História The Coach's Daughter - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Erik Durm, Francisco "Isco" Suárez, Marc Bartra, Marco Asensio, Marco Reus, Mario Götze, Roman Bürki
Personagens Erik Durm, Francisco Román Alarcón Suárez, Marc Bartra, Marco Asensio, Marco Reus, Mario Götze, Personagens Originais, Roman Bürki
Tags Borussia Dortmund, Drama, Futebol!, Marco Reus, Revelaçoes
Visualizações 312
Palavras 1.407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem e desculpa qualquer erro!

Capítulo 27 - Boa noite princesa!


Fanfic / Fanfiction The Coach's Daughter - Capítulo 27 - Boa noite princesa!

   “Vim para te encontrar, dizer que sinto muito

Você não sabe quão adorável você é

Tinha que te ver, te dizer que preciso de você

Dizer que te escolhi

Conte-me seus segredos, faça-me suas perguntas

Oh, vamos voltar para o começo

Correndo em círculos, lançando a moeda

De cara numa ciência à parte

Ninguém disse que seria fácil

É uma pena nos separarmos

Ninguém disse que seria fácil

Mas também não disseram que seria tão difícil

Oh, me leve de volta ao começo”

                                        -The Scientist (Colplay)

 

 

 

 

 Uma semana depois...

  Dortmund, Alemanha 

   Aurora’s POV 

 

 Finalmente sexta-feira! Essa semana foi com certeza uma das mais exaustivas. No começo da semana eu fiz algumas fotos pra Puma e pra Dior, e na quarta fui para Madrid ficar com Isco e só voltei hoje cedo. As coisas estão sendo um pouco mais difíceis do que eu esperava, primeiro que não é fácil ter um relacionamento à distância, e eu não posso simplesmente largar tudo aqui é ir morar embaixo “da asa” dele na Espanha. Segundo, conheci sua família essa semana, Isco Jr me adora, seu irmão é muito gente boa, seu pai é um amor, muito simpático, já sua mãe... mesmo me tratando super bem, senti que ela não foi muito com a minha cara, mas tudo bem, é tudo pelo Isco certo? É ele quem tem que gostar de mim, não? Então “segue o baile”. Afinal, seus pais moram em Málaga, isso quer dizer que vou ter que encarar a sogrinha poucas vezes. Terei que ficar um semana sem ver o Isco porque ele vai estar com a seleção, se preparando para os amistosos da Copa. Vai ser uma longa semana! 

 Já se passava das seis tá tarde e eu só queria tomar um banho quente e ir dormir, mas meu celular realmente não estava cooperando... 

 

 Ligação on 

 

 -Alô! -falei meio estressada sem ao menos ver quem era 

 

 -Nossa amiga, você já foi mais simpática! -Alice falou do outro lado da linha 

 

 -Ah! Alice, estou super, hiper, mega cansada! Foi mal! -falei 

 

 -E como sou uma ótima amiga, arrumei uma ótima maneira de você descansar e não me diga que não! -ela falou e resmunguei imaginando as 500 coisas que ela devia estar tramando para acabar com a minha paz

 

 -Não sendo sair de casa, socializar com pessoas e me tirar da minha cama, eu estou dentro! 

 

 -Credo amiga! Nem minha vó é tão folgada! Mas sinto em lhe informar, todas suas condições serão contrariadas! Vamos para uma festa! -ela falou animada 

 

 -Vamos não, você vai! Eu vou ficar em casa colocando minhas séries em dia! 

 

 -Não vai mesmo! Não podemos perder essa festa! 

 

 -Que festa Alice?

 

 -Comemoração de 3 anos da Mondlicht!

 

 -Alice... eu to bem cansada! 

 

 -Aurora! É a maior concorrente da casa noturna do Marcel, você não odeia ele? Então! Aproveita! 

 

 -Isso é golpe baixo! E não tenho mais nada a ver com ele, até porque não estou mais com o Marco! 

 

 -Por favorzinho! Você me esqueceu essa semana, mal conversamos! 

 

 -Ta bom! Nos encontramos lá as 20:00! 

 

 -Eu já disse que você é a melhor amiga desse mundo? 

 

 Ligação off

 

 Alice conseguiu me convencer a sair de casa e ir para a tal festa com ela. Então tomei banho, arrumei meus cabelos, fiz uma make leve, coloquei um vestido de veludo cinza, um salto prateado, avisei Isco que eu estava saindo, ele pareceu não gostar muito da ideia de eu ir para a balada “sozinha” mas compreendeu, ele é muito ciumento, peguei as chaves do carro, já que eu não iria beber, e fui até a tal balada. 

 

 -Boa noite! -falei para Alice assim que a encontrei sentada em uma mesa sozinha 

 

 -Uauuu! Que amiga gata eu tenho! -ela falou levantando para me abraçar 

 

 -Você até que tá arrumadinha! -brinquei e ela riu- e cadê o Roman? -perguntei 

 

 -Tá na Suíça! Odeia essas pausas! -ela reclamou e eu concordei 

 

 -Nem me fale... 

