História The contract - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Violetta
Personagens Alex, Angeles "Angie" Saramego, Broduey, Camila "Cami" Torres, Diego, Germán Castillo, León Vargas, Luca Cauviglia, Ludmila Ferro, Marco Tavelli, Personagens Originais, Violetta Castillo
Tags Violetta leonetta
Visualizações 32
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii
Volteiii
Espero q gostem
Bjs
Amo vcs

Capítulo 2 - Proposta


German:E qual seria a sua proposta Leon?

Leon:A minha proposta é a seguinte, eu vou pagar todas as suas dívidas, todas, se você me der à mão de sua filha.

Aquilo causou uma surpresa em Gérman que apenas fitava o amigo assustado, nunca esperava que Leon fosse apaixonado por sua filha, nunca nem imaginava essa hipótese, afinal eles pouco se falaram, e o que falaram nunca passará de uma conversa de profissionais, afinal Violetta cursava engenharia e León era engenheiro, fazendo assim os dois conversarem, mais fora bem pouco.

Leon:Gérman?

German:Desculpe León, mas você me pegou de surpresa.

Leon:Eu sei... Então?

German:León eu não sei, a vida é da Violetta.

Leon:Gérman, eu sei, mas quero que fale isso pra ela, por favor...

German:Ok León.

Leon:Pense nisso, volto daqui a uns dois dias, acho que é tempo, dá pra Violetta se decidir.

German:Apenas Dois dias?-Indaga Gérman Assustado com o tempo em que León dera para ele pensar, e ainda era pouco tempo para contar a Violetta, ele tinha que prepara-la melhor para tal noticia.

Leon:Sim, tenho coisas para fazer nesse fim de semana, volto Segunda. -Disse León por fim saindo, deixando Gérman, ali pensando em como falar aquilo para Violetta, pois a mesma sempre deixou claro que, ela queria casar por amor e não por dinheiro, e vendo de certo ângulo, parecia que estava a vender sua filha, como se fosse uma propriedade, Violetta ficaria muito chateada.

Manhã de 25 de Janeiro de 2018-Buenos Aires

Violetta despertou sem muita vontade, mas teria que levantar, teria que trancar a Matricula da faculdade e depois iria almoçar com Ludmila, queria ver a sua loira conselheira, ela saberia ajudar a Violetta.

Violetta então se, pois em pé e foi em direção ao seu banheiro dava graças por ter um banheiro em seu quarto, tendo assim privacidade, assim que adentrou o banheiro tirou sua roupa, tomando seu banho e fazendo sua higiene matinal, ao terminar enrolhou a toalha em seu corpo e foi ao seu closet, decidiu vestir uma calça jeans, uma blusa regata branca e uma sapatilha.

Desceu encontrando assim sua família na mesa, sentou dando um bom dia fraco, ainda estava chateada por seus pais terem escondido uma coisa tão séria...

German:Violetta?-Disse Gérman, ele estava nervoso aquilo estava em seus olhos.

Violetta:Pois não Pai?

German:Você lembra-se do León?

Violetta:Lembro sim pai, ele me ajudou em questões na faculdade.

German:O que você acha dele?

Violetta:Ele é educado, bonito e um homem bem Professional... Por quê?

German:Ele veio aqui, ele soube o que aconteceu e veio aqui fazer uma proposta pra mim-Violetta olhava atentamente as palavras de seu pai-Ele vai pagar todas as minhas dividas, mas em troca ele quer uma coisa.

Violetta:Que coisa pai?

German:Você- Ao ouvir aquelas palavras, Violetta respirou fundo, estava tentando raciocinar tudo aquilo, León pagaria todas as suas dividas, porém ele a queria.

Violetta:Como assim Pai?

German:Ele quer a sua mão, ele quer casar com você.

