História The Challenge Nyongtory - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Nyongtory
Visualizações 7
Palavras 3.948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aproveitem...

❤❤❤

Capítulo 8 - A dor da perda.


Fanfic / Fanfiction The Challenge Nyongtory - Capítulo 8 - A dor da perda.

SEUNGRI

Eu estava com muita raiva dele, por quê ele podia fingir que não me conhecia nas festas e eu não, e por quê ele sempre fazia isto mesmo gostando de mim. Ele me puxou pelo braço me separando de YoungJae e me levando para fora, lá ele começou seu discurso.

-- O QUÊ VOCÊ ESTÁ FAZENDO SEUNGRI? – Ele parecia bem estressadinho – Você sabe que eu gosto de você e fica se pegando com outras pessoas na minha frente – É ele ter sussurrado essa parte me fez ter mais raiva ainda dele.

-- O quê foi G-dragon, não quer que as garotinhas que você transa descubra que você gosta de mim – falei o provocando, ele parecia que havia bebido um pouco demais, estava quase bêbado.

-- Não é isso Seungri, é que....

-- Está tudo bem Seungri? – Eis que surge Zico.

-- Você ouviu ele gritando socorro por um acaso? – G-dragon o provocou.

-- Não até por que se ele tivesse gritado socorro eu já ia chegar te enchendo de porrada – É, o Zico era bem provocativo também.

-- Vamos parar – Falei interferindo ambos.

-- Primeiro: o que esse cara ta fazendo, segundo: vocês se conhecem – G-dragon parecia bem incomodado com a presença do Zico aqui.

-- Bom.. – Não consegui conter o riso – Nos conhecemos a pouco tempo quer dizer, faz dois dias –

-- Que isso Seungri, e esse sorrisinho malicioso ai... não vai me dizer que vocês já transaram –

-- Isso não é da sua conta, vamos embora Zico – Aquele assunto já estava me deixando constrangido, agradeci aos céus por Zico assentir com a cabeça e pegar na minha mão me puxando.

Antes de ir embora eu queria acabar com a noite de G-dragon e assim fiz, me aproximei dele e confirmei sua pergunta, agora ele sabia que eu e Zico não estavamos mais na fase de se conhecer.

Zico foi procurar Yoongi e eu fui me despedir de meus amigos, Dae já veio especulando se eu estava pegando o mesmo, eu disse que sim, não queria mais esconder de ninguém, talvez ele podia me fazer esquecer G-dragon. Me despedi de Dae e os outros que estavam ali e fui até a porta vendo que Yoongi e Zico já estavam a minha espera, nos dirigimos até o carro e entramos, Zico deu partida e então fomos embora.

Assim que chegamos eu e Yoongi fomos diretos para o quarto, tinhamos muito para conversar.

-- Eu e o Zico transamos – Falei todo sincero.

-- O quê? Seungri você se esqueceu que ele pode ser seu primo também – Suga estava espantado.

-- Eu... eu nem lembrei dessa possibilidade – minha felicidade tinha ido por água abaixo.

-- Amanhã sem falta vamos ir fazer o teste de dna –

-- Está bem –

E novamente o grupo de Dae estava fazendo sucesso.

Verdades explanadas

Jackson

Como é general essas palavras foram confirmadas: Seungri passou mesmo o rodo na festa kkkkkkk como é, e ainda teve DR.

DaeDae

Calma ae não foi assim não, só foram dois que eu saiba kkkk

BamBam

Eu estava fazendo uma coisa muito importante, mas quando vi essa fofoca não pude deixar de comentar meu OMG Seungri passa mais o rodo que os próprios rodos.

Yugyeom

Quero nomes

T.O.P

Gostaria de dizer que sou muito amigo do G-dragon, mas um chifre não é todo dia que se ganha, ou é kkkkkkk

DaeDae

YoungJae novamente e Zico(aquele gatinho que estava na festa hoje) primo do Yoongi

Mark

Um verdadeiro oppa.

Yugyeom

Meu Deus Seungri seu sortudo

BamBam

Mais afinal, cadê o Jiyong?

T.O.P

Assim que a DR acabou e o Seungri foi embora, ele foi e começou se agarrar com uma garota lá e foi para o quarto.