 

 Ficamos conversando um pouco, comemos alguma coisa e depois fomos dançar. Já era quase duas da manhã e eu já estava com sono. 

 

 -Você tá com uma carinha de cansada! -Alice falou assim que voltamos para a mesa 

 

 -Minha filha, se a derrota tivesse cara, com certeza seria a minha! -brinquei e ela riu 

 

 -Vamos embora então? 

 

 -Vamos! Você veio de carro? -perguntei 

 

 -Vim sim, mas deixei lá no outro estacionamento! -ela falou 

 

 -Beleza. O meu tá aqui atrás! Já vou indo então! -me despedi lhe dando um abraço 

 

 -Até amanhã ridícula! Amei nossa “girls night”! -ela falou e foi em direção à outra porta 

 

 Peguei minha bolsa e fui em direção ao estacionamento atrás do local. O vento gelado bateu em minhas costas, fazendo com que eu apressasse meus passos por conta do frio, mas algo me chamou atenção. Um homem, abaixado no canto do estacionamento, ele parecia estar passando mal, mas o que mais me surpreendeu foi quando ele se levantou... 

 

 -Marco? -falei assim que me aproximei do loiro que eu jurava conhecer 

 

 -Princesa! -ele falou tropeçando nas próprias palavras, ele estava bêbado

 

 -Meu Deus Reus! O que aconteceu? -perguntei 

 

 -Eu... eu... bebi pra afogar as mágoas! -ele falou atrapalhado se apoiando em mim para não cair 

 

 -Vem, vou te levar pra casa! 

 

 -Não! Eu to de carro! -ele falou imitando um piloto de F1

 

 -Você não vai dirigir desse jeito! Quer se matar? 

 

 -Até que não seria uma má ideia! -ele riu meio sem graça e seus olhos encheram de lágrimas por conta das próprias palavras 

 

 -Não diga isso! -falei. Com certa dificuldade consegui arrastar o alemão até o meu carro e colocar o cinto no mesmo

 

 -Eu não quero ir pra minha casa! -ele falou assim que dei partida no carro 

 

 -Ué! Por que não? -perguntei 

 

 -Eu briguei com a Scarlett! Não quero ver a cara dela hoje! -ele falou meio sonolento, então eram essas suas mágoas 

 

 -Marco, por que você estava na balada do maior concorrente do seu melhor amigo? E por que bebeu tanto, você sabe que faz mal? -perguntei depois de um longo silêncio 

 

 -O meu melhor amigo é o Erik! Marcel é um idiota, descobri uns negócios e acabamos brigando! E bebi porque perdi o amor da minha vida! -admito que sorri vitoriosa por dentro e quase soltei um “eu te avisei”, mas senti pena ao olhar seu olhar triste. Seus olhos esverdeados não tinham mais o mesmo brilho de antes, seu famoso topete meio loiro, meio ruivo que geralmente não tinha nem um fio fora do lugar, agora estava todo bagunçado, ele tinha olheiras e parecia mais cansado do que o normal. Ao analisar rapidamente o homem ao meu lado, o qual um dia eu jurei ser o amor da minha vida, me senti culpada. Meu coração apertou com suas palavras “bebi porque perdi o amor da minha vida”. Era como se tudo o que ele estivesse passando fosse por minha causa. Eu estava fazendo Marco Reus sofrer e no fundo eu também estava sofrendo. 

 

   ...

 

 -Vem Marco! -falei puxando o mesmo pra fora do elevador assim que chegamos em meu apartamento 

 

 -Eu to bem já! -ele falou 

 

 -Bem mau só se for! -falei entrando em casa acompanhada dele 

 

 -Eu só preciso de um banho e uma boa noite de sono! -ele falou escorado na parede

 

 -Você consegue ao menos tomar um banho sozinho? 

 

 -Acho que sim! 

 

 -Vem, vou pegar uma toalha e outra roupa pra você! -eu nunca imaginei que um dia iria precisar da única muda de roupa que Marco não fez questão de vim buscar quando terminamos 

 

 -Por que minhas roupas ainda estão aqui? -ele perguntou fazendo uma cara engraçada 

 

 -Você esqueceu de vim buscar! -falei 

 

 -Eu sinto saudades dessa casa! -ele pensou alto e ficou vermelho logo que percebeu o que tinha dito 

 

 -Bom, eu vou estar aqui fora, qualquer coisa chama! -falei fechando a porta do banheiro e indo me sentar na cama do quarto de hóspedes 

 

  ... 

 

 -Está melhor? -perguntei assim que ele saiu do banheiro vestindo uma calça de moletom preta e uma camiseta branca 

 

 -Estou sim! -Reus respondeu se jogando na cama 

 

 -Toma! -falei lhe entregando um comprimido para dor de cabeça e um copo de água 

 

 -Obrigado Aurora! Por tudo! -ele falou com aquele sorriso torto que acaba com a minha sanidade mental

 

 -Era o mínimo que eu poderia fazer Marco! -falei indo até a porta mas ele segurou minha mão 

 

 -Boa noite princesa! 

 

 -Boa noite Marco! -falei apagando a luz e me retirando do quarto 

 


Notas Finais


O que acharam? ❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...