História The Closer - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~SeoSunghyo2

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom!jungkook, Bottomnochu, Criminal, Jikook, Jimin!top, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 146
Palavras 4.879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLHA QUEM VOLTOU! NYA EU MESMA!
*Desvia dos Machados, Facas, Qualquer coisa que cause morte*
Desculpem a demora, eu fiquei, MUITO, ocupada mesmo e apesar que esse Cap de The Closer já estava na metade quando postei o anterior só deu pra terminar agora!
Mas enfim, GENTE EU TO MUITO FELIZ COM OS 70 FAVORITOS, TO BERRANDO IGUAL DOIDA, SOFRENDO DE AMORES E CHORANDO EM POSIÇÃO FETAL, desculpa, eu amo muito vocês que favoritaram e só tenho que dizer, muito obrigada pelo amor e carinho de vocês, cada favorito é importantíssimo pra mim!💕 Te love vocês!

AAAAAAAA EU CONSEGUI FICAR COM MEU PERFIL ORIGINAL A MINHA IRMÃ SALVOU MINHA VIDA LEMBRANDO MINHA SENHA 💕💕💕💕 mas enfim, sem enrolação, vamos lá

Boa Leitura!💕

Capítulo 4 - A Little Happiness


Fanfic / Fanfiction The Closer - Capítulo 4 - A Little Happiness

"...Eu tenho 99 problemas

Isso me deixa tonto

Talvez eu era estúpido

Ou apenas me senti assim..."





POV Jimin




Sentia o vento quente bater contra meu corpo enquanto dirigia de volta para casa, ter ido ver Jungkook foi mais uma das varias coisas arriscadas que eu não deveria ter feito, mas sentia que devia ir vê-lo e foi o que eu fiz, ele não saia da minha cabeça, quando conversei com ele na noite passada eu me sentia ótimo, quando o encarava sentia meu sangue ferver, olhar a boca dele se mover enquanto me contava algo importante de sua vida sem sequer me conhecer me fazia querer beija-lo.

Dificilmente eu sinto atração por alguém que não conheço, mesmo sendo realmente alguém impulsivo assim como Jungkook me julgou ser, eu não fico ou quero beijar um desconhecido como queria agarrar Jeon na noite passada Quase sem perceber eu já estava parando em frente a casa, casa na verdade seria um simples apelido para o lugar em que eu me “escondia”, é um lugar afastado e bem escondido, um prédio de dois andares que era abandonado antes de eu e os meninos chegarmos aqui

Estacionei a moto aos fundos do prédio, já ouvindo o barulho de uma musica tocando alta dentro da oficina, desci da moto a desligando e deixando o capacete em cima do banco da mesma, passei as mãos no meu cabelo em uma mania que adquiri há muito tempo, enquanto andava para dentro da porta aberta da oficina, ao entrar já pude ver de longe Hoseok e Yoongi discutindo, esses dois brigam tanto que às vezes duvido seriamente se o relacionamento dos dois é serio.

-Oie- disse me sentando em uma das poltronas meio velhas, próxima aos dois, eles pararam de discutir e me olharam.

-‎Eae Jimin- Yoongi falou logo se afastando e voltando a mexer no motor de um dos carros, Hoseok por outro lado sorriu largo, vindo em minha direção e se abaixando ao lado da poltrona.

-Onde você foi Jimin?- Perguntou baixo se apoiando no braço da poltrona

-Qual é do interesse Hope?- o chamei por um de seus apelidos, arqueando uma das minhas sombrancelhas

-Só curiosidade, você saiu sem avisar ninguém- deu de ombros ainda sorrindo.

-Nada demais, só fui chamar uma pessoa pra festa de hoje- respondi simplista e o sorriso do acastanhado se tornou maior.

-‎WOW, teremos um convidado do Jimin essa noite- ditou alto e nesse exato momento Yoongi nos encarrou ainda com as mãos apoiadas no capo aberto do carro

-‎Um milagre aconteceu, quem é? A gente conhece?- Desviou novamente o olhar através dos óculos para o motor, Hoseok me olhou esperançoso aguardando minha resposta.

