História The Fifteen Girls of the Canadian Prince - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias A Seleção, Cameron Dallas, Camila Cabello, Shawn Mendes, Sophia Bush
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags A Seleção, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 56
Palavras 399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá anjinhos <3 Boa leitura <3

Capítulo 30 - TFGOTCP- Twenty One


Era de manhã, não passava das 05:00. Todos em silêncio. Ou quase todos em silêncio.

Anna se levantou, envolvendo seu corpo em um robe azul. Prendeu seu cabelo, e colocou seus pé em contato com o chão gelado.

— Alteza? — a criada de confiança da princesa, como sempre a esperava sentada em uma poltrona. Anna olhou para Mandy, revirou os olhos enquanto estendia a mão.

— Meu celular. Eu quero falar com meu irmão, e a menina. Chame Candice. —  ordenou a ruiva. Teve o celular em suas mãos, e então discou para o irmão.

Depois de esperar finalmente ser atendida pelo mais velho. Anna bufou, se sentando na cama mais uma vez.

— Essa hora, Anna? Sério? — resmungou a voz rouca ao outro lado da linha.

— Eu não tenho o dia todo, Dylan. Precisamos falar, agora. E outra, isso é sério.

— Tudo bem. Pode começar.

— Está tudo ocorrendo perfeitamente. O rei nunca esteve tão feliz com a minha presença.

Ele sempre gostou muito de você.

— Mas a anos atrás, vim aqui para, apunhalar ele pelas costas enquanto  planejava uma guerra. — Dylan riu, cansado. — Na verdade não estava no topo dos meus planos.

— Você só queria acabar com a Seleção.

— Você está inteligente.

Ficaram em silêncio.

— Papai, não para de receber ligações do governo espanhol.

— Isso é bom. Estamos mais fortes. Ninguém pode saber pelo o que estamos passando, Dylan.

— Eu só me preocupo com você.

Anna suspirou. Mas riu forçado para acalmar o irmão.

— Eu sei muito bem como me defender. Eu vou fazer isso.

— Eu estou com medo, A.

— Eu também estava, D. Mas eu vim, e eu vou fazer isso acontecer.

— Eu sei que vai. Se cuide.

— Amanhã lhe ligo pelo mesmo horário. — Anna lhe confirmou.

— Eu vou estar aqui, acordado para reclamar do horário apenas de propósito.

Ambos riram.

— Eu te amo, Dylan.

— E eu te amo.

Anna desligou a ligação, e a porta se abriu com uma miniatura de mulher com seus fios de cabelo loiros bagunçados.

Anna sorriu. Se agachou e chamou a menor.

Receiosa, Candice estava de frente a Anna.

— Você vai ser minha arma perfeita, Candy.

Candice não entendeu, e apertou os olhos para entender melhor.

— Seu nome é Anna.

— É sim.

A ruiva riu.

— Você sabe falar espanhol, não sabe?

— Sei. — ela respondeu.

— Isso é ótimo. Eu tenho amigos que moram na Espanha. E estão sentindo sua falta. Isso, docinho. Isso vai ser ótimo...


Notas Finais


Passei dois dias fora, nem respondi os comentários, mas voltei...
Pergunta:
*Seria capaz de brigar com algumas das selecionadas apenas por sentir que surge algo entre a outra com o Shawn que não tem com a personagem?
Só vai ser muito importante pra mim saber a opinião de vocês, de verdade mesmo. Sobre o capítulo, tudo.
Amo vocês <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...