Jackson

COMO ESQUECER O CHIFRE QUE VOCÊ ME DEU KKKKKKKK

Jinyoung

Meu Deus kkkkk

Mark

Kkkkkkkk Vocês ainda estão ai na festa?

T.O.P

Sim

Jackson

Estou terminando de esvaziar as garrafas aqui

DaeDae

Só você, Seungri, Yoongi e Zico foram embora

T.O.P

Vocês sabem que eu não vi BamBam e Yugyeom desde a hora que eu cheguei aqui kkkkk onde será que eles estão

Yugyeom

Não faço idéia da onde esse gostozão do Yugyeom está, deve estar sarrando alguém por ai

BamBam

Só se for eu né, por quê você não pega ninguém

Yugyeom

Você que pensa.

BamBam

Eu que penso kkkkkk

DaeDae

DR não galera, please

Jiyong

Kkkkkk cada coisa que eu tenho que ler

T.O.P

Eis que o corno entra no grupo

Jackson

Ou mano cuidado agora para não bater teus chifes nos lugares kkkkkk

Jiyong

Vou enfiar eles no meio do cú de vocês

Jackson

Ui, adorooo

T.O.P

Jackson resiste, não se entregue ainda a viadagem.

Jackson

Eu não consigo, é mais forte do que eu kkk

T.O.P

Quer ver eu acabar com a graça dele?

Jackson

Sim

Jiyong

Manda ai

T.O.P adicionou Zico

T.O.P

Kkkkkkkkk

Jiyong

A vai se fuder

Jiyong saiu do grupo

Eu

Eu apenas observava o grupo mais eu tive que deixar meu “kkkkkkk” para ele

T.O.P removeu Zico

T.O.P adicionou Jiyong

Jackson

Kkkkkkkkkkkk

BamBam

Kkkkkkkkk

Mark

Kkkkkkkk

T.O.P

Não precisa se estressar amiga, ta de tpm

Jiyong

Hahaha que engraçado

T.O.P

Calma Jiyong todos nós aqui já fomos corno uma vez.

Yugyeom

Epa eu nunca fui corno não em

Jackson

Eu também não

Jackson

Quer dizer que o Dae já te colocou chifre também T.O.P

T.O.P

Não..... não foi isso que quis dizer. Eu só estava tentando fazer o meu amigo ficar confortável com essa situação.

Mark

Se entregando?

DaeDae

Eu não tenho nada a ver com isso kkkk

T.O.P

Pessoal não esqueçam que o foco da conversa é o Jiyong.

Eu

Pessoal vamos esclarecer os fatos, eu não tinha nada com Jiyong, como ele também não tinha nada comigo ambos poderia pegar quem quiser sem precisar se preocupar com “chifres”. Ok

Jiyong

Exatamente.

DaeDae

Mais que o Zico é um gostoso você não pode negar

Eu

É, ele é

Yoongi

Então pessoal, é que ele é meu primo sabe

Jackson

Eles só estão dizendo verdades

BamBam

Por que você falou “eles” sendo que você acha o mesmo

Jackson

Vai começar de novo BamBam

Eu

Pessoal que tal vocês irem curtir a festa e deixar quem já foi embora dormir

Jackson

Eu acho isso uma boa idéia

T.O.P

Eu também

Eu

Então vamos fazer isso

Eu

Boa festa para vocês

Eu

E eu sou um sortudo mesmo obrigado kkkkk

Assim que enviei, desliguei meu celular rapidamente, não queria ver os deboches, logo depois fui dormir, teríamos um dia cheio amanhã ou melhor hoje.

Era 09:00 horas da manhã e Yoongi me acordou.

-- Vamos, temos um longo dia hoje – Ele parecia animado, coisa que eu não estava nem um pouco.

-- Já vou –

-- Anda Seungri, temos que ir no laboratório –

-- Ah, claro – Eu havia me esquecido disto.

-- Anda logo – Falou e saiu do quarto.

Fui até o banheiro e tomei um banho rápido, me troquei e desci correndo para tomar café, Yoongi estava com pressa e a pedido dele Zico iria nos levar até lá, terminei e fomos. Chegamos em frente ao Laboratório e confesso que estava com um pouco de medo, não sabia se iria dar positivo ou negativo, mas eu tinha uma certeza, eu saberia disso ainda hoje. Esse laboratório era o mais rápido de Seul, e o mais caro mas dinheiro não era o problema para Yoongi.