-‎Não, eu o conheci... recentemente...

-E ele é confiável?-a voz grossa de Namjoon soou no andar de cima, fazendo que eu, Hope e Suga(apelido carinhoso pela doçura que obviamente Min Yoongi não tem) o olhasse apoiado na grade que impedia possíveis tombos daquele andar

-É sim, eles são!- relaxei ainda olhando para Namjoon, Seokjin- ou Jin- apareceu logo após ao lado de Namjoon também se apoiando na grade assim como ele

-‎Será bom conhecer seus amigos- Jin disse com um sorriso fofo na face

-‎Eu concordo- falou Hoseok quase imediatamente e se levantou em seguida

-Eu não me importo desde que você tome cuidado, temos que ter cuidado com pessoas fora nós mesmos, ok Jimin?-eu assenti, sabia que tudo era preocupação e eu entendia completamente.

E mesmo que eu não entendesse, teria que concordar, Namjoon é nosso líder aqui e é graças a ele que hoje eu não moro na rua sem nenhum dinheiro, assim como Yoongi não está enfiado em um beco se drogando, Jin indo para um hospício e o Hoseok o resto da vida na cadeia, Namjoon digamos que salvou cada um de nós, mesmo que essa salvação não seja a mais sensata do mundo, nós o devíamos respeito.

Eu não vivia de fato uma vida ruim, na verdade, era tudo que eu podia querer, eu tinha dinheiro, um lugar pra morar, amigos, festas, diversão, carros, motos, eu tinha minha tão preciosa liberdade para fazer o que eu quiser, sem xingamentos, sem preconceitos, sem brigas, mas acima de tudo eu tinha família, cada um de nós morreria uns pelos outros, sem pensar duas vezes e isso era a maior contribuição para minha felicidade.

-Eu vou subir- disse já me levantando, os meninos assentiram e eu ouvi um “Ok” de Namjoon antes de subir as escadas, passar por Nam e Jin e finalmente me dirigir ao meu destino, ir para meu quarto e tentar finalmente dormir parecia uma boa, já que na noite passada eu não consegui dormir por minha cabeça ficar presa em um alguém.




x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x





A noite havia chegado e a festa já rolava no salão de baixo a quase uma hora, faltava apenas alguns minutos e eu iria buscar o Jeon e o amigo dele, uma leve ansiedade tomava conta de mim e eu não tinha conseguido nem sair do quarto ainda de nervosismo, por algum motivo pensar que passarei essa noite conversando e descobrindo coisa sobre Jeon Jungkook me deixava eletrizado

Sai do "meu quarto" e resolvi descer para o salão antes de ir buscá-lo, quando terminei de descer as escadas, me permitir sorrir, se tinha algo que eu adorava era as festas que Namjoon dava, o lugar estava iluminado por várias cores coloridas, tinha muitas pessoas da qual eu não saberia o nome nem se quisesse ou me importa-se em saber, algumas dessas pessoas me comprimentaram e eu acenei de forma educada

-Jimin -um grito na multidão me chamou a atenção e me virei procurando a origem do som e avistei Namjoon rodeado de alguns caras acenando pra mim, sorri e segui até eles

-Oie- Disse assim que cheguei perto deles e pude finalmente ver quem eram aqueles ao lado de Namjoon- Oh, Hyuk, JiHo- os comprimentei com um toque na mão

-Eae Jimin- Disse Hyuk antes de beber algo em seu copo, me virei pra Namjoon depois de checar as horas no meu celular e o guardar novamente

-Namjoon, eu vou sair por alguns minutos, já estou volta

-Vai ir buscar as tais pessoas que chamou?- arqueou uma das sobrancelhas em minha direção e eu acenei em sinal positivo ouvindo um suspiro dele logo depois- Ta bom- depois desviou o olhar e voltou a conversar com JiHo

Acenei para eles que sorriram e não demorei a sair para parte da oficina nos fundos, peguei a chaves de um dos carros ali, mas precisamente o Bentley que Suga estava trabalhando mais cedo ao meu pedido, em alguns minutos eu já estava no caminho para a casa de Jeon...



