História The Daughter Of The Dealer - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Jikook, Namjin, Policial, Suga, Taegi, Vkook, Yoonmin
Visualizações 7
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura❤

Capítulo 11 - Nervosismo


        [ Min Yoongi on ]

Sai da casa de Lírio e sentei em minha moto. Olhei em direção a casa me questionando... Será que ela sente o mesmo por mim? Eu tinha que me concentrar em meu verdadeiro objetivo. Perde mais o controle agente Yoongi! Balancei a cabeça negativamente e dei partida na moto. Eu sentia o vento batendo direto em minha pele, enquanto penso naquelas bochechas rosas e os olhos levemente arregalados. Eu não impedi ela de continuar e imagino que ela não tinha consciência do que provocava em mim. Qualquer outra teria se aproveitado, mas Lírio não, ela não tem essas intenções. O que mais me intriga é sua inocência, por ser filha de um traficante pensei que não seria assim tão fofa e tímida. Sai de meus devaneios reparando uma coisa importante... Eu esqueci minha camiseta!

Parabéns agente Yoongi agora como vai explicar aos outros no trabalho o motivo de estar assim? Seria algo como "Ta quente aqui né?!" ou então "Eu queria exibir meu tanquinho definido e essa suprema e milagrosa pele branca!". Será que se eu roubasse uma roupa seria antiético? Claro que seria seu cretino! Um agente roubando?! Parei em um posto de gasolina e reparei estar sentado em cima de uma camisa xadrez vinho e uma jaqueta jeans clara toda desfiada. Pera aí! Essa roupa é do Jimin! Ah quer saber? Vou colocar ela mesmo! Coloquei a roupa soltando os botões da manga ficou perfeita em mim, acho que para o Jiminie fica grande. Pensa Yoongi! Como vai explicar aos outros que está com a roupa do Jimin? Não conseguia pensar e nem tive tempo.

Um carro cheio de pessoas passou por mim em alta velocidade.

-Gostosooo!- grita alguém de dentro do carro.

Parecia ser um garoto? Deve ter me visto sem camisa e como hoje é sábado deve estar bêbado. Para aí! Sábado?! Eu não preciso ir para o trabalho hoje e eu auí todo ansioso! Entrei em uma padaria, coprei um expresso duplo pra viagem e uns bolinhos. Voltei pra moto e fui até o centro da cidade estacionei em frente ao correio. Eu havia mandado uma mensagem ao Jimin dizendo que tinha que ir a Daegu, ele falou que me esperaria pra o almoço. Eram 6:20 agora, se eu fosse a Daegu pegar minhas coisas e depois passar no correio chegaria bem  cima da hora ou eu poderia voltar a casa de Lírio pegar minhas coisas e depois voltar pra casa... Quer saber? Acho melhor não ver Lírio mais hoje. Terminei de tomar meu café e dei partida em direção a Daegu, depois passaria no correio e voltaria pra casa.


                     ( ... )

Já são 12:30 e ainda estou preso na fila do correio! Estava mais do que atrasado e então recebi uma mensagem do Jimin que eles iriam no supermercado, fiquei mais tranquilo mas durou pouco porque vi Lírio entrando com a senhora Milla. Tente disfarçar Yoongi! Logo Lírio e aproximou e... Abraçou o cara que estava a minha frente!

-Oi princesa! Trouxe o que seu pai pediu pra me entregar?- diz o cara na minha frente.

-Trouxe sim...- diz Nari mexendo na bolsa- Toma!- diz entregando um envelope.

-Obrigado! Vai retirar seu pacote senhora Milla?- questiona o cara.

-Sim Jake!- diz Milla sorrindo.

-Com licença! Será que elas poderiam tomar meu lugar na fila?- questiona Jake me olhando.

Lírio olhou pra mim e Milla fez o mesmo, sorri de canto me voltando para Jake.

-Claro! Podemos retirar os pacotes juntos, se quiserem!

-Tudo bem! Então já vou indo, tchau Nari, senhora Milla e o senhor?

-Pode me chamar de Min, Min Yoongi!- me senti o James Bonde falando assim.

-Ok senhor Min! Adeus!- diz Jake e sai.

Quem será esse cara? O que tinha naquele envelope? Fui tirado de meus devaneios por um tapa... A senhora Milla me deu um tapa na cara na frente de todo mundo!

-Isso é pra aprender não mexer com minha florzinha!- grita Milla.

-Mas que porra é essa! Eu não fiz nada nesse caralho!- grito irritado.

-Não precisa falar assim Yoongi!- diz Nari se colocando entre nós dois.

-Como não precisa Kim Nari?! Nem minha mãe me bate!- digo ainda irritado.

-Nos perdoe senhor Min Yoongi! Pode deixar não iremos incomodar mais!- diz Nari irritada e puxa a Milla para fora do correio.

-Aishi!- digo assim que percebo que elas deixaram o pacote da Milla para trás.

Peguei meu pacote e guardei na mochila, peguei o pacote delas e sai na esperança de no mínimo poder entregar o pacote de volta. Vi elas entrando do carro e indo embora, peguei minha moto e fui para casa da Lírio. Depois de tudo o que aconteceu não quero mais ter problemas com Milla, por isso e para o próprio bem de Nari vou me afastar dela, devolverei o pacote e pagarei minhas coisas, depois disso... Não vou voltar a ver Nari, já chega!

Cheguei na casa de Nari e toquei a  campainha, logo a porta foi aberta e eu ouvi a seguinte pergunta:

-O que quer aqui Yoongi?- questiona Nari com frieza.

Entrei e coloquei o pacote no sofá.

-Vim buscar minhas coisas e deixar o pacote da Milla!

Logo Nari me devolveu minhas roupas, tirei a jaqueta e a camisa xadrez que usava, ignorando o olhar de Nari sobre mim. Coloquei minha camiseta de volta e coloquei a camisa xadrez e minha jaqueta por cima, peguei minha mochila e a jaqueta do Jimin, verifiquei para ver se não tinha esquecido nada e graças a Deus minha calça continuava em seu devido lugar, no meu corpo.

-Muito obrigado senhorita Kim! Prometonão incomodar mais!- digo e me curvo antes de sair da casa.

Peguei minha moto e fui direto para casa, só queria descansar um pouco e esquecer o que aconteceu.


                     ( ... )

-Tá nervoso Yoongi?- escutei a voz do  Taehyung enquanto guardava as coisas do Jimin no armário.

-Isso te interessa?!Não devia estar no supermercado com os outros? -questiono o encarando.

Taehyung se aproximou de mim e colocou as mãos nos bolsos da calça, sorrindo de canto e disse:

-Eu não sou o único que não foi ao supermercado... Jimin e Jungkook não estão lá, então resolvi esperara você chegar! Só me pergunto... O que os dois estão fazendo?

-Eu sei que Jimin e Jungkook transam!

-Como assim sabe?! E ainda continua com Jimin!

-NossaTaehyung! Pensei que já tivesse descobrido as verdades dessa casa!- digo e balanço a cabeça negativamente.

-Que verdades?! -questiona Taehyung e me faz rir soprado.

         [ Min Yoongi off ]


Notas Finais


Obrigado por lerem❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...