Entramos e uma moça já estava a nossa espera, ela me conduziu até uma sala onde eu tirei sangue e logo depois disse que eu já poderia ir. Yoongi estava mais aflito que eu, acho que a probabilidade de sermos irmãos deixa ele contente.

Bom, depois de algumas horas vagando por ai recebemos a notícia que o resultado já estava pronto, então voltamos o mais rápido possível, assim que pegamos Yoongi disse que íamos abrir hora que chegassemos na casa dele.

Em menos de dez minutos chegamos, Zico não estava entendendo nada por isso ele nos acompanhou até o quarto e ficou por lá, eu e Yoongi nos sentamos sobre a sua cama e ele começou a abrir o envelope.

-- Está pronto? – Yoongi perguntou.

-- Estou –

-- Pois muito bem, bem vindo a família Seungri..... meu irmão –

-- O quê... Seungri é meu primo? – Zico estava pálido.

-- Sim – Yoongi respondeu – Você realmente transou com seu primo Zico – Suga disse baixinho.

-- Meu Deus, eu não acredito nisto – Zico disse ainda assustado.

Eu e Yoongi éramos realmente irmãos. Eu estava tão feliz, provavelmente esse era o dia mais feliz de toda a minha vida, meus olhos estavam cheios de lágrimas. Nem percebi quando Yoongi saiu do quarto e voltando com “nossa mãe”, ele já havia falado para ela, por que a mesma chegou no quarto já chorando e correu para me abraçar, era um abraço de saudade.

Minha mãe foi para o quarto, disse que faria uma ligação, provavelmente para meu pai, Yoongi disse que ele chegaria amanhã mas minha mãe vai fazê-lo voltar ainda hoje.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

A tarde passou bem rápido, minha mãe me pediu para contar tudo da minha vida e onde estava morando o seu ex-amante, saber que agora eu sou filho de um traficante não me faz feliz mais ter minha verdadeira família junta realmente me faz muito feliz.

Minha mãe disse que faria uma festa para comemorar que eu estava de volta a família.

-- Meu parabéns Seungri pela primeira vez vai ter uma festa nessa casa e com o papai sabendo -- Yoongi disse e em seguida me abraçou – É tão bom ser seu irmão –

-- Eu sei, eu sou um ótimo irmão –

-- Vai logo se arrumar vai – Yoongi disse indo até seu armário.

-- Será que eu vou poder chamar nossos amigos? – Perguntei.

-- Sim –

-- Vou mandar mensagem no grupo –

Verdades explanadas

Eu

Pessoal, então é que vai ter uma festa aqui em casa e eu queria que vocês viessem

DaeDae

Mais você não está na casa do Yoongi ?

Yoongi

O Seungri é meu irmão ❤

DaeDae

O quê?

Jackson

Calma ai, então o Seungri pegou o próprio primo

Yugyeom

Não estou crendo nisto

T.O.P

Alguém vai ficar feliz em saber disto

BamBam

Já até sei quem é

Mark

Kkkkkkkkk

Eu

Gente o importante não é isso e sim a festa que minha mãe está dando aqui em casa

Jinyoung

Quem vai ir ?

Taeyang

Provavelmente todos nós.

DaeDae

Eu não posso ver uma festa que já quero ir.

Mark

Todos estão convidados Seungri?

Eu

Sim

T.O.P

Vou levar meu amigo corninho.

Jiyong

Mais você insiste em me diflamar

T.O.P

Nós vamos né G-dragon

Jiyong

Você vai, eu não

T.O.P

Por quê?

Jiyong

Não perdi nada lá

T.O.P

Bom eu vou ok Seungri

Eu

Claro, bom pessoal vocês já estão avisados, agora vou tomar banho, até mais.

Desliguei e fui para o banheiro, Yoongi já havia saído do banho agora era minha vez.

Foram longos minutos no banheiro até que decidi sair, muita coisa estava passando pela minha cabeça e na hora de tomar banho era o único momento que eu tinha sozinho, agora eu sei que eu sou primo do Zico então não tem como eu continuar tendo nada com ele e quanto ao Jiyong, ele parecia muito bravo comigo ainda talvez não tenha volta.

