História The Driver- ( Imagine - Mark) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias CL (Chaelin Lee), Got7, HyunA, Red Velvet, Taeyang
Personagens BamBam, HyunA, Jackson, Jinyoung, Lee Chaelin "CL", Mark, Seulgi, Taeyang, Wendy
Tags Colegial, Drama, Hentai, Romance, Sexo
Visualizações 21
Palavras 1.612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - II. Busted out


               HYUNA ON

Acordei em minha bela mansão , hoje terminarei a minha mudança, são muitas coisas não deu para fazer isso em apenas um dia, hoje irei fazer uma entrevista com o primeiro candidato a ser meu motorista.

Espero que ele esteja a altura deste cargo, não quero funcionários ruins em minha mansão.

Hoje eu, CL e Seulgi iremos sair, vai ser bom sair um pouco desta mansão, embora seja ótimo ficar aqui, quem sabe tenha algum cara legal por lá, vai ser bom para me distrair.

Ainda de pijama descidi descer para tomar café. As aulas da faculdade ainda não haviam começado, eu já estou em período avançado, mas estou um tempo sem aula um tempo, como se fossem "férias", não é bem isso, faço faculdade de direito, mas ainda tenho dúvidas de em que cargo quero estar, quero mostrar aos meus pais que eu sou tão boa quanto o meu irmão, ele é o queridinho da família, O G-dragon...

Ele é médico e tem 30 anos, ele é muito galinha, ele mora sozinho, pelo menos não dá trabalho aos meus pais, eles não ligam por ele ser mulherengo, eles dão muito valor por ele ter se formado em medicina, eu consegui entrar numa faculdade de direito e eles não dão tanto valor quanto dão a ele... Eu não entendo, sempre fui uma pessoa certa e não sou igual a ele que fica com um monte de uma vez, sempre namorei por muito tempo e apenas com um. E todos ricos do geito que meus pais queriam, mas não importa o que eu fizesse... Meu irmãozinho querido sempre iria ser melhor que eu em tudo.

Sair daquela casa foi a melhor casa só falavam que eu tinha que ser igual ao GD, que ele era um bom médico que o trabalho dele é ótimo, e que eu tinha que ser médica AISH! 

É um alívio misturado com ódio, nunca gostei do meu irmão, e acho ele falso comigo!

Bom... Vou começar a comer ja é tarde. Marquei para 13h da tarde e eu to tomando café e são exatamente... 12H30 O QUE?! VOU COMER NAS PRESSAS, EU ACHEI QUE FOSSE 11H NO MÁXIMO.

-Mais que bom exemplo hein Dona Hyuna. - falei para mim mesma.

Comi rápido e coloquei uma roupa descente, iria levá-lo para meu escritório, o tempo se passou rápido, trinta minutos pros ares. Logo ele chegou, escutei a campainha tocar e mandei que meu mordomo abrisse, eu ja estava em minha sala, mandei que meu mordomo mandasse o mesmo subir.

MARK ON

Estava esperando a hora para ir para a entrevista, a dona da mansão parecia ser bem exigente, se ela gostasse de mim no primeiro dia eu ja iria hoje para trabalhar então levei meu terno de motorista.

Quando cheguei na mansão não foi nem ela que abriu a porta, a casa era bem grande, tive que andar até seu escritório com seus seguranças me seguindo, se eu for contratado hoje irei trabalhar com eles.

Confuso, mas ok. Ela iria me dar as instruções, eu não iria ficar tão perdido como estou, era capaz de eu me perder dentro daquela casa, mas seus funcionários estavam me guiando.

Quando entrei naquela sala grande ela estava de costas, com as pernas cruzadas olhando sua vista, certamente me esperando.

-Olá D-dona H-hyuna.

-Oh olá... Mark certo? - disse seria.

-Ah sim, sou eu. 

Quebra de tempo

-Você está contratado, você começará hoje mesmo!

-Oh sim imaginei trouxe até o meu uniforme de trabalho.

-Não precisava, ja temos aqui, mas se você quiser usar esse pode usar, você que sabe.

-Ok... Vou colocar o uniforme.

-Ah sim venha é por aqui.

Ela me levou até um quarto de funcionários.

Troquei de roupa lá mesmo depois, ela foi me apresentar aos outros funcionários.

HYUNA ON

Estava levando o Mark para apresenta-lo aos outros funcionários.

-Bom pessoal, este é o novo motorista, Mark.

-Nossa e que motorista viu! Esse eu pego. - Ouvi um pequeno cochicho de uma das empregadas.

-O que disse senhorita? - Falei em um tom maior para a mesma que abaixou a cabeça para mim.

-Nada senhora.

-Não gosto que me chamem de senhora e você sabe disso! Para você é Dona Hyuna.

-Certo Dona Hyuna.-Não sei se era impressão minha, mas Mark parecia gostar da situação, essa funcionária muito atrevida, isso na minha mansão jamais!

-Vamos Mark, quero lhe mostrar onde você vai ficar enquanto não estiver como motorista. Você vai ficar aqui com os seguranças, esqueci de lhe dizer você também vai ser um deles!

-Oh tudo bem...

- E bom... Nada de conversas paralelas, foque no seu trabalho!

-Claro Dona Hyuna. 

