1. Spirit Fanfics >
  2. The Dark City >
  3. O início de uma guerra part: 1

História The Dark City - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sem quere coloquei o nome do CEO da Orange como Rafael e u antigo amigo de Penélope tinha o mesmo nome foi mal mas eu já cudei disso.


Ps:a capa é so pra ilustra como são certos personagens que iram mais aparece.


Aproposito algumas fotos que ilustram algumas personagens são de um videogame chamado: girls Frontline, mas os personagens são de minha autoria

Capítulo 8 - O início de uma guerra part: 1


Fanfic / Fanfiction The Dark City - Capítulo 8 - O início de uma guerra part: 1

Penélope chegou em sua casa e Sarah estava no sofá assistido tevê, Penélope então foi até o sofá e surpreendeu Sarah com um abraço de urso 

"Mãe! Você saber que eu odeios conto você faz isso" Penélope então solta Sarah e se senta ao seu lado e diz:

"Por isso que eu quis te dar um abraço de urso, afinal você odeia isso" Penélope riu em um tom sarcástico, depois se levantou e disse: "bem agora eu vou tomar um banho e ir dormi, você pode ficar assistido tevê mas não é pra ficar acordada até de madrugada ok?!" Sarah apenas assentiu com a cabeça

Penélope então subiu as escadas e depois entrou dentro de seu quarto e foi tomar um banho. Depois de tomar banho Penélope deitou-se em sua cama e pegou seu celular para ver se tinha alguma nova notificação, Penélope então percebeu que tinha 3 novas mensagens de Christine e 2 do CEO da Orange.

    Christine 

Miga Por que tu saiu correndo do bar?! Eu io Rafa ficamos preucupados

Penélope tu não vai acreditar o rafa tava tão preocupado com vc quer bebeu tanto e acabou ficando bebado, até q foi engraçado kk

Sabe miga eu já deixei o Rafa na casa dele e vc não vai acreditar a casa dele é uma mansão vc precisa ver como é um dia, mas como ta tarde eu ja vou dormi  ate amanhã!

"Ah Christine, parece até que nunca nem cresceu...pelo visto o Viktor mandou duas mensagens vejamos..."

Viktor

Olá agente Penélope! Bem vc dever estar se perguntando como eu conseguir o seu número não é? Bem a Hannah mi deu os seu número, mas voltando ao assunto que eu queria falar é que aparti de amanhã a guerra começa! - oque?! - pensou Penélope.

Bem se vc estiver curiosa se quiser pode me contar, mas o motivo para essa guerra ser já amanhã é meio que a agente Rebecca estava em uma misão e por um momento de descontrole acabou sem quere "ferindo" (não foi um pequeno ferimento) o novo "rei" dos dogs e ele declarou guerra contra a orange, pelo menos a agente Rebecca está bem, mas melhor vc ir se preparando. Até amanhã

"Ah Rebecca impulsiva como sempre...mas pera aí eu vou ter de lutar em uma batalha de verdade?! Oh não!

*No dia seguinte: 5:30 AM*

Penélope já estava pronta para ir pra "guerra". Depois de arrumar a sua mochila com algumas armas, depois de já está na porta e pronta para sair Sarah saiu de seu quarto "mãe espere!" Disse Sarah tentando botar uma botar de soldado, depois de conseguir botar a bota Sarah ficou de frente para Penélope com uma arma nas suas costas, Penélope  botou suas mãos nos ombros de Sarah e disse com uma cara um pouco séria:

"Sarah você saber muito bem que não vai ser só uma simples guerrinha, vai ser uma guerra onde pessoas morreram, e eu estou preocupada que aconteça algo com você" Sarah retira um pouco bruscamente as mãos de Penélope de seus ombros e diz: "mãe eu não sou mais criança, eu posso muito bem mi virar sozinha, e também o tio (o daniel) mi ensinou vários golpes de auto defesa, então eu posso mi virar sozinha não precisa ficar preocupada" 

Penélope pegou seu telefone e mandou mensagem pra alguem e depois disse: "ok se você tá dizendo, então vamos se não o Viktor vai ficar uma fera" Penélope e Sarah entram dentro do carro e vão direto para a orange. Por sorte elas chegam a tempo, todos já estavam se preparando do lado de fora, Penélope e Sarah se juntam a todo mundo. 