Me arrumei e desci as escadas, minha mãe assim que me viu foi e me puxou indo em direção a um grupo de amigas dela, ela estava tão contente de ter seu filho de volta que a felicidade dela me contagiava, fiquei alguns minutos com ela e depois vi meus amigos entrando e fui até eles.

-- Olá –

-- Seungri não pude deixar de notar que sua casa é bonita para caralho – Yugyeom estava encantado com a casa.

-- Eu quero apresentar vocês para minha mãe –

-- Está bem – Todos disseram juntos.

Fomos todos até minha mãe que ainda estava com suas amigas.

-- Mamãe, esses são meus amigos – Falei apontando para eles, que estavam atrás de mim – Pessoal essa é Lee Sun Hee, minha mãe e mãe esses são meus amigos –

-- É um prazer conhece-los meninos – Mamãe disse toda simpática –Fiquem a vontade –

-- Obrigado Senhora – Jackson disse meio tímido, nem parecia aquele Jackson todo brincalhão.

-- Senhora está no céu, meu amor --

-- Desculpa – Jackson disse ainda mais envergonhado.

-- Vamos nos divertir, por favor –

-- Claro – Dae disse.

-- Filho não esquece que seu pai chega daqui a pouco, vê se não some tabom –

-- ok mãe –

Saímos dali e fomos dançar, por mais que tivesse muita gente velha lá, até que estava tocando umas músicas legais.

Meu pai já havia chegado, ficamos conversando por algum tempo e depois voltei a dar atenção aos meus amigos, eu e YoungJae estavamos dançando quando vi G-dragon e T.O.P entrar, Jiyong não parecia estar muito contente, parecia ter sido forçado a vir, eu estava olhando para ele quando ele virou o rosto para minha direção, me fazendo corar e desviar o olhar.

Jiyong

Eu estava me arrumando para ir em uma festa de um amigo, quando T.O.P chegou quase quebrando minha porta, eu tinha a festa de Seungri para ir mais depois do que ele fez comigo eu simplesmente não iria dar as cara lá, ou achava que não, até T.O.P chegar.

-- Então você vai? – T.O.P disse me olhando de cima a baixo.

-- Não –

-- Então onde você vai todo arrumadinho assim? –

-- Na festa de um amigo meu –

-- Que amigo? –

-- Meu Deus T.O.P, você esta parecendo aquelas namoradas ciumentas –

-- Vamos logo – Disse todo sério

-- Vamos aonde? –

-- Para a festa do Seungri, ou você acha que vou deixar você fazer essa desfeita com ele –

-- Eu..... – Ele me interrompeu.

-- Jiyong para de graça, você já parou para pensar quantas vezes você já fez a mesma coisa com o Seungri e ele sempre te desculpou facilmente, eu acho que esta na hora de você cresce e não de tamanho e sim de maturidade. – T.O.P falou todo sério e com raiva nos olhos – Agora pega uma blusa que esta frio lá fora, e vamos – Assenti, não queria brigar com ele até por quê ele tem razão.

T.O.P tinha razão, Seungri sempre ficava comigo mesmo eu ficando com outras pessoas nas festas que íamos, e mesmo eu fingindo não conhecê-lo, por esse e outros motivos eu era completamente apaixonado por ele.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

Chegamos em frente da casa de Seungri, era uma casa enorme tipo aquelas casas de famosos dos EUA, era extremamente linda, provavelmente a família dele era rica, quer dizer muito rica.

Entramos e o salão principal estava cheio, e no meio de tanta pessoa dançando eu vi quem realmente me emportava naquele momento, Seungri. Ele não havia me visto ainda então desviei o olhar dele e fingi não estar gostando de estar ali, mas não aguentei por muito tempo e quando eu olhei novamente lá estava ele me olhando com aqueles olhinhos, parado no meio de tanta gente dançando, ele pareceu meio envergonhado e desviou o olhar rápido.

Bom, como T.O.P já havia me abandonado eu decidi ir falar com Seungri mesmo ele estando com YoungJae. Me aproximei dele e o chamei, assim que ele me olhou eu lhe pedi para irmos para fora, eu queria conversar com ele.

SEUNGRI

Jiyong me chamou para ir conversar, eu apenas assenti, ele não parecia querer brigar, estava calmo eu então fui com ele até o Jardim dos fundos, não havia ninguém lá, então poderíamos conversar em paz.

