1. Spirit Fanfics >
  2. The Disappearance Of Yoongi (jikook) >
  3. Prólogo

História The Disappearance Of Yoongi (jikook) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Uma nove história eeeeeee... O início pode estar meio sem graça, mas logo as coisa começam a andar, ok? A fanfic é bem doida e interessante, e ainda tem o nosso jikook perfeito... Aaaaajhhhgkxdty surtoooooo
Até as notas finais, onde irei explicar algumas coisas. Boa leitura e desculpem os erros!!!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction The Disappearance Of Yoongi (jikook) - Capítulo 1 - Prólogo

Muito prazer, sou Park Jimin, o garoto mais humilhado da escola, o motivo?

Bom, se quiser mesmo saber, terão de escutar minha história...

"Era véspera de ano novo, naquela época eu tinha doze anos, estávamos todos reunidos, nem todos, pois meus tios, tia Park Yunki e meu tio Park Songin, e meus primos chatos, ainda não haviam chegado. Estava tendo uma grande tempestade lá fora. Eu estava na sala da casa da vovó, Park Eingh. Papai e mamãe estavam na cozinha terminando a ceia. Vovó como sempre, estava passando seus produtos, perfumes, laquê, em grande quantidade e seus hidratantes alcoolizados, diz ela que é por causa dos mosquitos. Se é para mosquitos era melhor o repelente, certo? Aish, não sei. Também não sei o porque disso tudo, aqui não tem tantos mosquitos. Vai entender, não é?

Tempos depois, a porta é aberta bruscamente por meus queridos familiares (só que não), que vieram de Seul, meus primos já entram me dando língua, vê se pode? Que absurdo! Eu como a boa e sapeca criança que sou, mostro logo o dedo do meio.

~(...)~

Começamos a comemorar após a chegada dos meus tios, comemos, e agora estávamos sentados no sofá. Minha avó como a mulher estranha que é, estava sentada no chão ao lado da porta, fumando seu cigarro, cantarolando uma música qualquer.

Ninguém tinha assunto naquele momento, já era quase meia-noite, isso indica que faltavam poucos minutos para o ano novo.

Minha avó, que apenas fumava um cigarro já pela metade quase apagado, foi pegar o isqueiro para acende-lo novamente, e foi nesse momento, foi aí, aí que tudo aconteceu, foi tudo muito rápido. Aconteceu meu grande pesadelo, minha avó, por conter muito álcool no espalhado pelo corpo, acabou pegando fogo. Exatamente, acendeu como uma árvore de natal, meu pai e meu tio, correram em sua direção, minha tia e minha mãe, foram até a cozinha, voltaram de lá com uma jarra com água, cada mulher. Eu e meus primos sabíamos apenas olhar tudo atentamente, não podíamos fazer nada, ou talvez podíamos, mas éramos apenas crianças. 

Mas de nada adiantou o esforço do meus pais e tios, ela já tinha sido queimada oitenta e nove por cento do corpo. E tudo vai e volta na minha cabeça, os gritos de minha vovó... Principalmente!"

E foi aí, á partir desse momento, que meu inferno começou.


Notas Finais


Óiah eu aqui com outra fanfic kkkk
Bom não terei dias certos para atualizar, mas vou aproveitar essa quarenta pra atualizar. Bom essa história é bem doida, espero que goste, viu?
É bem interessante. Mas pra frente vocês vão entender melhor tanto o conteúdo da história, quanto o porque do título. E se vocês gostaram, não deixem de favoritar, Ah e eu não sei quantos capítulos vão ser. Vai depender do decorrer da história. Me aguardem!!!

Obs: se cuidem pessoal, o coronavírus não brinca em serviço. Não saiam de casa, pelo um bem maior!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...