Pov Jungkook



-Puta que pariu Taehyung, ta bom cara, você ta trocando de roupa a 40 minutos, parece uma menininha- bufei me jogando contra a minha cama de novo

-Cala a boca, vou sacrificar meu pescoço só pra você sair com o gostosinho, mereço no mínimo tomar no cu arrumado, lindo e perfumado- ele suspirou colocando um casaco preto- e eu sou vaidoso, não uma menininha

-Quem disse que você vai tomar no cu? Só se dar pra alguém, não vai acontecer nada, a gente vai sair e voltar sem ninguém perceber- disse me levantando enquanto ele arrumava os próprios cabelos castanhos agora com mechas verdes- Ta pronto?

-Estou- ergui às mãos para o alto agradecendo e abaixei rápido quando ele se virou para mim- Eu estou bonito né? -Me perguntou com os olhos brilhando

-Da pro gasto Tae, vamos logo já é 22:00h- fingi desgosto a roupa dele

-Eu to um gato seu filho da mãe, não finge que não- apontou o dedo na minha direção e começei a rir

-Tae você está lindo seu porra, agora vamos logo- me levantei encarando o sorriso vitorioso dele e fui até a porta, saindo do meu quarto sendo seguido por ele e a tranquei logo depois

Não foi realmente difícil sair de casa, meu pai ainda não havia chego e eu apenas mantive o abajur do meu quarto acesso, ele nunca vai até o meu quarto pra saber se estou ou não lá, espero que nem passe na porta do mesmo se possível, tranquei adequadamente a casa e em algum tempo já estavamos na esquina que combinei com Jimin

-Essa rua esta muito deserta, Jungkook se ele sequestrar a gente eu te mato antes de eu morrer pelas mãos daquele bolinho fofo- eu ri mesmo estando consideravelmente mais nervoso com a situação que Taehyung.

-Não vai acontecer nada Tae... Só tenha calma- falei mais pra mim mesmo que para ele realmente

Passaram-se apenas uns 5 minutos e um carro cinza virou a esquina de forma rápida chamando imediatamente minha atenção

-Que cara doido- Tae disse com desinteresse ao meu lado e eu continuei encarando o carro com o cenho franzido em confusão, eu jurava que conhecia a pessoa que estava dirigindo e quanto mais o carro se aproximava mais certeza eu tinha.

-Fala sério- exclamei alto percebendo que o cara louco dirigindo era realmente Jimin e quando o carro freou com tudo bem a nossa frente, Jimin se apoiou com os dois braços na janela aberta do carro sorrindo largamente .

-Boa Noite Jeon Jungkook- eu sorri mais que ele quando ele direcionou o olhar para o meu lado, ele arregalou os pequenos olhos- seu amigo está bem?

-O que?- olhei confuso para o lado e eu tive que ri, Taehyung estava com a boca aberta e os olhos arregalados- ei Tae?- passei a mão na frente de seu rosto

-Ahm? Onde? Quando?- acordou do próprio mundinho e olhou para os lados, antes de parar seus olhos em direção ao Jimin- Oh meu Deus, oi- e assim sorriu para ele.

-Eae Taehyung- acenou para Jimin e depois olhou para mim- podemos ir? Não quero demorar pra voltar- assenti concordando e abri a porta de trás, Taehyung me atropelou com um sorriso suspeito no rosto e entrou no carro fechando a porta logo depois, eu apenas fiquei o encarando incrédulo por trás do vidro até escutar a risada de Jimin.

-Vem Jeon senta aqui na frente- Jimin disse me olhando e eu apenas assenti de novo dando a volta no carro e me sentando no banco do carona- posso ir?- ele perguntou me olhando

-Pode- ele concordou e ligou o carro

Quando ele deu partida meu coração quase saiu pela boca e o grito de Taehyung me deixou surdo, Jimin nem tinha dado partida e nós já tínhamos virado três esquinas.