-- Pronto, o quê você quer? – Falei meio seco.

-- Eu.... eu queria pedir desculpas –

-- Desculpas pelo que? –

-- Pelo jeito que lhe trato em todas as festas que vamos, finjo que não te conheço e ainda fico com várias garotas em sua frente – Ele tinha o rosto triste, parecia realmente arrependido.

-- Ah isso, bom, eu já te dei o troco que você merecia –

-- Transou com seu primo –

-- G-dragon – Falei elevando a voz um pouco.

-- Você percebeu que só me chama de G-dragon quando está bravo – Ele parecia ainda mais triste agora.

-- Não é isso, eu não estou bravo –

Fui até ele e o abracei, ele soltou um suspiro aliviado por novamente estarmos juntos.

-- Você sabe que apesar de tudo eu realmente te amo né Seungri? –

-- Sim –

-- Eu prometo nunca mais sair do seu lado – Ele me abraçou mais forte me fazendo ter confiança nas suas palavras.

Nós já íamos voltar para o salão quando eu ouvi tiros e muitas pessoas gritando, eu então corri até lá, minha mãe estava caida no chão cheia de sangue, eu e Yoongi corremos até ela, eu tinha os olho marejados meu pai estava com uma arma apontada para ele, eles conversavam muito alto mais ver minha mãe ali caida não me fazia escutar nada, meus sentidos tinham sido bloqueados, um homem então apareceu por trás de mim e me deu uma coronhada na cabeça me fazendo desmaiar.

Jiyong

Eu havia enfim me reconciliado com Seungri, nós conversamos e entendemos que não viviamos um sem o outro. Estavamos indo em direção a porta para irmos para o salão quando ouvimos tiros e logo em seguida várias pessoas gritando, Seungri saiu correndo e quando entramos no salão a mãe do mesmo estava caida no chão toda ensanguentada, Seungri e Yoongi correu até ela, outro homem estava conversando com o cara armado, por mais alto que eles estivesem falando eu não conseguia entender nada, mas o cara armado mando o outro capanga dele pegar Seungri, o mesmo obedeceu, foi até Seungri e lhe deu um golpe com a arma na cabeça fazendo o mesmo desmaiar na hora, eu não poderia fazer nada, eu estava paralisado com a situação, nossos amigos estavam da mesma forma. Eles então sairão levando Seungri com eles, e ninguém se quer conseguiu fazer algo, ninguém se quer ligou para a polícia.

Seungri

Acordei em um porão escuro, minhas mãos estavam amarradas assim como meus pés, em minha frente havia 2 homens, eles estavam esperando eu acordar, assim que abri os olhos um deles foi avisar provavelmente o chefe deles, em segundos um homem entrou na sala, ele tinha uma maleta em suas mãos.

-- Olá Seungri, estava esperando você acordar –

-- Quem é você? --

-- Um grande amigo do seu pai. Olhe garoto eu não tenho nada contra você, só que eu fiquei muito decepcionado que eu não fui convidado para está festa e agora eu quero fazer seu pai sofrer um pouquinho. – Ele tinha um tom debochado.

-- Eu.... eu não tenho culpa, minha mãe decidiu hoje à tarde, não convidamos muita gente – Eu tinha lágrimas nos olhos, por lembrar que minha mãe havia levado um tiro e provavelmente não estava mais viva.

-- Você vai sofrer muito ainda garoto –

-- O quê meu pai lhe fez? –

-- Ele roubou o meu império e agora você vai pagar por ele –

-- Por quê? –

-- Façam o que vocês quiserem com ele –

-- Não, por favor – Falei assustado – Eu não tenho culpa pelo que meu pai fez com você –

-- Tem razão, dêem um jeito nesse garoto e depois abandone ele perto de sua casa amanhã – Ele disse e foi embora.

