1. Spirit Fanfics >
  2. The Comeback >
  3. Descobrindo um parafuso no palheiro

História The Comeback - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Descobrindo um parafuso no palheiro



                      (Aurora reversa on)
(Estava no meu quarto,os tons roxo e branco da decoração combinavam com meu vestido na cor azul marinho curto com um decote provocante em v que ia até abaixo de meus seios,vejo Cass entrar no meu quarto e me abraçar por trás)
- minha amada,cada dia que passa fica cada vez mais bela(ele diz rouco,suave e baixinho ao pé do meu ouvido,me viro e o beijo sendo correspondida de maneira intensa,sinto seus braços envolverem minha cintura com força me fazendo ficar colada a ele,minhas mãos estavam em seus ombros até o mesmo para de me beijar e descer para o meu pescoço cheirando para depois dá um leve chupão), eu tenho um presentinho(ele diz enquanto cheira novamente o meu pescoço para depois se afastar e me puxar pela mão,  guiando até o salão de tortura e vejo Kevin Tran amarrado e sentado em uma cadeira de madeira)
- profeta do senhor(Digo e me aproximo puxando seu cabelo para trás)hum(respiro fundo e dou um sorriso de lado)pensou que iria se livrar de nós até quando?
- vão se ferrar(ele diz de cara fechada e eu cruzo os braços)
- olha, ele é arredio(Digo calma enquanto Cass vai para trás do mesmo e põe as mãos em ambos lados da cabeça do Tran e vejo seus olhos brilharem em azul enquanto o profeta gritava)
- acho que podemos nos livrar dele agora...não iremos mais precisar(Diz Lúcifer na casca do Sam nem havia percebido que ele tinha entrado)querida(ele se move na minha direção e me dá um leve beijo na testa sobre o olhar fulminante do Cass)
- eu posso fazer isso (Digo e vou até Kevin que me olhava com raiva)
- vocês não vão se safar disso,vocês vão se dar muito mal,esse antro caótico que vocês promoveram vai ser destruído (ele diz é eu faço uma pequena careta e sorrio sínica)
- Kevin...Kevin, De tanto bem que eu fiz que acabei me tornando o vilão da história por ter cometido apenas um erro. Sou atrativo número um de gente ingrata! e de Glauber Arikener (Digo o olhando dentro dos olhos,notando algumas lágrimas contidas)
- não pensei que pessoas idiotas gostassem de poesia(Ele fala é eu rolo os olhos e pego a faca da Ruby que era de meu irmão,ele havia morrido por rebeldes liderados por Dean Winchester a alguns anos e finco no peito do Tran várias e várias vezes e me afasto deixando a faca cair de minhas mãos enquanto o Cass vem e me beija lentamente e pulo em seu colo,escuto alguém tossir e me viro meu rosto para encarar)
- se quiserem fazerem o que acho que vão procurem um quarto(Lúcifer fala é sinto a mão do Cass um tanto possessiva em minha cintura quando desço de seu colo e ele se vira porém ele retorna a nos olhar),aliás eu estava andando por aí e senti mesmo que fraco um traço de poder igual ao seu no ar(ele diz é eu já sabia do que se tratava e trato de responder rapidamente)
- eu também senti...acho que alguém está brincando de máquina do tempo,não se preocupe já entrei na mente do ser (Digo e ele sorri ajeitando a cabeleira e saímos dali)
                 ( Aurora on)
(Viajamos no carro do Dean rumo a uma cidade próxima onde pelo que sei,eles haviam feito um bùnker e abrigava vários rebeldes,como era de se esperar tentaram me matar por pensar que era meu "clone do mau", percebi que a Deme estava casada com o Dean desse mundo,porém toda vez que me olhava era com desdém, preferi sair pra tomar um ar e sou acompanhada pelo Dean do meu mundo)
- até que eles são bem unidos (Digo sarcástica e ele ri fraco enquanto joga uma pedra no lago provocando pequenas ondas e depois afunda)
- eu e sua filha, e quase inacreditável,ela e bonita,inteligente mas como fomos ficar juntos?(ele pergunta é eu coço a nuca e olho para cima,para o céu cinzento)
