1. Spirit Fanfics >
  2. The color of your hair >
  3. O grupo de estudos

História The color of your hair - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - O grupo de estudos


- Então quer dizer que você esbarrou em um cara na hora do incêndio e que... vocês dois ficaram abraçados no corredor? - Yunho começou a rir descontroladamente da situação de San, enquanto o outro aproveitava o momento de descanso para lanchar.

- Foi muito estranho, eu nem consigo mais olhar pro rosto daquele garoto direito de tanta vergonha. - San dizia, ainda meio sem graça por conta do ocorrido.

- Essas coisas acontecem... - Yeosang tentava tranquilizar San - ...mas se a gente tivesse te avisado da simulação de incêndio, estaria tudo bem agora.

- Você não tem culpa, Yeosang. Você sempre me atualiza das matérias, me ajuda com os textos, mas já um certo YUNHO, que não faz NADA, tinha que NO MÍNIMO, me lembrar! - San alterava a voz em algumas palavras, enquanto olhava com raiva para Yunho.

- Foi mal, mesmo. Desculpa aí. - Yunho falava de um jeito meio sem graça, se arrependendo.

- Não, tudo bem, agora já aconteceu. Eu nunca tinha visto aquele garoto antes...mas se bem que eu não reparo muito nas coisas. - Falou San, enquanto pegava o seu suco de caixinha na mochila.

- Qual o nome dele? - Yunho não conseguia conter a sua curiosidade.

- Caras, eu vou ir falar com um pessoal ali do grupo de estudos, é meio urgente. Eu já volto. - Yeosang levantou-se e foi em direção a um grupo de pessoas paradas perto da cantina.

- Ele se chama Wooyoung. - San respondeu para Yunho, enquanto ajeitava a mochila na mesa e começava a tomar o suco.

- Wooyoung? Aquele ali? - Yunho apontava para frente, na direção da cantina, a qual ficava atrás de San.

San olhou para trás e não conseguiu acreditar no que viu: Yeosang estava lá, conversando com eles. Yeosang estava conversando com Wooyoung.

- É ele! - San não conseguia acreditar. - Desde quando Yeosang faz parte desse grupo de estudos?

- Ele entrou semana passada, então ainda está se enturmando. - Completou Yunho, olhando para San, que estava um tanto espantado com o que tinha visto.

- O Yeosang tinha me contado isso...do grupo de estudo...mas eu não imaginei que...Wooyoung.

- E talvez eu tenha uma boa notícia pra você...- Yunho apoiou seus braços na mesa, chegando mais perto de San, que estava cada vez mais impressionado com tantas informações novas. -...eles vão ir estudar esse final de semana lá em casa.

- OI? - O queixo de San caiu, literalmente, e Yunho soltou um risada.

- Pois é, se quiser ir tem passe VIP pra entrar lá em casa, você sabe.

- Só que..todos aqueles garotos do grupo de estudo vão também? - San perguntou, com o tom de voz visivelmente frustrado.

- Vão, mas alguém queria que não fossem, certo, senhor Choi San?! - Yunho desdenhava da situação de San.

- Para com isso! C-claro que não...- San ficava cada vez mais sem graça. Aquele garoto do corredor definitivamente mexeu com ele.

- Todos eles vão...- Yunho apontava pra frente, enquanto San aproveitava para olhar e tentar gravar o rosto dos rapazes - ... Seonghwa, Mingi, Hongjoong, Jongho e Wooyoung. Todos fazem parte do grupo de estudos.

- Entendi...- San respondeu, sem prestar muita atenção no que Yunho falava, observando Yeosang se despedindo dos rapazes. -

- Não sei se tenho coragem de ir na casa de vocês com todos eles por lá...com Wooyoung lá. -

- San, fica tranquilo. Se você quiser aparecer lá em casa, fique à vontade, mas só se isso for te fazer bem. Se você sentir que vai ficar muito envergonhado...- Yunho tentava consolar San quando foi interrompido pelo rapaz.

- Não, eu vou! Quero ver ele mais de perto, tentar saber do que ele gosta...E, Yunho, você estava me aconselhando a poucos minutos atrás? Não estava zoando da minha cara? Milagres acontecem mesmo. - San riu, e Yunho deu a língua pra ele.

- A, foi mal rapazes, eu tinha que falar com o pessoal ali. Desculpa cortar o nosso assunto tão rápido. Me fala aí, San, qual o nome do sortudo? - Yeosang perguntava, sentando perto de Yunho e San novamente.

- Então...o nome dele é...-

- WOOYOUNG, É O WOOYOUNG! - Yunho estava tão animado em querer dar a notícia antes de San que gritou o nome de Wooyoung.

Yeosang e San começaram a olhar para os lados, preocupadas se alguém tivesse escutado, ou até mesmo o próprio Wooyoung tivesse ouvido, vista que ele não estava tão longe dos três.

