1. Spirit Fanfics >
  2. The Evil Angel - Chaelisa >
  3. Bae Joohyun

História The Evil Angel - Chaelisa - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


e aqui está a história por trás da Irene e em uma parte do capítulo vou pedir para vocês colocarem Pacify Her da Melanie Martinez achei que combina na parte uhuuuu KKKKK parei, obrigada pelo carinho que vocês tem por essa fic meus anjos♡♡♡ ( me desculpem por escrever uma Bíblia nas Notas do Autor KKKKKK)


Good Reading♡♡

Capítulo 10 - Bae Joohyun


           P.O.V  AUTORA

 

         Cinco Anos Atrás...

 

     23/01/2015    05:30AM 

 

- Omma... - Irene estava abraçada com sua mãe despedindo-se - Você e o Appa mal retornaram e vão ter que viajar de novo e novamente com o Kai - a mesma falou, emburrada

 

- Trabalho filha, temos que trabalhar para dar o melhor para você e seu irmão e você irá ficar com a empregada, pode dormir na casa de suas amigas. - sua mãe explicou calmamente, entrando no carro

 

- Mas... - Irene nem começou a falar e o carro de seus pais já tinha partido.

 

Irene olhou cada quilômetro que o carro partia atentamente, suas lágrimas rolavam sem parar e depois de alguns minutos entrou para dentro de sua enorme casa

 

Irene na época tinha doze anos, estava de férias então esperava que teria um tempinho com seus pais sem o seu irmão mas era o contrário, Irene era a excluída.

 

- E eles se foram...de novo - Irene murmurou para si mesma e subiu as escadas para o seu quarto

 

                   ~ // ~ // ~ 

 

            18/04/2015  18:34PM 

 

Irene andava para lá e para cá ansiosa para se apresentar, seria sua primeira apresentação em público e seus pais lhe prometeram que iriam sem o seu irmão.

 

- Bae Joohyun pode subir ao palco. - a diretora do ensino fundamental || chamou a mesma

 

- Boa sorte Irene - Wendy lhe desejou com um selar na sua bochecha

 

- Obrigada Wendy - sorriu largamente.

 

Irene entrou no palco, recebendo aplausos. A mesma seguiu até o piano e sentou-se no banco do piano e passou a tocar as primeiras notas

 

As luzes do palco iluminavam seu belo vestido azul-marinho detalhado em ouro. Irene passou a cantar no microfone ainda tocando piano, a mesma sorria como ninguém, tão doce e angelical.

 

                 ~ // ~ // ~ 

 

- Parabéns Irene - Nayeon lhe deu um abraço apertado juntamente com Chae e Wendy.

 

- Você foi tão perfeita, já sou sua fã número um - Chae comentou, afagando seus fios ruivos.

 

- Ah meninas não é para tanto - o rubor de suas bochechas ficou automaticamente rosadinhas.

 

- Você é a Bae Joohyun, a filha dos Bae, não é? - se aproximou uma mulher de cabelos negros longos e vestido prateado

 

- Vamos esperar você no refeitório Irene, vamos Rosie, vamos Nay - Wendy falou puxando Nayeon e Chaeyoung para o refeitório.

 

- Olá, IU. Aconteceu algo? - indagou Joohyun, amigávelmente.

 

- Vim a pedido de seus pais - a mais velha suspirou - Seus pais me pediram para lhe avisar que eles não puderam vir, eles foram para o concurso de poesias de seu irmão - explicou IU, receosa. Sabia que Irene mal tinha a atenção dos pais.

 

- Mas, eles me prometeram que iriam vir sem aquele...arghh - os olhos da pequena Irene passaram a ficar marejados - Obrigada, IU - se virou, de braços cruzados.

 

- Sinto muito, Irene - IU saiu dos bastidores , deixando Joohyun sozinha no enorme local.

 

A mesma sentou-se no chão, abraçando suas pernas. E ali desabou, ela ensaiava todos os dias para a apresentação sair perfeita e para orgulhar seus pais, mas, foi tudo jogado fora.

