1. Spirit Fanfics >
  2. The Evil Within - TaeGi Jikook >
  3. Sementinha e Feijãozinho

História The Evil Within - TaeGi Jikook - Capítulo 35


Escrita por:


Capítulo 35 - Sementinha e Feijãozinho


Fanfic / Fanfiction The Evil Within - TaeGi Jikook - Capítulo 35 - Sementinha e Feijãozinho

- E-eu vou... E-eu v-vou ser p-pai? – Taehyung gaguejava, perplexo com a notícia.

Yoongi se virou de frente pra ele e lhe deu um beijo.

- Sim amor, você vai ser papai

Os olhos de Taehyung lagrimejaram, abraçou Yoongi e enfiou o rosto em seu pescoço, ali ele permitiu que as lágrimas caíssem.

- Yoon – Falava aos soluços - E-eu estou tão feliz, nós vamos ser pais – Taehyung o apertou em seu abraço.

- Sim meu amor, a família cresceu – Yoongi riu.

Taehyung se ajoelhou em sua frente e levantou a blusa de Yoongi para que pudesse olhar sua barriguinha.

- Tae, ainda não dá pra ver, eu estou de quatro semanas.

- Quero vê-los logo – Disse choroso.

- Calma, tenha paciência amor, logo você irá vê-los.

Taehyung encostou os lábios em sua barriga, Yoongi arfou ao sentir o toque em sua pele. O moreno beijou toda sua barriga carinhosamente, repousando o rosto sobre ela.

- Oi filhinhos – Taehyung disse para a barriga – Eu sou o papai de vocês, vou cuidar muito bem de vocês... Vocês gostam de jogar videogame? Futebol? Talvez andar de skate?...

- Tae, ainda é um feto, eles não estão formados, ainda não podem te ouvir...

- Não liguem pra ele – Disse Taehyung para a barriga de Yoongi – Eu sei que vocês podem me ouvir.... Yoon, vamos escolher o nome deles, vai ser menino ou menina? Ou os dois?

- Tae, ainda não dá pra saber o sexo...

- Não importa, já vou avisando que se for menina vai namorar só com trinta anos, e não é qualquer um que vai relar na minha filha não... Yoon, vou começar a fazer Muay Thai...

Yoongi ria

- Você não vai ser um sogro chato né?

- Chato? Chato é apelido, eu vou ser o terror se minha filha chegar com um Zé droguinha...

- Meu Deus Tae, nem sabemos se vai ser menina, pode ser dois meninos...

- A mesma coisa, vou ser um sogro chato do mesmo jeito, não vou deixar meus bebês namorar com qualquer um...

- Quer saber o apelido que eu coloquei neles? – Yoongi disse empolgado.

- Quero! – Taehyung disse com brilho nos olhos, ainda com as bochechas molhadas de suas lágrimas.

- Sementinha e Feijãozinho – Yoongi disse orgulhoso.

Taehyung começou a chorar de novo.

- Eu acho que o bebê aqui é você e não eu – Yoongi ria.

- Não ri de mim, é que eu estou muito feliz – Limpou as lágrimas.

- Vem cá meu bebê chorão – Yoongi o puxou para que ele se levantasse para abraça-lo – Te amo Tae, vamos ser uma família feliz.

- Eu também te amo Yoon... Eu te pedi em namoro ontem, é muito cedo pra eu te pedir em casamento?

- Tae, somos um casal improvável, primeiro engravidamos e depois começamos a namorar – Os dois riram.

- É verdade... Mas mesmo que sejamos um casal improvável e que começamos por etapas mais avançadas, eu sei o que eu quero, e o que eu quero é você...

Taehyung o beijou.

- Yoon?

- Hum?

- Se a gente transar, machuca o bebê?

Yoongi deu uma gargalhada. Taehyung o olhou cerrando os olhos.

- Tae – Yoongi tentava parar de rir – Seu pau é grande mas também não exagera, calma... Não vai machuca-los – Yoongi ria.

Taehyung o encarava vendo-o rir as suas custas.

- Você precisa de uma lição, está muito debochado Sr. Yoongi!

- E você vai fazer o quê quanto a isso, Sr. Taehyng? – Yoongi mordeu os lábios o olhando com um olhar sugestivo.

Taehyung o pegou no colo e o levou até a cama.

