História The destiny (imagine Min Yoongi) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Imagine, Imagine Suga, Min Yoongi, Suga
Visualizações 114
Palavras 1.130
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem 💞

Capítulo 2 - Rebeca


Fanfic / Fanfiction The destiny (imagine Min Yoongi) - Capítulo 2 - Rebeca

Yoongi on:

Quando acordei, os garotos já estavam a mesa tomando café. Eu fui o último a acordar, como de costume. A garota não estava na cozinha. Todos eles estavam arrumados, como se fossem sair.

JM — Poha, até que enfim a bela adormecida acordou!

Simplesmente olhei comum olhar do tipo "sério isso?!" pra ele.

JK — JÁ SEI! Por que Suga-hyung não fica?? Eu não quero ficar!

Yg — Do que vocês estão falando?

Jin — Nós queríamos sair pra comprar algumas coisas para garota mas o Kookie não tá colaborando.

JK — Eu quero ir! Não quero ficar! Nem sei o que fazer quando ela acordar!

Yg — Tá, eu fico!

JK — Fica mesmo???

Yg — Fico. Não tô afim de sair a essa hora da manhã.

Logo nós terminamos o café e eles saíram. Terminei de arrumar as coisas na cozinha, deixei algumas coisas arrumadas para quando a garota acordasse e fui para a sala olhar qualquer coisa que passasse na TV. 

Nada de interessante se passava. Eu estava ancioso para quando a garota acordasse. Eu não sei o que eu fazerei ou como ela reagirá. Fui tirado dos meus pensamentos por uma voz feminina meio desnorteada, podemos se dizer.

××× — Tem alguém aqui?

Era uma voz doce e um pouco confusa. Me virei para trás vendo uma garota muito bonita. Ela não era coreana, tinha cabelos pretos meio cacheados nas pontas. Estavam um pouco bagunçados. Ela usava uma camisa vermelha que ia até perto de seus joelhos. Eu conhecia aquela camisa, era minha.

Rebeca on:

Assim que acordei não reconheci o lugar onde estava. Era um quarto grande e bonito. Parecia de um garoto. Tinha algumas paredes escuras e móveis brancos e bonitos. Nunca havia visto aquele local antes tentei me sentar na cama mas não conseguia, minha barriga, no lugar onde havia sido esfaqueada, doía muito. O corte que ontem sangrara muito, estava coberto com um curativo.

Demorei um pouco até conseguir levantar. Fui em direção a porta do quarto para sair. Assim que abri notei um corredor. Um corredor com várias portas. Me perguntava se todas eram quartos. A casa estava silenciosa, mal se ouvia um barulho parecido com uma televisão. Fui em direção de uma escadaria e desci com um pouco de dificuldade. Segui em direção de onde vinha o barulho de televisão. Não havia visto ninguém.

Rebeca — Tem alguém aqui? - perguntei em seguida vendo um garoto que surgiu do sofá. Ele era realmente lindo. Tinha traços doces mas ao mesmo tempo... masculinos e um cabelo preto. Ele é lindo!

××× — você! Como você está??? Está com dor? 

Rebeca — Eu tô bem e minha barriga ainda dói um pouco. Quem é você?

××× — Você não me conhece?

Rebeca — Pra ser sincera, não.

Yg — Bem... Me chamo Min Yoongi, mas você pode me chamar de Suga.

Rebeca — Me chamo Rebeca.

Yg —  Você deve estar com fome! Vamos pra cozinha, lá a gente pode conversar melhor!

Segui Suga até a cozinha, tinha algumas coisas (na verdade muitas), sobre a mesa. Confesso que fiquei um pouco surpresa.

Rebeca — Nossa! Tudo isso pra mim? Eu pareço comer tanto assim?

Yg — Bem, não sabia do que você gostava e nem se tinha comido ontem antes de... Você sabe. Então resolvi arrumar assim.

Ele fez um pequeno sinal para mim com a mão, me pedindo para me sentar em uma cadeira a sua frente.

Ele foi até um armário e pegou uma caneca.

