1. Spirit Fanfics >
  2. The Evil Side - (Draco Malfoy) >
  3. Happy new year, Hadassa

História The Evil Side - (Draco Malfoy) - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii amores tudo bem com vcs?

Primeiramente desculpa pelo atraso do capítulo, sei que prometi postar na quinta e no sábado, mas minhas aulas voltaram e eu ainda não sei como organizar meus horários. Mas de jeito nenhum vou abandonar a fic, só vou tentar organizar os estudos e a escrita, para nada sair mal feito.

E outra coisa, obrigada pelos 100 favoritos, isso me deixou muito feliz de verdade!

Espero que gostem, fiz um capítulo bem fofo.

Capítulo 31 - Happy new year, Hadassa


Fanfic / Fanfiction The Evil Side - (Draco Malfoy) - Capítulo 31 - Happy new year, Hadassa

Hadassa olhou para o homem desacreditada no que ouviu.

 

-Eu tenho certeza que serei uma boa ajuda, para tudo.

 

 Voldemort sorriu com maldade.

 

-Eu tenho certeza que sim.

 

 Hadassa não conseguia sorrir, mas se sentia feliz.

 

-Sobre o anel...

 

-Você sabe quando e o porquê de o anel “arder”, é como eu te chamo. Snape saberá o que fazer também.

 

  Hadassa sorriu e Voldemort fez sinal para ela sair.

 

A Lestrange se sentia realizada, ela nunca havia se sentido tão especial quanto agora...

 

                                             {...}

 

Quebra de tempo, 31 de dezembro de 1995.

 

-Amanhã é o seu aniversário – Draco sussurrou para Hadassa que soltou um riso o abraçando.

 

-O que vai me dar de presente?

 

 Draco estava percebendo Hadassa muito leve nessas últimas semanas.

 

O loiro sorriu e a beijou lentamente, sentindo o gosto de morango da garota.

 

 -Eu quero um presente antecipado – Hadassa falou rindo e subindo seu corpo sob o dele.

 

O garoto sorriu agarrando a cintura da morena.

 

 Ela lhe deu um beijo apaixonado arrancando a camiseta branca dele.

 

-Isso tudo é saudades minhas? – Ele perguntou convencido fazendo Hadassa rir enquanto retirava sua blusa ficando apenas de top preto.

 

 -Talvez...

 

 

                                               {...}

 

 Draco dormia tranquilo ao seu lado, Hadassa suspirou fundo se levantando para ir ao banheiro tomar um banho.

 

Hadassa vestiu uma camiseta larga e um short, deixou seu cabelo solto, ela notou as madeixas maiores e em um castanho escuro, estava perdendo a tonalidade preta da tinta.

 

 -Hadassa, por que não aproveita dormir um pouco? Daqui a pouco começa a festa de ano novo – Draco falou sonolento.

 

A verdade é que Hadassa não teve uma única noite de sono após encontrar-se com Voldemort, era como se ele controlasse seus pensamentos.

 

Ela sorriu para Draco indo deitar-se ao seu lado.

 

O loiro a abraçou, puxando seu corpo para perto dele.

 

-Eu não quero que a sua mãe me veja aqui...

 

 O Malfoy suspirou fundo.

 

-Ela não vai ver Dassy, relaxa e durma comigo um pouco.

 

 Draco voltou a adormecer rapidamente enquanto Hadassa apenas se revirava com medo de dormir.

 

 Porém ela sentiu os olhos pesarem e quando se deu conta já estava sonhando distante.

 

“A garota corria em uma floresta, sentia sangue em todo o seu corpo, quando avistou o Lago Negro de Hogwarts.

 

 Ela pulou dentro da água, sentindo o sangue ir embora, quando ela se sentiu limpa, Hadassa viu a si mesma mais nova.

 

 A Hadassa jovem estava com uma aparência podre, como se estivesse morta...

 

-E ela não está? – Uma voz rouca sibilou perto de si.

 

-Eu estou o quê? – Ela gritou.

 

-A Hadassa antiga não está morta?

 

 Ela se virou para a voz e viu Voldemort, de repente uma dor apossou-se de seu corpo.

 

-Me deixa em paz”.

 

 

-Hadassa? – Draco chacoalhava o corpo da garota adormecida, a menina se debatia e estava suada.

 

 Ela abriu os olhos assustada.

 

-Teve um pesadelo? – Ele perguntou preocupado.

