História The dancer - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ballet, Dance, Jikook, Mpreg, Namjin, Yonseok
Visualizações 221
Palavras 1.286
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eaiiii, mais um capítulo aiiiii!!! É isso ai galerinha, o treinzinho à vapor aki está à mil *tchu tchu moderfocars*, mas essa semana eu realmente vou ter que dar uma freiada (semana de testes e essas coisas, u know); vou pedir pra minha mãe tirar o meu celular pra eu conseguir estudar, pq tá foda kkkkk então... Basicamente essa vai ser a última atualização da semana xd.
Hj vou fazer o ENEM mais uma vez... 😭 me desejem sorte! 😁
Por favor, se curtiram a fic favoritem e digam o q acharam do capítulo! As opiniões de vcs sao mt importantes para a minha criatividade na hora de escrever! ❤
Vlw
Flw
Fui! 🖖

Capítulo 11 - Another Way to Solve The Problem


Fanfic / Fanfiction The dancer - Capítulo 11 - Another Way to Solve The Problem

Jungkook está completamente viciado em Jimin. Toda vez que vê o Park, não consegue controlar seus desejos por ele; o plano era só traçar o baixinho uma ou três vezes no máximo e depois pular fora, mas os planos da vida tomam outro rumo. Isso nunca havia acontecido consigo antes; nunca se viciou tanto por alguém como se viciou por Jimin.

Os dois sempre transam depois dos treinos da peça na própria sala ou na casinha dos fundos (onde ainda continuam a se encontrar uma vez por semana); acharam recentemente um sofá antigo lá, então os encontros não tem sido mais tão desconfortáveis assim.

Jungkook não consegue entender porque tem sido tão simpático e legal com Jimin; isso não é de sua natureza. Ele gosta do jeito do Jimin, acha fofo o jeito como o mesmo se irrita e se envergonha fácil consigo; adora ver as reações dele quando o provoca ou quando começa a chamá-lo de baixinho. Talvez... Jungkook esteja começando a gostar de Jimin... Como se fosse um bichinho de estimação fofinho. Certa vez pensou, enquanto refletia sobre o assunto.

Jimin realmente tentou juntar coragem durante todo esse tempo para falar para Jungkook sobre seu mascuventri... Mas realmente não teve coragem o suficiente para isso. Tantas pessoas já o rejeitaram simplesmente por causa desse órgão, e ele não quer mais uma decepção para a sua lista. Como o Park já está altamente viciado em Jungkook, e não consegue se livrar de jeito nenhum dele no momento, Jimin decidiu não contar do órgão para ele.

É só uma relação passageira... Eu e Jungkook não vamos ser ter um relacionamento no futuro mesmo... Jimin pensa, com uma pontinha de tristeza.


– Jungkookie... Posso te pedir um favor? – Jimin pergunta, levemente temeroso, enquanto descansa no peito nu de Jungkook, acariciando o peito do mesmo, após uma boa transa.

– Se não for o novo iphone, sim, pode. – ele diz, olhando de relance para Jimin e envolvendo o mesmo em um abraço pelo ombro. – Vai, pode falar, baixinho.

– Bem, é que... Eu quero começar a transar com camisinha...

– Quê!? – ele pergunta espantado. – Mas por quê!?

– Hm... Porque eu... Gosto...

– Hm... Eu acho que você tá mentindo... Ai, meu Deus! Não!

Fodeu... Jimin pensa, engolindo em seco.

– Você tem alguma DST!? – Jungkook pergunta alarmado.

Ai meu cu, que susto do caralho! Jimin pensa aliviado.

– O quê!? Não! Claro que não! – Jimin fala rindo. – Se eu tivesse eu não seria tão mal em te passar.

– Aham, sei... Tá, então por que você quer começar a transar com camisinha? Porque por gostar é que não é.

– Não, é sim! Kookie eu... Realmente acho muito excitante transar com camisinha... – Jimin mente com perfeição.

– Hm... Você acha mesmo?

– Sim, eu acho. Eu só tinha medo de te pedir antes porque geralmente os caras não gostam de transar com camisinha...

– É, eu realmente não gosto... ‘Pra falar a verdade eu odeio.

– Mas... Você ainda vai aceitar, não é? Por mim... – Jimin faz cara de pidão, deixando seu beiço ainda maior do que já é.

Merda! Essa cara não, Chimchim... Jungkook pensa, mordendo os lábios e resistindo ao máximo a vontade extrema de morder os lábios carnudos e rosados de Jimin.

– Hm... – Jungkook pondera um pouco. – Olha, ‘pra sua sorte essa nossa transa me deixou de muito bom humor, então sim, eu aceito esse acordo, mas, com uma condição.

– Qual?

– Vamos intercalar; uma transa com camisinha e outra sem... ‘Pra variar um pouco. Fechado?

Jimin suspira pesado; sabe muito bem que não existe negociação com Jungkook. O dentuço consegue ser ainda mais teimoso do que si (e olha que isso é uma proeza e tanto). Ele então estende a mão e aperta a de Jungkook.

