1. Spirit Fanfics >
  2. The Comeback >
  3. Agindo com o inimigo

História The Comeback - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem só está postando hoje,meu celular está quebrado e eu tenho que usar o da minha mãe pra postar mas eu tenho dificuldade com o teclado,fiquei tentando postar por cinco dias mas não se preocupem que vocês não serão prejudicados em relação aos capítulos.

Capítulo 19 - Agindo com o inimigo


(chego ao búnker e vou em direção a cozinha,bom pela luz acessa alguém estava atacando a geladeira então aproveito para espiar e percebo que era meu Cass,ele estava sentado olhando o nada enquanto saboreava um sorvete de flocos com cereal)
- não consegue dormir(pergunto me encostando na lateral do armário e sem querer derrubo um cubo com doces e vejo um sorriso mínimo escapar de seus lábios)
- eu fiquei com fome,espero que não se importe(assinto em negativo,tudo bem que o sorvete era meu mas eu faria de tudo para ele se sentir bem)você disse que era uma amiga mas como nos conhecemos(ele pergunta desconfiado de algo e eu olho em seus olhos me perdendo em suas safiras)
- bem,nós éramos muito próximos a gente se conheceu numa caçada contra um ninho de vampiros(sorrio tentando passar confiança mas por dentro estava acabada,mexo no cereal comendo um pouco quando ele ainda atacava o sorvete,depois ele mexe no cereal e me olha de soslaio)
- você tirou o anel dourado da caixa(sua expressão era de inocência o que achei super fofo)
- vou te contar um segredo(me aproximo e ele faz o mesmo então faço o anel aparecer de trás da sua orelha e ele olha fascinado,fecho a mão e sopro e quando reabro não estava mais lá e sim em baixo de sua mão que estava espalmada sobre a mesa,ele termina o sorvete e sai indo em direção aos quartos porém antes me deseja boa noite)
- eu disse pra tentar conquista e não se tornar outra coisa(meu irmão fala se sentando no lugar que antes Cass estava ocupando).
- virou especialista agora( pergunto me encostando na cadeira e cruzando os braços)
- por mais que eu deteste concordo com seu irmão parece que você está desistindo mas não é do Cass( vejo Dean e Rowena bem atrás de mim e ambos se sentam nas cadeiras restantes)
- é a marca né?(a ruiva me olha de soslaio)
- como eles podem te decifrar melhor que eu( Erik fala sincero)
- e que eu sou o batman( Dean fala sorrindo)
- então eu sou o homem de ferro(rimos mas depois o meu sorriso morre e Dean toca no assunto anterior mesmo Rowena sendo contra)
- ele está bem com a Mag...e eu não posso tirar a marca,só iriamos ter problemas não é viável( passo a mão em meus cabelos prendendo com um granpo )
- ela não é você(rowe rebate)
- quem vou infernizar o juízo se você pirar eu piro junto(rio fraco meu irmão sempre teve um parafuso a menos eu deveria ter desconfiado quando o mesmo estava agindo meio estranho)
- daremos um jeito...há uma cura e nós vamos encontrar,o que está acontecendo?(respiro fundo)
- ela deve ter um motivo?pare de a pressionar(ela sai em minha defesa e eu digo boa noite antes que isso virasse uma briga,vou até meu quarto e vejo Mag mexendo em meu livro favorito)
- a humanidade sempre desejou controlar o futuro ou,ao menos,prever o que acontecerá, o sucesso das leis de Newton e outras teorias físicas levou a ideia de determinismo físico( fecho a cara )
- o que faz aqui?larga isso(aponto para meu livro detesto quando fuçam nas minhas coisas)
- tentando descobrir o que ele viu em você...tudo bem que você é bonita mas eu sou muito mais(ela sorri mínimo pondo meu livro de volta a mesa onde estava o computador)
- isso que você usa é uma casca querida(fico a poucos metros dela)