               MARK ON

A Dona Hyuna ficou bem bravinha com aquela funcionária dela dando em cima de mim, ela tem que disfarçar um pouco, porque até eu escutei o que ela disse, acabei não contendo o riso na hora e soltei um riso baixo.

Meus colegas de trabalham me mostraram a casa já que eu precisava por agora ser também segurança, o bom é que meu salário iria almentar e poderei pagar um restaurante para mim e Wendy.

HYUNA ON

Voltei aos meus afazeres. Vou ficar mais de olho naquela empregada, mais alguma coisa que ela faça coloco ela na rua, bom, mas não quero ter que me preocupar com isso, acho que ela entendeu que não quero funcionários se relacionando dentro da minha mansão, o recado foi dado espero que ela não ouse ir contra mim, esta tarde está um tédio, também estou me sentindo meus pais agindo assim com os funcionários, ri baixinho, minha vida poderia ser melhor...

Fiquei no meu quarto de pijama fazendo maratona de série da Netflix, quando o meu mordomo bateu na porta.

-Dona Hyuna, Seulgi está aqui!

-Mande-a entrar!

Não demorou muito até ela bater em meu quarto e eu abrir.

-Olá Seulgi.

- Oi Hyuna.

-Nossa que seca, de novo com esses moletons? A CL não te convenceu a usar outras roupas não?

-Não. - Revirou os olhos. - Ela só me convenceu um pouquinho.

-Ah é? - Fiz uma cara desafiadora. - Ela convenceu você a comprar um daqueles vestidos para hoje?

-Convenceu... - Revirou os olhos e eu comemorei.

-Nossa, você assiste essa série? - Ela perguntou.

-Sim, algum problema?

-Nossa a Hyuna está chatinha hoje, vai me conta o que aconteceu hum?

-Nada, eu sou sempre chata.

-Hmm. - Falou baixinho. - E aquele seu motorista?

-O que tem ele hum?

-Nossa Hyuna vai com calma, o que ouve com você?

-Já falei que nada Seulgi, você veio para que? Para me encher foi isso?

-Ta bom se você quiser eu vou embora.

-Não, você não vai, senta logo ai desgraça. - Falei revirando os olhos. - Mas afinal o que você quer saber do motorista?

-É que eu ainda não vi ele trabalhando.

-Claro eu não sai ainda né idiota, ele é motorista serve para isso. - Revirei os olhos.

-Ele te fez alguma coisa Hyuna? Você está estranha e estressada demais hoje.

-Claro que não né, eu só to com raiva porque teve uma funcionária dando em cima dele, e ele parecia gostar da situação enquanto eu reclamava com ela.

-Nossa... Eu...

-A vontade era de demitir os dois, se querem namorar namorem em outro lugar, aqui não!

-Tá legal, tenta esquecer isso, hoje a gente vai sair, se até eu vou você também vai.

-É claro que vou, porque eu não iria? Mark vai nos deixar lá e ficar esperando no carro até voltarmos, se vocês quiserem peço para ele deixar vocês em suas casas.

-É pode ser... - Seulgi parecia pensativa, mas ignorei. Ficamos assistindo um pouco mais daquela série.

                 MARK ON

Fiquei aquele tempo conversando com os seguranças enquanto não tinha trabalho para fazer, fui pegar meu relógio que eu tinha esquecido em meu quarto de funcionários, felizmente aquele lugar ela só meu.

Sai um tanto rápido para pegar meu relógio, avisei aos outros seguranças que ia pegar o relógio e voltava brevemente caso a Dona Hyuna precisasse de mim. Cheguei em meu quarto, quando aquela empregada estava lá em minha cama, arregalei os olhos, nem imagino se a Dona Hyuna aprecesse aqui.

-Vá embora por favor. - Falei me afastando da cama ainda mais.

-Calma Mark só vamos conversar, se você quiser é claro. - Soltou um risinho malicioso.

-Não quero conversar com você por favor saia, hoje é só meu primeiro dia de trabalho, não posso ser demitido.

-E eu não quero que você seja demitido, pelo contrário quero que fique aqui comigo. - Fez bico.

-Eu tenho namorada garota! Saia da qui antes que eu chame a Dona Hyuna! - Antes que eu terminasse de falar ela pulou em cima de mim pedindo passagem com a língua, mas eu não, cedia e tentava tira-la de lá, mas que mulhezinha forte hein.

HYUNA ON

-Vou pegar pipoca e um pouco de refri lá em baixo você quer?-Perguntei morta de fome.

-Quero, deixa eu ir com você é melhor, ai eu escolho meu refri ja que você não faz a menor ideia do que eu gosto. - Revirei os olhos com sua afirmação.

Descemos até a cozinha, abri a geladeira e peguei um refrigerante, coloquei a pipoca na panela, eu iria fazer com caramelo, Seulgi meteu o dedo dentro da panela com o caramelo.

-Hmm.

-Que tal fazermos brigadeiro hum?

-Ótima ideia, comida nunca é demais.

Desliguei o fogo da pipoca e comecei a fazer o brigadeiro, quando escutei um barulho vindo de um dos quartos dos funcionários, e eu não sei porque, mas eu tinha certeza que vinha do quarto do Mark.

-Seulgi vem cá. - Puxei ela pelo braço, olhando pros lados me escondendo atrás da parede, queria pegar ele no flagra seja lá o que ele estivesse fazendo.


Notas Finais


Ihhhh empregada chata :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...