– Fechado. – Jimin fala por fim.

Jungkook sorri malicioso e puxa com força Jimin para os seus braços, o colocando abaixo de si e atacando seus lábios com voracidade.

– Esse acordo só passa a valer a partir do próximo encontro, ok? – Jungkook fala entre os beijos.

– Ok... – Jimin responde levemente ofegante, puxando logo em seguida Jungkook pela nuca com um certo desespero, e atacando com agressividade seus lábios.

Jungkook sorri malicioso e sussurra ofegante:

– Eu gosto quando você tem atitude... – e agarra com força as coxas de Jimin, que arfa em resposta.


Jimin claramente não falou e nem vai falar nada para Hoseok; ele iria matar o mesmo se descobrisse que Jimin ainda continua se encontrando com Jungkook. Ele é péssimo em mentiras, mas fará de tudo para dar a sua melhor atuação.


– E então... – Hoseok fala, enquanto os dois almoçam na faculdade. – Como anda aquele seu “lance” com o garanhão misterioso?

– Não existe mais. – Jimin fala com a maior naturalidade do mundo, nem se quer olhando para a cara de Hoseok. – Terminei com ele semana passada.

– Você falou sobre... O mascuventri?

– Sim, falei. Ele não reagiu muito bem; era um babaca mesmo, nem sei porque me apaixonei por ele, acho que o meu dedo tá tão podre que já tá todo necrosado e quase caindo.

Os dois riem um pouco juntos, mas Hoseok volta a ficar sério:

– E... A reação dele foi muito ruim?

– Ah, mais ou menos. Quer dizer... Ele chutou a parede, me chamou de vários nomes e tudo mais, mas pelo menos não encostou um dedo em mim.

– Certo, certo... – Hoseok fala, suspirando em alívio, acreditando fielmente na história. – Que bom que você terminou com ele Chimie, eu já estava preocupado no que isso poderia levar.

Jimin odeia ter que mentir para Hoseok, o faz se sentir muito mal por isso, ainda mais que ele se sentiu aliviado pela história inventada; ele sabe que o amigo só está preocupado consigo e preza por seu bem, mas, ainda sim, Jimin não deixa de sentir uma pontinha de orgulho por sua tão natural atuação. Valeu à pena ter treinado o roteiro durante três horas com o espelho... Jimin pensa, com um pequeno sorriso triste.

– As apresentações da peça começam quando mesmo? – Hoseok pergunta, após um certo tempo em silêncio.

– Começam daqui um mês; iremos ficar duas semanas em cartaz pela Coreia, depois vamos passar três meses fora, fazendo tours pelo Japão, China, Tailândia e Hong Kong, depois voltamos para a Coreia e ficamos mais um mês em cartaz, mas daí só em Seul.

– Nossa! Awn... Eu vou sentir sua falta, Chimchim! – Hoseok fala triste enquanto faz beiço.

– Não fica assim, Hobi. – Jimin o abraça pelo ombro e o faz encostar a cabeça em seu ombro. – Prometo te trazer um chaveiro de todos os países que formos passar.

– Não, Jimin, que é isso! Você mal tem dinheiro ‘pra comprar sua comida, imagina então ‘pra chaveiro!

– Hobi, essa peça vai me pagar muito bem mesmo, e por eu ser um dos bailarinos principais da peça, eles vão me pagar antecipado; à principio vão depositar o dinheiro daqui à três semanas.

– Sério? Oh, que ótimo, Chimie! – Hoseok lhe dá soquinhos de alegria no ombro. – Mas nada daqueles chaveiros de metal caros, só te deixo comprar aqueles vagabundos de plástico, tá?

– Tá... – Jimin fala tedioso e Hoseok bagunça a cabeleira loira do amigo aleatoriamente. – Eu já falei ‘pra você não fazer isso em público, Hobi; faz o meu cabelo parecer uma galinha depenada. – ele fala brabinho, arrumando os fios bagunçados, enquanto Hoseok ri alto da reação do menor.

– É que te irritar é meu “hobby” favorito. – Hoseok fala e estala os dedos, rindo ainda mais com sua própria piada.

– Hobi, sério... Você não presta mesmo... – Jimin esfrega o rosto, rindo alto com a piada sem graça.

– Sim, porque eu “empresto”. – Hoseok estala os dedos novamente e continua a rir.

– Para, eu vou fazer xixi! Você sabe que eu tenho um fraco idiota por piadas ruins! – Jimin fala, jogando a cabeça para trás de tanto rir.


Notas Finais


Eai, galerinha, o q acharam? O Jungkook e o Jimin tão fofinhos juntos? Acharam que o Jimin fez certo em mentir para Hoseok? E esse tour ai, o q acham q vai rolar? Deixem nos comentários as suas opiniões! 😄
Até a próximaaaaa!
Bjokas ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...