História The Dark Room - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Life Is Strange
Personagens Chloe Price, Kate Marsh, Mark Jefferson, Maxine Caulfield, Nathan Prescott, Victoria Chase, Warren Graham
Visualizações 33
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


capitulo com menos de 1 mês de espera ? tbm n sabia q era possivel

Capítulo 5 - Vortex Club


Max parou em frente ao espelho, ajeitando seu casaco vermelho. Ela sorriu ao ouvir uma batida na porta de seu quarto, se animando ao abri-la e ver Nathan a esperando. Era seu primeiro ano em Blackwell, sua primeira vez em uma das lendárias festas do Vortex Club. E a primeira sessão de fotos com Mark.

- Vamos ? Você vai amar a festa,- Nathan fechou a porta atrás de si assim que Max saiu do quarto.- e além do mais, tenho alguém que quero te apresentar.

- Me apresentando amigos já ? Tem certeza que eles vão gostar de mim, Nate ?- Max enfiou as mãos em seus bolsos, caminhando próxima a Nathan pelo campus.

- Eles vão te amar, Max. Não se preocupe.

 

A música era alta o suficiente para fazer o chão vibrar. Max continuou seguindo Nathan com animação, as luzes coloridas vindas da festa na piscina iluminavam a noite. Max não poderia estar mais excitada com essa festa e com seu primeiro trabalho com Mark Jefferson. Nathan abriu a porta da piscina, lançando ele e Max em um mundo de música alta, luzes coloridas e álcool.

- Vem, ela deve estar na área VIP. - Nathan pegou a mão de Max, a guiando pela multidão. Max respirou fundo, olhando em volta nervosa. Não tinha intimidade com nenhuma daquelas pessoas, muito menos com os membros do Vortex Club além de Nathan. Não poderia estragar tudo e pagar um mico.

O local era cercado por uma cortina preta, num canto mais isolado dos outros. Os irmãos pararam diante de uma garota sentada atrás de uma mesa, uma lista aberta em cima dela.

- Hey, Courtney.

- Nathan! Finalmente! - Courtney disse com um sorriso. Ela se virou para olhar para Max, e apontou para abertura entre as cortinas.- E você deve ser Max. Aproveite a festa.

Max deu um sorriso tímido para Courtney, seguindo seu irmão para dentro da área VIP. Nathan pegou duas garrafas de cerveja de uma mesa pelo caminho, caminhando até parar em frente a um sofá. Ele apontou com a cabeça para uma garota loira sentada no sofá.- Max, essa é Victoria.

- Oh, finalmente vou conhecer a famosa Victoria ?- Max pegou a garrafa que Nathan a ofereceu com um sorriso, seu rosto corando ao olhar para Victoria.

- Oh ? O que Nate anda falando mesmo ?- Victoria perguntou curiosa e sorrindo, chamando Max para se sentar ao seu lado.

- Nada demais, apenas alguns comentários sobre uma… linda e sexy loira, com cabelo curto e ótimo gosto para roupas.- Max tomou um gole da cerveja, se sentando ao lado de Victoria.

- Aproveitem a festa.- Nathan riu das duas garotas e as deixou de lado, saindo da área VIP.

- Hm, essas parecem mais com palavras de outras pessoas do que as the Nathan.- Victoria piscou para Max. - São opiniões muito interessantes.


 

- Max ? - A voz era distante. Distante demais para Max se importar. Victoria se ajeitou em seu colo, voltando a beijá-la. As mãos de Max subiram por suas costas por baixo da blusa, um sorriso se formando em seus lábios enquanto a beijava.

- Max ?!- Ela continuou ignorando, puxando Victoria para mais perto de si, colando seus corpos e tirando um suspiro da boca de Victoria.

- Max!- As duas garotas arregalaram os olhos assustada quando Nathan parou a frente delas.- Parem de se comer, preciso da sua ajuda.

- Te vejo amanhã. - Victoria sussurrou no ouvido de Max, a dando um último beijo antes de se afastar.

- Já?- Nathan disse rindo, vendo Victoria se afastando.


 

- Você pegou a Vacatoria na mesma noite que conheceu ela ?- Chloe riu, olhando surpresa para Max.- Wow Max, não sabia que era uma sedutora.

- Cala a boca, Chloe.- Max riu também, empurrando Chloe para o lado.

- Mas por quê vocês terminaram ?


 

Os pés de Max batiam no chão do corredor. Ela empurrou alguém que estava em seu caminho, sua mão agarrando o celular com força.

 

- Kate… foi drogada durante a última festa. - Max suspirou.

 

Raiva dominava seus pensamentos. Ela escancarou a porta do dormitório.

 

- Victoria a filmou beijando um monte de gente.

 

- Victoria!- Max abriu a porta do quarto de Victoria, a porta batendo na parede graças a força.

- Maxi ? O que houve ?- Victoria olhou assustada para Max, se levantando da sua cama.

 

- Eu não sou tão amiga da Kate, mas Victoria passou dos limites.

 

- Você enlouqueceu?!- Max empurrou Victoria para longe de si.

- Do que você tá falando ?!

Max levantou a mão, mostrando a tela de seu celular para Victoria. O vídeo de Kate estava pausado na tela, mostrando a garota beijando um cara desconhecido.

 

- Nós brigamos por isso.

 

- Um vídeo ? O que raios foi isso ?!- Victoria encarou o celular confusa.

- Um vídeo ?! Filmou Kate pegando pessoas e postou na internet! - O tom de Max subiu, seu rosto vermelho com ira.- Todos já viram!

- Oh é só um vídeo-

- Você passou do limite Victoria!- Max guardou o celular no bolso. Ela pegou as roupas que deixou no quarto de Victoria do dia anterior, as empilhando nos braços.- Tchau.

 

- Wow.- Chloe disse baixinho, olhando para o horizonte.

- É. - Max olhou para o lado, observando Chloe enquanto ela fumava. O término com Victoria havia sido súbito. Ela não sentia falta da garota, nem do que tinham. Simplesmente não se importava. Max sussurrou para si mesma.- Hipócrita.

- O que ?- Chloe virou para olhar para, arqueando as sobrancelhas.

- N-nada. - Max arregalou os olhos, desviando seu olhar do de Chloe.- Só… pensando alto.

Max seguiu Nathan para o estacionamento de Blackwell. Ela pegou um dos braços da garota e o passou por cima de seu ombro, ajudando seu irmão a carregá-la. O estacionamento era deserto, os únicos sinais de vida vindos da festa. Max abriu a porta do carro e Nathan colocou a garota no banco de trás, falando algo sobre levá-la ao hospital.

Ela se sentou no banco da frente e abriu o porta luvas, pegando um cigarro de um pacote e um isqueiro. Ela abriu a janela e acendeu o cigarro.

- Vamos ?- Nathan sorriu para Max, colocando a chave na ignição e dando partida no carro.

A viagem até o bunker foi longa, e milagrosamente a garota continuava dormindo. Max a apoiou em seu ombro, a carregando até a entrada do bunker enquanto Nathan abria a porta. Ela a deitou no sofá, sorrindo ao ver Mark os esperando, um álbum vermelho aberto em cima de sua mesa.

- Max! - Mark se aproximou de Max e a puxou em um abraço.- Pronta pra sua primeira sessão ?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...