História The Empire || Min Yoongi - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Tags Bts, Romance, Suga, Violencia
Visualizações 33
Palavras 921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - CHAPTER 8: "Covarde é a palavra que te define."


Fanfic / Fanfiction The Empire || Min Yoongi - Capítulo 8 - CHAPTER 8: "Covarde é a palavra que te define."

P.O.V Julie Spootnik

04:25PM

Acordo deitada no chão sem roupa, o desgraçado não teve coragem nem mesmo de me tirar daqui depois que eu desmaiei, minhas mãos ainda estão presas a grade da janela, quero gritar para que alguém venha me soltar, mas ao mesmo tempo tenho medo que venham me machucar mais.

Antes que eu decida o que fazer a porta se abre, uma onda de desespero percorre meu corpo, olho para trás e vejo que não é o mesmo homem, este caminha até mim e me destranca.

— O-Obrigada. – Digo esfregando meus pulsos.

— Se veste, você precisa ir pro seu quarto. – Ele fala e mexe no cabelo.

— Como assim meu quarto? – Me levanto rapidamente. – Não vão me matar? – Ele ri negando. – Não sei se isso é bom ou ruim.

— Se você não gostou do Yoongi, vai preferir ter morrido. – Ele fala pegando meu short atrás dele e me entregando.

Assim que me termino de me vestir ele me leva até um quarto que fica em outro andar da casa, o quarto é grande e todo pintado de branco, umq cama com um lençol preto que fica encostada na parede virada para a parede de vidro que da visão ao jardim e a piscina enorme, em um canto do quarto fica um sofá aparentemente muito macio, na parede próxima a ele tem três prateleiras de um dois metros cheias de livros no outro lado a parede esta vazia exceto por duas portas.

— Uma porta é o banheiro e a outra o closet, se quiser desenhar a caixinha de canetas está no closet, as paredes são laváveis. – Ele fala saindo do quarto.

— Então é isso? Ele me come contra minha vontade e depois me da um quarto na casa dele? – Faço uma pergunta retórica.

— Ele gostou de você. – O homem fala fechando a porta.

Indignada me deito na cama e fico olhando para a parte de fora, até que é bonito.

P.O.V Jung Hoseok

04:50PM

Chego em casa, vou até a cozinha e preparo um sanduíche e uma mamadeira, minha bebê deve ta com fome, eu demorei um pouco e se conheço bem esse povo, ninguém fez o favor de dar a mamadeira pra menina. Subo as escadas rapidamente indo direto para meu quarto, assim que entro percebo que ela não esta aqui.

Mordo meu sanduíche e infelizmente saio do quarto o deixando em cima do criado mudo junto com a mamadeira. Vou até o quarto do Yoongi que fica no final do corredor, assim que entro o encontro o mesmo que no meu quarto. Nada.

Desço as escadas correndo, abro a porta do meu escritório, do Yoongi e até o do Namjoon, não tem ninguém em nenhum, só tem uma pessoa que pegaria essa menina e sumiria com ela desse jeito. Taehyung. Corro para as escadas que dão no porão e o encontro lá deitado em sua cama dormindo enrolado até a cabeça, estou tão alterado que antes mesmo de imaginar que a bebê podia ta debaixo do cobertor também, atiro a mamadeira nele que acorda assustado pulando pra fora da cama e se levantando.

— Puta que pariu, ficou l...

— Cadê a menina Taehyung? O que você fez com ela? – O empurro contra a parede e o seguro lá.

— Que menina?

— COMO ASSIM QUE MENINA TAEHYUNG, A BEBÊZINHA.

— NÃO ESTOU COM ELA.

— SE VOCÊ TIVER FEITO ALGUM MAL PRA ESSA MENINA EU JURO QUE... – Respiro fundo recuando. – Eu juro que vou te matar de uma forma bem lenta.

— Cara, eu não fiz nada, o máximo que fiz hoje foi pegar o brinquedo que ela jogou no chão e devolver pra ela. – Ele fala puxando o edredom molhado da cama.

— Com quem ela tava? – Pego a mamadeira aberta que agora está no chão junto com o Edredom.

— Ela tava com o Yoongi, ele tava com ela e uma bolsa de bebê. – Ele falou passando a mão na barriga. – Ele tava estranho, até sorriu pra mim e disse que ia levar ela pra passear.

Paro por um instante, Yoongi não vive sorrindo e nada de muito bom aconteceu pra ele ta feliz, ele odeia sair e... Puta merda. Solto a mamadeira de novo subindo as pressas pra procurar o Yoongi que pra minha sorte está subindo as escadas... Sozinho?

— PARA AÍ – Grito indo atrás dele. – Onde ta a menina?

— Hoseok, depois falamos disso, estou cansado agora. – Ele fala sem expressar qualquer sentimento, chego até ele e o viro pra mim. – Vai se fuder mano

— O que você fez com a menina? – Pergunto tentando me manter calmo, ele se solta de mim e volta a andar.

— Eu vendi pra um casal.

— VOCÊ O QUE?

— Vendi, vai ser melhor assim – Ele fala calmo.

— CARALHO YOONGI, VAI SER MELHOR PRA QUEM? PRA VOCÊ?

— PRA ELA, HOSEOK. QUE TIPO DE VIDA VOCÊ ACHA QUE ELA IA TER AQUI?

— ELA IA TER UMA BOA VIDA PORQUR EU IA DAR ESSA BOA VIDA PRA ELA.

— Para de pensar só em você, Hoseok. – Ele fala entrando no quarto e vou atrás.

— Você devia ter falado comigo, você entregou ela pra um casal que você nem sabe se vão cuidar bem dela. – Falo o empurrando que pra sua sorte cai na cama. – Você foi muito covarde, Yoongi. Covarde é a palavra que te define.

— Hoseok, eu não ia perder tempo e dinheiro me preocupando se essa familia ia ser boa ou não pra ela, isso é trabalho pra assistente social e não sei se percebeu eu não sou um. – Ele deita.

— Você vai se arrepender. – Falo virando as costas.

— Não sei o que é se arrepender.

3 meses depois...


Notas Finais


Espero que estejam gostando e que esse capítulo não tenha ficado muito confuso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...