- o seu cass também ou é meu esqueci que ele não é mais seu...
- ele não é um objeto e só está com você porque perdeu a memória se não incomodar,cai fora(digo com uma pitada de sarcasmo e ela invade meu espaço pessoal)
- eu vim te dá uma informação(ela cruza os braços e me olha)
- o que ganha com isso?...
- Darlya Merlim Tomphson era filha da primeira bruxa de salém e o feitiço por mais complicado pode ser revertido(ela sorri fraco me deixando confusa)
- o que ganha com isso?(pergunto firme não me alterando)
- na hora certa saberá(ela sai me deixando no mesmo lugar até sair e ir atrás dela puxando seu braço)
- eu aceito trabalhar com você mas eu quero saber aqui e agora o que você quer(ela sorri)
- controle total e você sabe da onde(aceito a proposta e volto ao meu quarto sem conseguir dormir vou concertar o carro)
- bom dia caiu da cama( ouço a voz de Sam e saio de baixo do carro)
- na verdade nem dormi...trouxe comida pra mim(sorrio enquanto limpo as mãos meladas de graxa num pano marrom e ele põe a bandeja em cima da mesa de madeira)
- alguém tem que te obrigar a comer(rimos e peço pra ligar o carro e assim ele faz e vejo que a relâmpago não faz zoada nenhuma)eu sei o que henry te disse no bar(ele me pega de surpresa me fazendo derrubar uma chave de fenda em meu pé a miserável cai bem em cima do dedinho e eu dou um grito baixo de dor)ele disse pra você nos proteger de Abaddon e caso algo acontecesse com ele não interferisse no destino...depois ele ficou horas falando mal dos caçadores americanos( faço a lua aparecer e digo pra mesma tomar conta dele e ela me obedece se pondo ao seu lado)
- agora ela é nossa(ele sorri e acaricia o pelo brilhante da lua)
- bom dia flores do dia(Deme entra na oficina e bagunça o cabelo do Sam e me dá um abraço apertado)eu e Dean vamos caçar e gostaríamos de saber se um de vocês estão dentro(Sam diz que está e vai arrumar suas coisas logo depois Dean aparece com o mesmo e a Lua e Dean dá um beijo na minha testa e se vão...não irei dizer nada ainda sobre o que estava acontecendo respiro fundo e meu celular toca)
- olá Aura(ouco a voz de Crowley e coço a nuca)
- oi tio crow de boas(falo e ele ri fraco do outro lado da linha)
- estou te ligando para propor ajuda,te devo uma e o que você procura e bem simples...
- como sabe do que tô atrás( pergunto bebendo um pouco do iorgute)
- se tratando do Cass você é previsível,vou te passar as coordenadas e vou junto(digo ok e e o mesmo diz para eu não me preocupar e desliga só para eu escutar bob e gaby discutindo sobre Mag e falava pra bob ficar de olho em mim pois o mesmo iria ao encontro com os filhos de um tal Deus nórdico)
- sério isso?(pergunto e o mesmo me olha de lado)
- pronto agora tá feito a novela mexicana dos idiotas(bob fala e nós o encaramos e o mesmo levanta as mãos em rendição)
- não quero te por em confusão( meu pai tenta se defender)
- nossa agora e milagre meter pessoas fora de confusão( Bob toma a palavra)
- de que lado você esta?(gaby o questiona)
- do dela você parece um bebê com assas(meu pai faz uma cara estranha e eu rio)
- querem parar com isso dá pra escutar do lado de fora...precisamos ir a um lugar se arrume( Rowena diz e assinto e em menos de alguns minutos estamos a em sua mansão e ela está vendo os danos em minha alma com magia)como previ você danificou um pouco usando poder mas e como se fosse uma rachadura bem pequena(ela prepara uma poção e sinto minhas pernas fraquejarem e a mesma me apoia me pondo no sofá)beba isso(faço o que ela mandou e me sinto apagar em seguida)




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...