- Fala baixo, cara! - San disse, abaixando a cabeça de tanta vergonha.

- San...eu acho que...- Yunho estava com os olhos fixos para trás, não piscava.

- O que houve? Me fala! - San começou a tampar o rosto com os braços, já temendo o que estava por vir.

- San...Wooyoung ouviu e está vindo...se você quiser sair daqui, ainda dá tempo... - Yeosang disse com a voz baixa e de um jeito agitado para San.

-Tá bom, disfarçadamente eu vou me levantar...- San pegava sua mochila e ficava de pé, com a cabeça ainda meio abaixada. -...e vou ir andando para a biblioteca.

San foi em direção a biblioteca, tentando não parecer apavorado, e ficou observado atrás de uma parede Wooyoung que agora estava conversando com Yunho e Yeosang.

Yunho me põe em encrenca!

San ficou olhando a conversa dos três por mais algum tempo, tentando desvendar sobre o que estavam conversando. Com certeza Wooyoung tinha escutado Yunho falar o seu nome em alto em bom som e deve querer saber o motivo.

Yeosang vai ter uma boa desculpa, eu confio nele.

Depois de alguns minutos, uma coisa chamou a atenção de San. Wooyoung não estava com uma fisionomia muito boa, parecia que estava sentindo dor. Quando Wooyoung já estava se virando para ir embora, San percebeu o braço direito do rapaz com um grande inchaço. O corpo de San se mexeu pra frente, involuntariamente, querendo ir ao encontro do rapaz.

Na hora que ele me ajudou a parar de correr...ele machucou o braço. Fui eu que fiz aquilo.

San se sentia culpado, e queria muito ir ajudá-lo, mas não sabia o que deveria fazer naquele momento. Os dois trocaram pouquíssimas palavras juntos e ele não podia simplesmente chegar em Wooyoung e falar "Oi, você precisa de alguma coisa?"
Aquelas perguntas estavam martelando a cabeça de San.

Quando Wooyoung já tinha sumido de vista, San começou a aproximar-se de Yunho e Yeosang novamente.

- Ele está sentindo dor? - San olhava para os dois irmãos, parecendo nervoso.

- Que? A, o braço do Wooyoung? Parece que sim, acho que ele vai sair mais cedo e ir ao médico. - Yeosang disse, ainda meio confuso com a chegada de San tão rápido até eles.

- É tudo culpa minha! - San estava visivelmente preocupado.

- Ele disse que vai no hospital do centro da cidade e pediu pra gente falar com os professores dele sobre...- Yunho falava, sendo logo interrompido por San.

- No centro da cidade? Eu vou ir até lá! - San parecia convicto no que dizia.

- O QUE? Como assim você "vai ir lá"? Vocês nem se conhecem direito, e você vai perder aula, San. - Yunho dizia, com medo que a iniciativa de San pudesse causar problemas ao rapaz.

- Só que a culpa foi minha. Ele está assim porque me ajudou! Eu devia retribuir de alguma forma.- San olhava para o relógio e para o ponto de ônibus em frente à faculdade.

- Se você quiser ir, pode ir. - Yeosang assentia com a cabeça, sorrindo.

- A, só mais um detalhe: ele te viu indo embora e perguntou o seu nome. Agora ele sabe o seu nome, Choi San. - Yunho sorria, feliz em contar tal boa notícia.

- Caras, eu vou ir lá, antes que eu desista de tomar essa iniciativa maluca.

San se despediu dos irmãos com a conversa ainda pairando na mente dele. Agora Wooyoung sabia o nome dele, e San estava indo ao encontro dele no hospital. O maior medo de San era da reação que Wooyoung podia ter. Será que ele ia aceitar numa boa a ajuda de San ou ir achar estranho e não querer mais falar com ele.

Foi em meio a tantas perguntas que San pegou o ônibus para o centro da cidade, na esperança de ajudar Wooyoung. Ele precisava retribuir o favor.

San sentou-se algumas fileiras depois da entrada, no banco do canto, perto da janela, esperando que ônibus saísse logo e que ele conseguisse ajudar Wooyoung de alguma forma no hospital.

- Oi, hã...posso me sentar aqui...Choi San? - San saiu rapidamente dos pensamentos com Wooyoung em pé próximo a ele.

- C-claro! - Foi a única coisa que saiu da boca de San enquanto o seu corpo se arrepiava ao sentir o braço de Wooyoung tocando no seu no momento em que ele sentava-se ao seu lado.


Notas Finais


Bom, eu espero que tenham gostado de mais um capítulo.

San decidiu tomar uma iniciativa e vai ficar mais perto de Wooyoung. Vamos ver quantas emoções ainda estão por vir 💌

Muito obrigada por ler até aqui 👉🏻💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...