- Vou te amar a noite inteira...

- A gente está em um hospital seu maluquinho...

- Foda-se, eu preciso de você, sinto sua falta, não aguento esperar nem mais um dia... – Taehyung o beijou docemente.

- Então vem Tae... Me satisfaça...

...

(Um mês depois)

Yoongi se olhava no espelho, arqueando as sobrancelhas. Taehyung, deitado na cama, admirava a beleza de seu amado.

- Tae, eu tô meio gordo, não tô?

Taehyung engatinhou até a beira da cama e puxou Yoongi para seus braços.

- Você está lindo, e está carregando nossos filhinhos, eu te amo tanto Yoon – Taehyung o beijou – Você me deu o melhor presente.

- Taaaa... Mas eu tô gordo, meu rosto tá inchado... Você não vai mais gostar de mim – Disse choroso.

- Yoon, eu te amaria de qualquer jeito, porque você é você, e pare com isso, você está grávido, de oito semanas, é normal engordar um pouco... Você está lindo.

- Estou mesmo?

- Sim, você está mais radiante, sua pele esta muito macia e seu rosto está mais corado – Taehyung suspirou – Estou ainda mais apaixonado por você....

- Não vai me trocar né?

- Nunca! Eu te amo – Taehyung o encheu de beijinhos – Estou ansioso por amanhã...

- Eu também Tae – Yoongi encostou sua testa na testa de Taehyung – Eu te amo...

....

Depois que Yoongi saiu do hospital, foram morar na antiga casa de Victor, estava sendo vigiada dia e noite, Namjoon colocou muitos policiais para protegê-los. Hye Sung morava junto com eles, os três não podiam sair para nada, estavam confinados ali, pois V poderia querer sequestra-los novamente.

Ninguém podia sair dali, principalmente Taehyung, já que “seu rosto” estava estampado em todos os jornais. Victor já era conhecido pelos seus crimes mas estava foragido, e se Taehyung perambulasse por ai seria uma grande confusão.

Yoongi tinha um médico e uma enfermeira a sua disposição, estava no paraíso sendo paparicado pelos dois. Hye Sung comprava pela internet diversas roupinhas de várias cores, estava toda boba. Comprou até mesmo duas blusinhas que que tinha uma estampa escrita “Eu tenho a melhor vovó do mundo”.

Yoongi não parava de tirar fotos no espelho, sua barriguinha já aparecia mas ele estufava pra parecer maior.

Taehyung era o mais bobo de todos, conversava com a barriga de Yoongi o tempo todo, perguntava coisas idiotas e fazia piadas sem graça, o que fazia Yoongi rir. Além de tudo isso, Taehyung tinha que lidar com as mudanças de humor de Yoongi, e seus hormônios a flor da pele. Teve um dia que Yoongi se trancou no banheiro e chorou horrores só porque Taehyung inocentemente o chamou de “bolinho gostoso”, Yoongi chorava amargamente dizendo que Taehyung iria abandona-lo porque ele estava “gordo”. Precisou de muitas horas de “eu te amo” e “voce é lindo” para Yoongi sair, e quando saiu, Yoongi apenas disse “To com fome”.

Yoongi estava mais sensível e mais manhoso que o normal, o que deixava Taehyung ainda mais apaixonado.

Basicamente o que Yoongi mais fez nesse mês foi vomitar pelas manhãs, comer muito (e quando eu digo muito, é muito mesmo), dormir parecendo um ursinho hibernando e chorar, chorava por tudo, Taehyung tinha que escolher bem as palavras.

O casal estava ansioso pela consulta com o obstetra, Taehyung contava os minutos por esse dia, Yoongi estava ansioso também mas não como Taehyung que parecia que ia ter um infarto. Toda essa ansiedade era porque no dia seguinte iriam ouvir a melodia mais bela de suas vidas.... Os batimentos dos corações das vidinhas que cresciam dentro de Yoongi.


Notas Finais


Tae, por favor, não chame o Yoon de bolinho gostoso de novo 🤦🏼‍♀️

Enquanto todo mundo está feliz, Victor ainda está por aí, e Tae tem o rosto do homem mais procurado pela polícia 😣

O que V está aprontando? 🤔

Bom, eu estou curtindo a gravidez do Yoon ❤️❤️❤️❤️❤️❤️ meu deus 😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...