- e bem...acreditável,ela sofreu um imprinting por você(Digo e trocamos olhares),eu não acredito que eu me tornei uma pessoa ruim aqui e ainda fiz com que o Cass pegasse as almas do purgatório se tornando um tipo de anjo mutante(Digo pondo para fora o que o Dean desse mundo havia contado no carro para nós,eu me sentia culpada por arrastar meu anjinho para o declínio e ainda me sentia horrível por Sam ter dito sim para eu não morrer lutando contra o vácuo, o que fez de mim herdar os poderes do vazio)- esse negócio do Cass pegar as almas do purgatório já aconteceu alguns anos atrás no nosso mundo (Dean fala sincero e eu ando e jogo uma pedra no lago,vendo formar três ondas e depois afundar),o poder muda as pessoas mas isso não vai acontecer no nosso mundo,sabe porque? (Assinto em negativo), nós somos o time livre arbítrio,somos família,juntos somos fortes e separados iremos cair,somos maiores que esses desafios, somos sobreviventes natos(ele põe a mão no meu ombro)
- obrigada por tentar me animar,você e um bom amigo Dean (Digo sorrindo e ele também sorri),mas porque quando eu cheguei ao bùnker você estava daquele jeito(Digo me lembrando do começo e ele cruza os braços)
- quase perdemos alguém que era como um pai para nós, Bob quase morreu numa caçada contra um cão do inferno em Missouri(Ele diz é eu respiro fundo e chegou a minha  vez de por a mão em seu ombro, quando dou alguns passos me sinto fraca e acabo tropeçando em meus próprios pés e sou amparada por ele antes que eu caia)
- Aurora,você tá bem...você tá meio pálida (Dean fala com o rosto próximo ao meu enquanto me segurava com uma mão e a outra verificava se eu estava com febre)
- E ela...ela está na minha cabeça, posso sentir(Digo rouca e o olho enquanto começo a sentir o ar faltar e respiro com dificuldade, ele me carrega e corre em direção ao bùnker, entrando em seguida,fecho meus olhos e percebo que tudo estava escuro e meu clone estava na minha frente e sorria sádica)
- olá (Ela diz sombria e percebo que a mesma trajava um smoking feminino na cor verde musgo e uma blusa preta e tinha o cabelo preso em um rabo de cavalo alto e tinha um pirulito que deduzi ser de maçã verde em sua mão esquerda,percebo que eu usava uma blusa até os pulsos vermelha com o sobretudo do meu Cass e uma calça de malha roxa que havia trocado no hotel)
- Qualé...se me chamou aqui só para me cumprimentar,pode tirar seu cavalinho da chuva aliás vejo que o universo não foi favorável a mim neste lugar(Digo direta e a vejo vir em minha direção)
- sabe quando você olha pra si mesma e só vê fraqueza? você é como um mísero e insignificante inseto (Ela diz em tom repulsivo ficando a minha frente)
- corta essa ladainha, vá direto ao ponto(Digo firme fechando minha mão com força)
- sempre prepotente com esse ar de invencível com meios escrúpulos só pra se safar de si mesma,vou revelar um pequeno incidente...seu irmão comentou que você é a chave para o grande líder...ele pecou e bem feio(ela faz uma careta e cruza os braços em seguida)
- saia da minha cabeça (Digo quase gritando e a olhando feio)
- você não quer saber a verdade?...bem típico mas vou contar assim mesmo,realmente a vida não foi justa comigo nesse lugar(ela ergue os braços),sei que pegou a marca de Caim,neste mundo foi o Dean a pegar ele virou um cavaleiro do inferno...mas no seu caso com o feitiço que fez se tentar usar seus poderes ou vai se corromper ou irar queimar sua alma(ela sorri torto porém não recuo),já ouviu falar de cascas?(ela pergunta é eu assinto)tanto você quanto o Dean são as cascas de Miguel,já reparou que vocês têm o mesmo comportamento?(ela ri e agora me lembro como o Dean desse mundo me olhou e recuo)
- então porque ele disse que eu sou a chave?
