1. Spirit Fanfics >
  2. The Dragon and the Wolf >
  3. Bebidas e Desejos

História The Dragon and the Wolf - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Gente eu ando muito ocupada... Não tenho mais tanto tempo para escrever....
Só escrevi esse pk não gosto de deixar vocês esperando muito...
Perdoe meus erros amores...
Prometo melhorar...

Espero de coração que gostem amores...

Capítulo 3 - Bebidas e Desejos




Aegon observava os seus três filhos que voavam gloriosamente pelo céu azul, Pedra do Dragão era silenciosa, calma, serena, só se ouvia os barulhos dos Dragões. Ele olhava para eles com amor e orgulho, eram seus filhos, sua maior conquista e preciosidade. Aegon estava com sua habitual roupa negra, com uma singela armadura feita de Vidro de Dragão, tão negra e brilhante como a noite, seus cabelos estavam soltos, cheios de beleza e sensualidade, ele era alto com um corpo forte e ao mesmo tempo delicado, no rosto uma grossa porém bem feita barba negra, olhos bonitos e castanhos, que o visse ao longe não diria que era um Targaryen mas era, filho do herdeiro de Westeros, era o Dragão Negro.

Tyrion se aproximou dele com carinho e sorriu para Aegon, antes de tudo eles eram amigos e o anão já havia provado sua fidelidade ao Targaryen há muito tempo quando ainda estavam nas Terras Livres.

- Eles são gloriosos, provocam pavor e deslumbre em que os vê. Falou o anão descendo as escadas e indo até Aegon que estava encostado na pedra negra.

- Assim como os Targaryen. Falou Aegon com a voz sutil e Tyrion tirou do boldo um pequeno papel e assim que o jovem Dragão o olhou reconheceu o selo Stark.

- A loba respondeu? Perguntou Aegon com satisfação ao saber que finalmente a garota Stark o havia respondido.

- Sim mas temo que não irá se agradar da resposta meu Rei. Falou o anão e Aegon se virou para ele com uma olhar sério.

- Ela não vai vim? Perguntou Aegon com a voz dura e Tyrion o olhou com medo de sua reação.

- Não. Ela não aceitou o convite, os Starks não tem uma boa história com o sul Majestade, eles não costumam se dar bem fora do Norte e Sansa sabe disso. Ela disse na mensagem que se o senhor deseja mesmo ve-la que vá até Winterfell e ela o receberá. Falou Tyrion e um olhar duro e chrjo de arrogância surgiu na face de Aegon.

- Como ela ousa? Eu sou o Rei dela, não sou um lorde para que ela me dê ordens! Ela que me espera sentada! Um Dragão não recebe ordens de um lobo! Falou Aegon com a voz cheia de raiva. O Jovem Rei se virou e subiu as escadas de volta para o castelo e Tyrion o olhou com um olhar sério, o anão nunca havia visto Aegon de forma tão impulsiva antes.

A noite logo chegou, Aegon havia se retirado para a Sala de Guerra e havia ficado confinado lá durante horas e horas, Tyrion abriu a porta da sala com cuidado e viu Aegon sentado na frente da grande lareira com uma taça de prata nas mãos e observando o fogo com atenção.

- Me perdoe majestade, eu não queria lhe incomodar. Falou o anão e Aegon sorriu.

- Tudo bem, sente-se comigo e beba. Falou Aegon e o anão sorriu, já fazia muito tempo que os dois não sentavam juntos e conversavam.

Tyrion pegou uma taça e encheu de vinho, era vinho nortenho e o anão já conhecia o gosto de muito tempo, ele puxou a cadeira e sentou perto do moreno e Tyrion deu um sorriso ao tomar um gole do vinho e Aegon o olhou cheio de curiosidade.

- O que foi? Perguntou Aegon e Tyrion deu outro sorriso.

- Nada, lembrando do tempo em que eu fodia e bebia todos os dias, eu acordava bebendo e ia dormir trepando. Falou o anão com alegria e Aegon sorriu.

- Você foi casado com Sansa, não foi? Perguntou Aegon e Tyrion o olhou com um olhar alegre.

- Fui, sem dúvida foi a mulher mais linda com quem já me casei. Falou Tyrion e uma careta se formou no rosto pálido de Aegon.

- Como ela é? Perguntou Aegon tentando esconder seus pensamentos porém Tyrion já percebia tudo aquilo.

