangue...

 

Candy Little Boy: Verdade.... Foi mal, vou fazer uma simples pergunta! Você quer continuar?

 

Emilly: Si...

 

Candy Little Boy: Então.... Lhe concedo minha maldição!

 

*Emilly fecha os olhos por completo e desmaia.

 

*Um outro dia, em algum hospital.

 

*Emilly está deitada em uma cama de um hospital, em um quarto pequeno.

 

Emilly: ...

 

*Emilly acorda.

 

Emilly: Hm..? Aonde...

 

*Emilly olha para suas costas e fica surpresa ao não encontrar nada, nenhum ferimento.

 

Emilly: Hm? Mas... E os ferimentos das facas?

 

*Emilly olha para o lado e observa que em cima de uma gaveta ao lado de sua cama, tem uma pequena prateleira com algumas comidas de hospital.

 

Emilly: Estou com um pouco de fome.... Penso nisso depois que eu comer.

 

*Emilly pega uma bolacha salgada da prateleira, ao aproximar ela de sua boca, sente um cheiro ruim.

 

Emilly: Hm.…? Que cheiro é esse?

 

*Emilly dá uma mordida na bolacha salgada, em seguida sente um gosto totalmente horrível, vomitando no chão a bolacha e um liquido roxo.

 

Emilly: Que gosto é esse? Parece que...

 

*Emilly pega um sanduiche com presunto e salada e em seguida dá uma mordida, mas novamente sente um gosto horrível e o vomita também.

 

Emilly: (O que?... Parece que eu estou comendo merda de cavalo... O que está acontecendo comigo?)

 

*Emilly pega da prateleira um suco de laranja e rapidamente começa a bebê-lo, diferente dos outros alimentos que comeu, esse tem um gosto maravilhoso.

 

Emilly: (Por que.... Esse tem um gosto bom?)

 

*A porta da sala que Emilly está se abre lentamente.

 

Emilly: Hm?

 

Candy Little Boy e Girl: Oi!

 

Emilly: Vocês?

 

Candy Little Boy: Como você está?

 

Emilly: É... Bem...

 

Candy Little Girl: Não sente nada de diferente?

 

Emilly: É... Bem, não só meu paladar está estranho.... Fui comer algumas coisas e parecia que eu estava comendo lixo... Aí fui beber um suco e... Ele tinha um gosto maravilhoso!

 

Candy Little Boy: Sabia!

 

Emilly: Hm?

 

Candy Little Boy: Emilly! Sua vida vai mudar!

 

Emilly: Como assim?

 

Candy Little Girl: Te explicar tão rapidamente vai ser difícil.... Então trouxemos uma pessoa que vai te explicar com mais facilidade!

 

Emilly: Pessoa?

 

*Rose entra na sala que Emilly está.

 

Emilly: Hm.…?

 

Rose: Olá!

 

Candy Little Boy e Girl: Emilly, essa é Rose! A meio humana!

 

Continua...


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...