1. Spirit Fanfics >
  2. The Contract - Noah Urrea >
  3. Show

História The Contract - Noah Urrea - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Só pra chamar a atenção, no próximo capítulo, que eu vou postar já já, vão começar os pov's do Noah. Os pov's dele serão curtinhos, já que vão mostrar o ponto de vista dele, (no caso vai ser um capítulo só com o pov dele) vão ter no máximo 500 palavras.
Boa leitura! ❤📕

Capítulo 11 - Show


Fanfic / Fanfiction The Contract - Noah Urrea - Capítulo 11 - Show

 

— Quem? — Sabina perguntou.

Eu não consegui ouvir. Meus olhos e minha mente estavam vidrados naquele ser de olhos azuis e cabelos louros.

— Victoria. Victoria! — Any exclamou estalando os dedos na minha frente.

— O quê? O que foi. 

— Você tá bem? — Josh perguntou.

— Estou. — Balbuciei. — Não. 

— Amiga, o que foi? 

— É o Pablo. — balbuciei novamente.

— COMO?! — Sabina exclamou.

— Ali. — apontei para o rapaz distraído na barraquinha de churros. — O Pablo. 

— OI PABLO! — Josh gritou, querendo chamar a atenção do rapaz. Por sorte ele não ouviu.

''Ufa.''

— Cala a boca, idiota.

— Calar porquê? Achei que você tivesse tido um ''amor de cinco minutos'' com ele.

Fico pensativa. Se eu quisesse ficar com ele, tinha que ir lá logo, antes que ele fosse embora. De novo.

— Você devia falar com ele. — Sabina disse de boca cheia.

— Não fui com a cara dele. — Noah se pronunciou pela primeira vez. 

— Claro que não. — Josh disse enquanto tomava seu refrigerante — Se você gosta del...

— Cala a boca, Josh! — Any exclamou.

Tomei coragem e segui em frente, indo falar com ele. Afinal, é melhor se arrepender de algo que se fez do que de algo que não fez.

''Melhor se arrepender do que passar vontade.''

Cutuquei seu ombro, fazendo ele se virar e abrir um sorriso. 

— Victoria. — ele disse.

Sua voz era doce como eu me lembrava.

— Você lembra de mim. — falei.

— Na verdade não consegui te esquecer. 

''Puta que pariu!''

Nesse momento, o Noah veio na minha cabeça. Mas porquê? O que o Noah tinha a ver com isso agora?

— Como você está? — Pablo perguntou.

— Estou bem. E você?

— Também. — ele respondeu sorrindo.

De súbito, lembrei que hoje tem show. Olhei disfarçadamente no meu relógio, 16:38, a Yonta já deve estar doida esperando a gente.

— Eu tenho que ir agora, tem show do Now United, hoje.

— Você vai? — Balancei minha cabeça — Já ouvi falar dessa banda. Eles lançaram uma música com o meu nome — Ele riu — Minha sobrinha me mostrou. Ela é louca por esse grupo, fiquei sabendo que tem uma integrante nova.

''Ótimo, ele sabe.''

Eu bem que podia contar, mas acho melhor não. Afinal, o que eu ia dizer? ''Adivinha, eu sou a nova integrante e escrevi a música pra você porque achei que nunca mais ia te ver.''

— Será que dessa vez, você pode me dar o seu número de telefone certo?

 Eu ri e lhe dei meu número, certo desse vez. 

****

— Você já estão prontos? — Yonta perguntou.

— Sim! — respondemos em uníssono.

— Eu não estou pronta, Any. Ainda dá tempo de desistir?

A cacheada riu do meu nervosismo acompanhada de Sabina e Bailey.

— Relaxa, gata. Vai ficar tudo bem. — Bailey disse.

— É, relaxa. Você vai arrasar. — Any disse.

— VOCÊS ENTRAM EM TRÊS MINUTOS! — Yonta berrou com sua prancheta em mãos.

****

Eu estava tremendo mais que vibrador. Fiquei muito, muito assustada quando subimos no palco cantando All Day. Depois me soltei ao som de Na Na Na, aquela coreografia era incrível, e eu notei que o Noah estava me olhando, mas logo afastei esses pensamentos. Ele olha assim pra todo mundo. 