-Pelo amor de Choi MinHo- Taehyung falou alto- Jungkook manda o Jimin ir mais devagar- bateu no meu ombro e eu arregalei os olhos quando Jimin riu do meu lado e pisou no freio assim que paramos no sinal vermelho

-Desculpa- Jimin disse com um sorriso divertido no rosto olhando Taehyung pelo retrovisor

-Jesus, você é doido- fez drama colocando a mão direita no peito e respirando fundo.

-É costume- eu não consegui não sorrir, Jimin era mesmo impulso até mesmo para dirigir, ele voltou a acelerar quando o sinal abriu, ainda estava um pouco rápido, porém bem menos que antes

O carro permaneceu minutos em silêncio após aquilo, unico som presente era Taehyung que murmurava baixo uma música qualquer no banco de trás, confesso que a falta de conversa me causava um certo nervosismo, principalmente pelo fato do olhar de Jimin queimar descaradamente sobre mim de 5 em 5 segundos, ele virava completamente o rosto em minha direção, ficava me encarando e desviava o olhar logo em seguida, segundos depois repetia a ação

-Você devia prestar atenção na estrada- falei baixo ainda olhando para a janela assim que senti ele olhar novamente para mim

-Você está mais quieto do que eu esperava- assim que ele se pronunciou desviei meu olhar para sua direção- estamos indo para uma festa, mesmo que não queira falar sobre você para mim, tente ficar animado, nenhuma festa que o Namjoon organiza é entediante...

-Eu não estou quieto-exclamei um pouco mais alto que devia- só pensativo- soltei um suspiro

-Esta pensando em que Jungkook?- ele me olhou novamente

-Primeiro que você devia olhar pra estrada- abri um sorriso ao ouvir sua risada baixa, ele concordou e olhou pra frente- e segundo, pra onde você está nos levando, estamos indo bem longe!

-‎Seu amigo não está reclamando- ele disse com um sorriso no rosto

-‎O Tae é lesado!

-‎EU ESTOU AQUI CARALHO- Taehyung gritou e eu ouvi a risada de Jimin ao meu lado, não evitei rir também

-‎Disse verdades- comentei ouvindo um desgraçado da boca de Taehyung me fazendo rir de novo- mas enfim- olhei para Jimin novamente- já estamos chegando?- perguntei arqueando as sobrancelhas

-‎Estamos sim, só mais alguns minutos e chegaremos...

-‎Então tá...- concordei com o mesmo esperando que chegássemos rápido realmente!



Pov Autora



Fora como Jimin falou, após exatamente 16 minutos o carro já era direcionado aos fundos de um prédio alto, com prováveis 3 ou 4 andares, Jeon podia ver a movimentação das pessoas tanto pelo lado de fora, quanto pela porta grande aberta lá na frente que soava alto músicas extremamente animadas, Jeon não tirava o sorriso do rosto...

Mais não era pra menos, um lugar nunca lhe agradou tanto, tinha vários carros e motos por todo o local, pessoas rindo, se divertindo, bebendo e dançando, havia uma estrada vazia nos fundos, Jeon pode avistar dois carros na pista, um vermelho com decalques esportivos pretos, já o outro era negro, pode julgar aquilo como um racha, já que haviam várias pessoas assistindo e torcendo

-Vejo que gostou- a voz de Jimin entrou pelos seus ouvidos e Jungkook se virou, encarando o ruivo ainda sorrindo

-‎Gostei sim... É incrível- e voltou a olhar o lugar

-‎Caralho tô louco pra andar por ai- Taehyung se pronunciou com um sorriso quadrado no rosto que Jeon pode ver pelo retrovisor e sorriu mais ainda concordando com seu amigo

Jimin apertou o botão de um controle que havia acabado de alcançar no porta luvas e logo após uma das portas de metal dos fundos se abriu, Jimin não demorou a entrar, estacionando o carro ali dentro, o Park saiu do carro logo depois sendo seguido por Jungkook e Taehyung

-Meu Deus que carro lindo- Taehyung disse, se aproximando de um carro branco de rodas cromadas e o admirando

-‎É melhor não mexer, Suga tem mais ciúme desse carro do que do namorado dele- sorriu para o Kim que logo se afastou- enfim, vamos para o salão do outro lado...

