1. Spirit Fanfics >
  2. The Condominium Boy - Around The World With You (Juke) >
  3. Capítulo 6

História The Condominium Boy - Around The World With You (Juke) - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capítulo 6


Devo ter ficado na água com o pessoal por unas 4 horas seguidas. Quase morri afogada? Sim! Milhares de vezes, até porque sou anã, não dou pé em quase lugar nenhum, não sei nadar e essa é uma praia de surfistas, ou seja, são ondas do tamanho do mundo.

Eu não desgrudei do Luke um segundo se quer. Se eu ficasse sozinha eu ia morrer, certeza.

Nós ficamos na água até cansarmos e depois voltamos para a casa. Eu estava faminta.

- Nunca me diverti tanto! - Carol sorri.

- Eu vi minha vida passar diante dos meus olhos umas 34 vezes hoje. - tento desembaraçar meu cabelo com minhas mãos, mas estava quase impossível.

- E ai, alguém tá afim de fazer trilha? - Eric aparece junto com minha mãe na porta da casa, cada um com uma mochila nas costas.

- Ah, eu quero! - Carol demonstra animação.

- Eu topo, gosto de trilhas! - Reggie assente.

- Também quero! Faz um bom tempo que eu não faço trilha. - Luke fala.

- Não vou para lugar nenhum! - cruzo meus braços. - Eu? Podendo estar relaxada ali naquela rede ir pro meio do mato sujar meu tênis, cansar minhas pernas e ser picada por mosquitos? Nem a paulada. - resmungo fazendo eles rirem.

- Tudo bem minha filha, você pode ficar! - minha mãe sorri. - Agora vocês, vão tirar essa roupa molhada e colocar um tênis porque já vamos sair.

- Ok! - Carol sorri e puxa Reggie pra dentro com ela.

- Prefere que eu fique com você? - Luke se vira para mim.

- Não precisa amor! Você tem cara de que gosta dessas coisas mesmo. - rio. - Pode ir! Eu provavelmente vou deitar naquela rede ali e vou dormir. Quando eu acordar, vocês já devem ter chegado.

- Ok... Se cuida, tá? E não dê bola para o surfista amostrado! - ele fala me fazendo rir.

- Ok! - sorrio convencida e lhe dou um beijo.

Nós entramos e eu fiquei sentada no chão para não molhar a cama enquanto aguardava a bonita sair do banheiro.

Assim que Carol saiu, eu entrei no banheiro e tomei um longo banho. Logo depois coloquei uma blusinha branca de alcinha e um short de moletom cinza.

Assim que sai do banheiro desembaraçando meu cabelo molhado, comecei a andar pela casa, mas já não tinha ninguém lá.

Deixei o pente em cima de uma mesinha que estava perto do sofá e fui para a varanda de casa, para me deitar na rede.

Me deitei na mesma e coloquei uma música calma no meu fone. Não sei ao certo quantas músicas eu ouvi, só sei que dormi no meio de alguma delas.

[...]

Acordei vendo que estava escurecendo e percebi que meu fone havia saído de meu ouvido.

Ergui minha cabeça e vi Tyler sentado no chão da varando apoiado em uma das colunas que sustentava o teto. O mesmo estava com suas perna esticadas e olhos fechados.

O que ele tá fazendo aqui?

Tentei me "sentar" na rede, coisa que não deu muito certo e a rede virou, me fazendo cair em cheio no chão, fazendo um enorme barulho.

- AAAI! - grito assim que bato com tudo no chão e Tyler vem de imediato até mim.

- Julie? Você tá bem? - Tyler segura uma de minhas mãos e tira o cabelo que estava no meu rosto.

- Tô! - solto sua mãe e me levanto ajeitando o meu cabelo pra trás. - Ai! - sinto um ardor no meu ombro e olho vendo que eu havia ralado e que estava começando a sangrar. - Como eu fiz isso?

- Que merda! - Tyler fala analisando meu ombro. - Fica aqui... Vou buscar um curativo!

- Que? Não precisa! É só um raladinho.

- Pode infeccionar. E sua mãe me pediu para tomar conta de você, ou seja, isso meio que foi culpa minha. - ele sorri e entra na casa.

Como assim minha mãe mandou esse tapado tomar conta de mim? Eu e ela precisamos conversar!

Senti meu ombro arder de novo e me sentei no chão com as pernas cruzadas feito índio.

Eu fico admirada com a minha capacidade de fazer merda. Eu consegui ralar meu ombro caindo de uma rede! Eu consegui cair da rede! Com a sorte que tenho, minha morte vai ser comigo escorregando no banheiro e batendo a cabeça no box.

Isso se eu não morrer afogada numa banheira. Com o meu tamanho, talvez até numa pia.

- Ainda arde? - Tyler aparece segurando uns negócios de curativo.

- Já falei que não precisa fazer isso. - o encaro, mas o mesmo me ignora, se abaixa e começa a fazer um curativo no meu ombro com todo o cuidado. - Você é surdo?

- Não! - ele sorri ladino. - Só não vou deixar você com o ombro assim.

- Nem meu pai se importava tanto quando eu me machucava. - o olho séria.

- Pois eu me importo. - Tyler sorri ladino como sempre faz e logo se levanta.

O mesmo entrou dentro da casa novamente e eu me levantei vendo um garota de longos cabelos pretos ondulados e alguns dreads, e uns olhos extremamente pretos, assim como seu cabelo.

A menina vestia uma saia jeans branca e um top faixa azul. Era toda bronzeada e tatuagens nos braços.

Hi! - a mesma sorri pra mim.

- Oi! - falo sem sorri.

- Ah... Você é a brasileira filha de Rose? - a menina fala com forte sotaque e certa dificuldade.

- Sim! Julie! - sorrio forçado e ela estende sua mão.

- Aisha! - ela sorri. - Tyler falou de você!

- Hummm... - não demora muito e Tyler aparece ao meu lado. - Sua amiga! - falo e vou em direção a porta para entrar na casa.

- Espera! - Tyler fala me fazendo para e olhar para eles. - Quero te apresentar! Ela vai estar no luau também. - me viro para eles e cruzo meus braços. - Essa é Aisha, minha amiga. Ela fala um pouco de português, achei bom vocês se conhecerem para vocês terem mais alguém com quem conversar. - ele coça a cabeça. - Até porque você não vai muito com a minha cara. - ele fala baixo e depois sorri.

- Depois você apresenta ela para Carol. Ela é muito mais de fazer amizades do que eu. - viro as costas para entrar novamente.

Do you like her! (Você gosta dela!) - a menina fala rindo.

- Shiiii! - Tyler fala e ri também. - She has a boyfriend! (Ela tem namorado!)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...