História The City of Justice - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Arrow
Personagens Laurel Lance, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Thea Queen
Tags Arrow, Bradley Simpson, Kathryn Newton, The Flash
Visualizações 9
Palavras 1.502
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Benjamin and... Coffee?



Oliver e Barry depois de travarem, talvez, uma de suas maiores batalhas, surgiu um novo empencilho em suas vidas. Ultra é uma organização secreta do governo, criada com um principal próposito: Estudar metas, e pessoas com habilidades especiais. Depois que enfrentaram seus maiores inimigos, Savitar e Prometheus, Oliver e Barry se entregaram para a Ultra, pra proteger seus filhos, Justice,William,Ben e June, irmã de Justice e William que 9 anos mais tarde vinha a morrer com um tumor cerebral; deixar suas famílias foi difícil, mas foi preciso, agora 14 anos depois, surgiu um novo perigo em Star City, bom nem tão novo...
- Justice, você vai se atrasar!!.- Gritou Laurel, já apressada para o trabalho.
- Ainda tenho Uma hora e meia até o primeiro horário, mãe; estava terminado uma tarefa de Biologia.- Gritou Justice descendo as escadas, pendurando sua bolsa nas costas.
- Esqueceu que tenho que encontrar a Íris hoje?
- Claro, finalmente vou conhecer a mulher que te leva a Central City todo fim de mês. Achei que a Lésbica da família fosse a Tia Sara.
- Eu não sou lésbica, e sim você vai conhecer ela, na verdade você vai ver muito ela, ela vai morar com a gente enquanto seu apartamento não fica pronto.- Falou fechando a porta da casa.
- Ela vai morar com a gente?
- Isso que eu acabei de dizer. Agora que o William vai se mudar de vez para o campus, Ben, o filho dela pode ficar com o quarto dele.
- Ás vezes eu nem me sinto parte dessa família, ninguém me conta nada, achei que eu e William tinhamos uma ligação, falando nisso onde ele está?
- Foi arrumar o quarto la no campus, agora entra no carro precisamos ir.
Justice entrou no carro sem dizer uma palavra.
- Então, por quanto tempo a Íris vai ficar?
- Ainda não sei; Thea deixou isso aqui pra você ontem a noite.- Me entregou um envelope verde.- Eu ia te entregar mas você ja estava dormindo.
- O que é dessa vez?, mais alguma daquelas festas que tem um monte de gente, que só se importa se no final vai ter alguma merda pra colocar nossa familia nos tablóides de novo?
- Não, é uma inaguração de uma nova ala na Queen's Consolidate, em homenagem ao seu pai. Antes de falar qualquer coisa, Justice é importante que você vá, sei que não gosta dessas coisas relacionadas a ele, mas porfavor, vá. Sua Tia está contando com você.
- E posso saber o porquê de você não ir?
- Tenho que ajudar Íris, ela está tentando arrumar emprego, e vamos fazer a mudança hoje a noite.
- Isso tudo é uma desculpa, sabe que eu odeio essas festas, só tem gente chata.
- Quando você chegar da escola terá um vestido em cima da sua cama, o Jeff vai te levar, e por favor não se atrase.
- Ok mãe.
Não demorou muito para chegarem até a cafeteria, Star City era calma pela manhã, nem parecia a cidade violenta de todas as noites. Justice e Laurel sairam do carro e entraram em uma das melhores cafeterias da cidade, Caffe Lab. Eles fazem o melhor café que Star City já viu.
- Seja gentil, não envergonhe a mamãe.
- Mas eu nunca te envergonho, esse posto é do William, e eu sempre sou gentil.- Laurel ja não escutava mas sua filha, ja estava abraçada com Íris.
As duas ficaram muito amigas desde que Barry e Oliver se entregaram para Ultra, Laurel ia todo final de mês a Central City ver sua amiga, sempre passavam horas conversando, e agora ela estaria perto, quem sabe agora poderiam seguir em frente, claro que Barry e Oliver sempre estariam em seus corações, mas resconstruir uma nova família poderia ser uma boa ideia.
- Oi, sou Justice.- Disse para Íris.
- Você está tão linda, cresceu tanto, olha eu so vejo você por fotos.- Abraçou justice.
- Prazer, Íris não é?
- Sim!! Venham, sentem.- foram e sentaram as três em uma mesa grande.
- Então, onde está o Ben?.- Laurel perguntou.
- Então ele foi...
- Mãe, esse café é muito bom, quase supera o do Jitters, mas claro que o de lá é muito melh- Oh, oi devem ser as amigas da minha mãe, eu sou o Ben.