Jeon e Taehyung concordaram, logo seguindo o ruivo até uma porta, que os levaram a um corredor escuro iluminado apenas por luzes neon, enquanto caminhavam por ali, Jungkook visualizou pessoas que ficavam pelo corredor, Jeon arregalou os olhos mais sem deixar o sorriso morrer vendo três garotas que ficavam ao mesmo tempo, riu com a feição de Taehyung, que não sabia distinguir se era maliciosa, surpresa ou incrédula

 A porta no fim do corredor foi aberta e ao passarem por ela Jeon não conteve o sorriso que foi na orelha, era confortável apesar do som alto, do barulho de pessoas conversando e a aglomeração de pessoas dançando ao som de uma música agitada que não soube reconhecer qual era mas fazia seu sangue correr mais rápido pelas veias e seu coração pulsar mais forte

 A mão de Jimin agarrou a direita de Jungkook e entrelaçou seus dedos a do moreno o fazendo sentir um calor gostoso, puxou Jeon pela mão entre as pessoas, o moreno olhou para trás para ter certeza que Taehyung estavam os seguindo e mesmo estando com uma cara de idiota, ele os seguia.

-Vou apresentar vocês para algumas pessoas- gritou para que Jungkook e Taehyung escutassem, os dois concordaram e logo estavam sendo arrastados novamente.

-‎JIMIN- o grito de Hoseok ecoou pelo local assim que Jimin se aproximou dele, Yoongi e Jin

-‎Oie Hobi!- Sorriu tanto quanto Hoseok

-‎Olha só não é que trouxe alguém mesmo- Yoongi disse com um sorriso de canto no rosto- Apresentações são bem vindas Jimin...

-‎Idiota- murmurou recebendo um sorriso e um "vai se foder" logo após o fazendo rir, Jimin olhou Jeon de canto e o puxou pela mão fazendo ficar ao seu lado, Jungkook mantinha um sorriso no rosto que Jimin julgou ser envergonhado- Enfim, esse é o Jungkook, e Jeon... Esses são Suga, Jin e J-Hope- complementou apontando para cada um de seus amigos e Jeon sorrindo os comprimentou agradávelmente

-‎Se ele é o Suga, acabei de descobrir que o dono é mais bonito que o carro- a voz de Taehyung soou alta assim que o mesmo se pois ao lado de Jeon

-‎O que?- Yoongi encarou Taehyung com o cenho franzido e Jimin riu alto diante a frase de Taehyung

-‎Ele é direto- SeokJin disse sorrindo- ele veio com vocês?- Jimin assentiu ainda rindo das feições de Hoseok e Yoongi- Qual seu nome?- peguntou ainda sorrindo enquanto mexia no próprio cabelo

-‎Kim Taehyung- respondeu Jin gentilmente antes de se virar para Yoongi com um sorriso inocente no rosto- eu não disse por mal só foi um comentário, é que eu achei muito bonito seu R8 V10

-‎Você conhece a marca....-sorriu para Taehyung- deve ter um bom gosto pra carros- Yoongi se revigorou

-‎Não se engane o carro dele é o mais lento daqui- Hoseok disse alto apontando para o esverdeado que apenas sorriu de canto

-‎O carro não importa, o que importa é quem o dirige, velocidade não é tudo se você souber dirigir bem- exclamou com um sorriso mais que sacana no rosto- e eu já ganhei de você umas 15 vezes com meu carro

-Yoongi não precisa esfregar isso na cara do Hoseok- Jin exclamou- Ei Taehyung? Quer beber algo?- SeokJin ganhou um aceno positivo em resposta- Vem comigo- Dito isso se afastou e após ter a concordância de Jungkook, Taehyung seguiu SeokJin

Um breve silêncio -não da música é claro- se instalou no local assim que Taehyung e Seokjin saíram, Yoongi e Hoseok começaram uma discussão sobre quem era o melhor dirigindo, tendo um Hoseok nervoso desafiando o everdeado a mais uma corrida que foi aceita na hora, Jimin negou sorrindo e encarou Jungkook, o puxando pela mão logo depois até que tivesse o corpo colado ao seu, levou seus lábios até o ouvido de Jeon

‎-Vamos conversar agora?- Jimin disse baixo e sentiu o aperto em sua mão e em seguida um aceno em concordância- ok, vamos sair daqui...

