História The Dark Side of Red - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Ezekiel, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Visualizações 26
Palavras 777
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá.
Omg, mais uma fi de twd.
Tenha misericórdia Lya haishaihs
Tenho mais duas no bloco de notas, duas que foram ideias de uma leitora, mas essa surgiu na minha cabecinha mesmo...
Arya: Sabrina carpeter (Na capa)
Dhouenne: Lilly Collins (Vai estar na próxima capa)

Capítulo 1 - Another problem


Fanfic / Fanfiction The Dark Side of Red - Capítulo 1 - Another problem

************************************
Descrição: Arya Campbell

Idade: 18

Signo: leão

Cor: vermelho (sangue)

Antes do apocalipse: estudante de Atlanta

Sabe usar armas: sim

Familia: Não sabe sua localização atualmente

Hobbes: correr de errantes

Atração: adrenalina

Cabelos: loiros

Olhos: azuis

Primeira pessoa a encontrar: Deanna

Ex namorado: Jorgie Samuels

Matéria: física

Odeia: ficar presa

Ama: Sangue 

Descrição: Dhouenne Campbell

Idade: 16

Signo: Sagitário

Cor: preto

Antes do apocalipse: estudante de Atlanta

Sabe usar armas: mais ou menos

Familia: Não sabe sua localização atualmente

Hobbes: comer

Atração: Animais selvagens

Cabelos: castanho claro

Olhos: castanhos

Primeira pessoa a encontrar: --

Ex namorado: Nicholas

Matéria: Matemática

Odeia: pessoas falsas

Ama: Corridas

****************************

POV Arya

Sou Arya Campbell. Tenho 18 anos. Antes de tudo isso eu era uma simples garota. Não tinha nada de especial.

Perdi minha família no apocalipse, só sobrou minha irmã. Dhouenne Campbell.

É simplesmente horrível, perder todos que você ama. Na maioria das vezes por erro seu.

...

Já cansada de correr de errantes, paramos colocando a mão no joelho tentando recuperar o fôlego. Logo entramos em uma lojinha de bijuterias.

Os errantes atraidos por nosso cheiro logo em seguida.

Empurrei Dhouenne para dentro de um quartinho, e corri até o balcão onde avistei uma arma.

Matei 2 errantes. Corri até o quarto, tranquei a porta.

-Você é louca.-Ri com as palavras de Dhou.

Todos nós somos. Principalmente agora.

Fizemos o máximo de silêncio, até os errantes passarem.

Demorou muito. Que chegou a anoitecer.

Saímos do quarto, fomos para fora da loja. Peguei um carro abandonado. Abri a porta jogando o corpo do errante ainda dormindo* no chão.

Dhou dirigiu até a floresta.

Parei no meio da estrada. Tampei as janelas com uns lençóis.

Iriamos passar a noite ali.

Abri un enlatado, e dei Para Dhou.

-Pode ficar.

-Você é mais nova. Precisa de mais energia.-Falei ela revirou os olhos comendo a metade e me dando a outra. Dei um beijo em sua testa

-Eu te amo. Não se esqueca disso.-Falei

Ela podia ser a mais nova. Mas não deixava de ser esperta e muito inteligente.

Caso nos perdêssemos, nos comunicavamos por um rádio.

No meio da noite, cuidadosamente arrastei o lençol para o lado e levei um susto.

Uma enorme horda de errantes estava passando. Fechei o lençol rapidamente.

-Ai meu..-Vejo Dhou falar, logo tampo sua boca fazendo um gesto de silêncio.

Não tinhamos chamado atenção.

Tentei acalmar Dhou. Não foi fácil.

Se os walkers nos visse, fim da linha.

Não tinhamos armas, nem comidas. Estavamos esgotadas.

Depois que vejo que a maioria da horda já passou,e Dhou adormeceu. Dormi um pouco também.

...

Acordo com uma luz da brecha aberta do lençol.

Quando olho pro lado não vejo Dhou.

Não vejo seu rádio.

Logo vejo uma carta.

"Não aguento mais morrer de fome. Nem correr de errantes enquanto podemos mata-los. Fui atrás de armas e comida. Não podemos viver assim. Agora é tudo ou nada Arya."

-Droga Dhou!-Falo logo ligando o rádio

-Sua filha duma... Olha, me diz onde você esta. Não precisa fazer isso sozinha. Dhouenne por favor!

Desligo o rádio encostando minha cabeça no mesmo.

Saio do carro, olho para trás, uma enorme horda novamente.

Peguei minha mochila e acabei deixando o rádio cair.

Não dava tempo. Corri o máximo que pude. Apenas corri.

Sai da estrada, e alguns walkers vieram em minha direção.

Corri até não ver mais nenhum atrás de mim.

Quando vi alguns muros altos. E ouvia risadas de lá de dentro.

-EI! ME DEIXE ENTRAR!-Gritei quando os portões se abriram.

POV Dhouenne

Andei andei. E acabei conseguindo pouquíssimas coisas.

Vi de longe uma espécie de casa. Entrei nela. Achei algumas latas de suprimentos. Quando vi um porão. Ao descer nele, me deparo com um errante. Bati sua cabeça na parede. E ele morre. Quando me deparo com um monte de armas.

Metralhadora, Ak... E outras super potentes. Arregalei os olhos rindo.

Peguei apenas um revólver. Era o que Arya me ensinou a usar.

Preciso encontrar Arya.

-Arya, você não vai acreditar.-Falo rindo

-Me encontre no carro.-Falo

e logo desligo o rádio.

Caminho até o carro. Quando vejo ele com a porta aberta.

Quando não vejo Arya. E o rádio dela estava no chão.

-Droga.-Peguei minha mochila e caminhei até a floresta.

POV Arya

Após conversar com a líder dali. Deanna. Ela me disponibilizou uma casa. Roupas e comida.

Mas eu teria que ajudar.

Não era só eu que tinha chegado. O tal Grupo do Rick também.

Conversei com Jassie. Era uma mulher super simpática.

Logo conheci Carl e Enid. E o chato Ron.

Minha irmã não saia da minha cabeça.

Passaram-se alguns dias.

Não aguentei. Sai de Alexandria e fui até o carro.

Quando vejo alguém me viro rapidamente.

-O que esta fazendo?

Aquele homem frio, Daryl Dixon.

Ele não iria me amedrontar.

-eu que te pergunto!-Falo

-Não pode pular os muros assim. Aqui fora é arriscado.-ele fala

-Eu não vou viver eternamente dento daqueles muros fingindo que unicórnios e fadas brincam aqui fora.-Falo

-Ninguém sai alem dos muros atoa. Você tem um motivo.-Ele fala

Reviro os olhos.

-Minha irmã... Ela está perdida aqui fora.

_Ela pode estar morta e você se arriscando aqui for...-Dei um tapa em sua cara

-Ela não esta morta!

Droga Arya. Você acabou de arranjar um problema...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...