Depois de um tempo Viktor chegou ao local e começou a fazer um discurso, Sarah e Penélope estavam prestando muita atenção "agora vamos dividir as seguintes duplas para cada divisão..." Viktor pegou uma listar e começou a dizer os nomes de cada agente "agente Penélope, e agente Daniel, vocês vão ficar com a divisão três" Penélope olhou para o Daniel que estava com aquela cara de psicopata - ele tá mesmo ansioso...afinal faz tempo que ele não sai em uma misão de ataque, ah Daniel não sei como você entrou na Orange - 

"Bem agentes pela primeira vez em trinta e cinco anos nos temos um agente junior participando dessa guerra com agente...e como não podemos deixar qualquer agente cuidando de um agente junior...agente Rebecca você ficara responsável por cuidar da agente junior Sarah!" Rebecca assentiu com a cabeça e olhou para Sarah por dois segundos e deu um leve sorriso e depois voltou a sua atenção para Viktor.

*2 hora depois* 

Depois de um tempo todo mundo havia chegado ao local marcado era uma velha fábrica de brinquedos. Depois de um tempo todos já estavam em suas posições, Sarah estava muito animada afinal era a primeira vez que ela vai participar de uma guerra, ela normalmente ficar só arquivando documentos, mas é claro que  naquela situação o melhor a se fazer é ficar calmo e concentrado.

Penélope estava junto do agente Daniel na divisão três que ficava do lado de fora atrás de alguns arbustos e árvores "Ah Daniel eu estou preocupada com a Sarah e se ela acabar..." Daniel com um olhar bem calmo, botou as mãos nos ombros de Penélope e disse: "não se preocupe mana ela vai ficar bem, eu ensinei vários golpes para ela, então ela vai ficar bem" "do jeito que você luta eu tenho certeza que a Sarah  só  não vai ficar bem como ela vai aniquilar os inimigos" disse Penélope com um sorriso sarcástico, Daniel apenas deu uma leve risada.

"Quarenta e cinco minutos se passaram e nenhum novo movimento" - É tão chato ter que ficar informado oque acontece toda hora - Penélope já estava com uma cara bem sonolenta, enconto o Daniel estava bem atento e informando oque acontecia. Depois de duas horas sem nada acontecer Penélope ouviu barulhos de tiro que tiraram ela do seu sonho...o Daniel estava dando várias facadas no rosto de um dog...e estava sorrindo que nem um doido

"Você é tão fraco! Te derrotei com um só golpe" ele então se virou e viu Penélope com um rosto meio que de tédio "Mana você viu, eu acabei com aquele dog com apenas alguns golpes!" Penélope olhou para Daniel com uma cara um pouco séria e entediada "ok Daniel, mas já que você já atacou não vai demora muito até o aniquilado ficar sabendo, então vamos!" 

Então eles dois entraram dentro do prédio abandonado, sempre que aparecia um dog Daniel o matava sem do alguma, chegava a nem deixar Penélope mata nenhum.

*ponto de vistar em terceira pessoa da Sarah*

Sarah e Rebecca acabaram de receber a ordem que podiam atacar, Sarah estava muito ansiosa, como seu tio havia lhe ensinado ela matava qualquer dog que aparecia sem do alguma. Depois de um tempo elas chegaram a uma sala Rebecca havia dito a Sarah para ela procura por algum dog lá dentro conto ela procurava em outra sala. Depois de um tempo procurando Sarah viu uma coisa estranha e foi observar mais perto...

Só que aquilo foi uma má ideia, por que um dog, mas não um dog comum era um dog de ranking especial, aquele dog capturou sarah e a levou para uma outra sala. Aquele dog que era uma garota que parecia ter a idade de Sarah, ela usava uma roupa de comandante das forças aéreas e botas enormes, ela então disse: 

"Saber você tem um cheiro incomum, não parece ser cheiro de humano parece mais...cheiro de dog...haha pela sua cara você não está acreditando, pois se você não fosse um dog, você não se importaria se eu pegasse o seu corpo emprestado, afinal se um dog toma emprestado um corpo de outro dog eles acabam morrendo, então..." Sarah não sabendo oque fazer apenas saiu correndo, mais infelizmente aquela garota usou uma corrente com lâminas em formato de foice que fizeram a Sarah cair no chão.

"Agora vamos ver se você é ou não uma dog, ou se você é um dos casos raros de dogs metade humano!"

Continua 

 

 


Notas Finais


Pera aí! Eu por acaso disse contos anos a Sarah tem?! Bem caso eu não tenha dito a Sarah tem 12 anos, e a sua mãe 35 (mais nova que a minha mãe)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...