‎Jimin o puxou pela mão até as escadas do lugar, que levavam até o segundo andar aonde havia seu quarto, o Park preferia conversar ali se sentiria mais confortável mais possívelmente Jungkook não, então apenas sorriu para o mais novo e o puxou novamente subindo mais um relance de escadas até se encontrarem no terraço.

‎-Eu gostei lá de baixo, o som...é divertido-Jungkook sussurou assim que pararam de andar

‎-Já voltamos, aqui é mais calmo para conversar- e sorriu, quando Jeon deu um sorriso leve e fraco, Jimin franziu o cenho e ficou de frente para ele- Você está bem? Sinto que você está muito calado desde que busquei vocês, se não quiser falar comigo é só dizer, juro que não ficarei com rai...

‎-Não é nada- interrompeu o mais velho- eu só tenho medo de que meu pai descubra que sai sem o consentimento dele- Jeon continuou com o leve sorriso

‎-Se fosse te dar problemas não devia ter vindo- quase automaticamente levou a mão direita até o rosto de Jungkook, o mais alto sorriu e olhou de canto para a mão em sua bochecha antes de encarar novamente Jimin

‎-Preferia que eu não viesse?- Perguntou soltando um riso vendo a careta de Jimin com a pergunta

‎-Acho que se quisesse que você não viesse eu nem te chamaria- e mais um sorriso brincou nos lábios de Jungkook fazendo o Park encarar aquele sorriso mantendo o seu próprio

‎-Bom, já estou aqui, vou apenas fazer o que eu vim fazer- e ficou sério repentinamente cerrando os olhos para o mais baixo- descobrir se você é ou não confiável- e riu sendo acompanhado pelo mais velho

‎-Tudo bem- se afastou de Jungkook, andando até o muro daquele terraço e olhou a pista de corridas onde viu claramente Yoongi e Hoseok disputando mais uma vez- te deixo perguntar o que quiser...- se apoiou no muro

‎-O que eu quiser?- recebeu um murmúrio em resposta do mais velho- interessante- foi até o lado direito do mais velho se posicionando da mesma forma que ele- primeiro tenho uma pergunta e depois um pedido- Jimin o olhou após as palavras le dando sinal para que continuasse- Você mora aqui? Sozinho?- Jeon tinha deduzido aquilo desde que passaram no corredor do segundo andar e constatou que ali tinham quartos, estava com estrema curiosidade, afinal aquele lugar pra si e o resto do mundo era abandonado

‎-Moro, mas não sozinho, Yoongi, Hoseok e Seokjin também moram aqui, Namjoon também mais não pude te apresentar ele- Jimin afirmou com um sorriso

‎-hmm- resmungou inaudível- certo, agora meu pedido é, que me conte como veio parar aqui, com mais 4 garotos em um prédio que antigamente era abandonado...-Jimin não tirou o sorriso do rosto mesmo diante ao pedido de Jeon

-Digamos que minha casa não era a maior maravilha do mundo, eu era como você, bom minha família não estava entre as mais ricas da Coréia- Jimin comentou em um tom divertido recebendo um riso em troca do mais alto- mas, meus pais também eram ricos e ambiciosos- voltou seu semblante mais sério porém não deixando de ser suave- eles quase nunca me davam atenção e eu fui um adolescente bem carente e idiota, me envolvi com várias coisas pra chamar atenção deles, mas no meio dessas coisas eu achei uma coisa que eu não tinha antes...