Yg — Você prefere café puro ou com leite?

Rebeca — pode ser com leite.

Ele pegou uma caixa de leite é um pouco de café que havia em uma jarra que ficava na cafeteira. Era uma casa realmente grande e luxuosa!

Ele colocou a caneca no microondas e colocou um minuto. Logo se sentou em uma cadeira a minha frente na mesa.

Yg — Então, você se sente bem, para falar sobre ontem?

Rebeca — Não sei se é uma boa... A história é um tanto longa e... Enfim...

Yg — Entendo. Os garotos foram comprar algumas coisas pra você. Acho que eles podem demorar um pouco pra chegar.

Rebeca — Garotos???

Yg — É... Sabe os outros seis que moram aqui...

Rebeca — seis???

Yg — É seis. Mas fica tranquila eles são super de boa. Eles também se preocuparam bastante com você ontem.

Rebeca — Não é todo dia que se encontra uma garota esfaqueada na rua porque tava fugindo do... - parei para pensar no que estava falando - Deixa pra lá!

Yg — Verdade. Not Today! - ele sorriu como se tivesse feito um trocadilho, talvez ele tenha feito, mas a desenformada aqui não entendeu.

Fiquei com uma expressão neutra.

Yg — Deixa quieto, você não nos conhece!

Derrepente ouvimos barulhos na porta de entrada.

×××¹ — VOLTAMOS!!!

Yg — BERRA MAIS ALTO, INFERNO! - ele berrou de volta - desculpa. - falou para mim. 

Rebeca — De boa!

Me notei apreensiva por ser apresentada a seis rapazes a quais nem sei idade.  

Um rapaz com cabelos castanhos entrou na cozinha.

××ײ — A garota já aco... Oh, Oi - disse meio sem jeito. - Eu sou o Jin! Eu sou...  - o mesmo foi enterrompido.

××׳ — HYUNG VEM CÁAA! PRECISAMOS DE AJUDA PRA DESCARREGAR O CARRO! POR FAVOR!

Jin — Vai lá Suga!

Yg — Eu??

Jin — Você mesmo, vai lá!

××׳ — HYUUUNG

Yg — TA INDO DISGRAÇA!!!

Yoongi saiu da cozinha deixando-me sozinha com Jin.

Jin — Como você se chama?

Rebeca — Rebeca.

Jin — okay, Rebeca! Eu sei que é estranho tudo isso pra você, mas quero que saiba que você é bem vinda aqui, independente do que aconteceu ou que poderá acontecer. Sinta-se em casa!

Senti por um estante meus olhos encherem d'água. Faz muito tempo que eu não escuto uma palavra amiga.

Rebeca — Obrigada, Jin!

Jin — Agora, se você quiser pode tomar um banho e todos nós podemos tirar a tarde para conversarmos.

Rebeca — Okay.

Jin — pode tomar banho no último quarto a direita. Suas roupas possívelmente estão no quarto que você estava antes.

Acenti com a cabeça e sai. Segui em direção ao quarto de mais cedo. Encontrei várias sacolas em cima da cama. Tinham vários tipos de roupas. Tinham vestidos rosas, era a maioria. Tudo rosa ou em cores bebês. Não faz muito meu estilo mas não tenho do que reclamar! Eles salvaram minha vida! Peguei um vestido em uma das sacolas, um conjunto de sutiã e calcinha e segui para o banheiro no último quarto. 

Cheguei ao banheiro me despi, ao me ver no espelho que havia ali, pude notar as marcas roxas e algumas marcas de cortes que haviam ficado em meu corpo. Entrei no chuveiro, a água morna relaxava meu corpo. Tirei o curativo do corte, pude ver que ele não era profundo. Graças a Deus! Comecei a lavar o cabelo e etc.

Sai do banho e coloquei o vestido em seguida arrumando meu cabelo. Me encarei no espelho uma última vez antes de descer e conversar com os sete e descobrir quem eles são.


Notas Finais


Pretendo postar o próximo amanhã 💕
Não esqueçam de beber água >.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...