História The Curse Of Death - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 18
Palavras 1.462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


desculpa pelos menos erros de português

Capítulo 1 - Cap 1


Fanfic / Fanfiction The Curse Of Death - Capítulo 1 - Cap 1



narradora
Uma pequena menina recem-nascida , chorava tanto pedindo o colo de sua mãe mas a mulher nao queria ver a sua filha ... A mulher não aguentava escutar mas o choro da pequena que pedia atenção  , então para distrair  o bebe e deu um ursinho de pelucia  ate que escutar a porta do quarto se abrir .
homem- Elizabeth aonde estar a minha filha
Elizabeth- esta ali
O homem vai la ver a pequena , que estava  olhando o ursinho com curiosidade  e o homem riu
Elizabeth- André qual será o nome dela
André- Morgana * pegar a pequena* Morgana Raven  , gostou
Elizabeth- tanto faz
André- *suspirar* Elizabeth minha esposa , irei viajar por cau*interrompido*
Elizabeth- Eu sei o  seu clã precisa do seu lider *olhando para a janela*
Elizabeth era da clã  Grierson o terceiro clã são frio e durão mais de 120 anos , já o  Andre era de Lockhart o segundo Clã mas poderoso ,perigoso e sanguinerios de todos .
André- desculpe-me meu amor ,mas eu tenho que ir *beijo no testa de sua mulher* ate mais pequena* beijo na testa*
André sai do quarto para se encontrar com o resto de seu clã
Elizabeth- Minerva!!!!!!
Minerva- sim , senhora Elizabeth
Elizabeth- leve esta criança para bem longe de mim , some com ela
Minerva- mas senhora , ela presi*interrompida*
Elizabeth- EU NUNCA QUIS TER ESTA CRIANÇA ! E UMA PERCA DE TEMPO , EU TO SENDO OBRIGADA A FICAR COM O SEU LIDER! SUMA COM ELA ! EU A AMALDIÇOO  ELA NUNCA , JAMAIS SERÁ A MESMA DE SEMPRE ... Eu a amaldiçoo com a maldição  de Ellis a primeira mulher se enforcada a pena da morte
Minerva  pegar a criança com pena e vai ate a floresta  , a criança chorava muito querendo a sua  mãe  mas nao poderia ter ela . Então minerva leva a pequena perto do um Orfanato da cidade de Gween ,deixou-a na porta com um bilete e saiu correndo do local
Minerva volta para a casa  da senhora Elizabeth   e diz  que deixou a criança na floresta como a senhora havia mandado . Neste momento batem na porta  e ao atende-la estão para na porta as pessoas do clã do marido de elizabeth e avisam que ele tinha sido assasinato . Ela se entre olham chocadas com a noticia  , eles perguntam pela a criança  e elizabeth diz que a crinaça havia morria no parto ao dizer isso eles foram embora e ela retornou para seu clã  junto com a Minerva
___-- Anos de depois--___
Morgana tava em umcanto lendo um livro infantil , ate chegar duas meninas perto dela
Lili- Morgana , Morgana porque vc estar tão abandonada assim
Morgana- me deixe em paz lili , ja temos 8 anos e vc ainda quer me pertubar
Vivian- Mas e claro uma aberração como vc nao poderia estar aqui entre nos
Lili- Isso mesmo vivian , uma aberração nao poderia estar entre nos
Moragana-*fechar o livro* me deixem em paz
Lili- oh vai chorar , mas aberrações nao choram...
Vivian- eles sofrem * puxa uma mecha de cabelo de morgana*VAMOS! CHORE ABERRAÇÃO!
Lili-*emburrar morgana* vamos lhe dar uma lição , nunca ,jamais , fale com ninguem oque irar acontecer aqui
Morgana olha com medo , assustada  com  oque iria acontecer ali ... Ate ver um bando de mernino vindo para perto de Vivian e Lili com sorriso na cara  , Morgana ainda estava com medo  mas não queria expressar que estava então ficou quieta olhando para cada rosto
Lili- meninos ...
Vivian- Podem brincar
Ao escutar aquilo Morgana tentou correr mas um dos meninos pegou pelo pulso dela e a puxou para o chão
Menino1- *chutar a barriga* pensou que isso fugir
Menino2-*puxar o cabelo* coitada vai chorar
E assim foi , sendo espancado por 6 meninos  não podia fazer nada desde 4 anos vivendo aquilo no silencio sem ninguem perseber ou perguntar sobre oque estava acontecer ... Era assim a vida de morgana no Orfanato sofrendo por ser diferente dos outros , uma aberração.
Depois de me baterem tanto , ate tirar o sangue dela ela se levantou e foi para o banheiro tomou um banho de agua frio e chorando em silencio sem mais sem menos  ,so ela e a agua que escorria nela
Morgana- porque ... porque comigo