-E o que era?- Jeon se prontificou em perguntar

‎-Liberdade- e sorriu serenamente- eu fazia o que queria, eu agia como queria, eu estava feliz daquela forma, nas noites de festas, bebidas, brincadeiras exageradas e até mesmo vândalas, mesmo apanhando do meu pai, enquanto minha mãe olhava sem se preocupar toda vez que eu chegava só de manhã em casa, ou sumia por dois dias seguidos, eu adorava aquilo tudo, aquele sentimento de liberdade, mas no meio dessa diversão toda haviam pessoas que mexiam com drogas e uma noite, em uma das festas, a polícia invadiu a boate que eu estava, eu nunca tinha tocado em droga antes e muito menos usado, mas por algum motivo haviam vários saquinhos delas no bolso do meu casaco quando os policiais me revistaram

-‎Armaram pra você né?- Jimin assentiu- você foi preso?

-‎Fui- Jimin coçou a própria nuca, não que se importasse de falar do assunto, mas lembrar de certas coisas o incomodava- eu quase nem fiquei na cadeia, fiquei por exatos 5 dias, já que não tinha drogas no meu organismo e nem testemunhas de que eu estava vendendo aquilo pra alguém, nem minhas digitas na embalagem acharam então, eu só fiquei os 5 dias por estar com elas em uma festa com muitas pessoas usando o mesmo tipo de droga

-‎Pelo menos não foi muito...

-‎É, se meu pai não estivesse me esperando na porta da delegacia- Jungkook arregalou de leve os olhos encarando o mais baixo- ele me fez entrar no carro, ir pra casa e me lembro como se fosse ontem o tanto que ele me bateu antes de me mandar ir embora, ele não me deixou pegar quase nada de roupa, nenhum dinheiro, nenhuma comida, nada, apenas me jogou pra fora como lixo- a esse ponto Jimin já jogava suas palavras no

-‎Isso é bem horrível-Jungkook disse e franziu o cenho, afinal aquilo era em partes parecido consigo mesmo

-É, mas tudo isso acabou de uma boa forma pra mim, fiquei alguns dias perambulando pelas ruas até me encontrar com Namjoon, eu já o conhecia um pouco das festas que eu ia, ele era dono de uma oficina e eu o pedi um emprego lá, ele aceitou de bom grado e depois de uns meses eu já fazia mais que parte da família, eu descobri que Namjoon já pensava em me chamar para trabalhar lá antes de eu o pedir, ele havia me visto na rua e disse que se lembrava de mim, de quando eu dirigia nos rachas e que ele não gostava de pessoas com talento, sem um teto!-o riso de Jungkook fez Jimin o encarar com um sorriso de canto, Jimin gostava mesmo daquela risada!

-Ele foi como seu salvador então?- Jeon admitia pra si mesmo que Jimin tinha de fato uma historia interessante, e ao que tudo mostrava, não era uma pessoa ruim

-Não só pra mim, tanto eu, quanto Yoongi, Hoseok e Seokjin fomos salvos de futuros bem ruins, Namjoon não é a pessoa mais do bem do mundo, e nem um anjo em muitos sentidos, mas é uma pessoa ótima que preza muito sua família, que agora somos nós, eu sou muito grato a ele- ele sorriu de forma gentil, porque sim, Jimin definitivamente era grato por tudo que Namjoon fez por si durante tantos anos

-Você está feliz agora Jimin?- Jungkook se virou de costas para o muro e se encostou ali apoiando as mãos enquanto fechava os olhos sentindo o vento frio e refrescante em seu rosto

-Agora?- Jeon só ouviu e acenou positivamente- Por enquanto não, ainda não sei tudo que quero de você- após a frase Jungkook sentiu apenas a presença do corpo de Jimin de frente ao seu, bem próximo, o fazendo abrir os olhos e encarar, as orbes negras do Park- já decidiu se sou confiável?- Jimin sussurrou com o rosto tão próximo de si que o deixava nervoso

-Já- respondeu no mesmo tom

-E então?

-Você é confiável!- o mais baixo não evitou sorrir largo sendo seguido pelo mais novo

-Vai me falar sobre você agora então?- Jimin se inclinou um pouco passando os braços pelos lados de Jeon e se apoiando no muro também

-Não existe muitas coisas interessantes para descobrir sobre mim- Jungkook já não sabia o que fazer, estava travado ali, sentia a respiração quente de Jimin bater em seu rosto o estremecendo junto ao par de olhos negros, tão intensos que o mais novo nem sequer sabia como conseguiu manter o contato visual até aquele momento

-Aposto que o gosto da sua boca é interessante de se descobrir- O mais novo engoliu um seco, o nariz de Jimin já tocava o seu, o lugar já não estava frio, sentia tua a sua volta queimando, a tensão do ambiente o deixando tonto, louco, louco a ponto de fazer uma coisa que tinha em mente que não devia, mas simplesmente ignorou.

