História The demons inside us - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores, cá estou eu para mais uma capitulo de novo.
PREPARADOS?
.
.
.

Capítulo 10 - A festa pt 3


Álice on

Estava tudo indo bem, as pessoas estavam gostando da festa, a Andy estava feliz com todos ao lado, e estamos todos na pista de dança curtindo uma música qualquer de kpop:

Yoongi- Parabéns Álice e sua festa está sendo um sucesso- ele dizia enquanto bebia a sua bebida.

Jungkook- Da Álice não, nós organizamos tudo juntos logo o crédito não é só dela- falava essse que também estava com uma bebida na mão.

Taehyung- Concordo- esse já estava quase caindo, bem oque já era bem visível é que todos já beberam um pouco,bem, e o Tae um pouco mais.

Andrya- Cadê a Ágatha? -falou procurando em volta.

Álice- Deve ter saído para respirar um pouco- eu sabia que ela não teria ido muito longe.

Andrya- Gente vou pegar um drink já volto.

JungKook- Andy?- ela olha na direção dele- Não bebi muito, é a sua primeira vez e é sempre pior se você beber de mais.

- É!!! - todos falam juntos.

Andrya- Ok, ok! Vou me comporta gente eu hein- ela saiu parecendo irritada.

Eu sabia que Andrya era o uma boa garota, já eu, já estava acostumada com esse tipo de festa com bebidas nada disso era novo para mim e espero que ela se acostume.

Ágatha on

A algum tempo eu vim morar na Coreia, vim para cá a mando dos meus pais que sempre querem o melhor para mim e acharam que seria melhor eu estudar no meu país de origem, não que eu não gostasse da Inglaterra mas, confesso que acho a Coreia bem mais divertida.

Quando cheguei a pessoa que foi mais amigável comigo por incrível que pareça, foi a Allany eu não compreendia porque ela sempre fala mal da Aly e depois de um tempo fui me aproximando da Aly, queria tirar as minhas próprias conclusões sobre o grupo deles e eu fui muito bem recebida tanto que nós viramos amigas.

Nesse meio tempo que eu fiquei entre os dois grupos também fiquei muito próxima da Allany, acho que próxima até de mais.

Flashback de 1 anos atrás on

A professora tinha marcado um trabalho de escola em grupo e até que eu gosto de fazer em grupo mais as vezes acho que dá muito trabalho, principalmente quando você precisa ir na casa da sua amiga enquanto está caindo um temporal, Álice voltou para o quarto com o celular em mãos e os cadernos:

Allany- Eles não vem- diz se sentando na cama junto comigo- disseram que a mãe deles ficou com medo deles saírem nessa chuva.

Ágatha- Parece que temos muito coisa a fazer então, vamos começar?- disse pegando o notbook.

Allany- Hurum... - eu não tinha certeza mais de alguma forma Allany me encarava a todo segundo.

O trabalho continuava e eu ia explicando e anotando mas, ela não prestava a menor atenção e eu sabia porque e já desconfiava disso a tempos, eu estava ficando nervosa de mais e eu não sabia o que fazer então resolvi tomar uma atitude.

Ágatha- Allany, por favor- parei de escrever e olhei para ela.

Allany- Que foi?!?! - ela se fazia de desentendida.

Ágatha- Não tem como eu me concentrar com você me encarando desse jeito- me levanto e começo a recolher minhas coisas.

Allany- Onde você vai?

Ágatha- Eu vou embora!- disse um pouco irritada.

Allany- Você não vai! - pegou em meu braço com certa força e me virou para ela- Olha eu juro que tentei.

Ela ia se aproximando mais de mim eu estava muito nervosa e tremia um pouco e quando ela já estava tão próxima que podia sentir sua respiração, ela juntou nossos lábios em um leve selar e depois foi intensificando o beijo a medida que eu não fazia nada e nem reagia, eu não conseguia dizer nada e nem fazer nada por mais que eu tentasse a empurrar eu gostava daquilo eu queria que ela continuasse e quando ela separou nossos lábios dando ar novamente ao meu pulmão eu pode ver o que tinha acontecido e sem pensar duas vezes juntei minhas coisas e saí correndo assustada com tudo que tinha acontecido e Allany só sorriu e me deixou ir.

Flashback de 1 ano atrás off

Eu não podia acreditar e eu nunca realmente aceitei isso, naquela noite lembro que cheguei em casa chorando e não contei o porque para a minha mãe, mas eu sabia, sabia que o meu primeiro beijo tinha sido com uma garota e eu me achava a garota mais anormal do mundo por isso,então guardei isso só comigo, nunca contei a ninguém e nem pretendo.

Eu fiquei meio assustada depois desse acontecimento e não sabia oque fazer e resolvi ficar com o grupo da Álice e eu sempre achei que fiz a escolha certa, mas, sempre que vejo Allany fico nervosa e não consigo pensar direito por isso, hoje quando a vi na festa tratei de sair para tomar um ar e olhar as coisas e encontrei um corredor onde tem uma janela, era um lugar calmo e eu podia ver as pessoas lá fora e por um tempo me entreter com isso.

Allany on

Eu curtia a festa sim mas, precisava ir atrás da pessoa que realmente me interessa nessa festa, hoje quando ela me viu notei que ela sumiu rapidamente e ela sempre faz isso e eu estou cansada de brincar de pique-se-esconde então me afastei dos meus amigos e já nem encontrava mais o meu namorado que parecia estar atrás de uma garota aleatória, eu já havia procurado em todo lugar e faltava pouco para eu colocar um cartaz de procura.

Então resolvo achar um banheiro para poder checar me visual e enquanto eu caminhava por um dos corredores vazios e quase silenciosos notei a presença de alguém e era a pessoa que eu tanto procurei, me aproximei lentamente a observando e vendo como estava bonita, quando cheguei perto dela o suficiente e vi que a mesma estava tão concentrada que nem notou minha aproximação, eu sopro seu pescoço de uma maneira delicada e ela se arrepia e toma um susto.

Ágatha- Allany, você nã... - coloquei um dos dedos na boca pedindo silêncio a interrompendo de falar.

Allany- Procurei você durante muito tempo, pare de fugir de mim- notei o quando ela estava nervosa- Relaxa vai... - beijei seu pescoço a confortando.

Me aproximo dela e tomo seus lábios com um beijo a colocando com contra parede prendendo ela com os meus braços impedindo que ela fosse embora como das outras vezes, e eu sabia que essa noite não a deixaria fugir e eu não poderia nem se quisesse já que ela correspondia bem e isso só me deixava com mais desejo...


Notas Finais


E ai oq acharam?
Vejo vcs na próxima att, bjss no coração❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...