 

                ~ // ~ // ~ 

 

Irene caminhava de volta para casa, observando as estrelas brilhantes do céu com os braços cruzados e com sua bolsa vermelha.

 

Sua vida era maravilhosa e perfeita até que seus pais adotaram o Kai, seu irmão, Irene nunca se importou de dividir seu reinado com ele mas seus pais a esqueceram.

 

Todas as apresentações que Irene esperava seus pais, eles não apareciam; os feriados do ano, também não iam para casa. Irene era sozinha na sua casa com a empregada da casa apenas.

 

As únicas que lhe amavam de verdade eram suas amigas, cujo: Chaeyoung, Wendy e Nayeon. Todos os dias agradecia por ter conhecido elas.

 

A mesma chegou na frente de sua casa e abriu a maçaneta, lhe dando entrada na sua casa, quando entrou viu seus pais e seu irmão que não considera.

 

- Joohyun, nos desculpe por não ter ido na sua apresentação, o Kai precisava... - sua mãe explicou, um pouco sem jeito de explicar para a mais nova.

 

- Esqueçam, já passou, tive que apresentar para os outros de novo... - falou sem vontade, fechando a porta.

 

- Não fique triste - seu pai sorriu, tentando reconfortá-la de alguma forma.

 

- Como não vou ficar?! - esbravejou, suas lágrimas começaram a rolar pelo seu rosto - Vocês sempre prometem que vão aparecer, E NUNCA APARECEM TUDO POR CAUSA DESSE BASTARDO! - exclamou, desabando em lágrimas na frente de seus pais e seu irmão que sorria travesso.

 

- Bae Joohyun!! não é para chamar o Kai disso - sua mãe exclamou, irritada.

 

- VOCÊS ME DEIXARAM DE DAR AMOR E CARINHO POR CAUSA DESSE... - Irene caiu no chão apagada.

 

- Irene! - seu pai correu até sua filha - Minha Irene... - afagou seus fios ruivos.

 

               ~ // ~ // ~ 

 

Irene estava deitada em uma maca no hospital, totalmente inconsciente, seus olhos passaram a piscar e a arder um pouco por conta da claridade da sala.

 

- Que bom que acordou, Senhorita Joohyun - o médico sorriu, simpaticamente. Irene retribuiu com um meio sorriso.

 

- Onde estou? - perguntou, olhando ao redor e lançou um olhar mortal para seus pais.

 

- Você desmaiou ontem a noite, de acordo com os exames, a filha de vocês foi diagnosticada e os resultados são: Ela está com ansiedade fortíssima o que gera a Crise de Pânico, a mudança repentina de humor e claro, os sintomas da ansiedade.

 

- Ansiedade? já sei porque senhor médico, foi culpa desses três aí, TUDO FOI ELES! - esbravejou, irritada.

 

- Calma, Senhorita Joohyun...bom, daqui você vai ser transferida para o Angel's Collegium, sei que você só entra no Ensino Médio mas, também tem o sétimo ano, o oitavo ano, o nono ano e os dois anos de preparação de maturidade e vai ser melhor para sua recuperação, de acordo com sua ficha, você está no sétimo ano, não é mesmo? - Irene assentiu - Ótimo, você receberá alta daqui à três horas - o médico saiu da sala juntamente com seus pais e seu irmão.

 

               ~ // ~ // ~ 

 

Em casa, Irene já tinha arrumado suas malas. Sabia que era para o seu bem mas, iria sentir falta das suas amigas. Revirou os olhos só de imaginar que vai ter que tomar antibióticos e remédios controlados.

 

- Vamos sentir sua falta, Irene - Chaeyoung lhe abraçou junto com Wendy e Nayeon.

 

- Eu também - falou abafado.

 

- Senhorita Joohyun, vamos? - o médico lhe chamou.

 

- Sim...amo vocês meninas, até o Ensino Médio. - sorriu Irene, chateada por deixar suas amigas.