O garoto de cabelos castanhos e olhos negros como os de sua mãe, pele clara e um sorriso que com certeza poderia trazer a paz mundial deixava Justice definitivamente intrigrada, o garoto tinha um tom de mistério, mas ao menos tempo aquele tom de que não esconde nada. 
- Sou Justice, muito prazer.- Deu um leve abraço no moreno a sua frente.
O garoto vestia o uniforme da escola, que particularmente Justice achava horrível, talvez ela estivesse repensando essa opinião já que o Ben estava realmente muito bonito, ele optou por não usar a gravata, o que deixava-o extremamente sexy. Já justice estava com o uniforme completo, saia, blusa e smooking, eles davam até meia calça pra combinar, a gravata meia bagunçada, não estava nada vulgar, pelo contrário não queria passar essa imagem. As pessoas dessa cidade já inventavam muitas mentiras sobre a família Queen-Lance, toda Star City acha que Oliver está desaparecido, assim como da primeira vez no Queen's Gambit, chegaram até a pensar em  declarar a morte dele. Laurel sempre dizia que ele ia voltar para Justice, que acreditava, William por outro lado sabia da vida dupla do pai, ja havia perdido as esperanças.
- Mãe, eu tenho que ir, vou encontrar a galera antes da aula.- Justice disse levantando.- Você vem Ben? é somente dois quarteirões até a escola.
- Sim claro.- Levantou e ficou ao lado de Justice.
- Tenham cuidado.- Laurel falou.- Tem muitos bandidos por aí.
- São só dois quarteirões mãe, ficaremos bem.
[...]
Fora do Caffe Lab, a rua estava movimentada, pessoas andavam loucas pra chegar a tempo no trabalho ou seus respectivos compromissos, quando falam que New York é uma cidade que nunca dorme, nunca ouviram falar de Star City, essa cidade definitivamente nunca dormia, sempre havia alguma coisa pra fazer, a noite tinham as boates e moteis baratos, festas de luxo; de dia tinha as pessoas correndo de um lado para o outro, uma coisa que nunca mudava em Star City, a noite dos vigilantes, eles sempre acabam voltando, essa cidade ficaria uma bagunça sem eles.
- Me fale mais sobre você, Ben. Já que minha mãe nunca falou de você.
- Minha mãe ocultou os detalhes sobre você também.-Falou dando um sorriso.- Não tem muito o que falar de mim, eu cresci em um colégio interno na Suiça, eu cheguei não faz nem um mês, eu so vinha visitar minha mãe a cada dois anos, nos feriados.
- Então você não é tão próximo dela?
- Na verdade somos, sempre nos falavámos por chamada de video.
- E o que achou de mudar pra cá?
- Mudar é bom, minha única casa tinha sido o colégio. E então minha mãe chegou lá do nada e disse que íamos nos mudar, eu fiquei desconfiado claro, mas eu percebi que tinha que conhecer o mundo. E quanto a você?
- Incrível. Bom, eu não cresci em um colégio na Suiça.- Ben deu um sorriso fraco.- Tenho um irmão por parte de pai, William, ele é um idiota mas ainda é meu irmão, e eu amo ele. Meus melhores amigos são meus primos, então você ja pode ver o quão solitária eu sou.
- É uma definição melhor do que a minha.-Os dois riram.
Já haviam chegado na frente da escola.
- Bem vindo a Star City High. Vem que eu vou te apresentar a galera.- Puxou o moreno pelo braço.
Entraram na escola e avistaram John, sozinho estudando.
- Ei, John; o que está fazendo aqui, sozinho?
- Estava aqui estudando, esperava ver a Bárbara antes de ir pra fauldade mas ela acabou de me mandar uma mensagem, dizendo que está doente, e Liz ainda não voltou da pequena viajem dela. Somos só você e eu e... Quem é você?.- Se referiu ao Ben.
- Oh, esse é o Ben, meu novo colega de casa. Nossas mães são amigas e ele vai morar com a gente por um tempo.
- Muito prazer cara, bem vindo a cidade.-Deram um aperto de mãos.- Então, J. Tenho que ir, tenho um seminário pra apresentar e se eu chegar atrasado perco a nota do semestre.
- Você vai na festa da minha tia?
- Não, infelizmente; Meu pai derrepente inventou um daqueles fins de semana em família, a noite eu estou indo pra Central City, só volto no domingo.
- Tudo bem, te vejo na segunda?
- Claro. Foi bom conhecer você cara.- Se referiu a Ben, que respondeu com um sorriso.- Diga a tia Laurel que eu mandei um beijo.-Justice apenas acenou que sim.
- Restou apenas nós dois, vamos; nossa primeira aula é de física, ótimo jeito de começar essa sexta- feira.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...