Eu fiquei ainda mais nervosa quando comecei a cantar Oye Pablo, minha voz travou no começo mas tudo mudou quando eu ouvi:

— VICTORIA TE AMO!

Eu sorri bobo diante da declaração. Mais de cinco mil espanhóis gritando que me amavam sendo que eu acabei de chegar.
E a gritaria continuou.

— VICTORIA TE AMO!

Aquilo era mágico. Josh estava correndo pelo palco com a bandeira da Espanha e gritando junto a multidão. Sei lá, eu só consegui chorar. Então aquela era a sensação de ser um ''ídolo''.

— YO TAMBIÉN LOS AMO! (eu amo todos vocês) — gritei, fazendo a multidão delirar.

****

Any estava cantando ''Lendas'', eu estava na minha posição ao lado de Krystian, e eu podia ver perfeitamente bem Noah atrás de Sina (imagem da mídia) e aquilo me causava um ciúmes de outro nível, principalmente eu sabendo que ele gostava dela.

— ... Nunca ciúmes, até te encontrar...

Foi aí que eu vi. O Noah cantou essa parte no ouvido da Sina.
O pior foi o sorriso que ela deu em seguida. Um sorriso bobo.

Não vou negar, eu gosto da Sina. Ela é minha amiga e não tem culpa se o Noah gosta dela.

''Não. Ela tem sim! Ela tem culpa de ser bonita!''

Depois disso, eu não consegui prestar mais atenção em muita coisa. Cheguei até a esquecer a coreografia por um momento, por sorte, Krystian me cutucou disfarçadamente com o cotovelo me fazendo voltar a realidade.

****

O Show já havia acabado, fizemos um ''meet and greet'' com os fãs, o que durou uma ou duas horas. Agora eu estou sentada no meu canto, olhando pro nada. Quer dizer, olhando pro Noah e pra Sina, que estavam sentados num canto conversando baixinho. O ciúme me corroeu de novo.

— Você tá bem? — Any me perguntou.

— Estou. — minto.

— Não tá não. Você tá triste. — ela disse. 

Bufo. Era um saco como a Any conseguia saber as emoções das pessoas só de olhar para elas.
Ela segui meu olhar e viu que eu olhava para o Noah e para a Sina. Ela riu.

— Você devia esconder mais o seu ciúme.

— Eu não estou com ciúmes Ana Gabriela. Só estou pensativo.

— Eu sei que você gosta dele. Você não consegue esconder. — puxou uma cadeira e se sentou ao meu lado.

— De que adianta, se ele gosta dela.

Ela me lançou um olhar de ''para com isso''.

— Quem te disse isso?

— Ele.

— Deve ser mentira. O Noah não gosta da Sina. Não mais. 

— Como assim ''não mais''?

— Ele já gostou dela, mas agora, que eu saiba, ele não gosta mais. E eu tenho certeza de que a Sina tá apaixonada pela Heyoon.

— Que Deus te ouça. Eu shippo muito Syoon. — nós rimos.

Ficamos em silêncio por uns minutos, ainda observando a animada conversa que Noah e Sina estavam tendo.

— Ei gente! — gritou Krystian — Vamos sair pra comer. Eu tô morrendo de fome. 

— Até que enfim. COMIDA! — Sabina gritou. 

Todos pegaram suas bolsas e pertences, se dirigindo para fora do local. Meu celular começou a vibrar.

Número desconhecido: Oi. Sou eu, o Pablo.

Número desconhecido: Eu tava pensando se a gente podia sair amanhã. Pra jantar.

Número desconhecido: Já descobri seu segredo. Você é a nova integrante do Now United hahaha, parabéns.

''Ele descobriu.''

Me: Claro, podemos sair pra jantar amanhã. Pode escolher o lugar.

De qualquer forma eu tinha que me distrair, do Noah. Eu estou apaixonada por ele, eu acho. Pelo menos o Pablo vai ser uma boa distração.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem e favoritem, por favor. Beijinhos! 💛😻👉👈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...