-Então porque não descobriu ainda?- não sabia de onde tinha saído sua coragem e audácia, mas provocar o mais baixo foi em sua mente, sua melhor opção.

E nunca se arrependeria de ter a escolhido, não quando os lábios carnudos do mais velho se chocaram com os seus e o deu uma sensação tão incrível, as mãos de Jimin voaram até a cintura de Jungkook a apertando, ao mesmo tempo que as do mais novo vieram parar em sua nuca, apertando os fios laranjas entre os dedos pálidos e longos.

Tudo foi apenas um selar demorado de inicio, até Jimin se afastar centímetros, encarar os olhos fechados do mais novo e apertar sua cintura, voltando a o beijar, não mantendo o selar dessa vez e sim aprofundando-o para um beijo intenso, quando as línguas se tocaram pela primeira vez, ambos suspiraram em deleite, Jimin moveu sua língua contra a de Jungkook de forma lenta aproveitando e descobrindo o sabor da boca que o instigou tanto em apenas 24 horas.

Era gostoso, Jungkook tinha um leve sabor de pasta de dente refrescante de morango em sua boca, lábios tão macios que Jimin não se lembrava de já ter provado lábios tão deliciosos em sua vida, na verdade, diante aquele beijo, não se lembrava de mais nenhum outro que dera, e o mais alto não estava diferente, enquanto as línguas se enrolavam de forma afoita naquele momento, sentindo a boca carnuda se movendo contra a sua, e sua cintura ser apertada como se o mais velho tivesse medo de que fugisse, tudo o que pensava, era em como aquele garoto conseguia ter um beijo tão quente e ao mesmo tempo transmitir tanto carinho pelo ato

O ar começou a faltar para ambos e Jimin terminou o ósculo chupando levemente o lábio inferior do mais alto, antes de dar uma leve mordida ali e se separar por completo, ainda segurando a cintura de Jungkook em suas mãos, Jimin mantia de olhos fechados, sentindo a respiração pesada de Jeon se fundir com a sua que estava da mesma forma

-Eu disse que seria interessante- os dois riram do comentário de Jimin, antes de abrirem os olhos em sincronia e se encararem.

-Então você gostou?- Jungkook perguntou com um travesso sorriso de canto, Jimin apenas sorriu antes de dar vários selinhos demorados no mais alto e o beijar novamente, na mesma intensidade, sentindo novamente todas as sensações como se fosse novamente a primeira vez

-Gostei- sussurrou contra a boca de Jeon, antes de acariciar seu rosto com a mão direita- quer voltar lá pra baixo? Beber algo e eu vou te apresentar para o Namjoon?- perguntou baixo e gentilmente, ganhando um aceno em resposta e logo já estava puxando Jungkook de novo para onde a festa ocorria, enquanto cruzavam o caminho até lá mantinham com um grande sorriso no rosto e para Jungkook foi como se as preocupações estivessem desaparecido...

Mas, elas ainda existiam, e rezava internamente que não tirassem aquela pontada de felicidade que estava sentindo em seu peito!





"...Nós estávamos em uma conversa profunda de corpos

Nós não devíamos ficar tão próximos

Quando nós temos um aroma desconhecido

Isso é muito sexy..."

-Pour Up, Dean Feat: Zico


Notas Finais


Foi isso! Eu espero que tenham gostado, comentem o que acharam, prometo responder todo mundo!💕
Não vou demorar para postar o próximo capítulo, prometo!!!!

E AAAA eu tô escrevendo uma Fanfic Taeyoonseok, se interessar, dêem uma olhada, espero vocês por lá!
https://spiritfanfics.com/historia/black-out-10441051

Obrigada gente!💕

Beijos 🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...