1. Spirit Fanfics >
  2. The Division Of Reigns - Fanfic Jeon Jungkook >
  3. EP. 3 "Sem cor quanto imaginávamos..."

História The Division Of Reigns - Fanfic Jeon Jungkook - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Olha quem apareceu depois de dez mil anos! Tadam! Eu mesma :3
Espero que essa minha fanfic comece a sair dos hiatus, tentarei voltar! Amo vocês! 💕

Capítulo 3 - EP. 3 "Sem cor quanto imaginávamos..."


Fanfic / Fanfiction The Division Of Reigns - Fanfic Jeon Jungkook - Capítulo 3 - EP. 3 "Sem cor quanto imaginávamos..."

O cheiro do café forte exalava pelo cômodo, a cozinha real estava vazia com apenas a minha presença bebericando aquele maravilhoso café. Olho pela volta, e meus olhos se cruzam com os de Scott, meu melhor amigo do reinado de Wattfort. Seus olhos claros e cabelos loiros se destacavam no sol que batia em sua face por causa da luz solar natural que saía pela janela.

— Rainha. — o mesmo se curva — olha que chique ela! Rainha? Ui! Até estremeci na base! — diz sem modos formais, me fazendo soltar pequenas risadas sinceras e felizes pela sua idiotice.

— Para seu idiota — digo tampando minha boca com minha mão — o que veio fazer aqui, Scott? — pergunto saindo da mesa que eu me encontrava.

— Primeiramente, vim aqui beber um pouco desse café já que eu estava com preguiça de fazer lá no meu reinado e, vim visitar minha amiguinha que eu tanto amo para botar nossos papos em dia. — sorri se aproximando de mim e bagunçando meus fios, o impeço pegando sua mão, então o mesmo me encara confuso.

— Seu falso! Descobri que se infiltrou no reinado daquele tal Jung..Jungk... Ah sei lá! — rio — por que fez isso seu louco? Não sabe que aquele reinado é perigoso para nós humanos? — o mesmo se senta na mesa servindo uma xícara de café, com um sorriso perverso nos lábios.

— Menina do céu... — ri — tem cada menino lindo lá! Jesus que me salve! — o mesmo tosse duas vezes — bem, formalmente falando agora, me infiltrei só por algumas horas, usei um perfume que minha mãe me deu para disfarçar meu cheiro sanguíneo. Bem, aquele reinado não parece ser tão “sem cor” quanto imaginávamos. É comum, pessoas riem e se divertem, tem até um boy muito gato lá, ele tava perto daquele rei chato lá, o... Jeon Jungkook acho. — o mesmo pisca várias vezes, encarando o teto e soando apaixonado.

— Vai dizer que você está apaixonado? — rio — mas pra quê fez isso? Você poderia ter sido morto, seu louco. — repreendo-o.

— Eu fiz isso porque você é uma anta curiosa e se auto colocaria em risco em algum momento para poder conversar com aquele tal Jeon, então para isso resolvi botar a minha vida em risco. Melhor amigo que chama, eu mesmo não é? — ri bebericando sua xícara. Me sento ao seu lado, o encarando de forma perversa. 

— E o que descobriu? — pergunto curiosa, pressionando meus olhos com meu sorrisinho pequeno.

— Não muitas coisas... — fica pensativo, mas logo me encara maliciosamente — aquele tal Jeon é gatinho ein! É estilo bad boy, sabe? Daqueles criminoso sabe? Não que ele se vista como tal, mas a carinha diz muito. E oh bichinho que é difícil de sorrir! Ele fez uma visita aos seus súditos e a desgraça não riu uma vez! — reclama cruzando seus braços.

— Você é impossível. — rio — eu não sei o que eu faço... Tipo? Eu gostaria de fazer um tratado de paz com ele, unir os reinos, ou até fazer algum contrato, não sei, para que não haja mais esse ódio entre ambas as espécies. — dito pensativa, soltando um pesado suspiro.

— Joga seu charme nele, sua mocréia! — soa como se fosse óbvio — põe aquelas roupas sexy e chama ele pra cama, simples, não? — pergunta arqueando a sobrancelha.

— Ata né Scott, para de ser iludido. Ele deve me odiar só pelo fato de eu ser humana. Se esqueceu que meu pai odiava os vampiros? — o mesmo revira os olhos.