Morgana saiu do chuveiro e se olhou no espelho , não vendo uma ser humano e sim um monstro , pele palida ,  olheiras fundas  , corpo bem magro guase desnutrido e sorriu  vendo oque estava ali na sua frente em seus  plenos 8 anos vivendo aquilo... Colocou uma roupa e foi para o quarto que era compartilhados com as meninas de todo orfanato
_ no outro dia _
Dona do orfanato; bom dia crianças !
todos; bom dia senhora Ela
Ela- bem hoje , eu  quero todos arrumados  porque teremos visitas para quem vai ser adotado *abrir um sorriso* então depois de comeram seus café da manhã se arruma e vão ate o patio *Saindo do local*
todos estavam bem animados sobre isso , morgana nao pensava  em ser adotada ou coisa do tipo então ficou quieta ...
Algumas horas depois
todos estavam arrumados  ate Morgana e foram para o patio para serem " escolhidos" . Muitos estavam brincando , outros conversando ansiosos para sair dali . Mas morgana nao ligfava muito para isso então pegou um livro na biblioteca e ficou lendo ate sentir que estava sendo observada mas nao se importou e continuou lendo o livro de poesias de Agousto dos Anjos ... Ate que uma parte da poesia que chamou muito atenção
olitário
Como um fantasma que se refugia
Na solidão da natureza morta,
Por trás dos ermos túmulos, um dia,
Eu fui refugiar-me à tua porta!
Fazia frio e o frio que fazia
Não era esse que a carne nos contorta...
Cortava assim como em carniçaria
O aço das facas incisivas corta!
Mas tu não vieste ver minha Desgraça!
E eu saí, como quem tudo repele,
- Velho caixão a carregar destroços -
Levando apenas na tumba carcaça
O pergaminho singular da pele
E o chocalho fatídico dos ossos!
~Augusto dos Anjos~
lendo a poesia se virou , fechando o livro
Homem- oque uma pequena menina esta fazendo aqui sozinha
Morgana- so estou lendo senhor , so para me distrair
Homem- gosta de ler
Morgana- sim e o meu passa- tempo
Homem- nao quer ser minha filha
Morgana- mas senhor tem tantas crianças , porque justo eu
Homem- gosto de crianças assim , como vc
Morgana- como eu
Homem- sim , ah eu sou Erick Black
Morgana- sou Morgana só Morgana
Erick- Morgana , vc e uma criança unica . Não gosta de chamar atenção e*interrompido*
Morgana- por causa disso
Erick- não , digamos que eu vi uma coisa em vc que ninguem mais tem
Morgana- ... uma aberração ...*sussurando*
erick- dize alguma coisa
Morgana- nao
Erick- então vem vc será na minha familia Black
Morgana-*sorri*
Erick foi ate a dona Ela e assinou todos os papeis de adoção , Morgana pegou alguns livros que queria ler ou ja tinha lido ...Nunca pensou que seria adotada naquele lugar mas todos tenham um pouco de sorte ou esperança para isso acontecer
_ Na mansão black_
Morgana- e ... enorme
Ercik-*sorri* rsrs , ta assustada
Morgana- e diferente ... como nos livros
Erick- hunnn tendi ,vamos entrando então
Morgana- sim...
Ao entrar o mordomo deu boas vindas a morgana e Erick . O mordomo monstrou toda a mansão para Morgana quando o Ercik estava no escritorio trabalhando ate a morgana perguntar para o mordomo sobre o Ercik
Morgana- Senhor , o Senhor Ercik trabalha com oque
Mordomo- porque nao pergunte para ele , senhorita morgana
Morgana- nao quero trapalhar ele
Mordomo-*risadinha* bem entre isso para ele , e aproveita e pergunte* uma piscada para morgana* ele adoraria de ver *sorri*
Morgana-*pegar a xicara de chá * ok*sorri e sair do local*
Ao chegar no local bateu na porta e escutou um entre , e assim morgana fez
Morgana- Senhro erick
Erick- morgana!* ir ate ela* mas me chama de Senhor erick so tenho 22 anos sou novo ainda
Morgana-*da um risada* então como te devo chamar
Erick- de pai *sorri*
Morgana-ok papai!!
Erick-*corar* que fofa !!! *abraçar* amo minha filha
Morgana- rsrds ,mas papai oque vc trabalha( ops muito direta)
Ercik- hun , se eu contar uma historia vc iria acreditar
Morgana- hunnn depende
Ercik- então vem ca
Ercik sentou em sua potrona e pegou a morgana no colo  e começou a contar a historia
Ercik- No mundo existem criaturas de todos os tipos ... Criaturas magicas... Elas vivem por ai no mundo alguns estam escondidos outros estam vivendo como se nada importase . Mas no mundo magico existem clãs , familia de realezas , nobres e duques  e cade um e pior que o outro...


continua
 


Notas Finais


espero que tenha gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...