 

-Não! – Ela respondeu se sentando na cama – Eu... vou ir para o meu quarto Draco.

 

 Hadassa ia aloprada para seu quarto quando Draco a chamou.

 

-Se você precisa de ajuda me fale Hadassa, eu...

 

-Eu não preciso Draco! Sério mesmo – Ela falou fazendo Draco concordar contrariado.

 

 

                                            {...}

 

 A virada de ano estava próxima e o aniversário de dezesseis de Hadassa também.

 

 Com a ajuda de Arlete, ela vestia um vestido champanhe longo, com vários brilhos. Em seu cabelo as ondas já estavam feitas, caindo em uma “cascata” até a cintura.

 

 Ela iria para a casa dos avós Lestrange passar a virada de ano, já que os mesmos decidiam isso.

 

Draco a olhou com amor, ela sentia isso. Hadassa sabia o quanto Draco havia ficado bravo com seus avós, ela também estava, não queria estar, mas estava.

 

 Hadassa queria passar a virada, e consequentemente seu aniversário, junto de Draco.

                                        {...}

 

-Como está Hadassa? – Sua avó, Cora, lhe perguntou sorridente.

 

-Bem e a senhora?

 

-Muito bem. Esses dias eu estava conversando com a avó de Pansy, sua amiga, ela disse muitas coisas boas a seu respeito.

 

 Hadassa sorriu falsa.

 

-Fico feliz vó.

 

-Do que estão falando? – Emily Selwyn, sua avó materna, chegou afiada.

 

-De como Hadassa é boa com as pessoas.

 

-Ainda bem que ela puxou mais a nossa família, porque a sua é.… com falta de caráter.

 

 Cora suspirou fundo antes de sorrir cínica.

 

-Vem até a minha casa para ofender minha família Emily? Não pode ser civilizada uma única vez?

 

 Enquanto via a cena escondido, Rabastan se lembrou de sua adolescência com Jade e dos conflitos com seus pais.

 

“Flashback on:

 

-Será que eles nunca vão parar de discutir? – Jade perguntou se aninhando próximo a Rabastan.

 

-Acho que não. Adultos são confusos.

 

-Será que vamos ter uma menina ou menino?

 

 Rabastan riu.

 

-Se for menino eu vou ensinar a jogar quadribol e menina eu vou comprar todos os vestidinhos que ela quiser.

 

 Jade revirou os olhos.

 

-E se ela gostar de quadribol?

 

-Daí eu ensino também Jade – Rabastan respondeu divertido.

 

-Eu te amo Lestrange.

 

-Eu te amo muito mais Selwyn.

 

 Flashback off”

 

 Rabastan começou a voltar para a realidade aos poucos, se não tivesse sido preso hoje ele teria uma família unida e talvez Hadassa não fosse tão “anti sentimentos”.

 

 

                                       {...}

 

 Jade estava na sala de estar dos Lestrange, eram tantas lembranças que a deixavam tonta.

 

 Ela observou sua filha descer as escadas, Hadassa estava bonita, tão bonita que fez Jade querer chorar um pouco.

 

Os olhos cinzas dela, encontraram os de Jade.

 

Hadassa se aproximou séria.

 

-O que faz aqui?

 

-É teu aniversário pirralha. Está parecendo uma manequim com esse vestido.

 

 Hadassa revirou os olhos.

 

-Hunf – Ela suspirou – Vou ir para lá, fique a.… vontade?

 

 Jade riu.

 

-Vamos para os jardins conversar Hadassa, você sabe que precisamos.

 

 Hadassa bufou.

 

-Está frio lá fora.

 

-Desde quando o frio te assusta? Vamos logo pirralha.

 

 A neve caía como um cobertor fofinho, elas ficaram na sacada observando.

 

-Então... tem algum namoradinho?

 

 Hadassa riu.

 

-Por que quer saber?

 

-Porque eu quero mudar! Caramba Hadassa, entenda meu lado também, eu errei, mas quero perdão.

 

 A morena suspirou fundo, sentindo o ar frio, ela não queria desculpar tão fácil Jade, mas também sentia falta de ter uma mãe.

 

-Eu... posso te perdoar, se você quer...

 

 Jade riu e tocou o ombro da filha.

 

-Amigas?

 

 Hadassa riu.

 

-Amigas Jade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  


Notas Finais


Gostaram??

Favoritem e comentem, isso me motiva muitooo

Beijosss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...