Violetta nada respondeu, apenas levantou da mesa, sem olhar na cara de seus pais, saiu da casa indo em direção à faculdade, durante todo o caminho Violetta não parou de pensar na proposta de León, ele queria se casar com ela, mas por quê? O que ele viu nela? Ela não se achava a Mulher mais bonita desse mundo, e León poderia ter todas, todas que ele quiser... Mas porque ela?

Violetta apenas percebeu que estava na faculdade ao ouvir barulhos de pessoas falando ao seu redor, e então foi à diretoria, tinha que fazer isso a sua família não poderia pagar as dividas e muito menos uma faculdade de engenharia... Após terminar todos os papeis, Violetta havia ficado triste, ela gostava de engenharia, ela então viu as horas, era cedo para ir ao seu restaurante favorito, para encontrar Ludmila...

Então decidiu dar um passeio no parque aquele lugar a acalmava, sentia que estava segura mesmo sendo apenas um parque...
Ao avistar o parque foi em direção ao lago, sentou então num banco e ficou ali a pensar...

Vargas

Mais uma vez León estava sentado admirando a Violetta, a Mulher que conquistou ele em poucas palavras, a Mulher que ele deseja com todas as suas forças... Enfim a mulher que ele ama...Mas será que ela aceitaria ser a sua esposa, seu coração gelava só de saber que ela poderia recusar, e ele ficar com a conciência pesada de tudo o que estava acontecendo...Será que ela aceitaria...Será

Castillo

Violetta estava perdida em seus pensamentos que nem percebeu a hora passar, estava atrasada fazia alguns minutos, em passos apresados foi em direção ao Restaurante mais famoso de sua cidade, assim que entrou já achou sua amiga, afinal aqueles cachos loiros não da pra esconder, andou até sua amiga em passos largos, ela queria tirar de si o peso de carregar aquilo sozinha.

Ludmila:Oi Vilu.

Violetta:Oi Lud

Ludmila:Violetta o que aconteceu você está com o rosto triste e parece que tem chorado o que foi amiga?

Violetta:Ludmila aconteceu tanta Coisa-Disse Violetta e então explicou tudo a sua amiga, desde a divida de seu pai até a parte do casamento, Sua amiga ouvia tudo direitinho...

German:Deixa eu ver se eu entendi, seu pai está com altas dividas e então León Vargas, quer pagar mas só se você casar com ele?

Violetta:Sim Ludmila isso ai.

Ludmila:Eu ainda não entendi o porquê de você estar tão preocupada

Violetta:Ludmila não quero casar por dinheiro.

Ludmila:Violetta, nesse caso não é por dinheiro, é pra salvar sua família, aposto que você quer ver todos bem não é?

Violetta:Bom isso é verdade, Mas...

Ludmila:Sem, mas Violetta, é o melhor a se fazer, pensa com carinho e não seja egoísta, não é apenas uma decisão sua, mas sim de toda sua família, pense com carinho tá?

Violetta:Ok Ludmila irei pensar, melhor... -Disse e assim comeram a comida que já estava na mesa fazia um tempo...
Ao terminar de comer Violetta se despediu de sua amiga e a mesma lhe ofereceu carona, mas ela recusou queria pensar e então fora andando sozinha para sua casa sentiu que alguém a seguia, porém deixou esse pensamento de lado e continuou caminhando até ver um carro preto parar perto de si, ela gelou sabia que se ela corre-se seria pior.

X:Entra no carro e quieta sem fazer barulho, senão vai ser pior. -Violetta apenas sentiu seu coração disparar, olhou e viu a porta de trás do carro ser aberta, entrou então no carro, sentia-se gelada, e seu coração estava acelerado,sua respiração estava ofegante, não sabia o que fazer gritar seria pior, correr não dava mais tempo, então apenas olhou para aqueles que estavam a sequestra-la, porém estavam com mascaras, não podendo ver os rostos.

Violetta:O que vocês querem?-Disse Violetta, quase que num sussurro, não tinha forças estava com medo do poderia acontecer.


Notas Finais


O q acharam?
Ñ esqueçam dos comentários
Bjs
Amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...