1. Spirit Fanfics >
  2. The Disappearance Of Yoongi (jikook) >
  3. Desvendar o mistério

História The Disappearance Of Yoongi (jikook) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo pra vcs 💗😄
Boa leitura e desculpem os erros ortográficos! 🌈🌝🌝🌈🌝🌝🌈

Capítulo 5 - Desvendar o mistério


Jm: Jungkook, você é o único com quem eu tenho um pouco de afinidade depois do Yoongi.

Jk: Você nunca nem falou comigo. -me olha desconfiado

Jm: Tá, tá, eu só tinha vergonha. Eu me indentifico com você. Nós não temos amigos e... - interrompido

Jk: Está pedindo para ser meu amigo? - dá um sorriso de canto.

Jm: É-é é talvez, mas por favor, eu quero muito ver o Yoongi de novo, e de preferência, vivo. Se eu demorar muito...

Jk: Nem termine essa frase, tá bom, eu te ajudo. Mas só porque eu gosto muito de um mistério.

Jm: Obrigado Kookie! - falo pulando em cima dele, abraçando-o, o que nos causou uma queda, eu em cima e ele em baixo. E definitivamente, ele não fede, não mesmo. O cara é mó' cheiroso. Um cheirinho amadeirado com menta... Ui!

Jk: J-jimin. V-você está no lugar errado...

Eu tava tão ligado no cheiro do homem, que se passaram alguns minutos, e eu ainda estava em cima dele. Mas precisamente em cima de algo... Como eu posso dizer: Algo que estava dando sinal de vida. Pois é, o ser fica duro com tão pouco.

Jm: Oh, me desculpe, e-eu... - falo me levantando e arrumando minha roupas amassadas, eu realmente, estava envergonhado, minhas bochechas ficaram rubras.

Jk: Tudo bem, e - me olhou no fundo dos olhos - Kookie?

Jm: Desculpe por isso também.

Antes que ele pudesse responder, o sinal bateu, indicando o intervalo. Eu olhei pra ele uma última vez, e sorri sem mostrar os dentes.

Jm: Tchau Jungkook! - e saí da sala, mas antes, eu voltei até lá e deixei um beijo em sua bochecha, e colei um papelzinho com meu número em sua testa.

~(...)~

Já estava em casa, tinha acabado de sair do banho. Peguei uma calça moletom cinza, uma box branca, e uma camisa preta, calcei minha pantufas e desci para jantar. Não sabia se meu pai jantaria conosco hoje. Nós nunca sabemos, ele às vezes avisa. Nem sempre.

Ao adentrar a cozinha, para minha surpresa, meu pai estava lá, sentado mechendo no celular, enquanto minha mãe estava terminando o jantar.

Jm: Olá, Appa e Omma!

Appa/Omma: Olá!

Omma: Então meu filho como foi a escola?

Jm: Ah, foi normal.

Nem tanto, pois eu falei com Jeon Jungkook, e fui para detenção.

Appa: Filho

Jm: Sim, Appa?

Appa: Fiquei sabendo que o garoto que desapareceu, é de sua escola.

Jm: Sim, e da minha sala. Ontem, foi o seu primeiro dia de aula. Eu acho que fui o primeiro garoto com quem ele falou naquele infe... Digo, escola.

Appa: Oh! Então vocês eram amigos?

Com essa pergunta eu pensei:

Éramos amigos?

Sim, ele disse que éramos. Eu também disse que éramos. Ele me defendeu.

Jm: Sim, Appa!

Appa: Ora, você devia ter dito isso antes, pode nos ajudar nas investigações.

Antes que eu pudesse responder, minha mãe interviu.

Omma: Nem pense nisso, senhor Park Ryujhi. - disse mamãe a papai.

Appa: Mulher, ele pode nos ajudar.

Jm: Não sei bem se posso, ficamos juntos, no máximo três horas, ele teve que sair durante o intervalo.

Appa: já é alguma coisa.

Jm: Appa, ele não falou quase nada sobre ele, a única coisa mas íntima que ele me disse foi que ia sair cedo, pois iria participar da reunião de sua família.

Appa: Foi o que seus parentes nos disseram.

Depois disso todos ficamos em silêncio.

Até Omma quebrá-lo.

Omma: Jimin, você vai para a Pró Independência?

Jm: Ainda não sei Omma. 

Appa: vocês deveriam ir, eu não sei se vou, esses últimos dias as coisas estão complicadas na delegacia.

Omma: Será amanhã, filho. Eu quero muito ir, você irá ficar sozinho em casa? Toda a Coreia do sul comemora a Pró Independência. Com certeza você será o único a ficar em casa, neste dia.

Jm: Tá Omma, eu irei.

Omma: Que bom, prepare sua melhor roupa, amanhã vamos comemorar nas ruas de Busan.

Omma saiu da cozinha toda saltitante, já tínhamos jantado.

Appa: É ótimo saber que você vai, não pode ficar em casa sozinho.

Jm: É Appa, eu sei. Boa noite, vou subir.

Fui para meu quarto, deitei na cama de barriga para cima, e fiquei observando o teto. Até que meu celular vibra, indicando uma mensagem.

Número desconhecido:

Oiê!

Eu:

Quem é?

Número desconhecido:

Kookie 😶😄

 

Se eu fiquei surpreso?

É óbvio!

Eu:

Ooh, Jungkook!

Kookie-ah:

Eu mandei mensagem, para você salvar meu número. E saber se você, vai amanhã para a comemoração da Pró Independência..

Eu:

Já salvei, e minha mãe meio que insistiu para mim ir, então sim, eu vou. E você, vai?

Kookie-ah:

Sim.

 

Mensagem off.

Ficamos conversando por um bom tempo, quando fui dormir, já eram quase meia noite. Ele é um cara legal. E combinamos, que após a comemoração de amanhã, iríamos iniciar nossas buscas. Meu pai que lute! Eu sou FBI formado, tá pensando o que!? Eu vou resolver tudo  mas rápido que a polícia.





Notas Finais


Huuuum jikook na área irruuuu, logo logo a estória terá a parte mas, horripilante, mas eu vou tentar fazer algo leve. Ok?
No próximo capítulo, eu vou explicar sobre essa comemoração, e o que é, não precisam ficar curiosos. Talvez eu poste outro capítuloooooooooooo hojeeeeeeeeeee. Mas só talvez. Meu celular está descarregando....😶😶😶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...