História A Filha De Emmett Cullen - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alec, Alice Cullen, Aro Volturi, Bella Swan, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Demetri Volturi, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Felix, Heidi, Jasper Hale, Renesmee Cullen, Rosalie Hale
Tags Drama, Rebelde
Visualizações 53
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Saga
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei mas estou de volta. Boa leitura

Capítulo 19 - EU sou seu pai e cartas


Fanfic / Fanfiction A Filha De Emmett Cullen - Capítulo 19 - EU sou seu pai e cartas

Capitulo Anterior

 

O celular de Franco começa a tocar e alguém avisa para ele que ela está desaparecida, ela entra na casa e diz.

 

- Eu estou aqui vovô... como você Pode!... Isso É UMA MENTIRA! FALA PRA MIM QUE ISSO NÃO É VERDADE!

 

 

- Du – Franco

 

Eduarda olha pra todos e diz -  Eu conheço vocês, são o cullens né?

 

- Du - Franco se pronuncia

 

- É o que? Então me diz logo quem é o meu QUERIDO PAPAI! ANDA ME FALE É O DOUTOR?

 

- Calma Du – diz Pedro

 

- Calma uma Cacete! Até você, seu traidor safado.

 

- O Carlisle não é seu pai sua montrinha sou EU? – diz Emmett.

 

Eduarda arregala os olhos e diz – O QUE? COMO ASSIM? DERRRRRRI! AI QUE RAIVA, Francoooo COMO VOCÊ PÔDE FAZER ISSO COMIGO? FOI POR ISSO QUE ME TIROU DO GASTIGO, E DEXOU EU VIM PRA CÁ NÃO FOI?

 

- Du entenda, eles podem ajudar você, você corre perigo!

 

- O QUE? ELES NÃO PODEM ME AJUDAR! NÃO ACREDITO QUE VEIO PEDIR ESMOLA DE AJUDA PRA ELES! NÃO PRECISO DE AJUDA NENHUMA.

 

- Você tá PASSANDO DOS LIMITES PIRRALHA! – Grita Emmett

 

- PIRRALHA É O CACETE SEU PATETA IDIOTA-  Du pega um vaso de flores de vidro e joga em Emmett.

 

- EDUARDA COLUCCI CULLEN AGORA CHEGA! -  Disse Franco.

 

Eduarda para e diz -  Cullen?

 

- SIM -  Disse Franco -  VOCÊ É FILHA DO EMMETT CULLEN VOCÊ QUERENDO OU NÃO!

 

- NUNCA!

 

Eduarda tenta fugir mais Carlisle a segura bem forte

 

- ME SOLTA SEU DOUTOR FALSO.

 

-Agora sou seu avô querida -  diz Carlisle

 

- AI MEU DEUS! TA TUDO RODANDO - E desmaia

 

- Temos que  leva-la ao hospital urgente – diz Carlisle

 

- Peço mil desculpas a todos você, ela é uma boa menina, o tá com vários problemas.

 

- Nós entendemos Franco, vamos cuidar dela, ela é nossa família agora -  disse Esme

 

 

- Nossa! Ela é brava em? mas gostei dela, vocês viram ela jogando o vazo no tio Emmett? – Disse Renesmee

 

- Sim nessie, agora vamos para casa, já deu por hoje, boa noite gente -  disse Bella

 

Carlisle , Esme, e Franco foram para o hospital leva-la novamente, Pedro e Isa foram para casa, Edward e Bella foram para casa, Roselie e Emmett ficaram em casa.

 

 

 

No hospital...

 

Carlisle chega correndo com Eduarda nos braços, e grita pedindo uma maca para ela. Ela é colocada nos aparelhos em que tirou, em seu quarto. Foi medicada e dormia calmamente.

 

Rosálie convence Emmett a ir para o hospital, ele vão juntos e chegando lá ficam aguardando como Esme e Franco.

 

 

 

                                    [...]

 

 

 

Volterra Italia

 

No castelo do clã volturi, na sala do trono, Aro fez uma reunião.

 

- Meus caros, eu vos convoquei aqui, por um grande motivo.

- É uma guerra? – Pergunta Caius

 

- Ainda não sei meu caro irmão.

 

- Como assim? – pergunta Carlos

 

- Nosso querido Alec meio que descobriu certa humana, e me contou sobre ela.

