História The dark days; - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Angst, Ansiedade, Depressão, Desabafos, Dor, Insônia, Solidão
Visualizações 6
Palavras 416
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Universo Alternativo
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Dias perfeitos; único


Fanfic / Fanfiction The dark days; - Capítulo 1 - Dias perfeitos; único

   Poder assistir ao pôr do sol 43 vezes seria minha definição de dia perfeito.

Isso mesmo, igual ao pequeno príncipe. Só sentar num banco, olhar para aquela bola vermelha de fogo enorme e não fazer nada além disso, apenas com girassois ao meu redor para me fazer companhia. E eu estaria inexoravelmente e estupidamente extasiada pelo resto da vida. 


Algumas pessoas acham que um dia perfeito seria ganhar na mega sena, outras acham que seria tirar um dia de folga do trabalho, mas o meu dia perfeito não parece em nada com isso. Ele tem haver com grandiosidade e saber enxergar nas pequenas coisas o sentido de viver. Ele tem haver com poesia, sonho, e tinta amarela. Nada mais importaria depois do meu dia perfeito porque eu poderia me gabar depois para as pessoas de que apesar de tudo uma vez meus lábios sorriram por 24 horas e minha alma se encantou pela eternidade. E as pessoas sorririam comigo porque conseguiriam ver também a felicidade através de mim. E eu estaria realizada porque esse seria meu grande feito.

Porém isso, como a maioria das coisas que eu almejo, não é real e não é possível. E mesmo que nosso mundo fosse tão pequeno que só coubesse uma pessoa nele ainda não seria possível, e mesmo que pudessemos ficar horas e horas sem precisar comer, nem dormir ainda não seria possível. Mesmo se todos os fatores biológicos, físicos e racionais permitissem ainda não seria possível. Porque elas nunca iriam embora. A insônia é uma megera intolerante, a solidão é uma amiga demasiada ciumenta, a ansiedade é deveras obsessiva e a depressão me quer toda pra si.

Um dia perfeito não seria possível com elas, e elas só me deixarão quando conseguirem tudo de mim. Sem pôres de sol, sem dias perfeitos. e é assim que concluo meu pensamento inicial: dias perfeitos são tão reais quanto contos de fadas, só existem em sonhos e devaneios de crianças.

A menos que em algum momento minhas inseparáveis amigas sejam condizentes, a menos que o mundo sorria e que minha alma se aqueça, a menos que o céu se parta em dois e o mar vire fogo, continuará devaneio.

E é assim que redijo uma breve carta, afim de que este pensamento se torne realidade,  mesmo sem pôres de sol, mesmo sem girassois, eu peço humildemente: 

Querida insônia, deixe-me tomar a liberdade como amante. Doce solidão, eu peço que me permita ter outros amigos, ansiedade por favor me proporcione plenitude, querida depressão não me devore viva. 


Notas Finais


eu não sei pq escrevi isso, eu só estava muito triste e pensando em como seria bom ter um dia onde eu não sentisse tanto. E ai eu pensei em "por lugares incríveis" que é um livro maravilhoso que fala sobre dias perfeitos, e pensei em "o pequeno príncipe" que é outro livro maravilhoso que fala sobre pôres do sol e flores, e pensei em Van Gogh e sua história com tinta amarela, juntei tudo e resultou nisso que vocês leram. Provavelmente vou apagar depois.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...