 

Irene entrou no carro e acenou para suas amigas, que agora ficaram sem a mesma nos próximos cinco anos...

 

               ~ // ~ // ~ 

 

      19 de Maio de 2015

 

Irene andava entusiasmada, indo até a sua sala de aulas. Em apenas um mês, Irene estava quase recuperada e fez um melhor amigo.

 

Irene ainda não sabia certamente sua sexualidade, por isso, deduzia que era bissexual. A mesma passou a nutrir sentimentos pelo seu melhor amigo que não foi seu primeiro amor, Wendy também ocupava seu coração confuso.

 

Irene sempre tever vergonha de ser direta para ela, então, ficou a noite toda escrevendo uma cartinha explicando seus sentimentos totalmente bagunçados.

 

A mesma adentrou na sala logo tendo visão de seu melhor amigo/crush sentado, logo quando ele a viu, sorriu largamente fazendo o rubor das bochechas de Irene parecerem pimentões.

 

- Irene! - seu melhor amigo aproximou-se da mesma - Eu tenho que te contar algo, minha princesa - Irene estava tão eufórica que podia jurar que tinha fogos de artifício no seu estômago. - Eu estou namorando a Yeri.

 

Irene sentiu que seu coração pulou uma batida, foi como um tiro em cheio no seu coração. Logo sentiu seu corpo parar de funcionar e desmaiou...

 

                ~ // ~ // ~

 

- Irene - o médico lhe chamou, estava deitada na maca da clínica do colégio. - Você está bem?

 

- Estou sim, Senhor Médico - sorriu de canto

 

- Tenho péssimas notícias... Sua situação piorou automaticamente, e agora você precisa fazer o tratamento mas, você corre risco de perder a memória se não fizer o tratamento, você será o inverso do que você é.

 

- O quê?? - sentou-se na maca - Mas eu vou esquecer da Wendy, da Chae e da Nay. - seus olhos encheram-se de lágrimas - Não, não vou fazer o tratamento, me desculpe - levantou-se da maca e correu.

 

         Coloquem a música

 

Irene chegou ao seu quarto e rapidamente foi para o banheiro, apoiou suas mãos na borda da pia e ali, começou a chorar e encarar o espelho.

 

- Por que minha vida é assim? - indagou, como se falasse consigo mesma.

 

Sem pensar duas vezes, Irene pegou uma caixinha debaixo da pia e pegou a tesoura, encarou firmemente a tesoura e fungou.

 

- Obrigada, mãe - separou uma mecha de seu cabelo e cortou os primeiros fios - Obrigada, pai - cortou outra mecha - Obrigada, irmão querido - cortou mais duas mechas - E por último, obrigada, melhor amigo - terminou de cortar seu cabelo.

 

Pegou sua tinta mágica e, falou as palavras mágicas e automaticamente seu cabelo ficou castanho-escuro. A mesma deixou seu cabelo médio, na altura de suas axilas e pintou-o de castanho-escuro.

 

Pegou a tesoura abruptamente e com a ponta, quebrou o espelho por completo, sentou-se no chão e ali ficou, chorando por horas e horas e lamentando-se.

 

E assim, com medo de esquecer suas amigas, Irene não fez o tratamento e, infelizmente, ela se tornou o inverso do que era ao tempo, antes era doce, amigável e alegre. Agora, se tornou fria, rígida, cruel e só o tratamento pode curá-la mas, ela tem medo.

 

Todas as noites, Irene se culpava de tudo, chorava até altas horas. Ela nunca desejou ser assim mas, a vida lhe deu um soco.. 

 

Irene se viu perdida no seu lado ruim, sem saída, ela se tornou em seu lado ruim, Bae Joohyun...


Notas Finais


e aí meus anjinhos? gostaram?

boa noite stars e até o outro capítulo, amo todos vocês do fundo do meu coração

me desculpem os erros de pontução, estou morrendo de sono ksks...

♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...