 

- Hum ta virando Edward Cullen agora Alex – disse Demetri com sarcasmo.

 

Alec logo deu-lhe um olhar mortal – Calma Alex foi uma brincadeira de irmão -  disse Demetri

 

- Bom, eu mandei nosso querido Felix pesquisar sobre ela, já eu Alex a caçava mais acabou salvando pois tinha um certo vampiro atrás dela, eu vi ele e o reconheci.

 

Voltando pela pesquisa de Felix ela é Neta de Franco Colucci um velho amigo nosso, ele tinha uma filha que nasceu humana  e nós demos um prazo de 18 anos para ele a transforma-la, recebi uma notícia que ela havia morrido, e agora ele tem uma neta, não sabia da existência dela até esse tempo, pelo o que percebi ela uma não é uma humana qualquer, e tem vampiros atrás dela, o motivo eu não faço ideia, mais se tem é por que ela é interessante a algum ponto.

 

O homem que eu reconheci é Draco Malfoy. Do Clã Malfoy.

 

- O Maldito Malfoy? – diz Caius

 

- Sim meu caro irmão, o que temos que descobrir é o porquê ele está atrás de Eduarda Colucci, e por que Franco não me disse nada sobre ela.

 

- Faz Tempo que eu não vejo aquele maurissinho  do  Franco Colucci -  diz Calos

 

- Você quer dizer Trapaceiro -  caius

 

 

- Vou mandar uma carta para ele, quando a resposta dele chegar, enviarei Felix, Jane e Demetri, talvez Alex possa ir, é só isso.

 

Todos se retiraram e ficaram somente os irmão – o quê que  Draco Malfoy está aprontando ? Aquele perdedor.

 

 

- Será que ele quer se vingar? -  Carlos

 

- Creio que sim irmão, enquanto isso, temos que esperar a resposta de Franco, e se ela for importante e Malfoy querer uma guerra e ele querer usa-la contra nós, nós temos que pega-la primeiro e formar um laço com ela.

 

 

- Que tipo de laço? – CAIUS

 

- Aguarde irmão.

 

 

                                          [...]

 

 

 

No Hospital

 

Na sala de espera o celular de Franco começa a tocar e ele pede licença e vai atender.

 

- Alô?

 

- Sou eu Alma, eu soube de Eduarda e estou super mega preocupda  com ela e você NEM PARA ME AVISAR NÉ!?

 

- Calma Senhora Rey, eu e a ligar sim.

 

- No dia de seu nunca, e eu já lhe disse que senhora está no seu.

 

- Affs ela ta bem, já foi medicada não precisa se preocupar e nem vim.

- Credo colucci, eu já estou em forks, estou em indo para o hospital, depois que eu me arrumar TCHAU.

 

 

- desligou na minha cara – disse com cara de não tô acreditando.

 

 

Franco volta para sala e ao chegar la, recebe um buquê de rosas vermelhas e um envelope, no buquê tem um cartão, escrito.

 

Soube que ela adora rosas vermelhas... Quero-a.

- D M

 

Franco ler em voz alta e todos ficou meio preocupado, Franco pega o envelope e tá escrito Clã Volturi.

 

- O clã volturi sabe sobre ela -  disse Franco

 

- Como assim? -  disse Rosálie

Franco mostrou o envelope escrito Clã Volturi – Ler – disse Esme.

 

Franco pega uma linda carta branca com uma perfeita ortografia e ler

 

Meu caro amigo Franco Colucci, um de meus integrantes salvou sua neta, a qual que eu nunca soube que existia, fiquei decepcionado por não saber sobre sua neta Eduarda por você, sei que Malfoy está atrás dela , não sei por qual razão, como sou dono da lei, você é obrigado a apresenta-la e se explicar-se, não vejo a hora de nos ver novamente, quero sua resposta por escrita ou até mesmo pessoalmente, você tem uma semana.

 

Atenciosamente Aro Volturi

 

 

 

 

 

- E a gora Carlisle? -  pergunta Esme

 

- você é amigo desse clã Franco? – pergunta carlisle

 

- Sim, a muito tempo, tivemos tratos alguns anos, mais não disse sobre ela.

 

 

- O melhor a se fazer é mandar  a carta para ele, explicando tudo.

 

 

 

 

Continua?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...