— Desisto de te ajudar, sua desgraça! — bufa estressado, porém ainda soando hilário — bem, tenho que cuidar do meu reinado agora, tchau mocréia. — diz saindo sem nem ao menos esperar eu me despedir.

É, ele de fato é um idiota. Nunca vi garoto mais hilário!


***


Dou uma voltinha no espelho, na expectativa de me achar mais bonita naquele vestido florido que eu usava. Calço meu salto médio e passo o pente pelo meu cabelo, terminando de me arrumar rapidamente. Eu estava decidida à ir até o reinado do tal Jeon para conversar com o mesmo como dois adultos, mas caso ele for que nem o idiota do Scott não dará em nada mesmo. Saio do castelo e vou de carruagem até seu reinado.

O caminho até seu castelo foi silencioso, eu estava um pouco apreensiva mas já estava decidida o bastante para deixar para depois. Paro a carruagem em frente à um enorme castelo, e foi naquele momento em que eu esqueci completamente de passar um perfume sequer para disfarçar meu cheiro sanguíneo. Estremeço ao escutar uma voz estranha, era um homem alto e com cabelos escuros.

— O que faz aqui? — pergunta sem expressão alguma no rosto, então me curvo sentindo o mesmo suspirar forte, sentindo meu cheiro — uma humana? — ri irônico — isso é novo aqui, sua espécie nojenta não invade nosso reinado à anos. — deixo um riso escapar ao lembrar do que Scott havia feito, o mesmo nota mas ignora — seu nome? Me chamo Taehyung.

— Eu sou Elisabeth — o mesmo arregala os olhos — Rainha Elisabeth. Onde está o rei e onde posso encontrá-lo? 

— Oh, uma rainha — ri novamente irônico — será um grande prazer mostrar nosso amado rei para você. E aliás, ele deve estar fodendo com alguma súdita agora, se não se importa. — dita com um sorriso ladino.

Espera? Eu escutei isso mesmo? Ele acha que eu me importo com o que esse nojento desse Jeon faz ou deixa de fazer? Me poupe! 

— Bem, mostre-me ele de preferência com roupas. — dito irônica sentindo o mesmo cheirar meu pescoço, me arrepio com seu toque, porém ignoro.

— Claro. Me acompanhe. — diz colocando sua mão atrás das minhas costas, me levando até dentro do castelo. Pude sentir vários olhares em minha direção, mas os ignoro seguindo em frente. Paramos em frente ao trono, então o mesmo fala. — Me espere, gatinha.— reviro os olhos.


Jeon Jungkook

— Geme sua vagabunda! — digo estocando a mesma com brutalidade, sentindo sua intimidade pulsar mais ainda.

— Oh Jungkook! — grita alto, eu nem ligo para o que as pessoas fora do meu quarto acham, eu só quero foder. Puxo o cabelo da mesma, a vendo revirar os olhos. Estava próximo do meu orgasmo, quando sinto a porta ser batida duas vezes.

— Que foi porra?! — paro de estocar e escuto a voz do Taehyung.

— A rainha Elisabeth está te chamando lá fora, Jungkook. — um sorriso ladino se estende em meus lábios, então começo a abotoar minha camiseta e vestir minha calça.

— Jungkookie? — pergunta a voz feminina do quarto, ficando de quatro na cama.

— Se veste de uma vez e sai sua vagabunda! — grito ríspido, a vendo correr para se vestir e finalmente sair do quarto. Saio do quarto bagunçando meus cabelos e passando a mão em minha testa suada, desço as escadas vendo a moça parada estática em frente ao trono.


Kim Elisabeth

Vejo a figura masculina descer as escadas, então o cheiro horrível de sexo do mesmo exala me fazendo quase tampar o nariz de tanto nojo. Reviro os olhos, encarando aqueles fios grudados e molhados na sua testa, e admito, ele de fato era lindo. Meus olhos percorreram pelo seu abdômen definido e marcado em sua camiseta úmida pelo suor, me lembro do motivo de ter vindo aqui, então balanço minha cabeça negativamente e mantenho minha postura reta.

— Rei Jeon — me curvo, depois encarando seu rosto fixamente — sou a rainha Elisabeth e gostaria de fazer um acordo com você.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...