1. Spirit Fanfics >
  2. THE EMPIRE - imagine Kim Taehyung >
  3. Seja Bem-vinda.

História THE EMPIRE - imagine Kim Taehyung - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olaaaa anjoossss

Bom, primeiramente, quero muito que quando acabarem de ler a fanfic, que olhem as notas finais também.

GENTEEEE, felizmente eu voltei com a fic que tanto queria fazer, amém irmãos. IRRAAA VAMOS LOGO PRA ESSA FANFIC.

Capítulo 1 - Seja Bem-vinda.


Fanfic / Fanfiction THE EMPIRE - imagine Kim Taehyung - Capítulo 1 - Seja Bem-vinda.

[ S/n on ] 


Acordo com os cantos dos pássaros, me levanto da minha cama e vou até a penteadeira, me sento no banquinho que tem enfrente a mesma, e começo a a escovar meu cabelo, depois vou até o pequeno banheiro, faço minhas necessidades, e desço até a cozinha logo vejo meu pai. 


- Bom dia, pai, como o senhor dormiu? - pergunto indo dar um beijo nas bochecha do mesmo. -


Pai: - Bom dia minha flor! dormi bem sim, minha querida. Ah, s/n, antes que eu me esqueça de lhe avisar, hoje é o seu primeiro dia em conhecer o castelo em qual a sua mãe trabalhava. 


- Ai pai, estou com medo, será se eles, irão me achar boa na cozinha? Eu não sou uma boa cozinheira! - digo me sentando na mesa ao lado do meu pai pensativa e com um pouco de medo.


Pai: - Deixe de besteira garota, é claro que você é uma ótima cozinheira, puxou a sua mãe. - ele da um sorriso de canto e eu retribuo. - agora va se arrumar e chame sua irmã, ela precisa ir à escola. 


 - Okay pai, estou indo! - digo me levantando e indo até o quarto de Kim Yong, entro no quarto da mesma e a vejo dormindo, vou até ela de fininho e taco um travesseiro na mesma. - Vamos, acorde Yong, acorde, está na hora.

Yong: - Me deixe dormi só mais um pouquinho, por favooooor. - ela implora fazendo um biquinho mais fofo de toda a terra. -

- Nada disso moçinha, precisa ir a escola. - tiro os cobertores dela. -

Yong: - aaah s/nnnnn.

- dou um sorrisinho ao ver a birra da garota que logo se levanta e vai direto pro banheiro. - E não demore muito no banheiro.

[ Quebra de tempo ]

Chego ao Castelo, e falo com 1 guarda, que ficava na frente do portão, então ele me deixa entrar e logo vou em direção a porta do castelo, fico parada na frente do mesmo tentando criar coragem para bater na porta, mas antes que eu batesse na porta um garoto esbarra sem querer em mim.

??: - Desculpe-me, senhorita..

- Ah, tudo bem..

??: - Ele olha para mim e logo saí do meu campo de visão. -

??: - Vejo que você já conheceu o príncipe..

- Ah que susto. - coloco a mão sobre o meu peito e olho para a pessoa que acabará de falar comigo. -

??: - Desculpe, não queria assustar você.

- Oh, tudo bem, mas... Quem é você?

??: - Ah, que falta de respeito a minha. Sou o Dong-Sun, mordomo do príncipe, quer dizer, dos príncipes, mas pode me chamar de Sun ou Dong.

- Okay Dong, mas o que está fazendo aqui fora? Não era pra vocês está cuidando dos príncipes?

Dong: - Ah, eu vim lhe buscar para entrar no castelo, está fazendo muito frio aqui fora, você deve entrar, a rainha e o rei estão lhe esperando.

- Tudo bem. - pego minhas malas do chão. -

Dong: - Deixe que eu levo suas malas... Qual é mesmo o seu nome?

- Ah sim... - dou uma risadinha. - prazer, meu nome é S/n, mas você pode me chamar de... Bom, meu pai costuma me chamar de Flor, se você quiser, pode ficar a vontade. - dou um sorriso. -

Dong: - Okay, Flor.

Depois de andar alguns minutos pelo castelo,fomos até a sala de visitas. Logo que chegamos vejo um belo casal que usavam coroa, claro, são rei e rainha.

Rainha: - Olá minha querida - vem até mim - você deve ser a S/n a que sempre ouvir falar pela sua querida mãe. - me abraça. - como você é bonita, e parece muito com sua mãe.

- Obrigada vossa Majestade.. - me curvo -

Rainha: - Ah que isso,minha querida!! Não precisa se curvar - faz carinho em meu rosto - É um prazer conhecê-la pessoalmente.

[ Pensamentos on ]

Okay, isso é muito estranho, pensei que ela ia ser muito fria comigo, mas pelo contrário, ela foi bem doce..

[ Pensamentos off ]

- O prazer é todo meu. - dou um sorriso. -

Rainha: - Olha como ela é fofa, meu amor. - fala olhando para o rei que apenas dava sorrisos ao ver a rainha desse jeito -

Rei: - Sim, ela é muito fofa e muito bonita também..Aliás,seja muito bem vinda ao castelo s/n -

- Muito obrigada, senhor.

Rainha: - Bom, como combinado.. Você irá ficar responsável pela cozinha e irá cuida de jisoo. - diz voltando a se sentar. -

- Com licença,sem querer ser rude..mas me disseram que eu iria ficar só na parte da cozinha.

Rainha: - Eles esqueceram de lhe dizer que iria cuidar de Jisoo? -

- Sim..

Rei: - Mil desculpas, eles são um pouco atrapalhados. -

- Tudo bem...

Rainha: - Bom, vou lhe apresentar meus filhos.

- Okay.

A rainha chamou os seus 2 filhos e poxa... Os dois são lindos, um está de terno, e a princesa está com um vestido lindo. 


Rei: - Esta é.. - não termina a sua fala pois Lalisa fala no lugar dele -

Jisoo: - Olá, eu sou Kim Jisoo, mas pode me chamar de Jisoo, estava doida pra te conhecer, vamos ser boas amigas - fala calma. -

Rainha: - Filha, já disse para você nunca cortar seus pais. -

Jisoo: - Desculpa mamãe.. - olha pra mim e sussurra. - Nos duas vamos ser grandes amigas.

- Aposto que sim. - sussurro de volta e dou um sorrisinho. -

Rainha: - E por último, este é o Kim Taehyung. -

- M-muito prazer - me curvo lembrando de que foi o rapaz em que eu esbarrei antes de entrar no castelo. -

TH: - O prazer é todo meu, Flor..

[ Pensamentos on ]

Pela cueca de um Rei, como ele sabe o meu apelido? Meu Deus, eu vou ter, um ataque cardíaco, meu coração, ele sabe meu apelido, e porq-que ele ta olhando pra MIM? Meuir à escola

 




Notas Finais


LÊEM POR FAVOR.
Gente, antes de dizerem que eu estou "plagiando" de outra pessoa, não, não estou. Esta fanfic era pra ter saído a bastante tempo, mas eu acabei perdendo a conta e agora resolvi voltar, pretendo terminar a história.
Mas enfim, espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...