- Como posso dizer?! Uma Rainha de Gelo beijada pelo Fogo. Tyrion disse aquilo com carinho e excitação e Aegon fechou os olhos tentando imaginar aquilo.

- Ela é a Rainha de Gelo é beijada pelo fogo, seu cabelo é como chamas e ela tem um sorriso quente. Mas seus olhos contam uma história diferente. Seus olhos são como o gelo, como a selvageria em suas veias. Ela é perfeita! Falou Tyrion e Aegon mantinha os olhos fechados e em sua mente ele imaginava com desejo tudo o que o anão descreveria e imaginava quão bela era aquela mulher.

- Eu vou me deitar! Falou Aegon com a voz mais grossa doque o normal e Tyrion sorriu para ele porém o Rei Dragão parecia desnorteado demais para responder ao sorriso do amigo.


Aegon foi para o quarto com dificuldade, o vinho o havia deixado tonto e tudo que ele desejava era sua cama quente e sua lareira, por mais que o jovem tivesse o sangre do Dragão ele não estava acostumado com o frio de Westeros, a chama dentro de si o mantinha inquieto. Quando finalmente chegou em seu quarto ele apenas se lançou na cama quente e macia, seus olhos logo se fecharam e ele adormeceu profundamente.


" Seu cabelo é como chamas e tem um sorriso quente... Beijada pelo fogo..."
A voz em sua mente repetia aquilo como uma oração e imagens perturbavam a mente do Dragão, um fogo o queimava por dentro e lhe perturbava a alma. Ele via uma mulher com cabelos cor de fogo, olhos azuis como gelo, lábios quentes... Ele sentia que o fogo o congelava e o gelo o queimava.

A noite havia sido perturbadora, Aegon havia acordado antes do sol nascer, havia ficado horas olhando pela varanda da Sala de Guerra, ele tinha tantas batalhas para travar, tantas lutas, tinha que vingar sua família, reerguer sua dinastia, tomar tudo aquilo que lhe roubaram mas quando olhava para o mar não tinha vontade daquilo. Algo o perturbava, como nunca antes havia perturbado, algo não o deixava dormir, não lhe dava paz, será que era aquela maldita mulher? Questiona ele a si mesmo, será que aquela Stark arrogante o havia tocado tão profundamente? Ela não havia respondido suas mensagens, não o havia dado respeito e nem respondeu ao seu chamado, ele sempre teve admiração e respeito, sempre teve tudo que desejava mais agora não, talvez o que ele sentisse fosse orgulho ferido afinal nunca antes alguém lhe havia tratado tão rudemente, nunca alguém o havia desprezo.

- Tyrion. Falou Aegon ouvindo os passos desajeitados do anão que havia sido chamado ou melhor despertador de seus sonhos para ir até o Rei Dragão.

- Meu senhor, houve algo? Perguntou o anão sonolento e passando a mão no rosto tentando melhorar sua visão que estava embasada e distorcida.

- Quero fazer algo totalmente tolo e preciso que me diga o que devo fazer! Mas não como minha Mão, quero que me diga como amigo e homem! Falou Aegon com seriedade e Tyrion a olhou com carinho.

- Diga! Falou o anão com um sorriso.

- Não paro de pensar na Rainha do Norte, eu sei que é loucura mas eu acho que... Preciso ir até ela. Quero ve-lá. Não consigo dormir e preciso saber o motivo de ficar assim por causa dela. Quando eu a olhar irei esquecer tudo isso e voltar. Preciso saber como ela é! Falou Aegon com a respiração forte e Tyrion o olhou espantado, Aegon nunca havia agido por impulso antes, nem mesmo nas guerras.

- Vá e volte logo! Falou o anão sorrindo e Aegon deu um sorriso cheio de alegria.

- Irei com meus filhos, voltarei assim que falar com a Rainha do Norte. Falou Aegon com um sorriso no rosto.

- Deseja que eu avise a Rainha... Tyrion foi interrompido por Aegon que o olhou com repreensão.

- Não! Quero fazer uma surpresa para ela. Falou o Rei Dragão e logo Aegon saiu da Sala de Guerra.



Notas Finais


Gente eu peço desculpa por ser pequeno, é que ou era pequeno ou não era nenhum pois como sempre digo, estou trabalhando muito e não sobra muito tempo e peço mil desculpas...
Vou escrever mais e melhor quando o tempo tiver mais de boa...
Amo vcs...
Para continuação é só comentar....
❤❤❤🙏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...