Assim que o homem fechou a porta os dois brutamontes dele veio e começou a passar as mãos em mim, me desamarrou e tirou toda a minha roupa, em seguida começou a abusar de mim.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

Eu acordei em uma rua deserta, certamente ainda era o mesmo dia mas de madrugada, estava com minhas partes doendo, eu apenas me lembro de ter desmaiado durante o ato sexual de nada mais, eles ao menos colocaram minhas roupas mas fizeram questão de rasga-las. Eu conhecia essa rua, fica a duas quadras da minha casa, me levantei do chão e comecei a caminhar com dificuldade, eles me bateram muito. Assim que cheguei no portão de casa estranhei ele ainda estar aberto e cheio de carros, continuei a caminhar, tinha ainda o quintal enorme para andar, quando cheguei na metade do caminho vi Jiyong saindo pela porta, quando ele me viu saiu correndo em minha direção, eu não aguentava mais andar então eu apenas me ajoelhei no chão esperando ele chegar, mas logo em seguida desmaiei novamente.

Jiyong

Assim que levaram Seungri todos foram socorrer a mãe do mesmo, ela havia levado dois tiros, um atingiu a barriga e o outro seu peito, mas não havia mais o quê fazer, ela morreu minutos depois. O homem que estava discutindo com os bandidos era o pai de Seungri e Yoongi, ele tinha muitas pessoas trabalhando para procurar Seungri, mas eu ainda estava aflito não sabia o que fazer.

-- O quê será que vão fazer com ele – Dae apareceu do meu lado chorando.

-- Não sei mas vamos ter calma – Tentei consola-lo.

-- Como você consegue ter calma em um momento desse? –

-- Eu não estou calmo, mais eu quero que você esteja – Falei a verdade, eu precisava de alguém calmo agora para me acalmar -- Você sabe do Hope? Faz tempo que não o vejo –

-- Ele foi viajar com os pais dele, já faz quase 3 semanas e só vai voltar quando a faculdade começar –

-- Yoongi precisa muito dele agora –

-- Eu vou lá ficar com ele –

Algumas pessoas foram embora, outras foram procurar ele de carro, o pai dele foi para o escritório fazer algumas ligações e eu, eu apenas ficaria ali até o momento que ele aparecesse.

Era 3:57 da manhã quando eu fui dar uma volta no jardim da frente, assim que passei pela porta e olhei para trás vi Seungri andando com dificuldade tentando chegar até a porta, eu fiquei sem reação, eu corri até ele que já estava ajoelhado no chão assim que abracei ele, o mesmo desmaiou em meus braços, eu então gritei dizendo que ele estava aqui fora, em questão de segundos o pai dele apareceu junto de um monte de seguranças, ele pegou Seungri e o levou para seu quarto. Eu e os meninos enfim poderíamos ir embora em paz, não que eu quisesse deixar Seungri ai, mas era um momento ruim para estarmos atrapalhando, e também estavamos exaustos pelo dia de hoje.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

Assim que acordei peguei meu celular e mandei uma mensagem a Seungri, queria saber se ele estava bem, não tive muito tempo com ele quando o encontrei.

Ele demorou mais respondeu um “sim”, eu disse que iria ir la quando fosse tarde mas ele não deixou, disse que passaria o dia deitado descansando e que não queria ver ninguém, provavelmente já sabia da sua mãe.

Era um momento difícil, ele deveria deixar eu ir vê-lo, mas eu vou respeitar o tempo dele, sei que deve estar sendo um dia ruim.

Eu provavelmente vou passar o dia todo deitado também, era uma tarde nublada, sem muitas opções.

Seungri

Acordei meio tarde, meu pai me levou ao hospital 05:59 para fazer alguns exames, mas não deu nada, ele disse que minha mãe havia morrido segundos depois que eu sai, me fazendo ficar ainda mais triste, como seria agora minha vida, eu tinha acabado de encontrar minha família novamente e lá estava eu tendo que me despedir da minha mãe, o enterro dela seria amanhã de manhã, mas eu não tinha muita certeza se iria.

Jiyong me mandou mensagem hoje de manhã perguntado se estava bem respondi que sim e depois ele queria vir aqui mais não autorizei, eu estava péssimo não queria ninguém aqui, qualquer pergunta me faria chorar. Yoongi passou a manhã toda no quarto também, ele estava mais abalado do que eu, ele cresceu com ela, eu apenas a conhecia a pouco tempo, mais não deixava de ser minha mãe e eu a amava.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤


Notas Finais


Bom é isso.

Queria dizer que estou com pena do panda, ele só sofre nessa fic.

Sorry qualquer erro.

Espero que tenham gostado do capítulo, amoo vocês. ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...