(Pergunto indiferente quase em tom rouco)
-porque uma hora ou outra você é quem vai o libertar só requer tempo...e a única que sabe como abrir a jaula graças a sua pesquisa, uma pena que agora eu saiba a localização de vocês, aliás o amor é lindo não é?(Ela diz em tom debochado e toca meu rosto levemente enquanto a encaro furiosa)
- Não ouse falar do meu Cass ou não direi por mim(Digo e vejo seu olhar desafiador sobre mim porém ela se vira e começa a andar para longe e quando se vira vejo seus olhos ficarem em tom rosa magenta e ela lança seu poder contra mim e me faz abrir os olhos em súbito e levantar fazendo Dean recuar de forma rápida pra me dar espaço),ela está vindo pra cá (Digo em sussurro,levemente confusa)
- Droga(ele me ajuda a chegar na sala do bùnker onde despejo tudo de uma só vez e observo Dean arregalar os olhos)
- precisamos todos sair daqui(Diz o Dean desse mundo em tom firme)
- eles chegaram(Ela diz enquanto teletrasporta todos na sala deixando somente nós quatro)
- Vamos meter chumbo nos desgraçados (Fala Dean desse mundo caótico,vejo a porta ser arrombada e Castiel,Sam e minha clone descerem as escadas)
- pensei que tivesse mais pessoas na festa(Castiel diz rouco enquanto olha ao redor,ele trajava roupas escuras enquanto Sam vestia Claras e minha clone estava com o traje vermelho sangue)
- acho que é uma festinha PV(fala Dean do meu mundo com um sorrisinho de escárnio)
- podem voltar da onde vinharam(Diz minha filha/não filha e vejo um tipo de energia dourada em suas mãos)
- assim vai magoar o coração da mamãe (Diz a minha clone e como eu queria destroçar a cara da cadela)
- me digam uma coisa,vocês querem mesmo nos enfrentar?eu poderia estralar os dedos e vocês virariam cinzas nesse bùnker imundo e mofado("Sam"\Lúcifer fala me encarando e eu pego a primeira lâmina do cós da minha calça)
- vão se ferrar,se e guerra o que querem vão ter(Digo firme enquanto ambas partes avançam)
                    (Deme on)
( Faziam dois dias e Dean e minha mãe ainda estavam presos no futuro,minha cabeça parecia que iria explodir então comecei a consumir muita cafeína e percebi que Sam fazia o mesmo,Tio Crow,tia Roe,Vô Gaby estavam aqui,vinharam assim que souberam e estão ajudando com tudo que podem)
- Eu ainda não acredito que aquele moleque fez algo desse tipo(Tia Rowena fala de forma irritada folheando o livro,procurando algum feitiço de reversão),mas ele teve a quem puxar(Ela olha para tio Cowley e ele a encara de volta)
- Diz a mulher que tentou me vender em troca de porcos (Ele diz firme e cruza os braços)
- parem de brigar...minha filha poderia usar os poderes dela para trazer ambos de volta mas ela pegou aquela bendita marca,estamos de mãos atadas...precisamos de um bom plano(vô Gaby fala tenso pondo uma mão na frente de sua boca)
- eu tenho 11% de um plano...poderíamos tentar achar o seu filho(Sam fala apontando para o Crowley)capturamos a bruxa e forçamos a mesma a falar...e se ela não disser
- eu pego a informação a pulso(Digo interrompendo o Sam e Cass me olha,minha interação com meu padrasto tinha evoluído e o mesmo já estava até me chamando de filha)
-  eu tenho a localização do meu filho(Diz Vó Sarah a nossa  frente, com certeza ela havia feito um feitiço de teletransporte, ela parecia abatida)eles estão na zona rural de Nebraska (Ela fala é depois cambaleia um pouco para o lado e acaba sendo amparada por tio Crow,com certeza havia sido Darlya)
- Só temos alguns dias e uma tentativa,somos caçadores... eles a nossa presa,vamos fazer valer(Cass fala pensativo porém firme e começamos a traçar um plano é uma boa rota de fuga, ninguém estava para brincadeira e custe o que custasse iríamos traze-los de volta)
                    (Aurora on)
(Começamos a lutar de forma árdua,Deme e Dean lutavam contra Sam,o Dean do meu mundo contra Cass e eu contra a minha clone o ruim de lutar consigo e que você sabe todos seus ataques e defesas,toda vez que eu acertava um golpe na criatura,ela desviava e contra atacava e era a minha vez de desviar,até chegar uma hora que ela me derruba)
- e tudo o que pode fazer?(Ela pergunta em meu ouvido,pego sua cabeça e choco com a minha é dou um ponta pé, me erguendo e desviando do seu golpe,ataco dando uma voadora e ela fica meio zonza,faço minhas garras aparecerem e arranho seu rosto,ela berra e me joga longe me fazendo bater com a cabeça e me levantar porém ela me ataca dando vários socos enquanto meu corpo sentia o impacto)
- raov(Digo e a vejo voar e bater com tudo contra Castiel,enquanto caio de joelhos no chão)
- Vamos acabar com isso(Diz Sam e me sinto levitar e ele me puxa para si e quando vejo já estou em outro lugar,sentada em uma cadeira de madeira),vejo que acordou,te fazer desmaiar foi muito fácil... Pena que você deixou a primeira lâmina cair(ele se aproxima de mim),seus amigos estão vivos se quer saber...isso vai doer mais em mim do que em você(Ele diz é põe as duas mãos na minha cabeça e grito me sentindo fritar de dentro pra fora).
 


Notas Finais


Até sexta galera!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...